1. Spirit Fanfics >
  2. Moonlight >
  3. Canário Escarlate.

História Moonlight - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal!!!
Capítulo veio mais cedo dessa vez ^^
Eu imaginei essas cenas muito antes e tentei passar o máximo do que eu queria, mas caso não tenha ficado tão clara assim peço desculpas </3
Era algo tão abstrato para mim que finalmente escrever foi uma sensação doida hahaha espero muito que gostem!!!
Desculpem qualquer erro e boa leitura!!!

Capítulo 28 - Canário Escarlate.


Millo e Tituba abriram os olhos no mesmo momento que sentiram uma enorme onda de força se expandir entre eles fazendo todos ao redor se assustarem e até mesmo as árvores que já estavam um pouco tombadas se  afundarem mais no chão.

O corpo de Stiles chamava agora toda atenção ,porque estava brilhando e tremendo fazendo com que Derek tentasse se aproximar no mesmo segundo sendo impedido imediatamente por uma barreira escarlate criada por Millo que não queria que ninguém chegasse perto do outro.

- Tire essa merda daqui! - Rosnou erguendo suas garras e atingindo a parede de energia que permaneceu firme apenas tremendo de leve.

- É perigoso! - Tituba afirmou fazendo com que as mãos de Derek fossem envoltas por uma espécie de algema de energia verde - Agora tudo depende de Stiles! Até mesmo nós fomos expulsos de sua mente por uma força que eu... Que eu nunca vi na vida.

Millo carregava em seu rosto uma expressão de surpresa principalmente depois te visto toda aquela energia branca que predominava na mente do rapaz.

Naquele mesmo momento o castanho parou de tremer e de todos os seus poros uma fumaça escura e densa começou a sair e girar no ar como um pequeno tornado se formando acima deles.

Lydia se arrepiou inteira e viu quando Allison se posicionou na frente da mesma já segurando em suas mãos a besta portátil  armada com a única flecha.

Tituba desmanchou as algemas do moreno e como já havia sido possuída por aquela entidade a mesma fez um escudo de energia ao redor de seu corpo.

Stiles se levantou puxando a respiração como se estivesse saindo debaixo da água olhando assustado para os amigos e vendo a pessoa que mais queria ver se aproximando dele...

Derek aproveitando daquela distração acabou por dar a volta no escudo criado pelo outro  e se jogou no chão ao lado de Stiles o abraçando de qualquer jeito respirando profundamente sentindo o cheiro dos fios castanhos.

O humano pego de surpresa apenas degustava toda aquela felicidade e a sensação dos braços do outro ao redor de seu corpo compartilhando de seu calor corporal.

- Derek você está me esmagando - Falou sufocado pelos músculos do outro que ao ouvir aquilo afrouxou o aperto.

-Eu achei que não fosse mais te ver! -Sussurrou esfregando o rosto em seus cabelos de forma carinhosa como um lobo.

Um grito rouco cortou o ar entre todos tirando os dois amantes daquele momento de reencontro. Derek no mesmo segundo segurou o rapaz pelos braços e o arrastou para que ficasse mais perto dos outros.

Scott falou o nome do melhor amigo e agachou do outro lado para que pudesse abraçar rapidamente e em seguida o ajudando a se erguer.

O castanho olhou rapidamente para a bruxa e Sam que estava diferente com os olhos agora brilhando constante em dourado puro.

E nesse mesmo momento o ser o encarou por poucos segundos antes de desviar suas iris de ouro novamente para o alto.

- Suas pestes! - A voz de Nocnimurah ecoou enquanto a fumaça tomou a forma original dele que estava flutuando com a sua aparência totalmente esquelética - Vocês...

Os olhos vermelhos do mesmo pousaram em cada um dos jovens ficando determinado tempo parado em Millo que o encarava com o rosto sem expressão.

