1. Spirit Fanfics >
  2. Moonlight >
  3. Confrontos

História Moonlight - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Confrontos


Fanfic / Fanfiction Moonlight - Capítulo 4 - Confrontos

                Lua on 

Paro em frente a imensa e graciosa escola. Olho impressionada, realmente era um lugar muito bonito, Liam assim que vê minha expressão, dá  uma risada e coloca a mão no meu ombro onde dá um leve aperto. 

- Espero que tenha gostado Lua, e aliás esse uniforme ficou perfeito em você minha filha... espero que não arrume um namorado tão cedo e se arrumar ele terá que ser mais forte que seu pai aqui! - olho para Liam sem paciência alguma. 

- Não vai começar com o drama não né... nem venha dar um de pai ciumento para cima de mim não e outra... - Minhas palavras foram interrompidas com uma voz feminina e completamente irritante se aproximando de nós. Olhávamos na direção da dona da voz, era uma linda garota  Negra com longos cabelos caheados. Ela usava muita maquiagem mas que não a deixava vulgar. Ela vem em direção a nós e pula encima de Ethan que a abraça. 

- Oi meu amor, senti muita a sua falta. - disse Ethan capturando os lábios da garota que retribui o beijo com mais vontade ainda. Eu e Liam ficamos olhando para tudo menos os dois, quando o casalzinho para de se amar, a garota olha de cima abaixo para mim. 

- Quem é você? - diz a menina com desdém. 

- Ela se chama Lua... é minha filha e irmã de Ethan, a partir de hoje ela irá estudar aqui. - Diz Liam educadamente mas depois vai embora falando que tinha que falar para os professores sobre minha chegada, antes de ir ele me deseja boa sorte e me dá um beijo na testa. Quando ele vai embora vejo Ethan e sua namorada a me encarar. 

- Tão olhando o que? - Pergunto calmamente.  

- Sua cara suja selvagem. - disse Ethan dando de ombros. Olho enfurecida para ele e vou me aproximando, quando estou cara a cara com ele cuspo em seu rosto. 

- Se me chamar assim novamente eu te mato. Sabemos muito bem que em uma briga entre nós dois, eu te quebro com um braço só. 

- Vai deixar ela te tratar assim amor? Se quiser eu dou um jeito nessa daí. - fala a bonequinha ficando entre eu e o sangue suga. O clima estava muito tenso, mas que foi quebrado quando o sinal bate indicando que as aulas iriam começar. Com um último olhar, olho com desdém para Ethan e vou em direção a diretoria. Chegando lá vejo meu pai e um Outro homem conversando, o homem aparentava não ter mais de 30, ele possuía cabelos castanhos e seus olhos eram azuis, ele tinha um belo sorriso. Eles pararam de conversar e me olham. 

- Sr. Andrews quero lhe apresentar a minha filha Lua... Lua esse  é o Sr. Matteo Andrews, seu novo professor. - assim que Liam termina de falar, o tal de Matteo estende a mão e eu retribuo o cumprimento. Ele me olhava intensamente e isso já estava começando a me incomodar. Percebendo isso ele solta a minha mão envergonhado e desvia o olhar. 

- Seja bem vinda lua. Se precisar de qualquer coisa, não hesite em me perguntar. - ele fala amigavelmente 

-  O que você é? Vampiro ou Lobisomem? 

- Lua!!! Isso não é pergunta que se faça! - repreende Liam. 

- Tudo bem Sr. Carter,  ela só está curiosa. Entendo perfeitamente... Na verdade não sou nenhum dos dois, eu sou um feiticeiro. 

- ata. - digo dando de ombros, eles conversam mais um pouco e depois o t Sr. Andrews me leva até a sala de aula. Assim que entramos na sala, todos os  olhares param em nós. Olho para eles sem expressar nada. 

-  temos uma nova aluna... pode se apresentar, fale seu nome, idade, qual ser você é e o que gosta de fazer e por último fale sobre seus sonhos para o futuro. - diz o Sr. Andrews colocando suas coisas em cima da mesa. Assim que ele coloca as coisas ele encosta na mesa e fica me olhando, como o resto da sala. Começei a ficar nervosa, mas respirei fundo e começei a falar.

- Eu me chamo Lua, tenho 16 anos e eu sou uma simples humana. O que eu gosto de fazer é caçar seres sobrenaturais que me causam problemas. E no futuro bem próximo quero ser uma grande caçadora. - digo orgulhosamente, mas ao invés de olhares surpresos, vejo todos segurando a risada. A namorada de Ethan começa a rir, olho para ela com fogo nos olhos.

- Não vejo a graça que vocês acharam nisso! Se é isso que ela quer ser, temos que apoia-la e não rir dela. - disse o Sr. Andrews, olho para ele e dou um pequeno sorriso, posso estar me precipitando, mas gostei dele. 

- Mas ela é uma caçadora e estuda num lugar onde só tem seres sobrenaturais. Qual é a chance de isso dar certo? - disse uma aluna aleatória. 

