História More Than 100 Days - BTS HOT - JIMIN - 2 TEMPORADA. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, F(x), Red Velvet
Personagens Amber Liu, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Lisa, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seulgi, Sulli Choi
Tags 100 Days Of Slavery, Batmandoshot, Bts, Hot, Jimin, Jimin Hot
Visualizações 997
Palavras 1.646
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meu olho e meu dedo tá inchado de tanto escrever, espero que gostem. Mandei 4 cap em um dia (eu sei q hj é sexta, mas pra mim e um dia), sou ninja kkjkkk

Capítulo 12 - Sala de jogos


Fanfic / Fanfiction More Than 100 Days - BTS HOT - JIMIN - 2 TEMPORADA. - Capítulo 12 - Sala de jogos

                     JIMIN ON 

Entrei na casa procurando meu appa e nada dele, ia direto pro seu escritório quando Seulgi me surpreende se jogando na minha frente.


- Menina, você tem que parar de aparecer desse jeito. - Disse passando por ela.


- Ya Jiminni, o que aconteceu com você? Tá estranho comigo desde que cheguei. - Disse fazendo uma cara zangada. 


- Será porque eu tenho namorada e você não respeita devidamente? 


- Você ama ela? - Disse se aproximando de mim.


- Que pergunta estúpida Menina, claro que sim. 


- Será? - Disse passando a mão no meu ombro. 


- Para com isso Seulgi, eu não sinto mais nada por você. Você foi embora e me abandonou, e acho que você deveria fazer a mesma coisa quando tinha 16 anos. Pega o seu vôo pra Austrália.


- Não vou desisti de você tão fácil assim Jimin. - Disse me prendendo na parede. - Não vou te deixar em paz enquanto não terminar com ela. - Disse colando seu corpo no meu. 


- Seulg.. - Parei de falar quando vi a S/n parada me olhando seriamente. - S/n! - Falei e a mesma saiu em passos pesados para cima.


- Não insista nela Jimin, eu posso fazer melhor que ela. 


- Você não é nem o terço do que a S/n é. - Disse a Empurrando e indo atrás dela.


Subi as escadas e a procurei de um lado para o outro, e nada dela, não estava nem no seu quarto e nenhum outro também.  Fui para meu quarto e peguei um susto quando vi ela nele e olhando fotografias minhas.


- S/n? Não some assim, você me assustou! - Disse me aproximando da mesma e ela recuou. 


- Ex noiva né. - Disse jogando uma fotografia antiga minha agarrado com a Seulgi.


- S/n eu... - Ela me interrompeu. 


- Jimin, se as coisas continuarem assim, é melhor a gente dá um tempo. - Falou séria e olhando pra mim. 


- tempo? Não, não s/n, tudo menos isso. A gente não enfrentou todo aquele desafio pra chegar aqui e dá um tempo. 


- Agora está mais difícil, não tem como eu competir com a sua mãe. - Disse com os olhos lacrimejados. 


- Não fica triste por isso, minha Omma sempre foi uma mulher difícil de lidar. - Disse tentando me aproximar. 


- Eu não quero mais ficar aqui, quero ir embora. - Disse me sentando na cama. 


- E quem vai ser minha companhia na festa? - Disse se sentando ao meu lado. 


- Tô chegando no meu limite, Jimin. - Disse ela saindo do quarto. 

               

                       S/N ON

Fiquei magoada demais pelo que tinha visto, sinceramente senti vontade de chorar, mas fui forte, não chorei nem naquele momento e nem na frente dele. Eu amava o Jimin, mas de verdade eu estava chegando no meu limite.

Domingo chegou e me deparei com muita gente andando por aquela casa enfeitando cada detalhe da sala. Estava na sentada na escada ainda sem descer, vendo tudo de cima, vi a Seulgi saindo toda arrumada com a Mãe do Jimin, acho que era apenas eu que não estava com nenhuma vontade de ficar nessa festa. 

Senti uma mão me segurando pela cintura e dando um beijo no meu ombro logo em seguida. Me virei e vi que era Jimin, mas ele estava de cabeça abaixada no meu ombro. 


- Jimin? - Disse pegando no seu cabelo. 


- Me perdoa S/n. - Disse ainda sem me olhar. 

- Pelo que? 


- Me desculpa por ontem, não queria que aquilo acontecesse, de verdade , me perdoa! 


- Tudo bem Jimin. - Disse me virando para sua frente e levantei sua cabeça. - Só.. só não deixa isso acontecer de novo. - Falei e logo o abracei. 


- Ah, sobre aquele nosso papo de engravidar, poxa, acho que eu ia querer um garotinho correndo pela casa. - Disse fazendo bico. 


- Jimin! - Disse olhando sério para ele é engrossando a voz. - Pra ser sincera eu também quero, mas olha a nossa idade. Não quer esperar mais um pouco? Vamos se formar, ai a gente pensa nisso. 


- Se eu disser que ia querer um agora ?


- Não. Foca nas nossas provas Jimin. - Disse dando um beijo na sua bochecha e indo para meu quarto. 


Entrei no meu quarto e pensando no que Jimin tinha falado. Filho? Bom, quero ter sim, mas não agora, afetaria meus estudos, já pensou eu falar pra minha mãe que eu tô grávida? Deus me livre, mas quem me dera. 

Fiquei sorrindo feito uma tonta pensando como seria eu ter um filho com Jimin, porra agora ele passou a vontade de eu querer ver um garotinho correndo pela casa. 

