1. Spirit Fanfics >
  2. Morning Light ( Imagine Jimin) >
  3. The Beginning

História Morning Light ( Imagine Jimin) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá! Uma nova ideia que eu tive, espero que vocês gostem <3

A idade de cada personagem:

S/N e Jeongguk tem 18 anos
Jimin e Tae tem 19 anos

Capítulo 1 - The Beginning


Estava muito assustada com o resultado de um teste de gravidez que eu havia feito. Estava com o mesmo em minhas mãos e o resultado foi algo muito surpreendente para mim, mesmo sabendo do que havia feito e suas consequências, mas quando não se está esperando um positivo para gravidez sempre será uma surpresa muito grande e assustadora. Tremendo e sem ar, era como me definia sentada sobre a tampa privada do meu banheiro, neste curto espaço de tempo de ficar esperando o teste ficar pronto eu havia notado todas as imperfeições do banheiro e todas as bordas que haviam nele, quinas também e até uma pequena mancha no azulejo, mais ao rever aquele positivo pareceu que tudo isso que fiquei olhando se desapareceu muito rapidamente. Na minha mente eu fui teletransportada para um lugar escuro e frio, o pior lugar em qual a minha manete poderia imaginar, só conseguia escutar a minha respiração e sentir o meu batimento cardíaco que estava muito acelerado com toda aquela situação toda. A minha sorte é que eu estava em casa, mas o ruim de tudo é que o os meus melhores amigos estariam vindo me visitar para podermos fazer um trabalho escolar, e aí morava o meu problema, um deles é o pai da criança, Park Jimin, não saberia como contar e também se deveria.

- S/N, seu amigos chegaram! - Yoongi grita fora do banheiro, meu pai realmente estava impaciente com a minha demora. Enfio o teste dentro da caixinha e a escondo dentro da minha parte do armário, a onde eu sabia que ali estaria protegido até eu conseguir jogar fora ou pensar um jeito de fazer alguma coisa com aquilo. Escuto uma batida mais forte na porta.

- Já estou saindo! - Dou a descarga para fingir que estava demorando por outra razão e lavo as minhas mãos. Saio de dentro do cômodo e dou de cara com o meu pai, ele não estava com uma feição maravilhosa.- O que aconteceu?

- Irei buscar o seu pai na aula, ele teve um problema com o carro.- O mesmo diz com uma voz carregada de raiva e saí andando em minha frente.- Tem comida no forno, você e os meninos já tem idade o suficiente para poder se virar! - Logo chegamos na sala e vejo os garotos sentados no sofá e olhando alguma coisa a televisão.- Tchau e juízo! - O mesmo pega a chave do carro e deixa nós quatro sozinho em casa.

- Até que enfim a bela adormecida saiu de dentro do banheiro! - Diz Jeongguk, ele era o mais novo de todos nós. Mordo os meus lábios ao olhar para ele e confirmo com a minha cabeça.- Noona, eu quero carinho! - O mesmo bate em suas pernas para poder me sentar sobre elas.

- Tem certeza?- Taehyung diz.- Não quero ver pegação hoje, só queria assistir um filme e fingir que vamos fazer o trabalho do seu pai.- O mesmo aponta para mim e dou uma risadinha sem graça. O propósito deles estarem aqui é o trabalho que meu pai havia passado para nós, meu pai Hoseok é o nosso professor de filosofia e ele havia passado um trabalho no lugar da prova.

- Não! Nós iremos fazer esse trabalho! - Diz Jimin, vulgo, pai do meu filho, ele sempre queria fazer tudo certinho, mas quase nunca as coisas era do jeito que ele queria.

- Dessa vez eu tenho que concordar com Jimin, vamos fazer esse trabalho o mais rápido possível e depois nos vemos livre dessa merda toda! - Falei enquanto fazia carinho nos cabelos do mesmo. - Já havia pesquisado um pouco sobre o nosso trabalho.

