História Movidos pela música (revisão) - Capítulo 19


Escrita por: e Siyean

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Sasusaku Sakura Sasuke
Visualizações 505
Palavras 2.605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii meus pandas como estão bom desculpa a demorar mais eu cheguie e espero que gostem como prometido um hentai

E bom gente vim pedir pra darem uma olhada no fic de uma amiga vou está deixando o link da história dela que estou ajudando e espero que vocês possam ler e favoritaram e comentar sério vocês vão gosta gente ela é uma ótima escritora dêem uma olhada ela tem várias fic bacana vão gosta mais sem delongas boa leitura

Leiam as notas finais 👇

Capítulo 19 - Capítulo 19


Leia as notas 👆


Sasuke/on

Aquilo me irritava ela dando atenção pra ele e eu aqui não servia pra nada não ele tá muito assanhado por meu gosto e pra piorar tinha que ver ele jogando cantada barata pra ela o dia todo até a hora que voltamos pro hotel ela ia se arrumar com as meninas então fui no quarto que vou dividir com ele pelo menos isso né estava jogado na cama até a hora de ir me arruma pra ir pra essa balda e aturar aquele idiota dando encima da minha Sakura 

Quando voltamos do banheiro depois da queles momento quente com ela eu tive certeza de que não importa quando a queiram ela sempre aí em querer logo estamos dancnaod na pista e todos nós olhavam e eu me sentia mesmo completo perto dela era isso que me faltava ela sempre foi ela eu nuca dancei por vontade própria eu dancava com vontade meu coração acelerava e me deixavam sem ar quando eu olhava pra ela e via ela sorrido 

Quando voltamos pra mesa pedimos caipirinha e Sakura estava sentada do meu lado estávamos conversando rindo sorrindo ela quase não tocava na bebida ela só bebeu dois copinho até agora é eu não entendi cheguie perto do seu ouvido é sussurrei

- não vai bebê ?- ela me olho sorrindo 

Sakura- eu quero está sóbria quando me deitar com você 

- bom saber assim não aí poder dizer que a culpa foi dá bebida ou que eu me aproveitei 

Sakura- nunca faria isso é nunca ia me arrepender - ela disse brincando com meus cabelos e logo começo a música Calvin Harris e disciples How deep is your love - vamos dança 

ela me puxo pra posta de dança e começamos a mecher de acordo com a música de um jeito sensual e ela ria ela  enlaçou meu pescoço e colo nossas bocas em um beijo hot nossas línguas mechia de acordo com a música ela fico na pontinha do pé aprofundando o beijo então a tirei do chão minimamente pra ela poder fazer isso sem dificuldade apertava sua cintura e ela puxava meus cabelos ela arranho levemente meu pescoço e nos separamos nossas bocas e ela olho nos meus olhos e sorriu e eu retribui ela beijo meu pescoço e deu uma leve mordida e eu gruni perto do seu ouvido e ela disse

Sakura- vamos sair daqui 

Concordei e seguimos pra mesa onde nossos amigos estavam meus amigos e suas namoradas estavama descutindo e meus novos amigos estavam descutindo  com suas namoradas e meu irmão também é parece que tem problemas os garotos que vieram com agente estavam na pista dançando com qualquer uma aí 

Sakura- eu e o Sasuke vamos subir 

Ino- já vai dá Sakura ? 

Sakura- pelo eu vou dá essa noite né Ino - strike um 

Ino- quem sabe Sakura eu de essa noite 

Sakura- não adianta inventar que deu não cola - strike dois 

Ino- vai dá Sakura vai teu mau humor é falta de rola 

Sakura- então deve ser por isso que tu anda muito de mau humor última- strike três tá fora - boa noite meninas e meninos e bom dormirem de olhos abertos pelo que vejo elas estão pra matar hoje - eu e sakura saímos rindo 

