1. Spirit Fanfics >
  2. Morgan Stark >
  3. Capítulo 5

História Morgan Stark - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Hey, hey. Iai, como vocês estão!? Bem? Mal? Digam nos comentários.

Eu amo essa Fanfic de paixão. Espero que vocês também estejam gostando.

Boa Leitura!

Capítulo 6 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Morgan Stark - Capítulo 6 - Capítulo 5

Narração

Com os olhos vidrados na janela e centrada no trânsito de Nova York. Morgan suspirou diante da fase difícil que estava enfrentando.

A sala onde se encontrava estava vazia. Morgan esperava pacientemente seus pais decretarem o seu destino. Ficar ou voltar para a sua determinada época, essa era a grande questão que a rondava.

Morgan encostou a cabeça na vidraça e observou os primeiros pingos de água caírem do céu, iniciando uma garoa fina. Ela ouviu os saltos da sua mãe baterem contra o piso polido e vir ao seu encontro, assim como Enthony.

— Já decidiram o que farão comigo!? — A pergunta saiu melancólica. Pepper olhou para Tony e o mesmo suspirou, colocando as mãos no bolso da calça e erguendo o olhar para encarar a sua filha.

— Depois de muito conversar e analisar as opções e tudo o que você fez para chegar até aqui — Umideceu os lábios — Nós decidimos... — O coração de Morgan se tornou descontrolado, errando diversas batidas — Que você pode ficar! — Um sorriso genuíno brotou nos lábios da morena. Ela se jogou nos braços de seu pai e o apertou em um abraço acolhedor. Tony, por alguns segundos, ficou sem reação, porém logo depois à rodeou com os seus braços.

— Decidimos que você pode ficar aqui! Porém será por pouco tempo, uma semana para ser exata. Nem um dia a mais ou a menos. Depois, você irá voltar para a sua época — Pepper falou firme. Morgan concordou e deu um sorriso genuíno. Uma semana era tudo o que ela precisava.

— Vou providenciar um quarto para você! — Pepper se retirou e Morgan voltou a se sentar perto da vidraça.

— Iai, como está o pessoal no futuro!? Se é que eu posso perguntar...— Tony questionou. Morgan abriu espaço no sofá e apontou para o mesmo se sentar ao seu lado.

— Estão bem... Vivem a vida como podem, sempre salvando o planeta quando surge quaisquer ameaça — Foi sútil. Morgan lembrara dos poucos vingadores que sobraram, pobres marionetes do governo. Usados para satisfazer os caprichos de homens poderosos. Obedientes a um governo corrupto e aproveitador. Ditadores, perseguidores, oportunistas. Mal podia acreditar que sua mãe se encontrava no meio de tais pessoas. Pepper havia mudado tanto e Morgan nunca entendeu tal comportamento, a única explicação plausível era a dor da perda após a morte do seu pai e isso, era algo que Morgan se agarrava fielmente, nunca se permitiu pensar que sua mãe havia se ludibriado com o poder, não podia acreditar.

— Espero que eu tenha me aposentado. Salvar o mundo cansa — Enthony riu de seu próprio comentário. Morgan o olhou um pouco tristonha, deu um sorriso de canto e voltou a encarar a garoa que se tornava cada vez mais forte.

— Por que veio!? Você disse que queria me abraçar, me conhecer...— Um bolo se formou na garganta de Morgan, ela apertou os punhos e suas íris tintilarem diante da tensão que se instalou no seu corpo — Eu não desisti dos vingadores, não é!? Eu à abandonei!? Sinto muito, Morgan — As palavras saíram azedas. Tony fez uma careta de desgosto. Era isso que ele sentia de si próprio, desgosto.

Morgan balançou a cabeça diversas vezes em negação.

— Não, não, é claro que não — Passou a repetir — Você foi um ótimo pai, sempre preocupado e presente — frizou as palavras — Nós brincávamos de esquiar até com o escudo do tio Rogers — Riu ao se lembrar de como se divertia com o seu pai — Mas... Coisas ruins aconteceram e...— Sua voz saiu fina, quase que inaudível e impossível de se completar.

Pepper adentrou a sala, com um sorriso encantador nos lábios e uma muda de roupas em mãos.

— Aqui! Você ficará com o quarto de hóspedes. Consegui um pijama para você. É um pouco largo, espero que não se importe — Estendeu as roupas para a morena. Morgan sorriu e pegou a muda de roupas da mão de sua mãe.

— Tem um banheiro na terceira porta a direita. Fique à vontade — Apontou para o caminho. Morgan assentiu e, antes de se retirar, deu uma última olhada para os seus pais.

