História Mountain Bike Girl - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Clarke Griffin, Costia, Echo, Indra, Lexa
Tags Clexa
Visualizações 187
Palavras 1.199
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então anti-penúltimo capitulo

Capítulo 46 - Liberdade... Rose!?


Liberdade... Rose!?

Depois ela vai para o hospital saber sobre sua mãe e tio. Mas, na verdade ela queria saber sobre Clarke. Pois, estava muito preocupada com ela.

No hospital Clarke foi atendida rapidamente, a bala não estava alojada no osso, isso foi um grande alivio, não iria atrapalhar seu desempenho nas próximas corridas.

Mas, para tristeza de Lexa e Anya principalmente Emily estava convicta que alguém da sua família estava ajudando Cece.

O julgamento de Lexa acorreu uma semana depois, ela foi considerada culpada, Verônica alegou que ela também era um vitima afinal, sua mãe escondeu a verdade dela por, muitos anos. E também pelo que Cece tinha feito.

Juíza Amy ponderou todos os argumentos e principalmente o testemunho de Clarke, que foi muito relevante, em momento algum Clarke pediu para que Lexa fosse inocentada, mas, também não deixou de falar sobre o trauma que ela tinha passado na mão de Cece.

Depois de ouvir todos, a juíza Amy decidiu que Lexa era culpada, teria que cumprir pena de dez anos, numa penitenciaria de segurança mínima, teria acompanhamento psicológico e somente teria direito a uma condicional depois de 2/3 da pena. Indra ficou com muita raiva, mas, Lexa aceitou muito bem sua pena.

Depois de dois meses, Emily finalmente conseguiu a conexão que ligava a família de Lexa com Cece, foi um momento muito trágico para Anya. Pois, seu pai Gustus era essa pessoa. Pelo que Emily descobriu Gustus usou o serviços dela no exterior, para ela não revelar a verdade, ela o chantageou e Gustus sem outra opção cedeu.

Anya ficou muito triste, ela decidiu cortar relação com seu pai de uma vez. Lexa também ficou surpresa. Indra pela primeira vez percebeu que viveu uma farsa na família.

Costia voltou de Londres e conseguiu fechar a firma de Lexa e também evitou que ela tivesse mais, prejuízos.

Seis anos depois.

Lexa tinha cumprido 2/3 de sua pena, foram seis anos de total autoconhecimento.

Clarke como tinha prometido, sempre mantinha contato com Lexa por carta, foi preciso uma ordem judicial, afinal vítima e agressor não deviam entrar em contato.

Na prisão os primeiros meses para Lexa foram muito tensos, as presas queriam a todo custo se vingar dela, afinal na prisões havia três crimes que não eram perdoáveis, estupradores, pedofilia e delatores. Mas, mais uma vez Clarke foi a salvação de Lexa. Verônica conseguiu que Clarke fizesse uma palestra na prisão e mostrou como ela via a situação de Lexa. As presas nesse momento deixaram Lexa um pouco em paz, mas, sempre faziam ela ter os trabalhos mais difíceis, para ensinar a milionária um pouco de humildade.

Anya também sempre visitava Lexa, no começo ela iria sozinha, mas, depois Raven começou a ir também. Raven tentou mostrar que não se importava, mas, no terceiro mês, já estava mostrando sua preocupação com Lexa.

Costia usando o que sobrou da venda da firma de Lexa, abriu o escritório em Nova York, o escritório era de advocacia criminal, mas, tinha uma parte social par ajudar a mulheres, crianças que sofriam abusos. Com ajuda de Clarke entrou em contato com varas ONGS relacionadas a esse tipo de trauma.

Chegou finalmente o dia que Lexa teria sua condicional. Ela estava muito nervosa, não sabia o que o mundo externo iria a receber. Ela iria morar em um apartamento Nova York. Teria que sempre entrar em contato com seu agente da condicional.

Ela estava terminando de arrumar suas coisas, a guarda veio e levou para recolher seus pertences. Ela estava muito nervosa, não sabia quem iria a buscar.

