História Morrer em seus braços- Imagine Kim Taehyung - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Kim Taehyung, Min Yoongi, Romance
Visualizações 41
Palavras 1.350
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi ; )

Capítulo 6 - Inauguração fracassada


Fanfic / Fanfiction Morrer em seus braços- Imagine Kim Taehyung - Capítulo 6 - Inauguração fracassada

Yoongi a cada 5 minutos recebia mensagem no celular e logo em seguida o pegava e respondia. Não sei se era bem mensagens que ele estava trocando com alguem ou algo parecido. Eu arrumava as coisas no lugar mas nunca deixava de notar os sorrisinhos maliciosos sempre que lia algo, parece legal o que esta mexendo deixe me rir com você tambem, pensei mais seria muito infantil mexer nas coisas deles.

Logo anoiteceu e eu estava exausta, a casa é grande demais. Ainda tinha que arrumar a cozinha e fazer coisas simples que todo faz seem pressa então deixei para fazer no outro dia. Yoongi estava no banheiro,e o celular dele vibra e eu olho.

- Ja estou com saudades do teu beijo

- Queria você aqui.

- Yoongi amor,fala com tua jagi

Ouço passos e as chaves do banheiro se destrancarem,largo o celular. Estranho porque eu e Yoongi nunca escondemos nada um do outro, ele sempre deixava que eu tocasse no celular dele e ele no meu, não tinha senha,agora tem.

Yoongi saiu do banheiro secando a boca com a toalha de rosto.

- Yoongi meu amor,sinto falta dos seus beijos,vem aqui na sua jagi - digo num tom irônico e sexy

- Não estou afim hoje - diz seco jogando a toalha numa cadeira atras dele.

- Se fosse pra essa vadia que passa o tempo inteiro te mandando mensagem você iria não é? - digo pegando o celular indo na direção dele e esfregando na sua cara

- Porque você esta mexendo no meu celular? - pega o celular irritado.

- Nunca escondemos nada um do outro,porque não deixa que eu pegue agora? Por causa dessa vadia não é? É mais umas das suas  "Clientes"? - digo fazendo sinal com os dedos

- Cala a sua boca S/N, não é da sua conta o que eu faço ou deixo de fazer.

- PODE DIZER YOONGI VOCÊ ESTA ME TRAINDO - digo empurrando ele pelos peitos ee chorando

- Não estou não,essa mulher aqui é louca,agora me deixa.

- VOCÊ NÃO ME AMA MAIS NÃO É?

- S/N quer que eu seja verdadeiro?

Funguei o nariz e assenti com a cabeça que sim. Ele pegou um travesseiro e um cobertor no guarda-roupas e disse.

- Perdi o encanto - pegou o celular e saiu do quarto fechando a porta logo em seguida.

Eu bati na porta e cai no chão chorando.

>>>>>>>>

Eu acordei e vi Yoongi deitado no sofá dormindo,eu ignorei.

- Não se preocupe vou pra Londres amanhã de manhã - diz se levantando e pegando o cobertor e o travesseiro - so vou ficar aqui so pra inauguração mesmo - saiu dali sem me olhar no olho.

Quis chorar naquela hora. Nunca pensei que ele seria capaz daquilo, ele é tudo que sempre odiei. E desde aquela noite deixei de acreditar no amor.

>>>>>>>>

Ja era noite e os convidados chegavam a todo o momento. Não conhecia ninguem talvez fosse da empresa de  Yoongi. Eu estava com um coque delicado,um vestido colado vermelho e um salto vermelho tambem. E obvio um batom,minha maquiagem escondia as olheiras da noite passada em que passei sem dormir e choramingando pelo homem que eu acreditava ser o homem certo pra mim. 

Yoongi com um terno comprimentava todo mundo. A festa era no jardim de casa e havia mesa espalhada com decorações caras por todos os lados.

Ja estava ficando tarde e a recepcionista e nem Taehyung chegavam. Os unicos que convidei furaram comigo,estava começando a me acostumar com aquilo,uma decpeção em cima da outra.

Eu me sentei na bancada onde havia garçons servindo todo o tipo de bebida. 

- A mais forte que tiver ai por favor - disse nem ai pra vida, eu sabia que não aguentava bebida alcoolica,mas não estava nem ai.

O homem parecia pegar um limão espremer e fazer uns movimentos bem loucos,eu olho com admiração,eu não conseguiria fazer aquilo. O homem finalmente termina e coloca a minha frente para que eu tomasse.

Eu coloquei perto do meu nariz para que eu pudesse sentir o cheiro da bebida e fiquei zonza de quão forte aquilo era.