-Nocnimurah! - Millo disse e pela primeira vez foi possível notar em sua voz um tom que se assemelhava a nojo - Finalmente nós encontramos....

 Com suas mãos envoltas em energia escarlate o mesmo fez um movimento rápido fazendo com que a entidade fosse coberta por correntes de energia e em seguida puxado para o chão de forma brusca. 

-Chegou a hora de você pagar! - Afirmou Millo o olhando com raiva.

Nocnimurah soltou uma risada seca enquanto um de seus enormes dentes se soltavam de sua boca caindo no chão.

- E você vai fazer isso? - Questionou cheio de deboche com os olhos vermelhos ficando maiores no rosto seco.

Millo amenizou sua expressão e acabou dando um pequeno sorriso de canto.

- Eu?! Claro que não!- Respondeu - Mas eles sim! 

Ao falar isso ele abaixou as mãos revelando os oito jovens que estavam em pé atrás dele. Derek, Cora, Scott e Dallas apenas movimentaram as cabeças no mesmo momento ficando todos semi transformados.

-Agora! - Dallas rosnou.

Stiles sentiu a mão de Derek escorregando por suas costas fazendo um breve carinho com a ponta das unhas finas.

O moreno então se colocou a correr em direção ao demônio sobre os quatro membros preparando para avançar sobre o mesmo.

-Isso é por ter possuído o Stiles! - Gritou deixando vir a tona toda sua raiva.

Nocnimurah que tentava desesperadamente se soltar das correntes de energia e ao olhar para frente foi  surpreendido quando percebeu o lobisomem de olhos azuis brilhante já em cima dele com uma das mãos erguidas arranhando a entidade em cheio no rosto o fazendo soltar um urro de dor rouco.

Quando o moreno saiu da visão de Nocnimurah foi substituído por Cora que chegou em seguida o arranhando do outro lado.

-Seu desgraçado! - Gritou a Hale assim que o atacou pulando por cima do mesmo e dando lugar a Scott que tinha agora os olhos vermelhos.

O alfa genuíno rosnou alto e em seguida com as duas mãos atingiu em cheio aquela entidade que expelia uma especie de líquido escuro quente.

- Eu espero muito que você sofra! - Dallas veio após Scott sair de cena pulando sobre a entidade segurando firme em seus pescoço apertando o mais forte que conseguia aproveitando no mesmo segundo para que sua enorme cauda de escorpião surgisse e picasse inúmeras vezes  o corpo do demônio.

- Dallas saia! - A voz de Allison se fez presente fazendo com que o loiro desse um sorriso antes de soltar Nocnimurah e pular para o lado.

A morena tinha um de seus olhos fechados mirando diretamente no pescoço da entidade com a besta já preparada. Quando o Manticora pulou para o lado a mesma então apertou o gatilho fazendo a pequena flecha cortar o ar entre todos atingindo em cheio no pescoço da entidade fazendo todo o grito rouco se transformar em grunhidos esquisitos.

Nocnimurah sentia dores e sensações do qual ele nunca teve noção... Sensações essas que ele considerava fracas e primitivas...

Coisa de humanos...

Stiles observava todos os colegas atacarem daquela forma com uma mescla de surpresa e excitação correndo por sua veía.

- Ei! - A voz família de Lydia chamou sua atenção junto com a mão da mesma que pousou de leve em seu ombro - Toma!

O castanho quando se virou para a ruiva acabou vendo em suas mãos um canivete prata do tamanho de uma faca comum.

- O que é isso? - Questionou no meio tempo em que tinham.

- Molhe com o seu sangue e atire na direção de Nocnimurah... A banshee saberá o que fazer! - Millo explicou tendo todo seu corpo envolto por uma aura vermelha que o fazia ficar flutuando a centímetros do chão.

Stiles ainda sem entender acabou decidindo que pensar naquele momento não ia adiantar de nada e acabou estendendo a mão pegando no material frio do canivete observando a lâmina fina.

