História More than a look (Imagine JungKook) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Ficção, Jeonjungkook, Kpop, Parkjimin, Romance
Visualizações 6
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então gente, essa é a minha primeira história de imagine no spirit, então espero que gostem. 😄

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction More than a look (Imagine JungKook) - Capítulo 1 - Capítulo 1

POV S/N

Flashback On

~ S/N 12 anos atrás ~

ㅡ Omma! ㅡ gritei.

Diga, o que você quer minha princesa?

ㅡ Quando o appa vai voltar? ㅡ perguntei.

ㅡ Filha, o seu appa, está em outro lugar, bem melhor do que aqui.

ㅡ Mas omma, você nunca me disse onde fica esse lugar, se você me falasse, nós podíamos visitar ele, não é uma boa ideia? ㅡ falei.

Filha, vem cá, dê uma abraço em sua omma.

Então fui e dei uma abraço nela, foi então que escutei soluços e choros vindo de sua parte.

ㅡ Omma? Você está bem? Por que está chorando? Você sente falta do papai, é isso? ㅡ perguntei.

ㅡ Sinto, muita falta dele.

ㅡ Então omma, vamos buscar ele, ele também está sentindo nossa falta. ㅡ falei limpando as lágrimas da minha mãe.

Filha, seu appa, está junto aos anjos, ele está nos guiando, e nos protegendo, seu appa está no céu. Seu pai virou uma estrela. Filha me perdoa por não te contar antes, você era uma criança, ainda é na verdade. ㅡ falou e me abraçou.

ㅡ Omma, o appa está... está morto? ㅡ perguntei.

ㅡ Sim, mas não fique triste, ele está muito bem lá, ele está muito saudável e nos protegendo. ㅡ falou e me deu um abraço, foi entao que eu comecei a chorar, chorar e chorar. Apenas sabia chorar.

Não chore minha princesa, seu appa vai ficar chateado, então pare de chorar. ㅡ falou limpando minhas lágrimas.

ㅡ Tá bom omma, não vou mais chorar, nunca mais. Não quero ver o appa chateado lá do céu. ㅡ falei e abraçei minha omma. ㅡ Omma, o appa é a estrela mais brilhante que há no céu não é? ㅡ perguntei.

É sim, muito muito brilhante.

Flashback Off

Meus olhos estavam querendo lagrimar, lembrar disso me deixa tão mal, e com um aperto enorme em meu coração.

Se appa estivesse vivo, estaria orgulho de mim, estaria orgulhoso de ter uma filha inteligente, que tira notas boas. Estaria orgulhoso em saber que estou a perto de ir ora faculdade, que estou em meu último ano na escola

Appa, queria que estivesse aqui.

ㅡ S/N, vamos, é o intervalo. ㅡ minha amiga Sun Hee me chamou, me tirando dos meus pensamentos.

ㅡ Oh, claro. Vamos. ㅡ falei e peguei minha bolsa. Dei a volta do meu braço no braço de Sun Hee.

ㅡ Hey, S/N. Se estiver pensando sobre aquilo que aconteceu quando você era criança, não se preocupe, seu pai está vendo todo seu esforço pra ser boa em tudo, embora não precise. Você vai ficar bem amiga. ㅡ falou e me abraçou.

Sun Hee tem a minha idade, é uma uma das minhas melhores amigas, a única na verdade em quem eu posso confiar. Se eu estou mal, ela me ajuda. Se eu estou alegre, ela também está. Valorizo muito a sua amizade, só tenho que agradecer por tudo. Ela me entende, isso é tão bom.

ㅡ Amiga, te amo muitão. ㅡ falei abraçando a mesma.

ㅡ Também te amo. ㅡ falou.

Fomos para debaixo de uma árvore que tinha na escola, Sun Hee e eu sempre ficávamos lá.