- As chances de isso dar certo não sei. Mas as chances de eu quebrar tua cara são altas. - disse já me exaltando. Escutamos um longo ouuu de alguns alunos da sala. Mas outra vez o Sr. Andrews acalma eles e pede para eu me sentar. Eu me sento no fundo da sala e ao lado da minha carteira havia um menino super pálido e careca, ele era muito bonito e descolado, ele me olhava amigavelmente. Não demorou muito e viramos "amigos" seu nome era Joseph, mas ele pediu para chama-lo só de Jose. Logo em seguida conheci Lílian sua melhor amiga, ela tinha cabelo curto e castanhos, seus olhos eram vermelhos claros, ela era muito tímida mas legal. Viramos um trio, descobri que Lílian tinha uma queda por Ethan e Jose era gay, os dois eram vampiros. Conversamos a aula toda, até que chegou a hora do almoço, fomos até o refeitório, havia muitas pessoas, e mesas lotadas, passamos perto de uma mesa, onde estava Ethan e alguns amigos. Eu, Jose e Lílian passamos sem olhar para eles, mas escuto Ethan a me chamar. 

- Ei caçadora! Tô vendo que achou seu grupo,  sabe... Eles combina com você. Mas você não iria arrumar nada melhor do que um cara que é mais feminino que muitas garotas daqui e uma estranha que sonha em dar para mim. - vejo jose e Lili abaixarem a cabeça.  Olho enfurecida para Ethan que está rindo com seus amigos, me aproximo rapidamente dele e fico poucos centímetros de seu rosto, nos olhávamos com ódio. 

- Aposto que ainda não falou para seus amigos idiotas, o motivo de seu olho estar roxo. - digo entre um sorriso sarcástico. 

- Eu vou arrancar esse seu sorriso do seu rosto sua selvagem. Aqui não é seu lugar e nunca será, enquanto você continuar aqui, vou fazer sua vida um inferno. - ele fala me empurrando, sem quebrar a conexão dos olhares. 

- Ei lua vamos... deixe ele para lá - diz Jose me puxando pelo ombro, assim que viro para ir embora, a namorada de Ethan para em minha frente junto com um bando de meninas atrás dela. 

- Deixe meu namorado em paz! E outra, porque não cumpri a ameaça que fez para a minha amiga!?. - disse  Ashley apontando para sua amiga. Olho para as duas sem entender nada. 

- Que ameaça? - falo dando de ombros. Não estou com paciência de aturar Ashley. 

- Você falou que ia quebrar a minha cara. - disse Sophia apontado para o próprio rosto. Olho para ela com um grande sorriso nos lábios. 

- Se você pensar em bater nela, vai ter que se ver comigo. Não importa se você é filha do diretor ou não da escola, eu mato você! - disse Ashley. 

- Eu quebro você e ela! Tua acha que eu tenho medo de um bando de cachorro sarnento e sangue sugas!? - digo com raiva. Se ela estava tentando me irritar ela conseguiu! Antes de nós duas atacar uma a outra, Ethan e um dos seus amigos nos segura. Ethan puxa Ashley para trás dele, enquanto seu amigo continua a me segurar, puxo meu braço saindo do aperto de sua mão. 

- Você não passa de uma qualquer caçadora! Acha mesmo que consegue ganhar uma luta contra um vampiro! - disse Ethan sério. 

- Consegui ganhar de você otário! - Disse olhando intensamente para Ethan, que num piscar de olhos me prende contra a parede, e puxa meu cabelo para trás, e sussurra em meu ouvido. 

- Você está na cova dos leões pequeno cordeirinho, se continuar assim, irá acabar morta. Você iria fazer um grande favor para mim, e não só para mim para a sua mãe e irmão também, você só é um fardo para eles. Cai na real caçadora! Você perdeu eles quando meu pai voltou, acha mesmo que ela ainda te ama, depois de jeito que você tratou ela por todo esse tempo! Você está sozinha nesse mundo. - disse Ethan me soltando e voltando para Ashley e seus amigos. Não sei porque mais essas palavras me atingiram como flechas, pela primeira vez as palavras de Ethan me machucaram e muito. Fico paralisada e seguro as lágrimas que se formavam, Jose e Lili se aproximaram de mim e perguntavam se eu estava bem e disse que só precisava de um tempo, fui andando rapidamente até o banheiro, verifiquei se estava vazio e quando vi que se sim, fui até o último e tranquei a porta, sentei no chão e começei a chorar silenciosamente. Agora descobri por que as palavras de Ethan me machucaram tanto.... porque ele tinha razão, depois de tudo o que fiz duvido que minha mãe ainda me ame, desde que chegamos na nova casa, eu a ignoro completamente e julgo ela por voltar com um cara que mentiu e a traiu por muito tempo, e Nico passa o tempo todo com Ethan e não liga mais para mim, eu mudei com eles e estou vendo que eles mudaram comigo...

                Continua....

  





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...