História Mountain Bike Girl - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Clarke Griffin, Costia, Echo, Indra, Lexa
Tags Clexa
Visualizações 187
Palavras 1.307
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Penúltimo capitulo
amanhã será o último

Capítulo 47 - Rose


Rose!

Rose olha para Lexa e diz:

_ Então foi você, que causou todo esse transtorno. Temos muito o que conversar senhorita Woods, pode ter certeza não será muito agradável.

Lexa sente seu coração bate rápido nesse momento.

_Rose! Por favor! – diz Clarke.

Rose olha para sua filha e diz:

_ Nem tente Clarke! Essa mulher precisa ouvir algumas verdades. Então seja gentil e espere dentro da casa, todas já estão lá! – diz Rose com um olhar que faz, Clarke perceber que nada iria fazer Rose, mudar de ideia. Ela suspira e diz:

_ Certo! Vou levar as coisas de Lexa para dentro, seja gentil também ok. Por favor!

Ela vai até Lexa segura sua mão e diz:

_ Não precisa ter medo ok! Rose somente está sendo protetora, pense nela como uma leoa cuidando do filhotes.

_ Você acabou de piorar a situação Clarke, leoas matam quando sente que seu filhotes estão em perigo. – diz Lexa com medo.

Clarke ri e diz:

_ Sim e verdade, mas, elas também adotam os filhotes das outras leoas, então elas são carinhosas.

Ela beija Lexa na testa, vai para dentro de sua casa, no momento que entra na sala, percebe todas ali reunidas. Suspira e diz:

_ Bando de medrosas!

_ Eu somente quero poder andar Griffin. Você sabe muito bem, que a pontaria de Rose e perfeita, ainda sinto meu quadril doer quando está frio. – Harper pondo a mão no quadril

_ E verdade! Agora venha, da janela podemos observar a conversa. – diz Raven rindo.

Clarke abraça sua mãe, Aby estava um pouco em dúvida sobre essa possível amizade com Lexa, mas, deixou que Rose tomasse a frente nesse assunto, afinal Clarke sempre ouvia ela, Aby percebeu que todos que moravam na casa de Clarke, respeitavam Rose como uma mãe.

Lexa estava em pânico, se Rose dissesse que ela não seria uma boa escolha. Ela perderia a chance de ter Clarke na sua vida. Rose olhava firme para ela e diz:

_ Venha senhoritas Woods! Vamos conversar!

Rose caminha para varanda do rancho de Clarke, Lexa acompanha, Rose senta-se numa cadeira Lexa em sua frente, Rose então diz:

_ Se depende-se de mim! Você nunca colocaria seus pés, nesse rancho. Por sua razão uma jovem sofreu o inferno na terra. Deixada sozinha sem apoio algum.

_ Eu entendo isso....

_ Não me interrompa quando falo. Vejo que também não tem educação alguma ou e arrogante demais, para não saber ouvir. – diz Rose fazendo Lexa sentir-se pior ainda.

_ Quando conheci Clarke e Raven. Fiquei muito surpresa no começo, demorou muito para ela se abrir para mim. Quando ouvi tudo que ela contou. Senti vontade de matar você, na verdade esse desejo somente diminuiu.

Lexa sente um medo enorme nesse momento. Rose continua.

_ Muitas noites velei o sono de Clarke, pois descobri que ela tinha pesadelos. Acordava chorando até hoje Raven não sabe. Anya por sua vez descobriu e jurou a Clarke que nunca iria contar. Não queria deixar Raven preocupada. Com muito custo consegui convencer Clarke a procurar auxílio médico.

O coração de Lexa se quebra nesse momento, ela nunca pensou nessa possibilidade de Clarke ter pesadelos. Rose continua.

_ Quando Anya apareceu aqui a oito anos atrás. Tive minhas dúvidas sobre ela, mas, Anya se mostrou uma mulher que passava confiança. Por essa razão aceitei na casa. Mas, com você e diferente. Mesmo depois de descobrir toda a verdade, tentou prejudicar Clarke.

