História Much More Than A Bunny; Yoonkook - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jungkook!hybrid, Sugakook, Sukook, Yoonkook
Visualizações 286
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hii, nenéis!! Tudo bem? espero que sim!!
volti aeee demorei? eu sei que sim, foi mal sksksd
OBRIGADA PELOS FAVS EU AMO VOCÊS SERIO AAAA
parece que nunca mais vai ter banner, né kk foi mal
boa leitura, é isfo💙

Capítulo 8 - Cap. 7; Por que Woozi pode e Gguk não?


Depois do último acontecimento do Woozi, o pequeno Gguk veio crescendo rápido. Antes ele era apenas uma bolinha que nem falava, hoje ele já está falando direitinho, bem experto, aparência de três aninhos. E, acreditem, não se passou nem um mês.

Não que eu esteja achando ruim, mas chega a ser estranho seu crescimento acelerado.

Enfim, relatando o presente. Estávamos assistindo Nemo pela milésima vez naquela semana e eu, bem, eu estava tentando dormir. Já tinha todas as falar decoradas de tanto que assistimos.

Quando eu finalmente consegui pegar no sono, o infeliz do Taehyung aparece na minha casa, sem bater.

— 'Tô entrando, entrei. – falou narrando a sua entrada. — Yoongi, alguém já colocou outra criança na sua porta? – sussurrou olhando o Gguk que estava entretido no filme.

— Não, idiota, esse é o Gguk. – falei entediado coçando meus olhos.

— Como cresceu, parece que não venho aqui a anos. – sentou-se no sofá sem parar de olha-lo. Parecia que era uma aberração. Ri nasal.

— Gguk – chamei — Olha quem está aqui. – apontei para o Tae e ele abriu um sorriso, mostrando todos os seus dentinhos completos, mas os dois da frente avantajados.

— Tae! – desceu do sofá indo até o outro lado e o abraçou.

Ele não faz essa festa comigo.

Fui embora de novo, na verdade fui buscar café, mas releva, é só um teste.

— Appa, volta. – percebi uma certa tristeza na sua voz. Yes! me sinto melhor agora.

Enquanto comemorava colocando meu café o Tae aparece junto ao menor.

— Por que você vai embora? não posso nem ter um momento Tio e sobrinho. – bufou frustrado e sentou no banco do balcão.

— Foi só um teste. – ri vitorioso e sentei no banco também, colocando o Gguk sentando no meu colo. — Tae, você não sabe.

— Yoon, eu não sei.

— Adivinha quem veio aqui. – dei um gole no líquido quente esperando ele raciocinar.

— Eu? – apontou para si mesmo.

— Não, besta, outra pessoa. – esperei ele raciocinar mais uma vez.

— Woozi. – esperei que fosse o tae a responder, mas o Gguk disse com os braços cruzados e um biquinho emburrado.

— O Woozi veio aqui?! achei que ele tinha morrido. – disse surpreso.

— Eu também achei, mas aí ele apareceu do nada, como se não tivesse passado dois anos sumido. – bebi mais do meu café.

— Você não cedeu, não é? – perguntou e eu fiquei calado — Por favor, me diz que você não cedeu. – perguntou esperançoso mais uma vez.

— Eu não consegui. – joguei as cartas na mesa — Ele continua o mesmo manipulador de mentes bonito de sempre. Não resisti. – choraminguei não acreditando em mim mesmo.

— Sabia que você ainda gostava dele. – me deu cotoveladas.

— Cala a boca. – cocei a nuca — Ele foi embora, talvez nunca mais volte. – concretizei bebendo mais do café.

— Talvez nunca mais volte. – deu ênfase no talvez e eu senti vontade de jogar o café nele.

— Agora eu tenho uma importância maior, – mudei de assunto — o Gguk, woozi agora é passado. – dei um beijinho na cabeça do citado, que continuava emburrado. — O que foi, Gguk? – perguntei.

— Gguk não gosta do Woozi. Woozi faz assim no Appa – se levantou no meu colo e me deu um selinho representando — E Gguk não gosta. – sentou mais uma vez emburrado. Fiquei surpreso.

— É porque, Gguk, o Woozi gosta do Appa. – explicou Tae e eu senti vontade de morrer.

— Gguk também gosta do Appa. –continuou com seu posto emburrado.

— Ele tá com ciúme de você, Yoon. – rimos quando ele corou.

— Aigoo, Gguk, também gosto de você, huh? Meu bebezinho. – o enchi de cheiros e logo ele já estava brincando novamente.

