História Mr. Proud; Jikook; Kookmin - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Boyxboy, Comedia, Drama, Hot, Jikook, Kookmin, Lemon, Romance, Yaoi
Visualizações 177
Palavras 1.331
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora, e é isso, chegamos ao fim, boa leitura, não esperem muita coisa do capítulo, é um hot pra finalizar! Amo vocês!

Capítulo 39 - Meu Senhor Orgulhoso


Fanfic / Fanfiction Mr. Proud; Jikook; Kookmin - Capítulo 39 - Meu Senhor Orgulhoso


Depois que comemos, Jungkook pegou um hidratante super cheiroso e me mandou deitar de bruços no chão.

- O que vai fazer Jungkook? Acabamos de comer e você já quer me comer?

- Você nunca vai deixar de ser assim né?

- Mas é verdade amor, deixa fazer a digestão.

Ele riu de mim, mas é que fazer sexo de barriga cheia é muito ruim, e eu comi demais!

- Eu só vou te fazer uma massagem meu bem.

- É erótica? Eu aceito!

- Na verdade era uma massagem relaxante, mas como você me deu a ideia, agora será erótica. Senta Jimin.

Me sentei, obedeci direitinho.

Ele tirou minha blusa e passou a mão de leve em meu peito, descendo até o cós do meu short.

Meu coração começou a bater forte, e meu rosto a esquentar.

A qualquer toque desse homem, eu juro, que a qualquer dia eu tenho um ataque do coração, porque ele só passou a mão no meu peito poxa, e eu já tô aqui morrendo.

Minha bunda chega se remexe sozinha pensando na sentada gostosa que eu vou dar.

Ou na metida manhosa na bundinha durinha do meu homem. De qualquer jeito eu tô no lucro!

- Agora fique em pé.

- Mas de pé eu ja tô.

- Jimin...

Me repreendeu, eu falo demais quando fico ansioso, e sai muita água da minha boca.

Me levantei e ele delicadamente tirou meu short junto com a minha calcinha.

Eu já estava completamente nu, enquanto ele estava todo vestido, injusto isso.

- Tira ao menos a blusa Jungkook.

- Eu pensei que não queria foder.

- Eu não disse isso! Nunca!

- Mentiroso, safado.

Ele retirou a blusa e eu pude ver seu peitoral levemente bronzeado e definido, ô visão tentadora senhor!

- Agora se deite no tapete novamente, de bruços para mim.

Obedeci e de cara senti as mãos dele na minha pele, senti algo em minhas costas, era gelado e pegajoso, começou a exalar um cheiro de maracujá.

- Humm... Que cheirinho bom Jungkookie.

- É um creme hidratante meu bem.

Senti sua mão descer até a minha bunda a apertando ali, e de repente senti um dedo massagear a minha entrada, a outra mão desceu até o períneo, massageando ali também.

- N-não faz assim Jungkook.

Comecei a rebolar porque queria mais daquilo, queria seus dedos dentro de mim, ou ele mesmo.

- Ta gostando meu bem?

- S-sim...hummm...

Ele me virou me deixando deitado de costas, e então pegou o vinho que havia ali e começou a derramar na minha barriga.

Jungkook se inclinou e então lamber onde havia derramado o vinho, começou a chupar a minha pele e eu não consegui conter os gemidos baixos que eu dava a cada vez que ele tocava a minha pele com a língua.

Eu estava tão duro que doía, sou muito sensível a cada toque dele.

Depois que ele lambeu tudo ele mandou eu vestir a lingerie que ele me deu.

- Nossa... Eu já disse que você me enlouquece quando se veste assim?

Ele estava sentado na cama me olhando com olhos cheios de desejo que percorriam o meu corpo como se pudesse me devorar só em olhar.

Meu pau tá pulsando só pelo fato de ter esse homem me observando sem pudor, tudo que eu quero é sentar nele.

Então eu avanço com tudo pra cima dele me sentando de o imediato em seu colo o beijando, chupando os lábios tão gostosos do meu homem.

- Jimin...

Ele sussurra rouco entre os meus beijos e sinto suas mãos apertarem a minha bunda me forçando a rebolar em cima do seu pau já desnudo, porque enquanto eu me vestia ele tirava o resto de suas roupas.

- Hummm, que gostoso, eu quero você Jungkook...

Saí de cima dele antes que ele tomasse as rédeas, e fui pegar o lubrificante que estava na minha bolsa.

- Jimin, vai na minha bolsa, e pega o Steve.

- Eu ainda não entendi o porquê desse nome.

Fui então em sua bolsa e o peguei.

- Eu quero comer você de quatro Jimin, não pense que irá sentar agora, porque eu estou com muito tesão, e preciso muito do controle da situação.