Eu abraçava Sakura por trás enquanto caminhavam os pro hotel que era no fim da rua eu beijava seu pescoço de leve causando arrepio ela leve uma das mais que segurava a minha na sua cintura até meus cabelos e puxo fazendo ela viro o rosto pra mim ela quando meu rosto estava colando no seu ela me beijo e eu virei ela e ela foi andando de costa ela sorri entre o beijo

- Sakura se controle não quero fazer nada com você aqui na rua

Sakura- tá bom - ela riu e viro de costa e eu abracei ela é voltei a beijar seu pescoço e ela se encolheu indo - viu você começa e não quer que eu termine - ela riu e eu também e mordi seu pescoço fazendo ela geme manhosa

- não faz assim pequena

Sakura- a culpa é sua - ela disse dengosa e eu tive que suspirar - vem vamos subir - ela me puxo pro elevador e escorei na parede de metal e coloquei ela entre minhas pernas apertando sua cintura e ela brincava com meu cabelo olhando nos meu olhos - já disse que gosto dos seus olhos eles são lindos

- sim você já disse mais eu não me incomodo de ouvi de novo o tanto que seja você a dizer

ela riu e contorno eu rosto com a ponta dos dedos como se decora cada detalhe do meu rosto ela se aproximou e tomo meus lábios em um beijo calmo me deixando sentir a maciez dos seus lábios seu gosto a nossa língua dançando era tão bom sentir isso meu corpo esquentava e ficava como eu ficava no palco minha barriga gelava na frio subia pela minha espinha e passava pelo meu corpo todo me fazendo se arrepiar o que era isso ? Não sei mais e muito bom nos separamos por falta de ar e ela me olho sorrindo e roçando seu nariz no meu mechendo sua cabeça pro lado e pro outro e eu sorri e beijei a ponta a ponta do seu do seu nariz e logo a porta se abriu

Seguimos pro quarto e eu abri a porta e ela entro assim que eu fechei a porta puxei ela pela cintura e a prençando na parede levantando ela pela suas nádegas E elas entrelaçou​ na minha cintura fui até a cama com ela e a coloquei com delicadeza olhando em seus olhos depois de separar nossos lábios

- tem certeza ? - ela concordo sorrindo

Sakura- eu confio em você

concordei e comecei a tirar sua roupa calma mente admirando cada detalhe do seu corpo tirei sua blusa e seu short deixando ela só de langerir e eu nunca amei tanto a cor vinho em minha vida e tomei seus lábios enquanto passava a mao no corpo dela levei minha mão pra suas costa fazendo ela arquear elas no é eu fui pro fecho do seu sutiã o abril o torrando calmamente ela era tão branca parecia porcelana não podia machucar ela

Desci o beijo no seu pescoço e deixei um chupão aqui ela gemeu em resposta fui descendo os beijos e mordidas pelo seu corpo até chegar no seu seios mais antes de chegar lá ela me empurro eu achei que ela tinha desistido quando ela tiro minha blusa toda corada e eu nunca gostei de mulheres tímidas na cama mais a Sakura era diferente ela era uma tentação um mulherao mais com uma alma de menina

Ela arranho meus ombros meu peitoral e meu abdômen puxei ela pro meu colo fazendo sua intimidade se chocar com a minha que já pulsava no meu jeans que ficava apertado e ela gemeu manhosa eu abocanhei seu seio rosado que já se encontrava rígido pela excitação

Eu afastei minha boca do seu seio e ela gemeu em protesto me olha do toda corada com os olhos semicerrados​ era uma linda visão apertei seus seios e massagiava eles e apertava os mamilos rosas e ela gemia e rebolava no meu colo fazendo eu arfa com aquele contado que o jeans impede abocanhei o outro seio e ela puxo meu cabelo

Ela seguro meus ombros e me viro me fazendo deitar onde ela estava antes e ficar encima de mim ela estava constrangida mais tentava saio de cima de mim e começou a tirar minha calça me deixando só de box ela olhava pro volume que meu membro fazia no box e ela viro o rosto pro lado toda vermelhinha e eu tive que sorri de canto ela puxo um lufar e tomo coragem e passo a ponta dos dedos em cima do meu membro e eu acabei gemendo com o contado e ela me olho com os olhos brilhando

