História More Than Friends, Sisters - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Girls' Generation, Got7, Samuel, Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jeon Wonwoo, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Punch (Kim Samuel), Rosé, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8", Yoona
Tags Bts!fem
Visualizações 2
Palavras 1.788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Hentai, LGBT, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATRASADA? CLARO
MAS QUERIA ESCREVER ESSE CAP COM MAIS ATENÇÃO PQ ELE É MTO IMPORTANTE

Capítulo 12 - Chapter Twelve



No dia seguinte, tive que ir ao treino de qualquer forma. Tão próximo do jogo nós somos meio que obrigados a ir. Ainda estava nervosa sobre como seria com a Jimin e talz

Eu cheguei e tentei evitar ao máximo encontrar a Jimin, era muito constrangedor pra mim. Eu não sabia como ela ia reagir a isso

Porém, como o Karma GOSTA DE ME ATACAR, ela veio falar comigo de novo na saída. Eu fiquei tensa, mas tentei disfarçar

- Yoon, eu quero falar com você- ela entrou na quadra

- J-jimin, eu p-posso exp-plicar- quando eu tô nervosa eu gaguejo, é normal

- Yoon- ela começou a sussurrar no meu ouvido- Você não é o Yoon de verdade, né?

- Isso é uma longa história- eu fui obrigada a contar tudo pra ela. Contei tudo, ela tinha prometido não contar pra ninguém- Jimin, então você não me odeia por isso?

- Não, como poderia?

- Mas você não é hétero?

- Não, na verdade eu sou Pan

- Mas... o que vai acontecer com você e o JungKook?

- Eu- ela suspirou- Eu sinto como se o Jungkookie não gostasse mais de mim

- Sério? Por quê? O que ele te fez, Jimin? Pode desabafar

- No começo do relacionamento, era tudo uma maravilha. A gente tomava sorvete, jogava videogame, via filme, tudo isso juntos. Mas- deu suspiros mais pesados- Agora parece que ele gosta de me humilhar. Ele sempre me trai, ele ainda pensa que eu não sei. Ele me bate,me força a fazer as coisas. Ele finge ser amável comigo na frente dos outros, mas ele é muito horrível, machista, homofóbico, racista, ele me assedia. Mas eu não tenho coragem de terminar com ele, eu não sei o porquê!

- Jimin...- eu me sentia triste por ela- Eu nunca imaginaria- ela me abraçou e eu retribuí- Você tem que procurar alguém da justiça, isso é grave! Você tá num relacionamento abusivo!

- Yeon- ela já me chamava pelo nome feminino- Obrigada pelo conselho, eu vou terminar com ele. Obrigada!- ficamos nos olhando e percebi ela começar a olhar para os meus lábios

Ela me beijou calmamente, sem a necessidade da língua no beijo. A sensação era doce como as frutas que comemos no fim da tarde. Nisso alguém entrou na quadra

- MAS QUE PUTARIA É ESSA?- aparentemente era o Jungkook

- J-jungkook??!!- ficamos as duas espantadas

- JIMIN, QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FAZER ISSO?- ele foi em direção a ela

- Você sempre fez isso comigo! Pensa que eu não sabia??? Não sabia que você pegou todas as meninas da nossa sala, Jeon Jungkook?

- NÃO INTERESSA, CARALHO!- ele berrava, furioso- Quem manda nessa relação sou EU. Quem me obedece na relação é VOCÊ! Entendeu, senhorita Park Jimin???

- Por mim, NEM RELAÇÃO EXISTE MAIS! Tá tudo acabado, Jungkook!

- E você- ele veio em minha direção- Você vai PAGAR por acabar com o meu relacionamento, seu moleque!- ele tentou me pegar pela gola da camisa, mas ele acabou pegando na parte onde estava meu top tomara que caia- Que porra é essa?!