Sun Hee teve que sair, pra ir pra fila do lanche, pois ela sabe que eu não gosto de ficar naquela fila, então ela sugeriu que ela podia ficar na fila, e ela traria lanche pra nós duas dividirmos e eu ficaria embaixo da árvore esperando ela, para que ninguém pegasse esse lugar antes.

Estava fazendo minha lição de matemática quando eu escuto passos ao meu lado.

ㅡ Sun Hee, você foi muito rápida, achei que... ㅡ não terminei de falar, pois lá estava ele Jeon Jungkook e seu grupinho misto.

ㅡ Sun Hee? Por acaso eu tenho cara de garota? ㅡ perguntou pegando meu caderno e fazendo com que eu o encarasse.

ㅡ Ah, desculpe achei que era a minha amiga. Você poderia devolver meu caderno por favor? ㅡ perguntei.

ㅡ Se quer, então levante e vai buscar. ㅡ assim que falou, ele lançou meu caderno bem longe de mim. E seu grupinho começou a rir.

ㅡ Ya! Por que fez isso? O que eu fiz pra você? ㅡ perguntei gritando.

ㅡ O que você fez? Simples, você existe. Pessoas fracas não tem lugar no mundo. E outra, vai abaixando a voz, até porque não há ninguém surdo aqui. Garota louca. ㅡ falou gritando e começou a rir da minha cara, pois sua voz grossa me deixou assustada me fazendo arregalar os olhos.

ㅡ Hey oppa, você está sendo mal com ela. Não faça assim, faça pior. ㅡ falou Soojin, uma de suas garotas e filha da diretora, então ela começou a rir.

ㅡ Verdade, tenho que fazer pior, mas fica pra próxima. ㅡ falou e me empurrou, me fazendo cair no chão. E foi embora.

ㅡ Por que estão fazendo isso comigo? Será que eu era alguém muito ruim na minha vida passada? ㅡ perguntei a mim mesma no choro. E fui buscar meu caderno e voltei para a árvore.

ㅡ Ya, S/N, voltei. ㅡ falou se sentando ao meu lado. ㅡ Hey, por que está chorando? Foi Jungkook de novo? ㅡ perguntou.

ㅡ Sim, como sempre, ele e seu grupinho. ㅡ falei limpando as lágrimas.

ㅡ Por que não conta isso para a diretora? ㅡ perguntou. ㅡ Vai que eles comecem a fazer coisas piores? ㅡ falou.

ㅡ Isso não vai mais acontecer, posso parecer uma inútil, mas estou sempre pronta pra me vingar de uma forma madura. Não sou infantil igual a eles. ㅡ falei e então peguei o lanche pra comer.

ㅡ Você só me dá orgulho, continue assim, não dê ouvidos a eles, mostre pra eles que você pode ser muito mais do que eles pensam. ㅡ falou e começou a comer o seu lanche também.

Cheguei em casa e tirei meus sapatos para ir para meu quarto.

ㅡ Filha, que bom que chegou. ㅡ falou minha mãe me abraçando.

ㅡ Que bom mesmo, não aguentava mais ficar um segundo sequer respirando o mesmo ar do que aquele grupinho chato. ㅡ falei entrando dentro do quarto.

ㅡ Não dê ouvidos, viva do seu jeito. Não baixe a guarda pra eles. ㅡ falou minha mãe e me abraçou.

ㅡ Tudo bem. Vou tomar um banho agora. ㅡ falei indo ao banheiro.

Terminei meu banho e vesti um vestido solto e uma sandália de pérola. Soltei meu cabelo e ele estava lindo, cheiroso e leve igual seda.

Terminei de desci pra sala para assistir um filme. Romântico, ah.

Sou fã de filme romântico e clichê. 

ㅡ Nossa filha, parece que voce adivinhou. ㅡ falou minha mãe.

ㅡ Hã? Como assim? ㅡ perguntei confusa.

ㅡ Vamos ter uma visita hoje, uma não, três. Minha amiga do trabalho vai vim aqui em casa para tratarmos dos assuntos das reuniões da empresa. Ela vai trazer os dois filhos dela. Eles são adoráveis você vai gostar deles.