Sakura- você me ensina a te dá prazer

ela disse toda manhosa e constrangida com cabeça baixo e levantava os olhos pra me olha mais mais desviava quando encontra os meus ela estava com as pernas em forma de M com e as mais apoiadas entre as penas apertando seus seios deixando ele volumosos ela com aquela calcinha rendada vermelha fio dental e eu podia nota a macha molhada na sua intimidade

- vem cá - eu sentei e escoro na cabeceira da cama e bati na minhas coxa e ela vem engatinhando ficando sentada nas minhas coxas - relaxa

ela suspiro fundo tirei meu box com sua ajuda e peguei meu membro e ela olhava envergonhada mais atentamente comecei a fazer movimentos lentos e peguie sua mao e segurei embaixo da minha e Argeu com seu toque fiz movimento lentos e apertava de vez em quando e ela decorava tudo atenciosamente soltei sua mão afastando a minha e olhei pra ela insentivando a continuar e ela fez do jeito que eu ensinei e eu joguei a anexa pra trás vendo ela fazer no ritmo perfeito e gemia gruniu rosnava arfava e ela parecia gosta disso já que se arriscava a fazer movimentos mais ousados e acelerava o ritmo

quando peguei que não podia melhorar ela saio de cima de mim ficando de costa pra mim empinando sua bunda e abocanhando meu membro tentando colocar todo na boca mais engasgava ela chupava de um jeito tão gostoso era o melhor boquete que eu já tinha ganhado tirei sua calcinha puxei sua cintura pra cima de mim fazendo sua linda intimidade ficar na minha frente me deitei direito na cama puxando suas nádegas pra baixo fazendo ela senta no meu rosto

comecei a chupar sua buceta que estava encharcado por minha causa suguei seu clitóris com força e ela gemeu alto abri seus lábios grandes e passei a língua por toda sua extensão e ela empinou a bunda mais pra mim e paro de sugar meu pau mais logo volto lamber toda a extensão e chupar a cabecinha e eu levei um dedo a sua intimidade entrando dela devagar pra não machucar ela comecei a bombear lá dentro e sugar seu clitóris com vontade e ela rebolo no meu rosto eu acelerei os movimentos vendo ela me masturbar e gemer

Sakura- mais....mais...Sasu-kun...mais - rosnei e suguei seu clitóris e coloquei mais um dedo e ela tremeu com o contato e gemeu dengosa pela dor aumentei a velocidade - delícia

Ela alimento a velocidade e eu também é adentrei da sua boceta com a minha língua e em resposta ela empurro seu quadril pra trás querendo mais contado gemendo e eu não ficava pra trás com aquela masturbação eu suguei seu clitóris e ela a cabecinha do meu pau e eu me despejei na sua boca e ela se contraia e apertava meus dedos

Sakura- Sasu.... - ela me olho quando viro seu rosto pra trás e eu vir a imagem que nunca vou esquecer era toda corada com os olhos brilhando em luxúria semi abertos sua boca leve mente aberta e com um pouco do meu gozem no canto da sua boca que escorria ela rebolava - ah.....ah..eu...vou...go...

ela nem conseguiu termina e explodiu em um orgasmo se despejando na minha boca e ele suguei sua buceta te dando mais prazer e sugando seu gozem ela estava toda molinha nos meus braços ela com minha ajuda sento no meu colo virada pra mim sentei na cama e ela estava escorada no meu peito ela me olho com aqueles lindos olhos e eu entendi ela se ajeito e eu fui introduzindo meu membro dentro dela devagar

Ela grudo suas unhas no meu pescoço mais não liguei essa dor não era nada ao que ela tava sentido ela foi descendo devagar e seus olhos marejaram beijei seu rosto seus olhos seus seios seu pescoço e logo senti seu hime e fui descendo até rasga e ela gemer alto de dor