- Jungkook, não faz isso!- ele me ignorou e rasgou minha camiseta, vendo que eu usava sutiã

- MAS QUE CARALHO É ESSE??? TU É VIADO, CARA???- ele me deu um tapa- Espera- ele me reconheceu sem a máscara- Você é aquela menina escrota que veio querendo fazer parte do time!

- JEON NÃO FAZ ISSO COM ELA- Jimin tentava me proteger

- Vai lavar uma louça, é só pra isso que tu serve- ela saiu, chorando- Enquanto a você, vai levar muita porrada pra aprender a não mexer mais comigo!- ele começou a me agredir. Eu não conseguia nem me defender, ele era muito forte

Um tempo depois entraram na quadra, era Vernon, Jun, Minghao e um menino da torcida

-JUNGKOOK O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO?- Vernon veio e separou a briga- Yoongi você- ele percebeu- Espera, Yeonjin??? Você era o Yoongi esse tempo todo???

- Eu..- não conseguia dizer uma palavra. Eu congelei

- Essa puta aí querendo entrar no time! Ela me enganou, ela vai ter o que merece!- ele veio ameaçadoramente em minha direção, mas Jimi n se pôs no meio

- Jungkook, não faz isso!- ela me protegia, mas jungkook lhe deu um tapa

- SUA VADIA! Pra quê vai proteger ela?! Ela só vai trazer desgraça pro time!

- Jungkook você só pensa em si mesmo! Você pensa que faz o melhor para esta equipe, mas você está fazendo o que acha melhor pra você mesmo!

- NÃO INTERESSA!- ele a empurrou- Você, sua piranha, está EXPULSA! Eu tenho NOJO de você!- eu saí correndo e parei num banco no pátio. Os outros meninos e Jimin vieram até mim

- Yeonjin, você está bem?- Vernon me perguntou- Aqui, toma- me entregou sua camiseta, já que JK havia rasgado a minha

- Obrigada- agradeci- Estou, é só um olho roxo- eu ainda chorava, doeu pra mim ter sido tirada do time. Ainda mais daquele jeito

- Yeon, não chora- Jimin me abraçou. Mesmo com os roxos pelo meu corpo doendo, retribuí. Precisava de um abraço

- YEON!- minha irmã e Jin vieram até mim- Yeon, você tá bem? Por que tá com olho roxo?- aparentemente contaram a ela parte do que aconteceu

- O capitão do time descobriu do segredo e expulsou e agrediu ela- Soon estava muito surpresa. Ela levantou a blusa que eu usava e viu as marcas

- Yeon, acho melhor a gente ir para o hospital- Jin disse- Uma parte da sua barriga tem um corte e eu acho que você vai ter que fazer pontos

Fomos ao carro e Jin ficou no banco de trás comigo, enquanto minha irmã dirigia. Chegamos ao hospital e logo fui atendida. Fiz dois pontos no corte e o médico me recomendou um remédio para não inflamar as feridas. Fomos para casa e meus pais não tinham chegado. Jin e Nam me levaram ao meu quarto e me ajudaram com tudo

- Yeon, como ele descobriu?- Nam perguntou

- Pode nos contar, pode desabafar com a gente- Jin continuou e Nam só assentiu

- É...- suspirei- Nam, você lembra de como eu falei de como a Jimin descobriu?- ela assentiu- Eu tava falando com ela sobre isso e ela disse que era Pan. Ela me beijou e bem nisso o Jungkook entrou na quadra

- Mas como ele descobriu?- Jin questionou

- Bom, como ele namorava a Jimin até então, já que eles terminaram, ele começou a me agredir e acabou rasgando a minha blusa vendo que eu estava de Sutiã- eu chorava, aquele momento destruiu meu psicológico, eu só queria um ombro amigo pra chorar- Daí ele começou a me bater, até que a Jimin foi chamar ajuda e trouxe os outros pra separar a briga. A Jimin ainda me protegeu e levou um tapa dele por mim. Ele me expulsou do time e o Vernon me emprestou a blusa dele- meus olhos já estavam vermelhos e inchados