Lydia não conseguia explicar como, mas ela desde da hora em que viu aquele canivete sabia que tinha que guardar para um momento importante... A mesma ficou observando como que Stiles carregava em seu rosto um olhar mais determinado do que antes e parecia não ter medo de nada que acontecia ali.

Com agilidade o humano pegou a lâmina e respirando fundo acabou passando a mesma em sua palma provocando de imediato um corte não muito profundo, mas o suficiente para que fosse possível ver o líquido vermelho começar a escorrer por toda sua mão.

- Faça! - Millo se direcionou a Lydia antes de pegar impulso e flutuar mais ainda para o alto acima de todos.

Stiles encarou a ruiva que olhava para cima com uma expressão confusa que se clareou em seguida.

- Jogue o canivete em direção a Nocnimurah! - Lydia pediu ficando ao lado do castanho.

- O que?! - Questionou sem entender percebendo em seguida que sua mão formigando e seu corte sendo curado pela energia dourada de Sam.

- Agora! - Pediu em um tom mais alto focada na entidade que se debatia sobre as correntes de energia totalmente encharcado de sangue negro.

 Stiles ignorando o fato de sua mão ter sido curada apenas se virou e fechou um dos olhos igual a Argent mirando da melhor forma que pôde bem no centro do peito daquela coisa demoníaca.

- Isso é por você ousar tomar a forma da minha mãe! - Vociferou o Stilinski em plenos pulmões pegando impulso.

E com um rápido movimento e usando toda sua força o mesmo lançou o canivete sendo surpreendido pela ruiva que no mesmo momento puxou o ar para dentro de seus pulmões.

-Pela Meredith! - Erguendo os braços a mesma sentiu subir por sua garganta uma vontade força descontrolada apenas abrindo a boca e soltando um de seus gritos agourentos.

Mas daquela vez nenhum deles sentiram o desconforto de ouvir o grito da banshee, mas sim era um som suportável porque era como se toda a potência sônica fosse direcionada para frente em direção a entidade.

Nocnimurah com apenas um dos olhos viu quando um objeto não identificado estava vindo em direção a ele envolto em uma energia branca rodeada por ondas sonoras do grito potente daquela banshee.

- Merda... - Reclamou a entidade quando sentiu aquele objeto cravar em seu peito  espalhando uma sensação como se estivesse queimando seu corpo e em seguida a dor lancinante que o grito provocava em cada partícula de seu ser.

Ele não entendia e não queria compreender como que um ser com todo o poder dele estava sendo derrotado por jovens...

" Você se acha poderoso Nocnimurah..." A voz de Millo soou em sua cabeça claramente carregada de poder "Mas você não é nada!"

A entidade ainda que sentisse uma dor escruciante acabou por abrir minimamente seus olhos conseguindo ver apenas um borrão laranja flutuando acima de todos e dois pontos dourados brilhando no centro de seu rosto.

Lydia parou de gritar e quase caiu de joelhos no chão sendo aparada antes por Stiles que a segurou com uma das mãos. Uma luz intensa vinha acima deles atraindo atenção para Sam que flutuava com toda a aura antes fraca agora se tornando muito forte e clara.

Era um pássaro enorme de fogo com asas largas e vivas.

Tituba apenas observava e já havia abaixando o escudo verde percebendo que os outros haviam se reunido. Tudo havia ocorrido da forma que planejaram , porque Millo havia dito que um ataque conjunto enfraqueceria aquele demônio e agora ele finalmente se encontrava totalmente vulnerável.

Ela viu quando o rapaz  de queixo torto que era um alfa genuíno abraçou a caçadora forte. Stiles foi de encontro ao outro lobisomem de olhos verdes dando também um abraço firme.

Por aquele segundo a bruxa admirou aquelas pessoas que não sabiam a sorte de terem uns aos outros.