Antes que eu pudesse protestar, ele se levantou e caminhou até a mim com passos leves e felinos, me seduzindo, ele sabe que eu tenho um fraco no corpo dele, e nos olhos, lábios, cabelos, nariz, merda!

Eu sou louco por esse homem!

Acho que até peidando ele fica gostoso.

Tá, eu exagerei, mas é que eu sou muito louco por ele!

Ele pegou o Steve e me agarrou, começou a me beijar enquanto roçava nossas ereções, e nossa, como é bom!

Meu pau já expelia pré gozo, e o dele também, então aquela fricção estava me enlouquecendo.

Ele me jogou na cama me deixando de bruços desceu a mão e invadiu minha calcinha me penetrando com seus dedos habilidosos.

Gente, Steve é o dildo do Jungkook, quando ele não quer que eu o penetre, ele usa o Steve, e é muito louco.

Ele colocou lubrificante nele e meteu em si gemendo, colocou no seu pau lubrificante também e me penetrou, tão gostoso que eu poderia gozar apenas assim.

- Jungkook, ah! Nossa!

- Geme vai, geme pra mim.

Ele começou a se movimentar metendo com força, do jeito que eu gosto.

Passou as unhas curtas nas minhas costas e depositou um tapa em minha bunda, um tapa preciso e bem dado, isso me fez gritar de prazer e Jungkook levou a mão aos meus cabelos me deixando de joelhos no colchão enquanto ele metia.

Meus ouvidos estavam ao alcance dos seus lábios, que então ele sussurou com seu hálito quente em meus ouvidos gemendo com a voz rouca.

- Hummm... Jimin... Tão gostoso...

Com isso eu gemi bem mais.

Ele agarrou meu membro esquecido e começou a me masturbar enquanto metia em mim, aquilo era demais para aguentar.

Mas eu queria aproveitar, apesar de saber que quando ele se recuperasse eu teria mais dele, só que naquele momento não era suficiente.

Eu queria sentar.

Saí então do seu enlaço e o fiz deitar na cama com as pernas dobradas, afim de deixa-lo ainda sentir o estímulo do vibrador.

Me posicionei e sentei naquele pau gostoso do Jungkook.

Comecei a rebolar e a sentar com força, a cada sentada Jungkook gemia mais arrastado, e eu enlouquecia mais.

- Ai Jimin... Sim... Assim...

- Jungkook... Hummm.... Ahhhh...

Ele agarrou minhas coxas com força, ele agarrou tão intensamente que eu sabia que no outro dia ficariam as marcas.

Comecei a me masturbar enquanto sentava, acompanhei um ritmo só, sentindo todos os estímulos do meu corpo.

Estávamos suados e o quarto estava cada vez mais quente.

Meu pau expelia tanto pré gozo que eu o lubrificava e intensificava o meu próprio prazer.

Comecei a aumentar a velocidade sentindo meu orgasmo se aproximar, e também o de Jungkook.

Ele agarrou a minha cintura e acompanhou o ritmo que eu havia ditado, deixando tudo ainda mais intenso e gostoso.

- Não para Jungkook... Não para... Eu vou gozar... Hummm.... Não para...

- Ai Jimin, eu também... Ooooh... Aaaahhhh... Eu tô... Jimin...

Senti meu corpo todo se contorcer junto com o de Jungkook embaixo de mim, nossos corpos começaram a dar espasmos indicando o orgasmo que estávamos experimentando juntos.

Meu corpo todo relaxou e minha respiração ficou ofegante.

Me deitei por cima do corpo do Jungkook procurando estabelecer a respiração, e ele fazia o mesmo.

- Nossa, que gostoso, você é gostoso.

Falei ainda arfando.

- Você que é. Um safado, delicioso.

E assim ficamos nos recuperando, por mim ficaríamos assim para sempre, e agora que logo nos casariamos quem sabe o que o amanhã nos aguarda.

A única coisa que sei, é que desde que derrubei aqueles livros no carro do Jungkook eu não sei o que é não ser amado, e eu nunca mais quero saber como é.

Eu amo Jeon Jungkook, amo esse arrogante idiota.

Senhor orgulhoso.

Meu senhor orgulhoso.


×××FIM×××


Notas Finais


Chegamos ao fim, enfim, desculpem a demora e o sumiço, alguém notou? Eu estava cuidando de mim, do meu físico e mental. Obrigada a todos que acompanharam esta obra dessa louca que vos fala, e obrigada muito obrigada mesmo pelos comentários, pelo carinho por Mr. Proud, por aguentarem minhas loucuras, por ficarem na expectativa, obrigada até pela raiva passada, amei tudo! E é isso, até a próxima pessoal! Fuis ❤❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...