- O mito da caverna? – Namjoon fala descendo as escadas, meu irmão mais velho. - O papai não se cansa de passar o mesmo trabalho. - O mesmo dá de ombros e empurra Taehyung para se sentar em seu lugar. - Vão fazer logo esse trabalho e talvez eu os ajude a fazer.

- O que vai querer dessa vez? - Vejo o Jeon fazendo uma cara de safado para o meu irmão e acabei arregalando os olhos e negando com a cabeça da cena que estava vendo ali.

- Uma mamada! - O mais velho entre nós fala em uma simplicidade a qual assusta a quase todos, menos a ele e o Jeon. - O que acha, doçura?

- Meu deus, os meus amigos são putas do meu irmão! - Nego com a cabeça e vou pegar o meu computador para podermos fazer o nosso trabalho. Ao entrar no meu quarto e me apoiar para pegar o computador, sinto alguém me encurralar contra a cômoda. - Hey!

- Você está tão linda nesse vestido! Uma pena que você fica mais linda sem ele todinho! - Era Jimin, nós estávamos mantendo um relacionamento escondido de nossos amigos, não queríamos separar as nossas amizades.

- Jimin, eles estão aqui e eu estou cansada hoje. - O respondo de uma forma calma, mas internamente eu estava pegando fogo, ou melhor, estava havendo uma explosão interna de sentimentos a onde falavam que eu deveria contar para ele sobre o positivo do teste.

- Ah, tudo bem!- O mesmo me dá um eye smile e sai do meu quarto na maior cara de pau.

[...]

Conseguimos terminar o trabalho antes do anoitecer, afinal, o Namjoon nós ajudou e nem me pergunte o que o Jeon irá fazer com ele como pagamento de tudo isso, que Deus tenha pena na alma desse coitado. Depois de terminamos o trabalho decidimos assistir algum filme para distrair a nossa cabeça de toda aquela pressão em qual nós estávamos, me sentei ao lado de Taehyung e o mais longe possível de Jimin, acho que ele tinha percebi alguma coisa de diferente.

- S/N, por que não senta ao nosso lado? - Jimin aponta entre ele e o Tae, suspiro e concordo com a cabeça, não queria me sentar ao seu lado, mas para ninguém desconfiar de nada, principalmente ele, me levanto e me sento entre os dois.

-Chegamos! – Vejo a porta da frente ser aberta pelo meu pai, Hoseok, e logo dando passagem para os dois mais velhos entrarem. Engulo a seco ao ver os mais velhos ali.- Olá, garotos!

- Olá professor! - Jeongguk responde em primeiro e olha para os demais que repetem o que o mesmo fala. Em um ato rápido ele pega seu celular e checa o horário.- Tenho que ir. Já são 18:30!

- Nossa! Eu também preciso ir, minha mãe vai chegar em casa e eu nem lavei a louça ainda. - Jimin fala rapidamente e coloca a mão em seus fios, os puxando de leve.

- Então tudo bem, eu os levo até a porta. - Vejo os mesmo irem pegar as suas coisas para irem embora, vejo Taehyung ir junto também, mesmo que ele não tenha se pronunciado nada sobre o assunto, ele deve estar aproveitando alguma carona, desde um súbito desaparecimento dele, o mesmo voltou muito esquisito, mas não dei muita bola. Agradeço a vinda deles e os levei até a porta, logo volto para dentro de casa e tranquei a porta.

- Vamos pedir pizza? - Diz Yoongi enquanto olhava para o seu telefone e procurava algum número de pizzaria aberta a esse horário. Afirmo com a cabeça e o mesmo me olha estranho. - O que está escondendo senhorita Min?

- Ahn?- Tento me fazer de desentendida e passar reto por ele. - Eu vou me deitar um pouco, não estou me sentindo bem. - Antes de poder ouvir alguma resposta subo correndo para o meu quarto e me tranco ali. Talvez seja melhor eu fazer tudo sozinha, tentar tirar esse filho sem ninguém saber. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...