- já vai passar minha linda já vai passar

ela arranhão minhas costa e cravo os dentes no meu ombro e logo estava dentro dela fiquei parado e ela mantinha uma respiração pesada no meu ombro e eu beijava seu pescoço e ombro pra ela relaxar logo ela ela mecheu seu quadril e eu entendi que podia começar levantei um pouco sua cintura ajudando ela a subir e descer

Em uma Ritmo lento que ia aumentando com o tempo ela gemia baixo e alto me deixando mais excitado ela março meu pescoço sussurrando um só pra desconta o que você fez no meu e eu rir ela rebolava a cada estocada me deixando louco levei minha mãos pra sua maretas saindo da sua cintura as abrindo pra ganhar mais espaço e comecei a aumenta a estocada

Sakura- mais sasu ahhh que delícia

- assim princesa - puxei ela de uma vez pra baixo fazendo ela gruda suas unhas no meu pescoço e costa e gritar

Sakura- sim assim - sorri e comecei a acelerar indo forte dentro dela ela estava me tirando o controlo e eu tinha medo de machucala mais ela queria forte não podia negar suas paredes se contraíram e ela acelero - eu tô quase ahh

Eu batia fundo no seu interior seus seios pulavam na minha frente e eu abocanhei ele fazendo assim ela chegar ao ápice ela relação seu corpo no meu eu apertei suas nádegas e fiz movimento rápidos atingindo meu próprio prazer ficamos grudados eu alisava suas costa suadas e ela mexia no meu cabelo

- se arrependeu ?- ela riu

Sakura- nunca - ela beijo meu pescoço - precisamos de um banho - concordei e sem aviso levantei com ela no meu colo indo pro banheiro ouvido ela dá um gritinho fofo e depois rir

Passamos a noite fazendo amor e logo no outro dia acordei vendo Sakura dormi de um jeito meigo no meu quarto nunca fiquei tão satisfeito no sexo em minha vida alisei seu cabelo e ela se mecheu devagar abriu os olhos lindo que estava escondido pelas pálpebras fechadas e me olho

Sakura- bom dia - sorri ela era tão linda de manhã eu podia viver o resto da minha vida acordando assim todos os dias

- bom dia dormiu bem ?

Sakura- só estou um pouco dolorida - elas fez uma careta e eu arregalei os olhos

- eu te machuquei ? - perguntei preocupado

Sakura- não não - ela riu - é normal - concordei - mais mesmo assim mereço ser mimada depois da nossa noite

- merece ? - rolei ficando encima dela e ela abriu um lindo sorriso - e acho que merece - ela riu e me beijo - então hoje vou te mimar muito - ela concordo e quando eu ia beijar ela ouvimos batinas frenticas na porta revirei os olhos quem será a essa hora - merda

Sakura- vamos nos vestir e ver quem é

- vou tomar banho - ela concordo e eu só peguie uma toalha e segui pro banheiro e Sakura vestiu sua calcinha e minha blusa

Sakura vou ver quem é

Concordei e segui pro banheiro pra tomar banho me olhei no espelho depois de fecha a porta vendo o estrago que Sakura fez e não pude deixar de sorri ela era incrível mesmo nunca fiquei mais feliz do que sou sua lado dessa mulher e eu acho que estou amando mais sabe não me importo se é pra ser feliz com aquela mulher não me importo de está apaixonado por ela porque Sakura e sem dúvida a melhor

Continua


Notas Finais


Gostaram eu espero que sim bom gente aqui de novo pedindo leiam a fic da minha amiga ela está no meu perfil o nome é entre lobos e vampiros vão gosta é muito legal e divertida estou ajudando dela entoa gente vou deixar o link aqui em baixo pra vocês se não quiserem ir no meu perfil pra vocês darem uma lida vão gosta vai por mim

Entre lobos e vampiros
https://spiritfanfics.com/historia/entre-lobos-e-vampiros-10392926

E bom gente até o próximo deixem sua opinião nos comentários vou amar ler vocês são de mais obrigada por tudo e um beijo de luz e abraços de panda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...