-Nocnimurah você finalmente vai pagar por todos os seus crimes! - Millo disse chamando novamente atenção de todos - Você é um ser baixo criado a partir de sentimentos inferiores! E será julgado a tal nível! 

O demônio apenas soltava sons guturais em protesto  ao ouvir aquela voz etérea que se antes era neutra dessa vez era carregada de uma imposição e poder. E apesar de ter sido atacado por todos a faca cravada em seu peito pelo humano era a que mais doía... Uma dor forte que parecia chamas vivas correndo por debaixo de sua pele.

- Eu sou o fogo... Sou a vida... Eu sou Kanarek! E com todo o meu poder eu te mando para o lugar da onde veio! 

Millo afirmou fazendo com que suas asas ficassem mais intensa e com suas mãos ele criasse uma esfera de energia mais densa.

Nocnimurah grunhiu abrindo a boca o máximo possível cuspindo um pouco de sangue negro sobre si.

- Que assim seja feito! - Sentenciou o ser de fogo enquanto lançava a esfera diretamente no demônio.

Tituba que tinha os pelos de seus braços arrepiados apenas pelo o fato de sentir toda energia que aquele ser emanava despertou segundos antes de ver a esfera escarlate ir de encontro a aquela entidade fazendo a bruxa mover suas mãos rapidamente e criar um enorme escudo verde que envolveu todos eles.

Após isso um enorme som de explosão se fez presente e um brilho forte tomou conta de todo o lugar fazendo com que todos fechassem os olhos.

O impacto que atingiu o escudo de Tituba foi tão grandioso que fez com que a bruxa achasse que por alguns minutos o seu campo de força fosse se desfazer.. E a última coisa que ouviram foram no meio de tudo foi um urro rouco de Nocnimurah que logo se apagou...

 

 

                                                                      ***

 

 

Sam abriu os olhos lentamente sentindo os mesmos pesados como se estivesse adormecido por muito tempo. A primeira coisa que viu foi uma imensidão branca que se estendia por todo o espaço em que se encontrava.

- É muito bom te ver... - Uma voz familiar soou o fazendo virar lentamente para direito vendo Millo que dessa vez não se assemelhava em nada com a sua aparência antiga.

Millo agora tinha o corpo desnudo  quase por completo ficava transmutando como se estivesse em brasa e de suas costas enormes asas de fogo estavam a mostra.

Seu rosto era o mais curioso com traços  que pareciam muito com a de uma águia com olhos grandes e brilhantes em dourado. E o que seria seu cabelo era na verdade penas e diversos tamanhos.

-Millo?! - Questionou olhando melhor para o ser de luz que emanava uma energia quente.

- Você pode me chamar agora de Kanarek! - Respondeu com um tom cordial.

-Kanarek? Não pode ser ... - Comentou ficando surpreso ao ouvir o nome daquele ser.

Kenarek era o nome da entidade que Regia o clã dos Canários Negros. Onde diziam que era uma força desprendida do sol que viajou pelo o espaço e tempo até chegar na terra e abençoar o primeiro bruxo de seu clã.

- Não precisa ficar assim! - O ser afirmou vendo que o mesmo estava preste a se ajoelhar.

- Mas como? - Sam não conseguia compreender o que estava acontecendo uma vez que ouviu história dessa entidade de luz desde quando era jovem contado por sua mãe e seu pai praticamente todo dia antes de dormir.

Kanarek  bateu lentamente suas enormes asas de fogo fazendo ainda mais o calor confortável se espalhar por todo canto e pequenos pontos de brasa voarem pelo ar como mini estrelas.

- Você é um primogênito real nascido do amor de bruxos com sangue puro dos Canários Negros....A profecia antiga sempre dizia que eu iria renascer em alguém de sangue legítimo... Esse alguém seria conhecido por todos como o grande Canário.

Sam escutava tudo aquilo sem conseguir acreditar completamente nas palavras do outro por parecer algo tão surreal e ao mesmo tempo sentindo que tudo estava sendo explicado finalmente...