- Yeon, vem aqui- eles me abraçaram. Era tudo do que precisava, carinho. Nunca me apeguei tanto aos exs da Nam quanto ao Jin. Os outros eram babacas e só pensavam em si, o Jin não era assim. Ele era como minha Unnie: carinhoso, protetor, gentil, compreensivo. Ele é tudo da Namsoon e mais um pouco

- Yeon, eu só quero te pedir uma coisa- Nam começou falando- Eu sei que isso foi muito triste, deprimida, com raiva. Mas eu só te peço: Não se corta de novo, por favor! Isso é perigoso, eu tenho medo de você se descuidar e eu te perder

- Mana, eu prometo que eu não faço mais isso. Sim, ela alivia minha dor interna, mas eu sei que se eu fizer eu vou te deixar triste- passei o polegar pela sua bochecha, que também estava molhada com suas lágrimas- Unnie, tudo o que eu quero é te ver feliz- nos abraçamos e eles me deixaram sozinha para descansar

                     ~~~~~NAMSOON P.O.V~~~~~

Eu estava indignada com o que tinha acontecido com a Yeon. Isso era puro machismo do embuste do Jungkook, nós precisávamos tomar providências

- Jinnie, o que vai acontecer agora?- estávamos no meu quarto- A gente tem que falar para alguém

- Mor, tive uma ideia- ele respondeu- Na segunda você fala pra ela faltar aula, já que tem que descansar e a gente vai falar com a diretora Yoona

- É melhor mesmo, eu quero ver aquele desgraçado expulso- fiz cara de brava, falhando miseravelmente

- Tá com fome, Nammie?- fiz que sim com a cabeça- Vamos jantar, hoje foi um dia corrido

- Vou perguntar da Yeon se ela quer- ele assentiu e desceu para a cozinha, enquanto fui chamar minha irmã, que recusou e foi dormir

- Babe, o que você quer comer?- ele perguntou assim que entrei na cozinha

- Não sei, você escolhe- respondi brincando com a manga do moletom cinza que vesti

- Que tal a gente fazer aquela omelete que eu fiz quando você foi lá pra casa?- assenti animada- Você me ajuda?

- Claro, seria injusto você fazer tudo- pegamos as coisas e começamos a cozinhar. Ele cortava os legumes e me pediu para bater os ovos. Eu como a desastrada que sou, derramei na bancada

- Amor, vai com calma- ele me abraçou por trás e colocou suas mãos nas minhas, me ajudando- Viu? De leve, com carinho

- Obrigada, Oppa- dei um selinho demorado nele e voltamos a cozinhar

Logo terminamos e fomos para a mesa. Fizemos uma grande quantidade, então dividimos. Ele me dava um pedaço do ovo na boca e eu fazia o mesmo. A gente era e não era um casal clichê ao mesmo tempo

- Nhaaa, você é muito romântico- disse, dando um beijo em sua bochecha- Eu adoro quando a gente cozinha juntos

- Eu também, amor- ele sorriu- Será que vai ser assim quando a gente casar?

- Casar?- fiquei surpresa

- É, você não quer casar comigo um dia?

- Claro, mas eu tenho medo, amor

- Medo de quê?

- É que eu falava isso pra todos os meus ex, e deu no que deu- fiquei séria

- Quantos ex você teve?

- 3 ex-namorados e 1 ex-namorada

- Sério? Você foi a minha primeira

- Sério? Fico feliz, amor. Mas você não me acha assim, uma puta?

- Amor, você seria uma puta se você quisesse dinheiro em troca disso. E mesmo se quisesse, não teria nenhum problema

- Fico feliz, bae- abracei ele- Mas eu não sei. Quem sabe um dia, não é?

Ele assentiu e levamos a louça para a pia. Subimos e fomos descansar, dormindo de conchinha


Notas Finais


Então, estou pensando em postar uma 2shot e uma 1shot aq
Oq acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...