História Morando com dois alfas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jikook, Namjin, Romance, Universo A/b/o, Vkookmin, Vmin, Yoonseok
Visualizações 572
Palavras 1.737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem😊

Capítulo 1 - Nova vida


Fanfic / Fanfiction Morando com dois alfas - Capítulo 1 - Nova vida

Meu nome é Park Jimin, sou um ômega de 18 anos e acabei de me mudar para Seul. Vim para essa enorme cidade em busca do meu sonho, quero ser um dos melhores dançarinos de dança contemporânea da Coreia do Sul, por enquanto é só a Coreia mesmo, depois vai ser o mundo.

 

Estou em frente à um prédio bem bonito, consegui um apartamento nele a um bom preço, era perto da academia de dança que eu havia passado na seleção, isso era ótimo, afinal poderei ir andando para lá todo dia. Mas tinha um porém, tinha que haver, um apartamento tão e bonito, num bairro bom, com certeza não sairia a um preço bom, mas no meu caso saiu, mas em compensação terei que dividir com mais dois moradores, não sei de nada sobre eles. Tomara que eles sejam legais.

 

Expliquei a situação para o porteiro e ele disse que já estava sabendo da minha mudança, achei isso ótimo. Peguei minha bolsa e fui pegar o elevador. Subi até o vigésimo andar, e fui até a porta do apartamento.

 

O prédio em si era bem bonito, bem decorado, moderno, era maravilhoso. Agora vamos ver se o apartamento vai ser também.

 

— oi! Você vai se mudar para aí?— me assustei pois estava prestes a tocar a campainha e do nada uma pessoa surge no corredor que não havia ninguém. 

 

Me viro para onde a voz vinha, ele tinha acabado de sair do elevador, pelo cheiro era ômega, era bem bonito para falar a verdade.

 

— sim!— falo nervoso.

 

— que ótimo! Vou ter um vizinho ômega!— fala animado e segura minhas mãos— meu nome é seokjin mas pode me chamar de jin, sou seu vizinho, moro no apartamento logo ao lado.

 

— ah prazer jin— estou feliz agora, ele parece ser legal, tomara que a gente se der bem.— meu nome é Park Jimin.— sorrio.

 

— você é tão fofo!— retribui o sorriso e solta minhas mãos— bom jiminie, vou ter que ir, meu alfa tá me esperando, até mais.

 

— até— vejo ele entrar no apartamento ao lado. Então ele tem um alfa. Afff todo mundo tem menos eu.

 

Voltei a prestar atenção na porta, estou meio nervoso, tomara que sejam ômegas legais. 

 

Como não tenho a chave ainda tenho que tocar a campainha e assim fiz.

 

Não demorou muito para a porta ser aberta e revelar um homem muito bonito e pelo cheiro era um alfa. Me afastei um pouco, oque um alfa está fazendo no meu apartamento?

 

— oi!— ele fala sorridente, mesmo sendo um sorriso quadrado, era muito fofo.— você deve ser Park Jimin né.

 

— sim...— respondo meio receoso, porque ele sabe meu nome? Não me diga que...

 

— prazer jimin, meu nome é Kim taehyung e sou uma das pessoas que moram aqui— meu mundo caiu, como assim mora aqui? 

 

— aqui no prédio né?— pergunto sorrindo nervoso, na esperança dele dizer que é em outro apartamento.

 

— sim, aqui no prédio, nesse apartamento que você irá morar— continua com seu sorriso.— vamos entrando— ele pega minha bolsa sem nem me esperar responder e entra. Eu acabo entrando junto com ele.— aqui é a sala.— se refere ao local onde estávamos, era bem bonita, bem clara, tinha muitas janelas.

 

— é bonita— falo admirado.

 

— que bom— ele me olha com uma certa intensidade que me deixou envergonhado.— agora vamos para o próximo cômodo. 

 

— claro...— falo meio envergonhado pela situação. Eu sei muito bem que ainda vou me envergonhar muito morando aqui, com um alfa!

 

[...]

 

Depois dele me mostrar a casa inteira, me deixou em meu quarto e saiu dizendo que iria me deixar a vontade para me ajeitar. O quarto era bem bonito e oque me deixou mais feliz era que veio mobiliado, nem terei que me preocupar em comprar os móveis.

 

Me joguei na cama e me certifiquei que ela era bem confortável. To tão feliz de ter conseguido uma casa tão boa. Esse apartamento vale muito a pena, ele é tão bom que compensa o fato que terei que morar com um alfa. Tudo na vida tem partes boas e partes ruins, então vou ter que aceitar.

 

Pego meu celular e quando abro o WhatsApp para falar com meu amigo sobre o apartamento, minha barriga começa a roncar, percebi que estava com bastante fome. Me levanto e vou até a cozinha ver se tinha algo para comer.

 

Abri a geladeira e fiquei muito feliz ao ver que tinha um pudim num copo de vidro, como queria comer alguma coisa, me aproveitei e peguei o pudim. Está sendo tudo perfeito tirando o fato do alfa, está tudo ótimo.

 

Fui para a sala, sentei no sofá, liguei a tv, coloquei no de férias com o ex, adoro esse programa e comecei a saborear o pudim. 

 

— taehyung cade as minhas cuecas?— dou um enorme pulo fazendo o pudim cair no sofá. Fudeu, porra o sofá nem é meu e eu faço uma cagada dessas, ai que azar do caralho.