- Mas... Tudo isso por causa do Nocnimurah? - Perguntou olhando para o ser que discordou negando com a cabeça lentamente.

- Eu apenas despertei antes porquê achei necessário te ajudar com essa entidade maligna... Mas acontece que o mundo ainda vai enfrentar algo muito perigoso... Algo que infelizmente vai se espalhar por toda terra e apenas a gente será capaz de controlar...  - Respondeu etereamente - Mas até esse dia chegar eu vou volta a adormecer em seu corpo... Que é o meu receptáculo original dessa era...

Samuel tentava processar todas aquelas informações em sua cabeça tentando compreender aquelas palavras que por mais que estivessem claras tinham um efeito estranho sobre seu corpo.

- Mas... - Continuou a dizer tento apenas inúmeras perguntas em sua mente.

- Por agora chega Samuel! Você foi valente e a melhor casca que eu poderia desejar... Mas agora preciso que volte a tomar conta de seu corpo... E principalmente existe alguém que está doido para te ver...

Kanarek dizia aquilo com uma voz esbanjando carinho e ternura do qual era sentindo principalmente em sua aura emanada.

Sam fechou a boca sabendo muito bem de quem o mesmo falava.

-Desperte meu querido Canário Escalarte -Sussurrou aquele ser de fogo antes de explodir em um amontoado de chamas vivas quentes.

 

 

 

                                                                     ***

 

 

Dallas foi um dos primeiros que abriu os olhos ao ver que tinha acabado observando a imagem do pássaro de fogo sumir em meio a poeira  densa que subiu com o impacto.

Tituba se desfez do campo de energia se sentindo extremamente exausta para continuar mantendo aquilo por mais tempo e todos os outros olharam diretamente para o lugar onde Nocnimurah estava não encontrando exatamente nada nem mesmo uma marca no solo o que era esperado após aquela explosão.

- Como? - Scott questionou observando com seus olhos aguçados enquanto ainda tinha Allison em seus braços.

O Manticora que nem mesmo prestou atenção naquilo começou a correr em direção ao corpo de seu amado que estava deitado no solo terroso.

- Sam! - Chamou desesperado segurando com todo cuidado o corpo do bruxo.

Para sua maior felicidade ele percebia que o mesmo respirava normalmente e quando abriu os olhos viu um lampejo do brilho dourado se dissolver e voltar ao verde escuro do mesmo.

Sam sorriu ao ver novamente o rosto do loiro.

-Eu disse que eu sempre volto para você! - Afirmou sendo puxando para um beijo rápido sem se importar com os outros que observavam a cena.

- Eu senti tanto sua falta! ,- Dallas disse de forma abafada enquanto ainda tinha seus lábios sobre os do outro. 

- Tudo acabou! - Explicou ao dar mais um selinho no Manticora e se impulsionando para ficar de pé.

Seu corpo todo está a dolorido e era como se estivesse dormindo de mal jeito por várias horas não se lembrando de exatamente nada direito enquanto estava possuído por Kanarek.

- Cadê o Nocnimurah?  Quer dizer... Não era para ter os ossos dele ali?- Stiles foi obviamente o primeiro a perguntar ficando no campo de visão de Sam que se assustou ao ver o mesmo com uma aura branca muito mais visível daquela vez.

E estranhamente o bruxo sabia que era uma energia passada por alguém que amou muito aquele rapaz... Uma aura materna.

- Amor? - Perguntou Dallas ao seu lado sem conseguir conter a dúvida também.

Pergunta essa que o bruxo sentiu as palavras surgindo em sua mente por mais que não se lembrasse de nada daquilo.

- Kanarek abriu um portal antes disso que dava no covil de Nocnimurah... Assim o fogo iria queimar e purificar todas as vítimas desse demônio! - Sam explicou automaticamente como se estivesse lendo um script - Isso é o que ele me contou - Explicou.

