História Mudança de Hábito - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Percy Jackson & os Olimpianos, Ranger: Ordem dos Arqueiros
Personagens Afrodite, Alyss, Annabeth Chase, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Evanlyn (Princesa Cassandra), Gilan, Grover Underwood, Halt, Horace, Lady Pauline, Malcolm Pace, Miranda Gardiner, Nico di Angelo, Paolo Montes, Percy Jackson, Personagens Originais, Quíron, Rei Duncan, Sherman Yang, Will Solace, Will Tratado
Tags Acampamento, Arqueiros
Visualizações 106
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá. O capítulo de hoje.

Foto da capa escalada

Capítulo 30 - Trinta


Fanfic / Fanfiction Mudança de Hábito - Capítulo 30 - Trinta

Depois que Will se comunicou com Percy, ele foi falar com Annabeth.

Ela já estava no refeitório com seus irmãos. Will foi até lá.

- Com licença Annabeth.

- Oi Will.

- Eu acabei de falar com o Percy, ele disse que a missão foi bem sucedida e que assim que voltar para Redmont ele quer falar com você.

- Obrigada Will, mas por que ele não falou diretamente comigo?

- É porque ele quer testar o seu poder junto comigo e me pediu para ir até a praia. E disse também pra eu te dá o recado.

- Humm. Ele quer saber se o que houve no chalé 5 não foi uma coincidência.

- Isso mesmo.

- Certo. Obrigada Will, vou aguardar.

Will vai para a mesa de Poseidon.

Annabeth respira aliviada.

- Graças aos deuses!

- Viu como deu tudo certo – disse Malcolm.

- É – ela disse sorrindo.

-----------------------------------------

Após o café Will corre para a Casa Grande e devolve o livro, depois ele vai para a praia conforme o combinado.

Após isso, ele se encontra com Annabeth novamente.

- E então, deu tudo certo?

- Sim, foi incrível! – ele disse sorrindo. – Não senti dor de cabeça e nem cansaço.

- Isso quer dizer que se vocês dois estiverem agindo juntos não haverá problemas.

- É o que o Percy acha.

- Que bom.

- Ah, tenho uma coisa pra contar – disse Will.

- Diga.

- Eu tive dois sonhos diferentes – disse.  – Nos dois o Percy estava presente.

- São sonhos ruins?

- Sim e não.

- Conte, talvez possamos interpretá-lo.

- Bem, o primeiro é a chegada de um novo semideus. Um filho de Afrodite, um garotinho chamado Logan. Parece que é o Percy quem vai cuidar dele, porque o menino ficou super feliz quando o viu.

- Mas se ele é filho de Afrodite, ele tem que ir para o chalé dela, essas são as regras.

- Quiron abrirá uma exceção.

Annabeth dá de ombros.

- E o outro sonho?

- Esse é um pouco estranho – disse de cenho franzido. – O Percy estava na companhia de sua mãe quando alguém queria falar com ele. Um garoto que se dizia chamar Apolo, ele estava na companhia de uma menina com óculos.

- Continue – Annabeth o incentivou.

- Depois vi o acampamento sendo atacado por uma estátua gigante, mas Apolo a derruba e salva o acampamento.

- Humm. Apolo – disse pensativa -, será que é o deus Apolo?

- Esse Apolo é o pai do Will, não é?

- Uhum – ela confirma. – O acampamento será atacado e Apolo estará aqui. Isso significa que teremos mais problemas.

- Apolo estava ferido quando foi à casa do Percy.

- Então ele não estava na forma de um deus?

- Não, ele parecia bem humano.

- Mais alguma coisa?

- Sim, um garoto montado num pássaro de metal irá aparecer também.

- É o Leo! – disse Annabeth agitada. – O pássaro é um dragão de bronze celestial.

- Isso – afirmou. – Ele vem acompanhado de uma garota.