(...)

— Isso é um erro! Deveríamos ter mandado ela de volta — Tony cochichou. Pepper voltou a revirar os olhos, sua paciência antes ilimitada estava começando a se dissipar.

— Pare, Tony. É a nossa filha! Quando teremos novamente essa chance, me diga!? — Perguntou, aflita. Tony coçou os olhos e suspirou — Por que está assim!? Ela não vai fazer nada demais! Ela veio aqui para te ver. E olha, se eu fosse você aproveitaria — Pepper falou, um pouco triste. Morgan mal se dirigia a ela e, naquele momento, o que ela mais queria era que sua filha a tratasse que nem trata o próprio pai, com amor nos olhos.

— Como posso aproveitar!? Eu sinto como se tudo tivesse sido arrancado de mim, de nós — Falou. Pepper o olhou, curiosa — Os primeiros passos, a primeira fala, o primeiro sorriso. Tudo foi tirado de nós — Pepper o olhou, compreensiva.

— Nada disso foi tirado de nós, pelo contrário, estaremos recebendo em dobro. Acabamos de saber que criamos uma filha linda, gentil e inteligente — Tony sorriu de canto — Isso não é o bastante!? Ainda iremos ter as mesmas experiências, nada mudou — Pepper falou.

Tony a olhou com carinho, se aproximou da ruiva e a beijou.

— Eu amo o seu jeito otimista. Acho que você é a melhor de nós dois. Espero que Morgan tenha herdado isso de você — Pepper distribuiu selinhos e apertou o gênio em um abraço. Enthony subiu os seus dedos pelas costas da ruiva e aprofundou um beijo.

Morgan adentrou a sala e seu rosto se tornou rubro. A mesma coçou a garganta de um modo forçado e fez uma careta de nojo por presenciar tal cena. Tony e Pepper se separaram e adotaram uma pose de constrangimento.

— Só vim aqui dizer boa noite — Disse, sem graça.

— Claro — Pepper e Tony disseram juntos — Boa noite — Morgan acenou e deu as costas.

— Fomos pegos no flagra! — Tony soltou uma gargalhada e Pepper distribuiu socos fracos pelo seu tórax.

— Mal conhecemos a nossa filha e já a traumatizadamos — Pepper sacudiu a cabeça e abraçou Tony. O Stark a envolveu nos braços e puxou para si, sorrindo contra os fios ruivos e a banhando de beijos e carinho.

— Temos uma filha linda...

____________________

Base secreta dos Vingadores

Ano: 2037

— Eu não vou levar um atirador! — Pepper voltou a bradar. Fury a encarou e revirou seu único olho.

— Ela pode ser perigosa! Não sabemos o que ela pode fazer...— Afirmou novamente seu único argumento. Pepper se aproximou do agente e o olhou desafiadora.

— Ela é uma criança, Fury — As palavras saíram entredentes — Não uma assassina, ela não é uma ameaça. O chip alojado no ombro a impede de usar os poderes — Voltou a explicar. Fury levantou as mãos em sinal de rendição e arrumou a arma no coldre da calça caqui.

— Eu vou! Ela vai me escutar — Peter se fez presente. Pepper o olhou e a analisou calmamente as suas opções. A ruiva assentiu.

— Arrume as suas coisas, nós partiremos daqui a dois dias — Clint se virou para a sua superior.

— Tão rápido!? — Indagou. A ruiva o olhou.

— Faria o mesmo pelos seus filhos, não é!? — O arqueiro se calou e se manteve inerte, apenas observando a aglomeração na base.

— Tudo continuará normal. Você continuará dando aulas para os integrantes da nova iniciativa, enquanto eu, Peter e um grupo especializado iremos buscar a minha filha — Foi direta. Clint se aproximou de Pepper e a encarou nos olhos.

— E se ela não quiser ser salva!? E se ela quiser ficar!? — Peter olhou para Pepper. A ruiva mantinha uma carranca séria na face.

— Ela não tem escolha. Ou ela vai vir por bem, ou por mal! — As palavras da ruiva se alojaram na sala. Um silêncio percorreu o ambiente até que o ministro adentrou.

— O presidente aprovou a missão de retirada. Agora é com você, senhora Stark — Pepper olhou para cada um da sala e sorriu.

— Espero que estejam prontos, senhores!? Será uma viagem longa.


Notas Finais


Ihh, tretas, eu prevejo tretas. E essa Pepper super Dark!? Adoro ♥️♥️

Não se esqueçam de votar, seguir, favoritar e me seguir.

Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...