História Moonlight (Imagine Demi Lovato) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Demi Lovato
Personagens Demi Lovato
Tags Ariana Grande, Demi Lovato, Imagine Demi Lovato
Visualizações 248
Palavras 2.716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Literatura Feminina, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, Lovatics!
Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Bom, antes de tudo, eu gostaria de dizer: Eu estou com um puta medo de postar essa fanfic. E o motivo foi o ocorrido com a Demi. Eu fiquei verdadeiramente muito triste com o que aconteceu com ela, e eu, sendo apenas uma fã do trabalho dessa artista maravilhosa que é a Demi, imagino que seja uma dor muito pior para os verdadeiros Lovatics. Então desde começo já quero avisar que não quero desrespeitar a artista com essa fanfic, e muito menos quero usar essa polêmica para ajudar na fanfic.

Eu estou aguardando essa estória há quase dois meses, só consegui ter êxito no primeiro capítulo após alguns uns dias da tragédia. E estou aguardando esse capítulo prontinho há mais ou menos uma semana. Eu espero que gostem dela, e como esse capítulo é apenas um experimento de como será a reação do público, já aviso que ela irá demorar para voltar com as atualizações;

Tenho várias fanfics em finalização, e assim que eu terminar elas, podem ter certeza que darei prioridades para Moonlight. Okay?

Ah, quase ia me esquecendo, agradecimentos para a @Vitorivato pela capa divosa que ela fez para a fic ^^

Bom, avisos dados, boa leitura meus amores ^^

Capítulo 1 - Véu, grinalda e lágrimas


Fanfic / Fanfiction Moonlight (Imagine Demi Lovato) - Capítulo 1 - Véu, grinalda e lágrimas

Um belo vestido branco, véu e grinalda. Via uma bela imagem no espelho do pequeno cômodo onde se encontrava sua mãe, quase não contendo as lágrimas de felicidade. Sua filha estava tão linda naquele belo vestido de noiva.

O único olhar insatisfeito naquele local, era o da irmã mais velha da noiva.

Dallas olhava para sua irmã, com uma expressão de reprovação indescritível. E Demi sabia o motivo daquele olhar.

Demi em sua despedida de solteira, teve a grande surpresa de reencontrar uma amiga muito próxima a si no colegial. Seu nome era (SeuNome) Furler, uma atual compositora que trabalha para a empresa RCA Records e já estava com seus vinte e quatro anos de idade.

Completamente diferente do que Demi se lembrava, seus cabelos ruivos sempre parcialmente escondidos em um capuz de suas blusas, agora estavam longos, e coloridos nas pontas, suas roupas sempre mostrando pouco de seu corpo foram trocados por roupas mais provocativas, mesmo que ainda levemente masculinos, ainda mostrava a feminilidade da garota. Os dentes perfeitamente alinhados, graças ao aparelho que fora obrigada a usar naquela época, e um rosto sem qualquer necessidade de maquiagem, a tornava ainda mais bela.

Lovato trocando algumas palavras com a mais nova, se viu com o sentimento que sentia há anos atrás voltar, e com algumas doses de tequila, e copos de inúmeras outras bebidas. Acordou em um quarto desconhecido por si, abraçada na garota, no qual com muita cautela não acordou ao se levantar da cama.

Não deixou qualquer bilhete, qualquer mensagem. Apenas saiu da casa, sem saber como (SeuNome) reagiu a aquela situação. Dallas sabendo disso pela própria Demi, se enfureceu, foi custoso para a mais velha trazer (SeuNome) até aquela despedida de solteiro, por saber que (SeuNome) teve um sentimento forte em Demi em seu passado. E depois daquele dia, fora completamente contra aquele casamento.

Mas Demi não poderia se arrepender agora, estava muito feliz com seu noivo para deixar aquele acontecimento lhe abalar.