ㅡ Ah sim, vou comportar omma. ㅡ falei piscando pra ela que caiu na risada.

[...]

Ouvi a campainha tocar e minha mãe foi logo atender. E eu em pé, esperando para recebê-los. Eu estava de cabeça baixa.

ㅡ Entre Somin, venham também queridos. ㅡ falou minha mãe se dirigindo às visitas.

ㅡ Muito obrigada. ㅡ falou Somin.

ㅡ Esta é a minha filha, S/N. ㅡ assim que minha mãe falou meu nome eu levantei meu rosto.

ㅡ Prazer, meu nome é S/... ㅡ eu estava falando com um sorriso no rosto, mas quando eu vi quem estava aqui na minha casa, meu sorriso sumiu. ㅡ S/N. ㅡ continuei mas com um sorriso falso.

ㅡ Olá S/N, é um prazer te conhecer, sua mãe fala muito bem de você. ㅡ falou a Sra. Somin. ㅡ Mas o que ela sempre fala é que a filha dela é muito bonita, o que é verdade.

ㅡ Muito obrigada Sra. Somin. ㅡ falei com as bochechas coradas.

ㅡ De nada. Bom esse aqui é o meu filho Jeon Jungkook, e minha pequena princesa Jeon Yang Mi. ㅡ falou a Sra. Somin. ㅡ Apresente-se Jungkook, não pode ser mal educado assim. ㅡ ouvi ela cochicar e vi Jungkook me encarar.

ㅡ Ah, não precisa Sra. Somin, já conheço ele, estudamos juntos. ㅡ falei.

ㅡ Oh, sério? Não sabia. Então vou deixar Yang Mi se apresentar.

ㅡ Olá S/N, meu nome é Yang Mi, e tenho 6 anos. ㅡ falou e me abraçou.

ㅡ Oh, Yang Mi, é um nome muito bonito igual você. ㅡ falei abraçando a mesma.

ㅡ Você também, unnie. ㅡ disse.

ㅡ Bom, já que se conheceram, eu vou lá para o meu escritório, S/N. Cuide bem das visitas. Venha Somin. ㅡ falou minha mãe e saiu.

ㅡ Já não basta na escola, agora tenho que te aturar até em minha própria casa? ㅡ falei revirando os olhos.

ㅡ Problema seu, garota chata. ㅡ falou e se jogou no sofá.

ㅡ Mal educado mesmo. Venha Yang Mi, vamos fazer algo. ㅡ falei.

ㅡ Unnie, seu cabelo é muito lindo, posso fazer uma trança? ㅡ perguntou.

ㅡ Mas é claro.

Yang Mi é uma garotinha muito e esperta e cheia de alegria. Tão adorável. Vontade de apertar. Sua personalidade é bem diferente da de seu irmão, ainda bem.

[...] 

ㅡ Bom, foi um prazer conhecer sua filha, Sooyoung. ㅡ disse a Sra. Somin.

ㅡ O prazer foi meu de conhecer vocês. ㅡ falei sorrindo.

ㅡ Até mais, unnie. ㅡ falou Yang Mi me abraçando e em seguida a Sra. Somin.

ㅡ Até mais gente. ㅡ falei.

ㅡ Jungkook, não é só porque você conhece a S/N, que você não tenha que dar um abraço nela. Vá, ande logo. ㅡ falou Sra. Somin empurrando ele de leve até mim.

ㅡ Até mais, S/N. ㅡ falou e me abraçou. ㅡ Amanhã eu continuo com a perturbação. ㅡ cochicou em meu ouvido.

ㅡ Vai à merda. ㅡ falei baixinho para que só ele escutasse.

Falei e me soltei dos abraços, e então lá estava Jungkook caminhando até o carro e olhando pra trás com um sorrisinho sarcástico.

Aish, idiota. Te odeio, te odeio mil vezes.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. E me desculpe se tiver algum erro. 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...