História Moonlight Falls - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anny, Aventura, Bleer, Caçadores, Claire, Drama, Ficção, Herege, Híbrido, Lobisomem, Mago, Ragnar, Raven, Romance, Saga, Sobrenatural, Taylor, Vampiro, Violencia
Visualizações 10
Palavras 1.420
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse capítulo para mim é um dos mais legais do meu livro onde podemos abordar não só a relação entre a Bleer e o Taylor mas também sobre o Ragnar.

Capítulo 3 - Ato 3: Uma nova vida pela frente.


Fanfic / Fanfiction Moonlight Falls - Capítulo 3 - Ato 3: Uma nova vida pela frente.

Após aquela noite difícil, achando que seria meus últimos dias nesse planeta, acordei nos braços do Taylor. Eu não estava mais sentido as dores, nem a febre, nem mesmo medo... depois de meses de sofrimento, eu estava realmente bem... depois de um tempo, o Taylor acordou... "Bom dia moça... dormiu bem?". Enquanto ele dizia tais palavras, ele fazia o belo sorriso dele, deixando cada vez mais, meu dia melhor... e eu pela primeira vez, não menti pra ele, sobre como eu estava...

 - Estou me sentindo bem melhor, graças a você! E você? Dormiu bem?

 Ele me respondeu que também dormiu bem.... parecia que era um sonho pra mim! Estava tudo dando certo, só de saber que eu poderia respirar o ar fresco de novo assim que a gente saísse daquele hospital, enfim, era tudo que eu mais desejava... ficamos trocando olhares por alguns minutos... depois de um tempo, chegou uma mulher no quarto... o Taylor ficou meio sem graça e vestiu a camisa, porque ele ficou com vergonha...

 - Oi Raven... - disse o Taylor para a moça que entrou no quarto.

 Eu achava que era mais um enfermaria, mas na verdade, era uma amiga dele... enquanto Taylor estava colocando a camisa, fiquei observando o corpo dele... como ele havia mudado bastante, tinha muito tempo que eu não via ele...

 - Então, como você está? Ele cuidou bem de você? - me perguntou a amiga do Taylor. 

 - Ele cuidou sim, mas agora eu só quero sair daqui... - digo fazendo um sorriso fraco.

 - Acho que já podemos sair... né Taylor? - disse ela sorrindo olhando pro Taylor.

 - Podemos... então vamos pra casa? - perguntou Taylor para nós duas. 

 Eu estava doida para sair daquele lugar, para eu tomar um banho quente, poder viver tudo que eu não podia enquanto eu estava doente, recuperar o tempo que eu perdi no hospital... eu já estava imaginando a alegria da minha mãe, ao me ver bem.

 - Vamos... Taylor, bem que você podia resolver a papelada da alta da Bleer enquanto eu e ela vamos para casa... - disse ela sorrindo e olhando pra mim. 

  - Bleer, podemos olhar roupas novas para você! - disse ela olhando novamente para mim.

 - Sim, eu adoraria mesmo! - falo estampando um sorriso no rosto.

 - Enquanto vocês vão pra casa, pode deixar que eu resolvo... - respondeu Taylor, saindo do quarto indo para a recepção.

 Como a Raven já estava querendo me ajudar, aproveitei para fazer outro pedido:

 - Eu preciso de um banho, tem como você me ajudar? - perguntei para ela um pouco tímida.

 - Bom, quando chegarmos na nossa casa, lá você pode tomar o seu banho, ok? - ela me respondeu sorrindo.

 - Por mim tudo bem... - falo meio tímida ainda. Fico arrumando minhas coisas super animada. Eu estava doida para ser como era a casa, e também por saber que eu ia morar com o Taylor. Enquanto eu arrumava as coisas, ela ficava me observando, por alguns minutos ficamos sem assunto até um certo tempo, então, ela resolveu dialogar comigo... 

 - Então Bleer, você deve estar se perguntando quem eu sou... no caminho vou te explicar tudo direitinho... 

 - Tudo bem... - fiz um sorriso fraco, e logo depois peguei a mochila e caminhei para fora do quarto junto com a Raven.

 Depois que saímos do quarto, andamos juntas até o elevador e depois entramos nele...

 - A quanto tempo você conhece o Taylor? - ela me pergunta enquanto o elevador estava descendo até o primeiro andar.

 - Desde que somos pequenos, na verdade, desde sempre! - fiz um sorriso fraco. 

O elevador chegou até o primeiro andar, enquanto caminhamos pela saída, vejo Taylor resolvendo a papelada na recepção. A enfermeira deixou a Raven me levar pra casa enquanto Taylor terminava de arrumar os documentos, assim, eu e Raven caminhamos até o carro e entramos nele...