Estavam finalmente todas prontas. Demi sentia seu coração errar batimentos ao notar que se aproximava da igreja que iria se casar, o carro estava em completo silêncio, Dallas sequer olhava para sua irmã, e mesmo que Demi quisesse dizer algo a ela, sentia receio da mesma a ignorar, ou lhe jogar um comentário sarcástico, e acabar trazendo a mãe para a briga das duas.

Eddie já esperava as mulheres em frente à igreja, diferente do que Demi esperava, o homem as esperava com um semblante preocupado, e assim que saíram do carro, o mais velho se aproximou de Demi, dizendo algo que deixou Demi com o coração acelerado.

— Eu sinto muito, minha querida. — Os batimentos cardíacos não eram mais de euforia, ou felicidade, e sim de medo, de aflição.

Chegou nas portas da pequena igreja, chamando toda a atenção dos convidados do local. Sem se importar com absolutamente nada, nem ninguém. Demi foi até seu cunhado, Kevin Jonas, observando que ele, e o outro irmão, Nick, a olhavam com um olhar receoso, e entristecido.

— Kevin, Nick — Já sentia seus pulmões aumentarem seu trabalho, deixando a morena ofegante. —, cadê o Joe?

— Demi — Kevin limpou a garganta, aproveitando a pausa, para procurar as palavras certas para aquele momento. —, o Joe desistiu do casamento. — Mas não existia palavras suaves para a noiva naquele momento.

Ofegante, mais ofegante há cada minuto, as lágrimas, com muito pesar, caiam sob o veludado tapete vermelho, junto ao buque de rosas vermelhas e brancas, que se despedaçaram com a colisão das mesmas ao chão. O semblante da noiva era de descrença, e perplexidade. Não conseguia acreditar no que estava acontecendo, só poderia ser uma brincadeira de muito mal gosto com sua pessoa.

E notando que todos os convidados a olhavam, seus parentes carregando semblantes entristecidos, exceto de Dallas, que era um olhar decepcionado, notou que nada daquilo era uma brincadeira. Mas Dallas não poderia negar que estava triste por sua irmã. Ao perceberem a situação, começaram os cochichos, e alguns risos. Dallas foi a única, a ir até Demi para lhe oferecer conforto, dando um abraço forte, onde aceitou de bom grado, ao retribuir, ouviu:

— Vamos para a casa. — Dallas apertou seus dedos sob o braço de Demi, não a soltando em nenhum momento. — Dêem um jeito de tirar todos daqui. Eu vou ficar com a Demi.

— Logo estaremos lá também. — Dianna disse, vendo Demi negar com aquela afirmação.

— Eu quero ficar sozinha com a Dallas. — Ao encarar sua mãe, viu a mesma assentir com um sorriso fraco em seu rosto.

Chegaram na casa de Demi, que logo indo até o seu quarto, tirou o vestido segurando a raiva para não destruí-lo por completo e rasgá-lo em suas próprias mãos com o ódio que estava sentindo. Após um banho bastante demorado, Demi foi até a sala, onde estava sua irmã. Dallas mexia em seu celular, com semblante incrédulo em seu rosto, o que atiçou a curiosidade de Demi.

— O que está vendo de tão intrigante? — A pergunta da mais nova assustou Dallas, que rapidamente desligou seu celular.

— Nada demais. — Deixou seu celular de lado, notando o olhar desconfiado de Demi. — Vem cá, está melhor?

Demi deu uma risada nasalada para a pergunta de sua irmã.

— Acha mesmo que preciso responder sua pergunta? — A pergunta retorica, em meio a uma voz chorosa, fez Dallas abraçar a irmã forte. — Por que ele fez isso comigo, Dallas? — Perguntou, desabando de vez em lágrimas.