Ao passar pela última porta da prisão, o coração de Lexa estava batendo rápido demais. A guarda abre o portão olha para Lexa e diz:

_ Boa sorte Woods!

_ Obrigada! Por tudo!

Lexa estende a mão para cumprimentar a guarda, a mesma sorri segura seu mão e diz:

_ Você tem sorte, tem pessoas que estão do seu lado, não os decepcione.

_ Eu não vou. Lembre-se se precisa de algo, pode me procurar. – diz Lexa.

_ Eu irie! – responde a guarda.

Quando o portão se abre, para surpresa de Lexa quem estava a sua espera era Clarke.

Ela estava ao lado de uma Harley. Vestida de preto ao ver Lexa ela sorri, vai até ela e diz:

_ Bem vinda!

Lexa sorri e diz:

_ Obrigada! Eu não sabia que seria você, pensei que anua viria me buscar.

_ Bem se quiser posso ir embora. Mas, acho que Anya vai demorar para chegar aqui. Pois, ela não está em Nove York! – responde Clarke rindo.

_ Ok! Agradeço sua presença aqui! – diz Lexa rindo um pouco.

Clarke entrega a Lexa um capacete e diz:

_ Segure firme, temos que chegar ao aeroporto em vinte minutos.

Antes que Lexa pudesse dizer algo, Clarke liga a moto e parte em velocidade máxima, Lexa segura firme em Clarke. Ela pilotava com muita agilidade, com certeza era por causa da sua habilidade nas corridas de montanhas.

Elas chegam ao aeroporto em vinte minutos cravados, depois de desligar a moto, Clarke tira o capacete diz:

_ Você está bem!?

Lexa retira seu capacete e diz um pouco seria:

_ Sobrevivi! Você corre demais, além do mais o que estamos fazendo aqui no aeroporto!?

Clarke sorri e diz:

_ Nós vamos viajar!

Lexa surpresa e diz:

_ Como assim viajar! Eu não posso sair da cidade Clarke, você sabe disso?!

_ Está tudo bem Lexa, conversei com Verônica, ela entrou com um pedido e conseguiu. Também já avisamos seu oficial da condicional, está tudo certo, todos estão esperando você.

_ Eu não sei o que dizer Clarke! – diz Lexa surpresa.

_ Você não precisa dizer nada, somente ter esse momento com sua família. Certo! – diz Clarke.

Elas vão para uma parte do aeroporto, onde se faziam viagens particulares, Lexa percebe que Clarke tinha seu próprio jato particular e diz:

_Obrigada Clarke!

Elas partem para o avião, Lexa nesse momento fica um pouco preocupada e diz:

_ Estamos indo para onde?!

_ Estamos indo para o Colorado. Na verdade para meu rancho. Lá você vai ter oportunidade de descansar e resolver como vai viver sua vida. – diz Clarke.

Foram somente duas horas de viagem sem escala, Lexa acabou dormindo. Quando Clarke acordou, ela ainda estava sonolenta quando encontraram com Harper no aeroporto.

Harper foi gentil com ela, também contou que todos estava no rancho, até mesmo Maddie seu pai. Lexa ficou surpresa ao saber que Clarke estava tendo um relacionamento com seu pai. Lexa estava ficando apreensiva, afinal estaria perto de sua família novamente e também de pessoas ligadas a Clarke, como seria a recepção

Chegando perto rancho Clarke:

_ Não precisa ficar nervosa ok. Não tem nada a temer.

Quando chegaram no rancho, Lexa ficou admirada era um lugar lindo, mas, para surpresa dela uma senhora estava as esperando, quando Clarke a viu sorri e diz:

_ Rose!

A senhora abraça Clarke, Lexa pode perceber o amor que a senhora tinha por Clarke.

Rose olha para Lexa e diz:

_ Então foi você, que causou todo esse transtorno. Temos muito o que conversar senhorita Woods, pode ter certeza não será muito agradável.

Lexa sente seu coração bate rápido nesse momento.

_

 

 

 


Notas Finais


até amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...