História Morando com o Ex (Imagine Sehun) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Sehun Imagine Sehun Exo
Visualizações 343
Palavras 1.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAAAAAA
Qualquer erro já sabem né ? Ignorem

Capítulo 32 - Não vai ser nada fácil


 

 

S/n 

 

Acordei com a respiração de alguém, achei que era o Sehun mas dei um pulo ao ver Slink sentado olhando pra minha cara. 

 

— Jesus Slink o que você tá fazendo aqui ? — fiz um cafuné no mesmo — Ta bom você quer passear né? — ri recebendo um latido. 

 

Me levantei e escolhi uma roupa pra poder levar Slink pra passear, segui pro banheiro tomei banho e me vesti. 

 

Coloquei a coleira no Slink e descemos pro estacionamento, vou aproveitar e passar no mercado de novo já que eu esqueci de comprar ingredientes pra fazer bolo. 

 

— Sobe aí meu filho — dei uns tapinhas no banco do passageiro falando pro Slink subir, subiu “caindo” mas subiu. 

 

Liguei o carro e dei partida saindo do prédio e abrindo um pouco as janelas, para as pessoas verem meu filho lindo e maravilho, vulgo Slink. 

 

30 minutos depois

 

Estacionei o carro e sai com Slink, Glória a Deus deixaram eu entrar com ele, fui pro corredor onde tinha ingredientes para bolo e o resto. 

 

Depois de colocar as coisas no porta malas entro com Slink e fui em uma pracinha que tem aqui perto desse mercado pra andar um pouco com Slink. 

         

 

 

 

 

                                       ####

 

 

 

 

 

Slink parece uma criança quando ganha doce de tão feliz que está, e olha que só está andando e de vez em quando paquerando umas cachorrinhas que passam por nós. 

 

Chamada on 

 

Eu: Fala

 

Sehun: Ai nossa que rude 

 

Eu: Desculpa minha vida eu atendi muito rápido e não vi quem era

 

Sehun: É liguei por que ninguém atendeu o telefone em casa 

 

Eu: Não estou em casa, vim trazer o Slink numa pracinha aqui

 

Sehun: Aaa só liguei pra te avisar que vou ficar mais uma hora aqui na empresa, uma das parcerias desistiu e meu pai tá uma fera

 

Eu: Tudo bem

 

Sehun: Tchau, te amo 

 

Eu: Tchau, também te amo 

 

Chamada off

 

Dei mais algumas voltas com Slink até ele cansar e fomos pra casa. 

 

 

 

 


                                       

                                    ####

 

 

 

 

 

Sehun 

 

— Sehun preciso que você me ajude um fechamento com outra parceria — diz meu pai entrando em minha sala. 

 

— Qual ? — perguntei já que eram muitas. 

 

— E a empresa de TI, só que não a daqui e sim em Londres — falou colocando os papeis em minha mesa. 

 

— Mas quando isso ? — perguntei. 

 

— Esse mês, nessa semana se possível — falou. 

 

— Vou ver se consigo — falei olhando de relance os documentos. 

 

— Se você conseguir vai ser muito bom, e o Kai pode acompanhar você nessa viagem — disse indo em direção a porta. 

 

Kai é filho do dono da empresa de TI, então como são varias sedes da empresa pelo mundo era bem provável que o pai dele mandaria ele no seu lugar assim como o meu. 

 

Chamada on 

 

Eu: E aí Kai seu pai também te mandou ir no lugar dele né? 

 

Kai: Pior que sim, aquela sede em Londres não mandou ainda os documentos então eu tenho que ir lá resolver isso e já fechar negócio com você de lá mesmo

 

Eu: Vão ser quantos dias? 

 

Kai: Pode ser que seja umas três ou quatro semanas, esse negócios são chatos e demorados pra caramba mano 

 

Eu: Putz até lá já é meu aniversário cara 

 

Kai: Nem diga to pensando no que vou fazer com a Nancy, não temos nada sério ainda, mas se eu já propor algo nessa semana vou praticamente ficar outras quatro sem ela, não sei o que vou fazer 

 

Eu: Imagina eu então que queria pelo menos passar meu aniversário com s/n, fudeu muito agora 

 

Kai: Realmente, isso que é nível de amizade, a gente se ferrando juntos

 

Eu: Sempre né 

 

Kai: Bom falô por que meu pai tá me chamando 

 

Eu: Beleza vai lá 

 

Chamada off 

 

Agora vou ter que pensar o que vou fazer por que com certeza s/n não vai poder ir comigo, pelo fato de que são coisas da empresa e eu não posso misturar nada pessoal da minha vida.

 

— Aish — resmunguei tentando pensar em algo. 

 

Meu aniversário é daqui uma semana e eu queria realmente passar ele com ela. 

 

Mas que merda em, o fechamento do negócio é bom pra empresa e ruim pro meu relacionamento. 

 

Olhei as horas no relógio e vi que daqui dez minutos teria uma reunião. O Jesus Cristo viu.

 

Sai da sala indo em direção a sala de reuniões, o pior lugar da empresa, sinceramente ficar numa sala por quase uma hora discutindo sobre a empresa é um pé no saco. 

 

Essa empresa já teve dias melhores, parece que  sempre quando chega no meio do ano ela fica insuportável. 

