História More than Just a Brother - Imagine JungKook (Incesto) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Incesto, Jungkook, Você
Visualizações 39
Palavras 1.006
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura
Desculpa qualquer erro.
❤❤❤

Capítulo 2 - Capítulo 1


POV (S/N)

Queria poder não estar sentindo isso por ele, apesar de sempre termos uma relação muito forte entre irmãos, me sentia totalmente submissa aos encantos de Jeon JungKook, meu irmão mais velho. Sempre fomos muito grudados fazíamos quase tudo juntos. Eu sentia ciúmes dele, JungKook sempre foi um garoto muito bonito, e muitas garotas se atraíram facilmente pelo meu Oppa.

Fazia o possível para provocar ciúmes ao mesmo, ato que não era difícil de ser feito. JungKook sempre foi muito ciumento comigo, e adorava ver-lô com tal sentimento. Amava o jeito que me tratava, quando estou com ele, o mesmo sempre trata como uma verdadeira princesa.

Jeon não gostava dá ideia de eu ter Jimin como melhor amigo, o mesmo achava que ele teria segundas intenções comigo. Na escola andava sempre com Jimin e com a Jisoo, a mesma já havia gostado do Kookie. Não vou negar que senti um certo ciúmes por isso, mais logo passou.

Estava a caminho do quarto do JungKook, pois hoje é sábado e normalmente finais de semana escolhemos um filme qualquer para assistir, e hoje quem escolheria seria ele. Bato em sua porta, e o mesmo não fala nada, então decido entrar. Quando entro em seu quarto percebo que ele não se encontrava ali, provavelmente estaria tomando banho, e opto por esperar ele.

Me sento em sua cama, e logo escuto o chuveiro ser apagado, segundos depois ele abre a porta do banheiro, revelando JungKook com apenas um toalha em sua cintura, por um momento desejei que aquele pedaço de pano caísse no chão. PARE TE PENSAR ASSIM (S/N) ELE É SEU IRMÃO. Mais como eu queria que não fosse assim.

O mesmo não percebe minha presença ali, e aproveito para observar seu lindo abdômen definido. Logo em seguida ele percebe que estava sentada em sua cama.

- Que susto (S/N), não tinha percebido que você estava aí. - Diz Kookie um pouco assustado.

- Desculpa Oppa, não foi minha intenção. - Digo um pouco envergonhada.

JungKook logo percebe que estava apenas de toalha em minha frente, então o mesmo rapidamente pega uma roupa qualquer e volta novamente para o banheiro para se trocar. Não nos importavam os muito com isso, mas de um tempo pra cá andávamos estranhos um com o outro, ou talvez seja coisa dá minha cabeça.

Sabia que quando ele saísse ficaria um clima meio “estranho“ entre nós, então saio de seu comôdo, e desço as escada, indo até a cozinha. Pego um pacote de pipoca e a coloco no microondas. Enquanto esperava senti meu celular vibrar, pego o mesmo, vendo que havia recebido uma mensagem.

 MENSAGEM ON

JISOO: Oiiii

Preciso falar com você.

É URGENTE!!!

Posso ir na sua casa amanhã?

EU: Oiiii

Claro que pode 

Mas sobre o que você quer falar? 

Aconteceu alguma coisa?

JISOO: Depois eu te explico melhor o que aconteceu...

Até amanhã

MENSAGEM OFF


Fico um pouco curiosa com o que ela teria para me contar, mas prefiro não esquentar muito a cabeça com isso. Sinto alguém me abraçando por trás, e acabo tomando um susto.

- Desculpa maninha, não queria te assustar. - Diz JungKook perto do meu ouvido me causando arrepio, sua voz estava um tanto quanto rouca. Adorava quando sua voz ficava assim.

- Eu estava distraída, não tem problema. - Digo soltando um leve riso. 

O mesmo me solta e se direciona para a sala, solto um suspiro, e percebo que a pipoca já estava pronta. Vou até o armário dá cozinha para pegar uma vasilha na qual colocaria a pipoca. Fico nas pontas do pés para tentar alcançar  a vasilha que havia ali. Vejo uma mão a pegando, e logo a entregando para mim.

- Aqui está pequena. - Diz JungKook com um belo sorriso de coelho.

- Obrigada Oppa. - Falo pegando a vasilha de sua mão. - E eu não sou tão pequena assim. - Digo formando um bico em meus lábios.

- Claro que é... Você é minha pequena. - JungKook diz com um tom de voz possessivo. Por um momento ficamos nos fitando por alguns minutos, até eu desviar o olhar para outro ponto da cozinha.

Coloco a pipoca na vasilha e JungKook se ofereceu levar às bebidas para seu quarto, enquanto eu levo a pipoca. Subimos até o cômodo, que estava muito bem organizado, Kookie sempre manteve suas coisas em ordem. Vou em direção a sua cama, me acomodando na mesma.

Vejo o mesmo colocar um filme o qual me parecia ser de terror, não gostava desses tipos de filme, e JungKook sabia disso, porém ele sempre insistia em colocar esse gênero de filme.

                                               ∆∆∆∆

- Oppa estou com medo. - Digo me acolhendo em seus braços.

- Calma isso é só um filme. - Diz tentando me acalmar.

- Kookie posso dormir com você hoje, eu tô com medo. - Digo um tanto manhosa.

- Pode, mas você quer continuar assistindo o filme? - Pergunta um pouco receoso, mas já sabendo qual seria minha resposta.

- Não, é melhor nós já dormirmos. - Digo levando o olhar para o mesmo. 

Kookie se levanta da cama e tira o filme, e logo desligando a televisão. Desliga as luzes deixando apenas a iluminação de seu abajur. Volta para cama e se deita ao meu lado, o mesmo nos cobre com seu cobertor que estava ali. JungKook me puxa para que eu me deite em seu peitoral, e assim faço, o mesmo começa a fazer um leve carinho em meu cabelo, e começo a sentir o sono me pegar. 

Já estava quase dormindo, quando decido sair de cima do peitoral do Kookie, e deito ao seu lado, ele me puxa para que eu ficasse abraçada a ele, e assim fico.

- Boa noite pequena. - Diz JungKook.

- Boa noite Kookie Oppa. - Digo sonolenta.


E estávamos nós dividindo a mesma cama, amava sentir o calor de estar em seus braços, poder sentir seu cheiro, JungKook não imaginava que tinha esses pensamentos sobre ele, que o desejava a um tempo. Me sentia protegida em meio de seus braços, e queria que ele sentisse o mesmo... 

Me odiava por desejar tanto o meu irmão... Gostaria de ser correspondida, mas sabia que era errado... Porque fomos nascer irmãos!?





CONTINUA...


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
💗☺💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...