História Morando Na Casa Ao Lado - Kim SeokJin (BTS) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias 4Minute, Bangtan Boys (BTS), Girls' Generation
Personagens Hyun A, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Taeyeon
Tags Bts, Hyuna, Imagine Jin, Jimin, Jin, Namjoon, Snsd
Visualizações 194
Palavras 1.576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Chapter VII


Fanfic / Fanfiction Morando Na Casa Ao Lado - Kim SeokJin (BTS) - Capítulo 7 - Chapter VII

P.O.V Rabech ON

(...)

Essas férias passaram rápido, e já estamos arrumando nossas malas pra voltar pra casa. Foi bastante divertido, fomos pra praia, passeamos, jantamos nos restaurantes mais caros da cidade. Foi perfeito!

-Acabou, Jimin? -Falou me encostando na porta de seu quarto.
 

Jm-Pareço que já terminei? -Falou grosso apontando pra suas roupas espalhadas pela cama. Ri debochada com aquela cena, eu sabia que Jimin odiava fazer as malas.
 

-Eu vou ingnorar o fato que falou rudemente comigo e vou te ajudar. -Me aproximei da cama e Jimin suspirou aliviado. Ri ao vê suas roupas enfiadas de qualquer jeito na mala.

Retirei toda roupa de sua mala e começei a dobra-las, e depois as colocando na mala e assim acabando o serviço rapidinho.

-De nada, seu mal agradecido. -Falei dando um leve tapa em seu ombro.
 

Jm-Obrigado. Seremos uma bela familia quando nos casarmos. -Envolveu minha cintura com seus braços definidos. Já ia protestar contra seu comentario, mas me beijou me fazendo esquecer o que ia falar.

Adoro Jimin, ele é incrivel. Mas eu só o tenho
como amigo, uma amizade colorida pois Jimin é um ótimo professor em "naquelas coisa".

Após de nos separar por falta de ar, Jimin pegou sua mala e saimos do quarto. Fomos pra sala onde todos já nos esperavam. Deixamos o hotel e fomos para o aeroporto. Como eu odeio avião, omma me deu um remedio pra eu dormi durante o voo.

(...) 2 Semanas Depois.

P.O.V Hyuna ON

-Qual é o problema? Ele é seu amigo, Seokjin! -Gritei irritava enquanto encarava o meu marido enfurecida.
 

Jn-Tá louca?! Eu não quero ser responsaveis por filho de ninguém. E eu ainda não acredito que você aceitou isso, sem me consultar antes!
 

-Fiz, e faria de novo! Taeyeon é minha melhor
amiga e Namjoon seu melhor amigo! Eles querem simplesmente protejer os filhos deles se algo de ruim acontecer! Você é tão egosísta Kim Seokjin, qual é o problema de assinar uns papelzinhos, só pro precaução. Namjoon e Taeyeon são saudavéis e nada irão acontecer com eles! -Falei irritava, porém fazendo um leve cara de decepcionada.

Jin respirou fundo enquando abaixava a cabeça, parecia pensativo. Ficou assim por alguns logos segundos até voltar sua atenção novamente pra mim.

Jn-Tudo bem. -Falou baixo, mas pude ouvir
perfeitamente. Sorri contente e aproximei-me de meu marido lhe dando um beijo.

P.O.V Taeyeon ON

-Amor, Hyuna acaba de me mandar uma mensagem dizendo que Jin aceitou numa boa. -Falei animada enquanto deitava ao lado de namjoon sobre a cama.
 

Nj-Ela não precisava se encomodar, eu mesmo iria falar com Jin-hyung. -Falou calamante enquanto passava de canal da TV.
 

-O importante que já foi resolvidos. Agora temos que providenciar os papeis.
 

Nj-Verei isso, mas... você ainda não me explicou da onde tirou essa ideia de fazer um testamente deixando alguém cuidar das nossas meninas.
 

-Meninas? Eu posso está esperando um menino. -Falei querendo trocar de assunto.
 

Nj-Eu quero ter outra princesa. -Falou fofo dando seu lindo sorriso com suas corvinhas aparecendo. -Mas me responda! Da onde tirou essa ideia?
 

-Aigo, de lugar nenhum, eu simplesmente acho
seguro fazer isso.
 

Nj-Tudo bem, então.

Hyuna havia me dando essa ideia, achei estranho no inicio mas logo seus argumentos foram fazendo sentido pra mim.

P.O.V Rabech ON

Era fim de semana e estava no meu quarto procurando uma roupa pra sair a noite, iria ao cinema com Jimin. Pegava várias roupas mas nada combinava e eu já estava ficando aguniada.

???-Ei, garota! -Ouvi uma voz baixa vindo em
direção da janela. Sorri ao vê Jin em pé na sua
janela do seu escritorio, lindo como sempre. -O que a minha princesa está tão irritada?
 

-Não acho uma roupa, pra eu sair com Jimin hoje a noite. -Falei provocativa.
 

Jn-Que bom que não tenha roupa, assim não irá sair. -Rebateu calmamente.
 

-Uh, mas eu acho algo pra vestir. E se eu não
achar saio sem roupa mesmo! -Dei as costas e voltei a dar atenção ao meu guarda roupa.
 

Jn-Por que me tortura assim, pequena? -Falou fingindo está triste.
 

-Ah Jinnie, eu não faço nada demais. Apenas vou sair com meu melhor amigo.
 

Jn-Um melhor amigo que é muito assanhado.
 

-Mas também é um gostoso. -Provoquei mais uma vez.
 

Jn-Ele é um pirralho! Não deve saber fazer nada.
 