— Ele é apenas um idiota, maninha. — Demi se sentiu confortada com a voz suave de Dallas, e as carícias da mesma sob seus cabelos parcialmente molhados. — Vamos tentar esquecer isso, está bem? — Dallas afastou a irmã para encará-la. — Okay, não tem como esquecer isso agora, mas será apenas uma lembrança muito ruim. Vamos fazer um pouco de pipoca, doces, e ver uns filmes bem legais na Netflix, está bem?

— Obrigada, Dallas. — O sorriso de Demi, um pouco mais alegre diante a umidade de seus olhos, no qual tentava secar com a ponta de seus dedos, fez Dallas retribuir o sorriso da menor, dando um beijo na testa da mesma, com todo o carinho do mundo.

— Estou sempre aqui para te ajudar, meu amor. — Deu outro abraço na mais nova, que retribuiu. — Vou trazer as besteiras para assistirmos o filme, okay?

Ao ver o assentir de Demi, Dallas saiu do cômodo.

Ao ouvir seu celular tocar, Demi viu ser Amethyst, sua melhor amiga. Sorriu ao atender a ligação.

— Oi, Iggy. — O desânimo era notável na voz de Demi. E Iggy sendo uma ótima amiga que era, já deduziu o pior.

— Droga, eu perdi a cerimônia? — Perguntou, estava ofegante. — Eu não acredito.

— Não teve casamento. — As lágrimas pareciam cada vez mais difíceis de mantê-las presas, não aguentava mais chorar.

— O que?! — O tom surpreso de Amethyst assustou Demi, pela elevação ao tom de voz da loira. — O que aconteceu, Demi?

— Ele desistiu do casamento, quando cheguei lá, estavam todos me olhando com pena, ou deboche. — Demi ouviu a mais velha xingar o rapaz em um sussurro completamente irritado. — Eu estou me sentindo horrível, parece que todo meu sonho de princesa desmoronou naquela igreja.

— Não, não pode pensar assim, Demi. — A loira disse, com o tom mais calmo, e compreensivo que poderia trazer em sua voz. — Você tem apenas vinte e cinco anos, não pode desistir assim, vai encontrar um príncipe encantado tão melhor quando Joe foi, ou princesa, quem sabe? — Demi não segurou uma fraca gargalhada ao ouvir a última frase de Amethyst.

— Você pode ficar aqui comigo, Iggy? — Demi pediu. — Dallas e eu vamos fazer uma maratona de filmes, e nunca tem graça sem você reclamando das atitudes dos personagens.

— Claro, minha guerreira. — Respondeu rindo. — Logo logo estarei chegando em sua casa.

Ao se despedirem, Demi desligou seu celular, percebendo o mesmo sem bateria. O colocou no carregador um pouco afastado de si, e voltou para o sofá, estava pronta para colocar na Netflix assim que ligou a televisão;

Mas logo viu as reportagens dizendo coisas ao seu respeito, na verdade, um programa de fofocas. Mal havia acontecido, e já tinham pessoas falando daquele ocorrido.

— Não entendo como isso foi ocorrer — Uma das apresentadoras exclamou. —, Demi e Joe pareciam um casal tão apaixonado, e pareciam que estavam prontos para aquele momento.

— É verdade, Tiffany. — Um apresentador, mais novo concordou. — Me pergunto se não teria ocorrido alguma coisa para Joe ter desistido do casamento, será que ocorreu alguma coisa naquela despedida de solteiro da Demi Lovato?

O coração de Demi acelerou.

— Pois vimos fotos dela cheia de conversinhas, e abraços com uma garota que não conseguimos ver o rosto em nenhuma das fotos. Mas acreditam ser a filha de Sia.

— A (SeuNome) Furler? — Tiffany perguntou em descrença. — Isso é impossível, ela não está em um relacionamento sério, Tyler?

— Bom, nada as impedem de serem sem compromisso com seus parceiros, gostaria muito de estar errado.

Claro que você amaria estar certo, não é mesmo, Tyler Fowler? Pensou Demi.