— Gguk gosta do Tae? – o próprio perguntou animado.

— Gosta, mas Gguk gosta mais do Appa. – sorriu infantil e eu ri da cara do Taehyung.

Fomos para sala e o Gguk continuou a assistir o filme enquanto eu e o taehyung conversávamos.

— Mas, me diz, o que você vai fazer se ele voltar? – perguntou curioso tocando no assunto novamente.

— Aish, Tae, esquece isso. – revirei meus olhos. — Não sei.

— Se ele te pedir em namoro, você aceita? – essa criança deve ter problemas.

— Taehyung, meu amigo inconveniente, cala a boca. – respirei fundo.

— Eu sabia que você aceitaria! Está escrito nos seus olhos. – bateu palmas sorrindo.

— Desde quando isso é bom? É péssimo! Eu não posso me entregar tão fácil assim.

— E porquê?

— Porque eu sou Min Yoongi, oras! – o tae começou a rir do que eu disse. Não achei a graça.

— Veremos, yoon, veremos. – limpou uma lágrima falsa e começou a assistir o filme.

Depois de me desafiar, nós ficamos assistindo filme e fazendo vários nadas. Ele ficou na minha casa o dia inteiro, só tive paz já no final da tarde.

Tratei de dar um banho no Gguk, já que ele estava com bastante sono e preparei uma mamadeira para ele.  Ele pegou o hábito de só dormir depois de tomar mamadeira, na verdade foi eu quem colocou esse hábito nele na esperança do menor dormir no berço que comprei – chegou uma semana depois do Woozi vir a minha casa – mas ele não dorme naquele negócio nem a pau. Tirando o fato que ele cresceu, mas ainda cabe.

O coloquei deitado no berço, ele já fez menção de se levantar. Coloquei rapidamente a mamadeira na sua boca e fiquei sentado num banquinho fazendo carinho em seus cabelos para ele dormir logo. Assim que ele terminou, peguei o recipiente vazio colocando em cima da cômoda e o cobri. Mas ele tirou as cobertas e se levantou.

— Não, Gguk, deita. – tentei colocá-lo deitado, mas ele negou. — Por que não gosta de dormir no berço, hm?

— Gguk gosta de dormir com o Appa. – falou com um biquinho. — Appa não gosta mais do Gguk por que o Woozi apareceu? – perguntou com seus olhinhos enchendo de lágrimas.

— Não, Gguk, claro que não.– o peguei no braço e limpei as lágrimas que caiam.

— E por que o Gguk não pode mais dormir com o Appa? – soluçou. — Gguk não gosta de dormir sozinho.

— Aigo, tudo bem, tudo bem – limpei seu rostinho e o abracei — Pode dormir com o Appa, hm? – ele assentiu chorando e me abraçou.

Levantei indo até a cama e coloquei ele deitado, logo fiz o mesmo. Cobri nós dois com o lençol e passei a fazer carinho nas suas orelhas.

— Appa? – me chamou baixinho.

— Sim, bebê.

— Por que o Woozi fez aquilo com o Appa?

— Aquilo o que, Gguk? – pensei um pouco — Beijo?

— É, beijo, por quê? – fixou suas orbes curiosas em mim.

— Porque... porque Woozi deve gostar do Appa, ou não. – falei a última parte mais para mim que para ele.

— E quando as pessoas se gostam elas se beijam? – perguntou mas quando fui responder ele perguntou novamente. — Então eu posso beijar o Appa também? – me surpreendi um um pouco com a sua pergunta, mas acabei sorrindo pelo seu jeitinho infantil.

— Pode, mas só na bochecha. – decretei continuando com o carinho.

— E por que o Woozi pode e eu não? – fez carinha brava me olhando.

— Você é ainda muito pequeno para entender, Gguk, vamos dormir agora, hm? – ele assentiu e fechou seus olhinhos se aconchegando.

Apenas depositei um beijo em sua testa e continuei com o carinho em suas orelhas.


Notas Finais


por mais que eu revise 1 milhão de vezes, vou continuar insegura em relação a escrita e com o capítulo AKAKA

MAS GENTE KOOK COM XIUMINHO É LINFO, É MAIS LINFO AINDA ELE INOCENTE
e cof cof
ADIVINHA QUEM VAI PRA ESCOLINHA? HM? HM?
saberemos no próximo capítulo hehe

espero que tenham gostado
desculpe qualquer errinho
obrigada por dar uma passadinha aqui
até o próximo capítulo
bjin 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...