História More than friendship - Capítulo 39


Escrita por: e Sad_Sky

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Isabelle, Lily
Visualizações 0
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hello gente tudo bem? Estou de volta com mais um capítulo pra vocês. Espero que gostem.

Boa leitura.

Capítulo 39 - Pedido


POV Isabelle

O despertador tocou, machucando meus ouvidos, tinha me esquecido que ainda estava viva. Um tempo depois, resolvi levantar. Fui até a cozinha a procura de algo para comer, nunca me surpreendi tanto, como agora, na mesa estava toda arrumada e um cheiro ótimo vinha dela, e ele estava sentado em uma das cadeiras.

- Oi…Pai - O cumprimentei, e isso foi bem estranho, já que eu dificilmente vejo ele, então o ver sentado pronto para comer COMIGO ( Comigo Brasil, comigo! ), é um tanto estranho.

- Bom dia, Filha - Ok, hoje é um dos melhores dias da minha vida, se bem que ele anda me chamando assim de uns tempos para cá.

Eu me sentei e começamos a comer em silêncio, até que o bolo que ele provavelmente fez, estava bom.

- Que aula você tem hoje ? - Ele perguntou enquanto esperava eu terminar de comer.

- Se não me engano, Português, artes, inglês e espanhol, mas não quero ir.

- Por que não? - Por que tantas perguntas? - Aconteceu algo ?

- Tirando uma tentativa de suicídio, não, acho que não aconteceu nada.

- Você brigou com um amigo? - Ele ignorou completamente a minha tentativa de ser grossa. E eu não o respondi, não sou obrigada a nada - Se foi com aquela menina, saiba que ela está preocupada.

- Ela não está preocupada.

- Ela está sim.

- Ela não está.

- Está sim.

- Ahh, eu não vou discutir com você - Me levantei e comecei a tirar as coisas da mesa - E melhor ir pro trabalho logo ou vai se atrasar.

- Quero que Segunda volte a ir para a escola - Me ignorou de novo. Mas se levantou e caminhou até o sofá, onde estava sua mala.

- Okay, okay, Bom trabalho, beijinhos e tchau - Terminei de o empurrar e fechei a porta. Depois limpei a louça e me joguei na cama novamente.

POV LILIANE

Chegui na escola pensando que finalmente eu ia pedir desculpas pra Isa, e falar que aquelas coisas que eu falei pra ela só foi da boca pra fora, que eu agradeço todos os dias por ter uma amiga igual a ela.

Mas infelizmente ela não veio, eu pensei que ela deveria estar se recuperando ainda, e amanhã ela vinha. Esperava esteja certa, mas assim foi o resto da semana, ela não vinha para escola.

Eu pensei em ligar para o pai dela, mas ele ia me achar enjoada, também pensei em ir na casa dela, " que seria mais fácil ". Como eu sou uma menina corajosa, pfff, só que não, não fui lá.

A minha semana foi um saco, e acho que engordei pra caralho, só comia fora de hora, comia aqueles salgadinhos, chocolate, refrigerante, pizza e aquelas milhares de coisas gostosas que só serve para engordar.

Não vi minha mãe a semana toda, só saia de casa para ir pra escola, só isso, parece que o nosso grupo todo estava em momentos ruim, parece que sem a Isa tudo ficou sem graça. Estava de boa deitada assistindo minha séries e comendo, quando escuto a campainha tocar, levei o maior susto, até deixei o meu saco de batatinhas cair no chão. Me levantei bufando e fui até a porta resmungando, abrir e dei de cara com o Brayan.

QUE? O BRAYAN? O QUE ESSE MENINO TÁ FAZENDO AQUI?

- Brayan? você por aqui - Falei meio meio sem graça. Porque eu tô sem graça? Que palhaçada e esse lily?

- Sim, eu por aqui - Falou sorrindo. Que sorriso lindo - Então eu queria fazer um pedido, ok, tá mais para um convite - Ele falou todo confuso. Quando me toquei, não tinha convidado ele para entrar, que falta de educação lily!

- Meu Deus que falta de educação a minha, quer entrar ? Daí você pode me pedir, convidar direitinho - Falei dando espaço pra ele. Ele sorriu e entrou.

- O que passou aqui? Uma tempestade? - Ele falou. Não era pra nada só que a sala estava toda bagunçada.

Hahahaha que vergonha.

- Olha eu tava fazendo sessão de séries, e para ficar perfeito, nada melhor que uma comida - Falei me sentando no sofá, ele fez o mesmo.

- Olha, eu sei que você anda muito triste, da pra ver no seus olhos, então, daí eu pensei: " Que tal a Liliane William sair um pouco da toca ? " - Ele falou / Perguntou.

- Ah, não sei não - Falei desanimada, ta tão bom eu e a TV, o sofá e minhas maravilhas. Mas pensando bem, eu tava precisando sair um pouco mesmo. Ele fez cara de cachorro abandonado - Ok, Ok, eu vou sair sim, pra onde vamos? - Perguntei animada.

- Depois que meus avós me expulsaram de casa, eu nunca mais vi eles. Quando foi hoje, eles me ligaram, falando que sentia minha falta e tals, que queriam me ver - Ele suspirou - Eu não quero ir mesmo, mas e tô morrendo de saudade deles - Confessou - Mas também não queria ir sozinho.

- Brayan, claro que eu vou com você, eu disse que você podia contar comigo para qualquer coisa - Falei - E vai ser muito legal ver seus avós - Falei, já imaginando como seria.

- Que bom lily, então tá, sete horas eu venho te buscar - Ele falou.

- Que tal quem se arrumar primeiro vai buscar o outro em casa? - Perguntei, hehe.

- Boa jogada, ok, então, até daqui a pouco - Falou e saiu de casa.


Notas Finais


E aí gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...