— Qual é, Demi. — Demi se assustou com Dallas a repreendendo. — Não fique se crucificando vendo isso. — Pegou o controle da mão de Demi, e trocou de canal, deixando em qualquer outro que não falasse sobre aquilo.

— Acha que ele pode ter descoberto sobre minha noite com a (SeuNome)?

— E como ele iria descobrir, Demi? — Dallas perguntou colocando a tigela de pipoca na mesinha de centro. — A mídia gosta dessas coisas, lembra? Sem audiência eles não vivem.

— Dallas — Demi chamou antes que a mesma saísse do cômodo novamente. —, a (SeuNome) está realmente namorando?

— Sim. — Deu uma resposta curta, seguido de um suspiro cansado.

— C-Com quem?

— Demi, se importa tanto assim?

— Apenas estou curiosa, Dallas. — Demi tentou não se mostrar irritada com aquilo, não gostava quando Dallas insistia naquilo.

Sempre que Demi se pegava perguntando de (SeuNome), Dallas tentava ao máximo arrancar informações de Demi. Por que se importa? Por que está perguntando? Por que não vai até ela? E mais inúmeras outras perguntas que Demi estava cansada de ouvir. Ela não poderia estar apenas querendo saber como vai a amiga, e ao mesmo tempo que sente receio de ir até ela?

— Bom, se está tão curiosa, veja com seus próprios olhos, estão falando desse relacionamento por todas as redes de site de fofocas, principalmente nas redes sociais. — Dallas saiu após dar um sorriso para Demi junto de uma piscadela rápida, deixando a mais nova ali, pensando se deveria ou não descobrir por si mesma ou por coincidência do destino quem era a atual namorada de (SeuNome).

Demi passou um tempo pensando, e quando ia se levantar para pegar seu celular, ouviu a campainha tocar. Estalando sua língua sob o céu da boca em frustração, foi até a porta em passos apressados, vendo sua amiga Iggy com um belo vestido cinza claro, Demi sorriu ao vê-la ali, já de braços abertos para reconfortar sua melhor amiga da forma mais receptiva possível.

E Demi jamais negaria um abraço de Amethyst, sentiu os braços da amiga a envolverem na altura dos ombros, junto a carícias em suas costas. Amethyst não faria Demi remoer ainda sobre aquele ocorrido péssimo, assim que entrou na casa da mais nova, perguntou:

— Que filme vamos assistir?

— Ainda não escolhemos, que tal você escolher?

— Sabe que sou uma grande amante de filmes de terror. São os filmes que eu mais reclamo. — Demi riu.

— Oi, Amethyst. — Dallas ao colocar as guloseimas na mesa de centro, foi até loira, lhe dando um abraço apertado.

— Oi, Dallas. — Um sorriso se formou nos lábios de ambas ao se afastarem.

Ao esperarem Amethyst trocar seu vestido para roupas mais confortáveis, que para a sorte da loira já tinha roupas suas na casa de Demi, as três passaram o dia em uma maratona de filmes, comédias, terror, romances, dramas, etc. Foram horas de risadas por parte das Lovato por conta de Kelly reclamando com os personagens por atitudes que ela considerava idiota, como o protagonista não perceber o quão apaixonada por ele sua amiga era, ou a garota que ganhando do assassino teve a ideia idiota de tentar passar pela portinha do cachorro no portão da garagem, ficando presa nele.

Demi notou ser a única acordada ao começo da noite, quase chegando às nove horas. Foi finalmente até seu celular, notando o mesmo já totalmente carregado, e deixando as duas mais velhas dormindo na sala.

Demi foi até a varanda, sentindo o ar gélido sob seu corpo. Se permitiu sentir aquele ar fresco e frio entrar por entre seus pulmões, com seus olhos fechados, abrindo os mesmos somente no momento em que soltou o ar pelos avermelhados e finos lábios. Lovato precisava se acalmar, não poderia perder o controle naquele momento, havia batalhado muito para que conseguisse chegar até ali, não desabaria por conta de um evento desagradável.