-Jinnie. -Chamei manhosa enquanto me aproximava da janela. -Gostou do boquete que te fiz no banheiro do restaurante? -Perguntei sugestivo vendo Jin assenti com uma sorriso malicioso. -Então, foi Jimin que me ensinou. -Falei travessa, sorri vitoriosa e voltei pro meu quarda roupa.

Depois de alguns segundos, olhei de canto pra janela e vi que Jin não estava mas lá. O que Jin pensa? Que só por que sou apaixonada por ele que eu vou ser uma trouxa esperando por ele? Não mesmo, ele tem Hyuna quando quiser e eu tenho Jimin.

Continuei a procurar por alguma roupa e achei um conjuto de short e blusa florada que me agradou. Deixei o conjuto guardado pra mais tarde e arrumei meu guarda roupa, pois eu havia desarrumado todo.

Deitei na cama e apalpei a superficie do criado
mudo a procura do meu celular. Liguei a tela e vi as horas, 15:30 da tarde, só sairia as 19 horas. Joguei o celular de lado e acabei adormecendo.

Acordei atordoada sem saber em que dia e que horas são. Me espreguiçei e fiquei encarando o teto. Será que já de noite? Ou se já amanhã? Olhei pela janela e estava quase anoitecendo, lembrei do Jimin. Olhei as horas, 18 horas da noite.

Iria já tomar banho pra me arrumar mas estava com cede. Sai do meu quarto e desci as escadas para ir na cozinha, passei pela sala e encontrei appa, omma e claro, Hyuna conversando.

Dei de ombros e fui fazer o que eu pretendia. Ao voltar pra sala escutei Hyuna falar "Só um minuto, irei chamar Seokjin.".

-Hyuna-unnie, quer que eu o chame pra você? -Sorri doce, fazendo a minha famosa carinha de anjo.
 

Hy-Ah, claro. Muito obrigada. -Sorriu.
 

-Com lincença. -Falei me direcionando a porta de casa.

Em poucos passos já tinha chegado na porta da casa de Jin. Dei duas batidas e ouvi um "Já vai." Depois de alguns longo segundos a porta foi aberta relevante Jin somante com uma toalha enrolada na cintura.

Jn-O que quer? -Falou rudemente, mas isso não me abalou, apenas ri debochada.
 

-Sua esposa está te chamando.
 

Jn-Avise a ela que vou já. -Tentou fechar a porta mas o impedi segurando a porto com a palma da mão. Jin me fuzilou ao me vê entrando em sua casa sem ser convidada.
 

-Por acaso, Senhor Kim Seokjin... -Me joguei em seu sofá. -Eu sou garota de recados. Avise você! Já fiz o bastante vim aqui te chamar.
 

Jn-Já fez isso, agora pode voltar pra casa. -Falou apontando para porta ainda aberta.
 

-Tudo bem, mas deu preguiça de me levar agora. Se quiser que eu saia, terá que me colocar pra fora.
 

Jn-Tudo bem, então. -Falou firme enquanto
caminhava pra minha direção. Tentou me puxar pelo braço mas tirei suas mãos de mim.

Me fuzilou balando sua cabeça em negação com a minha audacia. Sorri de canto e puxei rapidamente meu vestido pra cima.

Jn-O que está fazendo? -Fitou meu corpo com apenas calcinha e sutiã.
 

-Te vê assim, me excita. -Falei levando minha mão pra dentro da minha calcinha, tocando de leve minha intimidade.
 

Jn-Para com isso, agora mesmo!
 

-Me faça parar! -Puxei minha calcinha para o lado acariciando com a pontas do dedos minha bucetinha. Jin mordeu os labios e se aproximou, agachou na minha frente sem tirar os olhos de lá.
 

Jn-Você é tão má. Se Hyuna chegar aqui, estamos ferrados. -Retirou minha mão e colocou sua mão no meu clitoris.
 

-E-então me faça gozar rápido. -Sussurrei me
concentrando nos movimentos circulares que ele fazia com a ponta dos dedos no meu botãozinho.

Gemi manhosa ao senti sua língua macia e gostoso me chupando sem fazer hora. Sugava e mordiscava meu botãozinho com precisão me levando á loucura.

Aggarrei com uma mão em seu cabelos atrás de mais contato de sua boca. Jin me fazia arrepiar, era a primeira vez que me tocava assim, e estava sendo incrivel.

Apertei meu seio por cima do sutiã com a outra
mão livre, e gemi mais manhosa. Rebolei sobre a boca de Jinnie enquanto mais gemidos ficavam mais altos ainda. Gozei sentindo meu corpo amolecer enquando estava ofegante.

-Sua esposa está esperando. -Peguei meu vestido, vesti as pressas e sair correndo de volta pra cada.

Os adultos na sala nem perceberam qua do eu cheguei. Subi pro meu quarto e tratei de me arrumar pro cinema com Jimin.

As 19 horas da noite em ponto Jimin chegou e eu tinha conseguido me arrumar à tempo. Jun já estava na sala quando me despedi dos meus pais.

P.O.V Hyuna ON

Estávamos esperando Rabech sair com Jimin para tratarmos de assinar o testamento. Sentia o tempo Jin me fuzilar com os olhos estando nada confortável com isso.

Ty-Então, vamos assinar? -Perguntou um pouco incerta encarando Jin.
-Sim. Estamos anciosos. -Falei sorrindo tomando á frente da caneta e assinei meu nome no devido lugar do documento.

 

Passei a caneta pro meu marido que pegou o objeto sem nenhuma animação e assinou. Sorri minimamente vitoriosa. Consegui colocar na cabeça da Tae a ideia desse testamente, consegui convencer Jin aceitar e assinar o documento. E o próximo passo será será daqui alguns meses. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...