Esperei chegar a noite e ouvi alguém batendo na minha porta, abri e vi que o mordomo do Jimin estava com uma caixa grande.


- Um presente do Senhor Park. - Disse estendendo a caixa com um leve sorriso. 


- Obrigada, James! - Retribui o sorriso. 


O mesmo fez um gesto e saiu, fechei a porta e coloquei a caixa sobre a cama e a fitei por um tempo. Abri a caixa e vi um lindo vestido vermelho, Jimin quando queria aceitar no Look, ele acertava. Já estava dando a hora, coloquei o vestido, sua alça era grossa e tomara que caia, colado desde os seios até o bumbum e sendo solto e espalhado da coxa até os pés, sem falar no corte cumprido que havia nele que começava debaixo até a coxa.

Vestido era completamente perfeito, valorizava todas as minhas curvas e muito elegante, fiz um coque com tranças no meu cabelo e fiz uma maquiagem forte mesmo, queria arrasar nessa festa. Passei o batom mais vermelho, passei tanto que quase quebrei a cabeça do batom. 

Coloquei meu salto e finalmente saí do quarto, já dava pra ouvir muitas pessoas lá embaixo, manti a postura e praticamente fui desfilando até o início da escada, antes de descer, vários olhos se voltaram para mim, principalmente os da Seulgi. Vi Jimin igual a um príncipe se aproximando da ponta da escada e dando um sorriso satisfatório. 

Desci as escadas lentamente e deixando bem a mostra minhas coxas, Jimin estava no final da escada e ficou no meio dela e estendeu a mão para mim. 


- Eu não vou me segurar ver você nesse vestido. - Disse assim que eu segurei na sua mão.


- Lembra que você não ia me tocar? - Falei no seu ouvido. 


- Acho que hoje você vai visitar minha sala. - Disse passando a mão pela minha cintura e vi Seulgi me olhar com uma taça na mão quase quebrando.


- Deixa eu pelo menos dá meu último "vacilo". - disse passando minha coxa desnuda na sua perna.


- Vocês dois se comportem! - Disse a Mãe do Jimin nos separando junto com Seulgi.


- Vamos S/n, quero lhe apresentar algumas pessoas. - Disse a Mãe do Jimin me puxando e deixando ele e Seulgi a sós.


Mesmo não gostando da idéia, manti a postura e conheci muitos empresários e pessoas milionárias naquele lugar, sem falar que a maioria dos seus filhos ficaram me fitando na cara dura. Logo a Mãe dele foi me apresentar para um homem chamando Sebastian Bonneville. 

Esse sobrenome, logo ele chama o seu filho e quando o garoto vira de costas, quase surtei por ver quem era. 


- Não acredito, como você está linda S/n!! - Disse Christopher me olhando dos pés a cabeça. 


- Então já se conhecem ? - Perguntou feliz a Mãe do Jimin. 


- Estudamos juntos. - Respondeu ele.


- Vou deixar os dois a sós então. - Disse me deixando ilhada no meio daquele povo. 


- Vi você descendo as escadas, você é mais linda do que eu pensei. - Disse rindo.


- Tá bom Chris, chega de elogios. - Falei dando um empurrãozinho de leve nele.


Logo Começou a tocar uma música lenta e quando virei meu rosto, vi Jimin dançando com a Seulgi, bem agarrados pelo que vi. 


- Quer dançar ? -  Perguntou Chris me estendendo a mão. 


- Por que não? - Abri um sorriso e fomos para mais perto das pessoas que estavam dançando, incluindo Jimin.


Acho que Chris se aproveitou um pouco da situação e me trouxe para mais perto do seu corpo. 


- Vou fazer o Park se irritar. - Disse ele rindo .


- Não duvide disso. - Falei rindo e percebi que os olhares de Jimin tinham me encontrado, vi que estava cada vez mais agoniado pela pessoa que dançava comigo. 


Christopher não excitou em me fazer ficar mais perto dele, logo senti que o mesmo estava apertando minha cintura e deixando bem nítido pro Jimin ver.

Já estava me sentindo desconfortável com aquilo, logo percebi que Chris ia aproximando seu rosto para perto do meu, mas logo senti alguém me puxando pelo braço e indo para perto da escada. 


- Você ia deixar ele te beijar? - Perguntou Jimin furioso. 


- Aquilo me pegou de surpresa na verdade. - Falei tentando assimilar o que tinha acontecido.


- Chega garotinha, você já foi longe demais. - Disse isso e logo pegou minha mão e subiu as escadas as pressas. 


- Jimin  a festa ainda tá rolando. - Falei e vi o mesmo andar mais um andar.


- Foda-se. - Disse ainda me puxando. 


Vi que estávamos subindo outro andar da casa, o 3° andar, mas porque ele me traria aqui? Será por.. Ah não. 

Logo Jimin parou de frente pra mesma porta que eu havia visto meia aberta da última vez, logo ele a destrancou e a escancarou para mim. Dei um passo para trás só de ver aqueles objetos, Mas logo ele entra e puxa meu braço logo em seguida.

Ele me deu uma ampla visão daquele quarto por inteiro, uma parte de mim queria fugir, a outra queria experimentar loucamente. Ouvi passos do Jimin atrás de mim e trancando a porta. 



- Hoje você não dorme, S/n.





















....



Notas Finais


Prometo que esse hot vai ser bem elaborado e já prometendo expectativas. ❣

O @BatmanDosHot ama vocês ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...