Ao desbloquear seu celular, foi finalmente pesquisar sobre (SeuNome), já obtendo o que queria na primeira sugestão do site. Abriu o site de fofocas, se surpreendendo com o que leu.

 

(SeuNome) Furler e Ariana Grande assumem namoro nas redes sociais

Nessa terça-feira (02/04), a compositora, cantora e filha de Sia (SeuNome), e a cantora e atriz Ariana Grande assumem estarem em um relacionamento sério nas redes sociais.

 

@BolinhodaAri

@(SeuUser) é verdade que o encontro em que você e Ariana estavam era para oficializar finalmente o namoro?

[Resposta] @BolinhodaAri vocês e seus detetives particulares, onde arranjo? São muito bons :-)

 

Com a declaração de (SeuNome), os fãs de ambas as artistas foram a loucura, bombardeando as redes sociais de Ariana Grande com perguntas se aquilo era realmente verdade, Ariana apenas postou um vídeo em seu Instagram. Veja abaixo:

 

Ariana cantava uma música, bem baixinho, porém daquele jeito belo de Ariana. Demi reconheceu ser uma das músicas da própria Ariana, Let me Love You, ao mover sua câmera para o lado, viram (SeuNome) mexendo no celular, com um sorriso no rosto, ao se virar para Ariana, a mesma puxou a mais velha para um beijo rápido.

— Me deixa te amar? — Ariana perguntou, com um sorriso apaixonado em seu rosto.

— Com tanto que você me ame. — O vídeo encerra com um beijo entre o casal.

 

Muitos estão mandando inúmeras mensagens de apoio ao casal. Como:

 

@Dontsweet

Gente, Ari e (SeuApelido) é meu novo shipp amado, e minha nova religião!

@Marida_da_(SeuNome)

Seis meses? Só falam isso agora, meu shipp é mesmo real

@Camila_Cabello

Finalmente @(SeuUser) @ArianaGrande assumiram esse relacionamento, fico muito feliz por vocês duas, e espero que tenham muitos, milhares momentos juntas, amo vocês <3

 

Até o momento, não tiveram nenhuma outra notícia das duas, mas há muitos querendo saber mais sobre o relacionamento das duas.

 

— Com a Ariana? — Demi indagou para si mesma, tirando do site ao ver vários SMS em sua caixa de mensagens.

Revirou os olhos para as mensagens do indivíduo.

 

Joe: Demi - 09:17PM

Joe: Me perdoe, eu fiquei muito nervoso - 09:17PM

Joe: Não tem nada a ver com você - 09:17PM

Joe: Sou eu... - 09:18PM

09:19PM - Eu sei disso, Joe :Demi

09:19PM - Apenas peço que nunca mais me procure :Demi

09:20PM - Nem para pedir desculpas :Demi

 

Após um suspiro pesado, Demi voltou para a sala, onde Dallas e Amethyst ainda dormiam, provavelmente acordariam doloridas se amanhecem ali, então Demi as acordou, pedindo para que as mesmas dormissem nos quartos de hospedes. Não demorou muito para que Demi fosse para seu quarto, se deitando em sua cama, se permitiu ficar alguns minutos pensando;

E por algum motivo, aquele vídeo de Ariana e (SeuNome) não saia da cabeça da Lovato, sentiu algo ruim ao ver a mais nova dando - mesmo que rápido - beijo em Ariana, sentiu seu coração doer, mas do que ser deixada no altar por Joe.

Tentando esquecer aquela cena, Demi fechou seus olhos, e adormeceu após um tempo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e me perdoem qualquer erro que possa ter deixado passar ao decorrer do capítulo. Eu de verdade ainda estou com receio da repercussão dessa fanfic mesmo esperando um pouquinho para postar.

Até o próximo capítulo, Lovatics <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...