 - Bom, voltando ao assunto, você e o Taylor são tão bonitos juntos... vocês namoram? - ela me pergunta enquanto estava dirigindo.

 - Não namoramos! - digo meio sem graça, mas por dentro era tudo o que eu mais queria.

 - Sério? Achei que vocês namorassem mesmo... - ela fez uma cara de surpresa ao saber que eu e Taylor não estávamos namorando.

 - Somos muito amigos, acho que não tem clima... - digo meio sincera e triste por dentro.

 - Pois eu acho que tem! Pelo que eu vi no hospital, vocês dois lá... - ela disse sorrindo e animada.

 - Viu o que? - começo a rir, meio corada. 

- Nada de mais... bom chegamos! - enquanto ela falava, ela fazia um olhar suspeito... 

 Enquanto eu ia saindo do carro, eu fiquei pensando no que ela falou sobre eu e o Taylor... fiquei pensando sobre a possibilidade de poder te algo entre eu e ele, mas na verdade, talvez era só amizade... mas se não for? Enquanto ficava vindo esses pensamentos em minha cabeça, nem percebi aonde a Raven estava me levando, quando eu voltei pra realidade, eu percebi que ela tinha me levado a uma loja de roupas...

 - Raven, eu não tenho condições de pagar... - falo sincera.

 - E quem disse que você vai pagar? Vai ser um presente meu! - ela me fala sorrindo enquanto mostrava o cartão dela.

 Fiquei um pouco sem graça, mas não rejeitei o presente... eu não sabia o que fazer, nem como agradecer... então, no impulso, fui até ela e dei um abraço nela...

 - Obrigada... - falo com um sorriso forte no rosto.

 - Agora chega de papo, vamos lá comprar suas roupas... - enquanto ela conversava comigo, entramos na loja.

Depois de provas várias roupas, mostrar pra Raven dar a opinião dela sobre o look e me olhar no espelho pra ver como tinha ficado, eu terminei de escolher as roupas... então, juntas fomos até o caixa da loja e Raven comprou as roupas pra mim...

 - Muito obrigada de novo Raven, eu nem sei como agradecer... - falei com uma alegria no coração.

 - Não precisa agradecer fofa, esses presentes são os primeiros de muitos! - disse ela fazendo um sorriso. 

  Caminhamos até o estacionamento... e depois entramos no carro...

 - Já começaram os sintomas? - disse ela com um olhar sério pra mim.

 - Sintomas? - digo meio preocupada e assustada.

 - Não se preocupa... é normal... olfato e audição ficam mais aguçados, então vai cheirar e ouvir coisas que não muito normais... - disse ela sorrindo.

 - Isso parece bom por um lado... - digo tranquila.

 - Não tente se preocupar muito com isso, mas sim com Ragnar... ele é cabeça oca, não entende que você é importante para o Taylor... então temos que convencer ele... - disse ela determinada e olhando pra mim. 

Depois dessa conversa, chegamos em casa... descemos do carro e entramos na casa. Ragnar estava no sofá, mas mesmo antes da gente entrar pela porta, ele já tinha percebido a nossa presença...

  - Raven e Taylor? - gritou ele, pois ele sentiu duas pessoas chegando...

 - Eu e Bleer! - disse Raven determinada e olhando para mim.

 - Bleer? Quem deixou essa menina entrar aqui? - ele levantou do sofá, e ficou me encarando de braços cruzados.

 - Ela é uma beta Ragnar... para ser mais mais exata, sua beta! - disse Raven com um olhar sério para o Ragnar.

 - Me desculpa... - digo meio pra baixo, naquele momento, eu queria voltar pra casa... ou até pro hospital... menos ali, que eu queria ficar agora...

 - Bleer não liga, vamos? Eu te empresto uma roupa para você passar o restante do dia, enquanto eu lavo suas roupas novas... - disse ela me puxando pela escada.

 - Sim, ela é minha beta... mas se ela não andar na linha, ela vai ser expulsa da minha casa! - disse ele com um olhar de raiva. 

Enquanto Raven me levava para o segundo andar, uma pessoa bateu na porta... Ragnar, então, foi atender a porta... enquanto eu estava no segundo andar, eu comecei a dar uma crise dos sintomas e comecei a escutar tudo que as pessoas ao redor daquela casa estava falando... enquanto Raven separava a roupa para mim, eu conseguia escutar tudo o que Ragnar estava conversando com a pessoa que estava visitando ele...

 - Ragnar nós temos um tratado de paz... e por incrível que pareça, apareceu um vampiro morto ontem na floresta... É bom você ter uma bela explicação! - disse a mulher desconhecida.

 CONTINUA, NO PRÓXIMO ATO...     


Notas Finais


O que será que Ragnar fez de errado? Bleer vai conseguir convencer ele que é uma pessoa boa para sua família?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...