História Morte lirica, morte sentida. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Eu-lírico, Lirismo, Poesias
Visualizações 11
Palavras 95
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Lírica, Poesias, Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capitulo único


Imagem torta de uma garota feliz.

Alma morta, infeliz.

Pedindo por sossego, pedindo por um gole de rum.

 

Cigarros não servem de nada para almas penadas.

Cachaça queima a garganta, poesia queima a alma.

O inferno tem cheiro de prata.

 

No enterro toca música clássica.

Ninguém liga, ninguém ta nem ai.

Minha alma ta seca, tão infeliz.

 

Minhas lágrimas nem descem.

Estou seca também, estou infeliz também.

Estou morta também.

 

No fim de tudo isso eu apenas acabei jogando rosas em cima do caixão.

Os espinhos furaram minha pele pálida.

Esta que está em decomposição.


Notas Finais


A morte lirica é a mais sentida.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...