 

 

 

 

                                     ####

 

 

 

 

S/n 

 

Chamada on 

 

Eu: Nancy vamos no shopping comigo hoje ? 

 

Nancy: Meu amor se sabe que quando o assunto é shopping eu to dentro 

 

Eu: Então tá, me encontra lá às 16:00 beleza ? 

 

Nancy: Fecho nenê 

 

Chamada off

 

Dei uma geralzinha na casa e guardei as coisas no armário e fui trocar de roupa. 

 

 

No shopping 

 

— Miga o que você tanto tá procurando ? — Nancy perguntou enquanto dava uma colherada no seu sorvete. 

 

— A loja da Gucci, eu tinha ido nela com o Sehun pra comprar o presente do meu pai semana retrasada — expliquei. 

 

— Acho que tá no terceiro andar, mas pra que vai lá, seu pai não gostou do presente ? — perguntou enquanto íamos em direção a escada rolante. 

 

— Ele gostou, só que o Sehun também gostou de um sapato e como o aniversário dele tá chegando vou comprar pra ele — falei. 

 

— Ai que coisinha mais fofa — falou apertando minhas bochechas. 

 

— To pensando em fazer uma surpresa pra ele no dia do aniversário dele, é uma boa ideia ? — perguntei na dúvida. 

 

— Claro que é, mas quando é ? Assim eu te ajudo se você quiser — sorriu. 

 

— Daqui uma semana — falei já avistando a loja da Gucci. 

 

— Da tempo suave — falou enquanto entrávamos na loja. 

 

Depois de comprar o presente de Sehun resolvi sair logo da loja se não eu iria querer comprar algo pra mim também e acabaria pobre. 

 

— E você e o Kai ? Como estão? — perguntei dando um gole no meu Starbucks. 

 

— Eu até que quero algo sério com ele, ele é uma boa pessoa, bonito, cheiroso pra porra — falou rindo. 

 

— Ta apaixonadinha é dona Nancy ? — falei rindo da sua cara de bobinha falando sobre o Kai. 

 

— Acho que sim — riu tímida. 

 

— Quem te viu quem te vê em Nancy — falei impressionada já que Nancy nunca foi de relacionamentos sérios. 

 

 

Já em casa 20:00 

 

Cheguei em casa e Sehun ainda não havia chegado, talvez umas 21:00 ele já esteja aqui. 

 

Depois de ter trocado de roupa ouvi a campainha tocar, a esse horário não é normal a gente receber visitas em casa, mas beleza. 

 

— S/n como você tá linda, cresceu tanto — falou a mãe do Sehun sorrindo pra mim. 

 

— Oii M/S, quanto tempo — falei a abraçando e dando espaço pra ela entrar. 

 

— Realmente minha filha, mas eu pensei que a minha primeira visita aqui seria especial mas eu vim conversar sobre um assunto sério com você — na frente da sogra eu to confusa mas por dentro meu cu tá mão. 

 

Me sentei com ela no sofá e falei pra ela continuar a falar. 

 

— Então, vim conversar com você por que como você e meu filho voltaram a namorar e agora vocês compartilham tudo juntos né — sorriu — Eu queria te contar um assunto um tanto delicado, eu preferi contar pra você primeiro do que pro Sehun pelo fato de que ele faria um escândalo, por mais que por um lado ele que deveria saber primeiro — falou. 

 

— Pode falar, se for algo grave eu dou total apoio ou tento conversar com ele, mas do que se trata ? — perguntei já preocupada. 

 

— O pai do Sehun tem tido muito trabalho na empresa e algumas semanas atrás ele tinha feito exames que a gente faz de vê em quando — explicou — E acabou que ele descobriu um câncer, os médicos falaram que as esperanças são poucas — falou triste.

 

— E ele pediu pra senhora não contar pro Sehun né? — perguntei. 

 

— Sim, eu vim contar pra você primeiro por que você convive com o Sehun agora então.. — me olhou.

 

— Bom eu posso tentar ajudar com que eu puder — falei tentando passar calma à ela. 

 

— É por que foi um choque a notícia e agora o Sehun está tendo mais responsabilidades na empresa e ele não faz ideia nem da metade do que está acontecendo — explicou. 

 

— A senhora quer que eu converse com ele  sobre isso ainda essa semana ? — perguntei. 

 

— Não, ainda não o pai dele disse que iria resolver isso e que não quer que o filho descubra nada, ele acha melhor ir sem se despedir do Sehun — falou. 

 

— Mas isso é pior para os dois não é ? — falei. 

 

— Eu também acho mas parece menos doloroso sabe — respirou fundo — Eu só contei a você por que confio que você não deixaria meu filho sozinho nessa — sorriu fraco. 

 

— Vou fazer o possível pra ajudar seu filho nessa fase M/S — a abracei. 

 

Depois de alguns minutos a mãe dele foi embora já que ela não queria que o filho soubesse que ela esteve aqui se não ele iria querer saber, já que ela não avisou que viria. 

 

Mas agora eu quero saber com que cara vou olhar pro Sehun e como vou agir com ele daqui pra frente, já que não vai ser nada fácil. 

 

 

 


Notas Finais


E aí o que acharam ahauahshshshs ?
Amo vcs viu ❤️❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...