-É por isso que eu não estou sentindo mais um arrepio ou sensação ruim em meu estômago - Lydia contou olhando para a entrada do túnel que havia sido completamente fechada - Agora eu sinto apenas paz - Concluiu se lembrando de Meredith.

- Mas espera aí quem é Kanarek? - Scott perguntou com a mesma expressão de perdido - Não era Millo?

- Millo era o nome do meu amigo invisível quando criança que na verdade sempre foi Kanarek - Sam explicou para o alfa.

- Mas o que é esse Kanarek? - Allison perguntou daquela vez.

-Eu já ouvi falar desse nome - Tituba também comentou conseguindo agora ver Sam de forma normal sem ser aquele ponto de luz.

- Eu quero saber como aconteceu tudo! - Stiles praticamente gritou - Preciso saber detalhes!

Derek com o cenho franzido  se movimentou  puxou o humano pelo ombro direito.

-Você precisa descansar! - Afirmou.

- Descansar? Eu quero é saber o que aconteceu! - Rebateu como se fosse obvio.

-Mas não precisa ser agora! - O Hale apertou a mão em seu ombro o encarando nos olhos como se estivessem conversando de forma silenciosa.

-Finalmente vocês oficializaram o namoro! - Sam se intrometeu no meio daquilo levando uma cotovelada do loiro.

- Namoro? Como assim? - Scott perguntou chocado olhando para os dois - Eu achei que fosse ainda apenas uma paquera.

- Não apressa as coisas!  - O Hale respondeu sentindo o rosto esquentar vendo que o castanho se virava para ele com uma expressão indignada.

- Quer dizer que você não quer nada sério?  Questionou com a voz afetada.

- Isso! - Derek respondeu se arrependendo em seguida - Quer dizer não!

Dallas mordeu o lábio inferior vendo na bagunça que aquele lobisomem se metera, pois era possível ouvir o seu coração disparado mesmo sem aguçar sua audição.

- Tô brincando eu tô de boa com isso! - O Stilinski respondeu sorrindo enquanto balançava a cabeça positivamente.

- Você tá mentindo! - Scott o cortou levando um empurrão de Allison.

-Para de intrometer na vida deles! - O xingou.

Stiles voltou seu rosto para Derek que o encarava sem graça totalmente sem reação com toda aquela bagunça.

- Eu só quero um banho e ir embora! -Lydia choramingou sentindo toda adrenalina ir embora de seu corpo.

Tituba observava toda aquela conversa paralela logo após ter acontecido tudo aquilo e ficou chocada com o fato de como que um grupo de jovens estava lidando com aquela situação daquela forma. 

- Vocês não são normais! - Sussurrou com a sobrancelha erguida.

Cora que ouviu aquilo sorriu ouvindo seu estômago roncar.

- Você não faz ideia! - Comentou a Hale.


Notas Finais


Gostaram???
Como vocês podem ver muitas pontas abertas em capítulos anteriores foram fechadas nesse <3 Porque eu gosto muito disso e ainda expliquei finalmente o que Millo é <3
Eu gosto muito de coisas sobre destino/entidades côsmicas inclusive Kanarek é baseado muito na Força Fênix da Marvel ^^ Me sinto muito feliz com tudo que criei e quero muito saber a opiniões de vocês que acompanham!
E claro ainda têm algumas coisas que serão fechadas nos próximos capítulos (ou será que só algumas :v)
Moonlight fechou seu arco inicial, mas antes do fim ainda teremos mais desse casal maravilhoso <3
Até o próximo capítulo e um super beijão do Canário <3

PS: Se cuidem contra o coronavirus pessoal é algo sério e todo mundo fazendo sua parte logo essa tempestade passa. E caso estejam procurando algo para fazer eu tenho outras 18 histórias esperando para serem lidas hahaha <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...