Lexa já estava entendo o que Rose estava querendo dizer. Ela não era bem vinda. Lexa então se levanta e diz:

_ Entendo. Sinto muito, por tudo que causei a Clarke. Infelizmente somente depois que passei pelo que Clarke passou, entendi o meu erro. Mas, saiba que hoje meus sentimentos mudaram, em todos os sentido, meu coração e mente não são os mesmo de dezesseis anos atrás. Com meus erros aprendi que não devo achar que estou sempre certa, que minha decisões causam danos as outras pessoa. Perdi minha noiva, mesmo hoje ela sento uma pessoa que faz parte da minha vida, vejo no olhar dela a dor de todas as vezes. O futuro que não tivemos e nunca vamos ter.

Rose ouvia Lexa atentamente, Lexa continua:

_ Todas as vezes que olha para Clarke, sinto que não mereço nem viver. Causei a Clarke um trauma tão forte que nem sei, como ela conseguiu dar volta por cima. Mas, agora entendo foi por causa da senhora. Graças a senhora na vida de Clarke, ela superou tudo que causei a ela. A senhora pode ter a certeza nunca mais, irei me aproximar de Clarke.

Lexa nesse momento levanta da cadeira, tinha os olhos marejados, estava fazendo de tudo para não chorar. Ela estava começando a sair. Rose nesse momento diz:

_ Vocês jovens falam e falam, mas, nunca ouvem. Eu disse que por mim você não estaria nessa casa, mas, quem manda aqui e Clarke, Deus sabe que quando ela põem algo na cabeça ninguém consegue mudar sua mente. Por essa razão nem ouse sair pela aquela porteira. Clarke ficaria arrasada, eu não gosto de ver ela assim. Então preste atenção em minhas palavras senhorita Alexandria Woods. Seja gentil com ela, de o tempo que ela precisar para aceitar esse seus sentimentos. Se você fizer tudo isso, terá minha benção. Para viver com Clarke.

Lexa fica sem palavras, Rose se levanta passa por ela e começa a caminhar para porta da casa de Clarke, vendo que Lexa não a estava acompanhando ela diz:

_ Você vai ficar ai parada. Vamos todas estão esperando por você, inclusive minha filha.

Lexa meio sem jeito e segue Rose. Ao entrar na casa de Clarke, percebe que todas as pessoas importantes na vida de Clarke estavam presentes, até mesmo Costia. Lexa percebe a presença também da mãe de Clarke, sabia que ela com certeza teria uma conversa com ela também.

Clarke se aproxima e diz:

_ Vejo que Rose está ficando mole!

Nesse momento um tapa em sua cabeça, Rose então diz:

_ Me respeite! Agora mostre o quarto da senhorita Woods. E nem ouse, está me ouvindo nem ouse passara dos limites!

Clarke esfregava o local onde Rose tinha batido, diz:

_ Você um dia vai causar um trauma Rose.

_ Basta vocês não me causarem tantos problemas, não estou ficando mais, jovem ok. Agora vá!

Clarke ainda esfregando o local onde Rose acertou levou Lexa para conhecer onde seria seu quarto por esses dias.

Quando chegou no quarto, Lexa ficou encantada pela delicadeza da decoração. Clarke sorrindo diz:

_ Espero que tenha gostado!

_ Eu amei Clarke! Não tenho como agradecer por todo que está fazendo por mim.

_ Eu faço, porque sei que você mudou Lexa. E logo vai estar ajudando pessoas que passaram por todos esses abusos. Agora descanse daqui a pouco o jantar vai estar pronto, Rose odeia que nós atrasemos.

Clarke estava saindo do quarto, nesse momento Lexa pega em seu braço, a puxa para um abraço e diz quase chorando.

_ Obrigada. Por tudo.

Clarke surpresa demora para retribuir, mas, depois o faz e diz:

_ Não precisa agradecer.

Elas se olham, nesse momento elas sentem atração que a tanto tempo sentiram a tempos atrás. Seus rosto estavam se aproximando, Clarke fixava seu olhar nos lábios de Lexa, a mesma fazia igual. Quando estavam prestes a se beijar, Anya entra no quarto vê a cena e diz:

_ Você me deve $100,00 dólares Raven!

Clarke olha para ela e diz:

_ Eu te odeio!

Anya ri e diz:

_ Eu também te amo, agora para de se agarrar. Antes que Rose entre aqui e corte seus dedos!

Clarke bufando sai do quarto, Anya olha para prima e diz seria:

_ Não ouse ferir ela ok!

_ Eu não vou Anya! Na verdade acabei de ter a certeza. Eu estou amando Clarke Griffin!


Notas Finais


até amnhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...