 

Viro para o dono da voz e tive outro susto, mais um alfa? Não pode ser, e ele ainda estava semi nu só com uma toalha, sem querer acabei notando em como ele era bonito e como tinha um corpo bonito, só faltei morrer de vergonha por causa disso. Ele parecia surpreso ao me ver também.

 

— quem é você?— tinha um olhar discriminatório e rígido, me deixou um pouco nervoso.

 

— sou park jimin, me mudei para cá hoje...— falo receoso.

 

— ah sim, o ômega que o taehyung havia falado.— seu olhar foi para o pudim derramado no sofá— mas que porra é essa?!— fala irritado e eu me encolho de medo.— oque meu pudim está fazendo derramado no sofá?!— ele parecia estar muito irritado e eu estava bem fudido, tinha que ser eu, ai como sou burro.

 

— me desculpa!— me levanto rápido para tentar encontrar alguma coisa para limpar a sujeira.— eu não sabia que o pudim era seu, me desculpe mesmo.— finalmente acho um pano em cima da mesa, não prestei atenção no que era, só sei que peguei e comecei a passar em cima da mancha do pudim no sofá.

 

— seu ômega idiota!— seu tom de voz parece muito mais irritado, me viro com medo  para olhá-lo e sua cara estava vermelha de ódio— você acha que está limpando com oque, seu imbecil?!— fico confuso e olho para o pano que havia pegado, acabo corando e jogando o mesmo no chão.— ai que raiva, além de comer meu pudim, você ainda usou minha cueca para limpar a merda que você fez, por um acaso você quer morrer?— acabo recuando com medo, ele estava certo de estar com raiva de mim, eu só faço bosta.

 

— me desculpa— abaixo minha cabeça.

 

— você só sabe se desculpar é?— fala irritado.

 

— sinto muito— ai que péssimo, nem conheço ele e já começamos assim— me deixe pelo menos limpar os cacos de vidro.— falo e volto a limpar o lugar, o copo do pudim havia caído no chão e havia se dividido em varias partes.

 

— não faça isso, você vai acabar se machucando!— ele fala e já era tarde demais, como estava nervoso peguei os cacos de vidro de qualquer jeito e me cortei.

 

— desculpa— estava quase chorando de tão nervoso que estava, a dor não era tanta mas tinha medo do que esse alfa iria fazer.

 

— Aish como alguém pode ser tão idiota assim?— fala raivoso e eu me encolho com medo.— me da essa mão aqui. 

 

Não me espera responder e pega minha mão machucada, aquilo me assustou, e oque ele fez logo em seguida me surpreendeu ainda mais. Ele colocou meu dedo cortado em sua boca e chupou o lugar para estancar o sangue. Fiquei muito vermelho com a ação, meu coração batia loucamente.

 

— jungkook oque esta fazendo?!— e mais uma vez me assusto e olho para o dono da voz. Era taehyung e ele olhava toda aquela cena surpreso. 

 

Jungkook tira meu dedo de sua boca e se levanta, me deixando sentado totalmente corado no chão.

 

— nada demais— fala entediado.

 

— como assim nada demais? Pelo oque eu vi, você estava assediando o menino.— ele parecia um pouco bravo.

 

— eu não estava assediando ele!— fala nervoso e cora, ele cora! Não achei que iria ver ele fazendo esse tipo de expressão.

 

— não foi isso taehyung, ele só estava me ajudando a estancar o sangue— falo envergonhado e mostro o machucado, estava tentando defender jungkook.

 

Não sei porque fiz isso, ele estava me tratando tão mal mas mesmo assim resolvi ajudá-lo. Afinal minha omma sempre dizia que temos que dar sempre o nosso melhor para os outros, então não importa se me tratarem mal, eu nunca faria isso com ninguém.

 

— então foi isso... se o jimin disse, eu acredito— sorri para mim.

 

— obrigado— falo envergonhado.

 

— e em mim você não acredita né— jungkook fala emburrado, eu e taehyung rimos dele.

 

— não é isso kookie, mas pela situação qualquer um pensaria oque eu pensei— tenta se defender.

 

— humph, tanto faz, não ligo mais para vocês— fala e sai pisando forte da sala.

 

— sinto muito jiminie por isso— taehyung chama a minha atenção.

 

— ah não, tudo bem taehyung, na verdade a culpa é minha— olho para o estrago que fiz no sofá— eu vou pagar pelo sofá.

 

— está tudo bem, vamos dividir o preço e comprar outro sofá, esse já estava velho mesmo— fala sorridente e eu fico aliviado e feliz ao mesmo tempo. Taehyung podia até ser um alfa, mas ele era legal, diferente do jungkook.

 

— muito obrigado mesmo— falo feliz.

 

— ah sim, queria te falar mais uma coisa— olho confuso para ele.— me chame de tae por favor.

 

— tá bom— acabo sorrindo pela primeira vez para ele— obrigado por tudo tae.

 

— de nada...— ele pareceu meio envergonhado, não sei porque, mas vou ignorar.— você fica muito fofo sorrindo.

 

— obrigado...— dessa vez eu fico envergonhado.

 

[…]

 

Estava deitado em minha cama. Não podia ter sido pior a primeira impressão que jungkook teve de mim, ele deve me odiar, pior que ele está certo. Já tae, gostei muito dele, não acho que vá ser um problema morar com ele. 

 

Não esperava que as coisas seriam assim, achei que moraria com omegas, mas depois descubro que eram alfas. Pior que vou ter que aceitar essa situação, já paguei pelo apartamento e gostei do mesmo, e também ele fica perto da academia, não quero ter que arranjar outro lugar, então vou ter que aguentar meus colegas de apartamento.


Notas Finais


Gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...