- Só pode ser Calipso – ela disse. – Isso é uma ótima notícia – ela disse sorrindo. – Nós achávamos que Leo estava morto.

- Parece que todo o acampamento vai ficar feliz – ele disse sorrindo.

- Sem dúvida que vai. Principalmente os filhos de Hefesto – ela sorriu. - Escute Will, se por acaso você vier a sonhar com Apolo de novo não deixe de relatar.

- Tudo bem – disse. – Ah, mais uma coisa.

Annabeth aguarda.

- A mãe do Percy tá grávida.

- Oh, que boa notícia! – ela disse sorrindo – O Percy vai ficar super feliz. Vou falar com Quiron.

Depois que Annabeth sai, Will volta para o chalé de Poseidon e pega o violão. Nesse momento ele recebe outra MI de Percy, mas dessa vez Evanlyn e Horace estavam presentes. Ele fica feliz de ouvir seus amigos, principalmente Evanlyn da qual sentia saudades. Prometeu que faria uma visita a ela e a Horace, teria muita coisa para contar, mas não tinha certeza se as lembranças do que estava vivendo no acampamento permaneceriam, nem mesmo suas novas habilidades. Tomara que ficassem, isso seria muito útil nos seus dias.

Will sorriu e pegou o violão, tocou uma canção que aprendeu com os filhos de Apolo. Ficou tocando até a hora do almoço.

-------------------------------------

Durante o almoço, os campistas voltaram para seus chalés. À tarde voltaram ao treinamento, dessa vez, iam praticar escalada na montanha de lava.

Annabeth explicava a Will os cuidados que teria que ter.

- Durante a subida vão aparecer vários obstáculos, você só precisa desviar deles.

- Entendi.

- Está pronto?

- Acho que sim.

- Eu vou primeiro, preste atenção, está bem?

- OK.

Annabeth começa a escalar, o começo era sempre fácil, mas no meio da escalada alguns obstáculos começam a surgir: lavas, deslizamento de terra, algumas pedras soltas e até pedaços de pau que surgiam de repente, mas a loura aproveitava esse obstáculo para dá impulso para cima. A semideusa conseguiu chegar ao topo sem nenhum arranhão.

Lá de cima ela fez sinal para Will subir. Ele dá um suspiro e começa a escalada.

Durante o tempo em que Annabeth subia, ele memorizou o tempo em que os obstáculos apareciam, ele só precisava ser mais rápido, antes que aparecessem.

Will começou a subir rapidamente, desviou do primeiro obstáculo e subiu antes do segundo. Quando estava quase no topo um tronco quase o derrubou, mas ele conseguiu desviar a tempo concluindo a subida.

Os que ficaram embaixo observando ficaram perplexos ao perceberem o quanto Will foi rápido. Nico que era um dos expectadores sorriu. Provavelmente o arqueiro usou as habilidades de Percy – pensou.

- Caramba, como você foi rápido! – disse Annabeth. – O Percy não é tão rápido assim.

- Eu só usei o conhecimento de Percy sobre a escalada – disse ele. – Eu pratico escalada no meu tempo.

- É mesmo?

- Eu costumo escalar os muros e as torres do castelo de Redmont.

- Todos os arqueiros fazem isso?

- Não que eu saiba – disse pensativo. – Acho que só eu faço isso. Cada arqueiro tem a sua especialidade.

- A sua é a escalada – disse Annabeth sorrindo.

- É.

Os dois descem a montanha tagarelando.

-------------------------------------------

Durante o jantar, Quiron fez um anúncio.

- Crianças, embora tenhamos poucos campistas amanhã teremos caça a bandeira.

Os campistas vibraram.

- Após o jantar, façam suas estratégias e formem seus grupos.

Os campistas murmuravam felizes. Da mesa de Ares, Clarisse bolava um plano para se vingar de Will.


Notas Finais


Vou ficar sem postar por um tempo até pôr as ideias em ordem.
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...