História Morar - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Yoonkook
Visualizações 26
Palavras 481
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Musical (Songfic), Shoujo-Ai
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


juntar supercombo com yoonkook foi a melhor coisa que eu já fiz na minha vida

Capítulo 1 - Desde que você veio morar


Foi tão rápido que, quando Yoongi reparou, Jeongguk já estava lá, acomodado no seu quarto com um cochonete ao lado da sua cama. Uma ligação dos pais do menino explicando a situação e um "não se preocupem" do mais velho.

Na época, o Jeon ainda estava na adolescência, na puberdade, hormônios à flor da pele, idade rebelde e desobediente, bagunceira e desordeira, teimosa como só ela. Mas algumas daquelas características eram particulares do garoto e que logo mais o Min descobriria.

O primeiro ano foi tranquilo. Até que conviver com seu amigo de infância era divertido, estavam sempre se divertindo, dormindo tarde e comendo pizza requentada no café da manhã.

Yoongi não reclamava do monte de roupas sujas do Jeon. Yoongi não reclamava da pia sempre cheia de pratos. Yoongi não reclamava quando via mais de 20 shampoos vazios no box do banheiro, nem da sujeira que o menor fazia debaixo de sua cama, nem dos cabelos no ralo da pia, nem da pasta de dente sem tampa.

E foi em 2012, quando o mundo não acabou, que a paciência de Yoongi o fez. Quando chegou em casa depois da faculdade e encontrou o garoto sentado no sofá, de cueca, assistindo televisão enquanto sujava a sua sala com os salgadinhos que comia.

Ah, Yoongi pirou. Colocou tudo pra fora, gritou tanto que depois alguns vizinhos interfonaram para ver se estava tudo bem. Jeongguk ouviu tudo calado, não reclamou, não contestou, sabia que estava errado. Depois de tudo o Min deu apenas um suspiro, se sentou ao lado do garoto e o abraçou.

Mais alguns anos se passaram Jeongguk foi crescendo, amadurecendo, aprendendo, mas algumas coisas não mudaram.

Às vezes, Yoongi ainda encontrava o monte de roupas sujas do Jeon. Às vezes, Yoongi ainda encontrava a pia cheia de pratos. Às vezes, Yoongi ainda encontrava 20 shampoos vazios no box do banheiro, ainda encontrava sujeira debaixo da cama, ainda encontrava cabelos no ralo da pia, ainda encontrava a pasta de dente sem tampa.

Mas agora também encontrava a cama bagunçada, encontrava as roupas do Jeon no guarda-roupa, encontrava os livros dele misturados com os seus, os desenhos do mais novo pelo quarto, provando que sim, juntar as escovas não era lá a pior coisa do mundo, mesmo com toda a bagunça.

Por mais que Yoongi reclamasse ele estava sempre de pé, não perdia mais a cabeça pois sempre que estava prestes a fazer Jeongguk o enchia de beijinhos e de vários pedidos de desculpas. Era impossível perder a cabeça com ele.

E agora, quando chegava da faculdade, continuava a encontrando o garoto — agora homem — de cueca, assistindo televisão enquanto sujava a sala com o salgadinho que comia. Mas ele apenas sorria e via que alguns velhos hábitos não iriam mudar.

Desde que Jeongguk foi morar, a vida de Yoongi era um inferno, o inferno mais bonito que se havia no planeta terra.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...