1...2...3... e vai....

Tomei coragem e enfiei um gole na minha boca, e antes que eu bebesse o resto senti alguem pegar no meu ombro.

- Ja esta enchendo a cara sem mim? 

Eu olho e é o Taehyung.

- É você Taehyung, pensei que não viesse - disse secando um pouco da bebida que escorria pela borda da boca.

- Eu disse que viria.

- Demorou.

- Esta tomando o que? - ele pega meu copo cheirando a bebida e então faz cara feia - como consegue beber isso? É muito forte. So bebo pra esquecer os problemas mesmo.

Então eu estou tomando a bebida certa pensei.

- Onde esta seu marido? - ele continua

Viro o resto do copo de cachaça e peguei a mão dele e o levei ate Yoongi. Yoongi estava no meio de um monte de gente chique.

- Yoongi esse é o  Kim Taehyung meu chefe, Taehyung esse é o Min Yoongi meu ex marido.

Yoongi fez cara feia pra mim e me puxou.

- O que deu em você S/N? Estava com gente importante,o nosso divorcio nós discutimos depois - ele sai

O efeito do alcool ja estava fazendo efeitos. Ja estava ate mais feliz.

- Vem oppa,deixe esse traidor com os amiguinhos deles - puxo Tae pelos braços.

- Vejo que o alcool ja fez efeito - ele diz me segurando forte pela cintura para que eu não caisse.

- Sabe Tae quero mais 

Vou em direção a bancada me solto de Taehyung,bato na mesa e grito 

- MAIS UMA DAS...DAS MAIS FOURTES PUR FAVOR - digo bagunçando as palavras.

- Para isso se senta então S/N - Tae me coloca sentada na cadeira e logo depois see senta ao meu lado.

Eu jogo minha cara toda sonolenta na bancada e me levanto. O homem me serve mais uma vez. E eu viro tudo em um gole.

                   Taehyung

Eu cheguei na festa e S/N ja estava tomando umas. Ela me apresentou ao marido dela,mas parece que eles brigaram.

Ela mal conseguia ficar em pé enquanto andava então tive que segura-la pela cintura.

Ela pediu mais cachaça, eu deixei que ela tomasse ela parecia triste e estava ficando mais feliz. 

- Oppa pega... - ela travava as palavras enquanto pegava nas minhas mãos - pega nos meus peitos - ela pôs minhas mãos sobre seu peito.

Eu tirei rapidamente enquanto ninguem via. Ela começou a ficar na fase tarada e safada dos efeitos da bebida sobe o cerebro.

Ela subiu na mesa onde servia as bebidas. Me puxou ate ela e sussurrou em meu ouvido enquanto esfregava as mãos sobre meu pescoço.

- Me fode Tae... Me come aqui...

Todo mundo ja tinha começado a ver aquilo,eu a joguei nos meus ombros e a levei pra dentro da casa dela. 

Entrei na cozinha e ela começou a se rebater nas minhas costas.

- ME SOLTA AGORA KIM TAEHYUNG...HYUNG....HYUUUUUUUNG.

Eu subo as escadas e procuro pelo quarto dela, empurro um e nada, finalmente encontro e a coloco na cama com cuidado.

- Oppa - ela diz chorando e puxando meu pescoço - me leva pra sua casa, não quero ver a cara de Yoongi não - ainda chorando ela completa com dificuldade - Ele me traiu,traiu com uma modelo.

Eu a olhei surpreso.

- Venha então vamos para minha casa.

Eu desço as escadas com ela nos meus braços,ela não reclamava e nem see rebatia. Todo mundo nos olhava,mais eu não ligava so queria ela bem.

Eu abri a porta do carro a coloquei e logo em seguida pus o cinto de segurança. Entrei tambem e dei a partida no carro.

Eu cheguei em casa e tirei ela de lá,ela estava dormindo já. A coloquei em minha cama,tirei seus sapatos,procurei uma camisa minha e tirei seu vestido. Que estava todo vomitado, seu corpo era lindo,peitos eram duros e me deixou com agua na boca,mas não eu não transaria com ela, não com ela bebâda daquele jeito,coloquei minha blusa nela.

Eu tomo um banho gelado me lavando dos vômitos de S/N e visto um short e fico seem camisa. E saio do banheiro.

- Oppa... - ouço ela falar quando eu ia sair pra dormir no outro quarto - dorme comigo por favor...

Eu não neguei e me deitei do lado dela,ela me abraçou forte e logo em seguida dormiu.





 


Notas Finais


Aaaaaaah não tenho expressão e nem argumentos,ate a proximaaaa <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...