História Mudança de perspectiva - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger
Visualizações 49
Palavras 2.028
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 10 - O começo de relacionamentos ou o fim de amizades - Parte I


POV Narrador

A viagem de trem, foi relativamente tranquila, é claro que quando se juntam adolescentes fica meio difícil de determinar, por exemplo, em uma das cabines se encontrava os jovens Potters, Sirius Black, Remus Lupin e Peter Petigrew.

Agora com 15 anos já se notava as flagrantes mudanças tanto físicas quanto mentais, mesmo que algumas coisas não mudassem. Por exemplo: em um canto da cabine estavam Remus e Hermione, como há muito tempo, lendo um livro juntos, ambos estavam muito corados devido a proximidade, ao mesmo tempo um jovem Peter, cochilava tranquilo e sem medo, pois ao contrario da linha de tempo original em que ele era um traidor, aqui o Peter de 15 anos era alto, igual aos amigos, forte por jogar quadribol – ele entrou no time um ano depois dos amigos e agora era um dos batedores do time da Grinfinória – ele já não era tão tímido e quieto, era falante e sociável, com vários outros amigos...

James Potter conversava com sua irmã Liz e com o amigo Sirius e mesmo que estivesse com muita vontade de ir ver o seu lírio, Lilian Evans, ele não queria deixar as irmãs sozinhas com possíveis pretendentes.

 

POV James

A duvida está acabando comigo... eu procuro a Lilian e deixo as minhas irmãs com os meus amigos que estão obviamente – viu Mione, eu também sei palavras grandes – a fim delas? Ou eu os arrasto comigo? Bem eles são meus amigos e eu preciso do apoio deles... tá certo que se for para escolher alguém para elas, as melhores opções seriam o Remus e o Sirius...quer dizer a Mione estaria muito bem acompanhada do Remus, ele é um cara legal e seria bem fiel a ela...mas o Sirius? Desde o ano passado ele começou a ficar com varias garotas diferentes mesmo parecendo gostar da Liz de um modo especial... então não tem como eu deixar ele sozinho com a minha irmã bebê.

Já sei... vou levar eles comigo e deixar as garotas, depois explico para o Remus, acordei o Peter  e :

- Bora rapazes, vamos conseguir alguns doces para nós e para as moças. – e se eu tiver um pouco de sorte acho o meu Lírio no caminho.

- Serio Jay? É realmente necessário todos nós irmos comprar os doces? – Sirius disse para mim, enquanto olhava para Liz, que nesse momento parecia entretida com um romance trouxa, tipo os que a mamãe costuma ler.

- Sim, Six...vamos nós quatro... alguma objeção por ir comigo e os seus amigos comprar doces? – Olhei para ele e para Liz... deixando claro que não ia deixar ele sozinho com a minha irmã.

- Bora então Jay. – Remus nem discutiu, deixou o livro com a Mione e se levantou... eu, Sirius, Remus e Peter saímos da cabine e fomos atrás do carrinho dos doces.

 

POV Hermione

Quando os rapazes saíram da cabine, fechei o livro e cutuquei Liz, para chamar a atenção dela, já que se eu só a chamasse, provavelmente não iria ouvir do jeito que parece distraída lendo o livro...

- Hei Liz, você viu o que o Jay fez? Eu e o Remus estávamos lendo o livro então ele deu que queria comer doces e o levou. – tá certo, estava indignada, poxa não estávamos fazendo nada demais...só lendo

- Mione, minha irmãzinha querida, qualquer pessoa com o mínimo de cérebro consegue notar o maior clima que fica quando você e o Remus estão juntos.

- Como assim? – ela fechou a revista e olhou para mim. – Mione, está na cara que você gosta do Remus e o Remus gosta de você.

- Como você sabe?

- Bem tá na cara, mas não acho que devíamos falar nisso aqui, já que qualquer um pode entrar e escutar nossa conversa.

Quando ela terminou de falar, a porta da cabine se abriu, achei que era o Jay e os outros chegando, mas era só aquele garoto sonserino, que provavelmente está a fim da Liz... acho que não só sou eu que não noto o obvio quando se trata de si mesma. Liz olhou para a porta e com um pulo abraçou o garoto sonserino.

- Libaen, que saudades...como foram as ferias? – ele a abraçou por um tempo maior do que o Jay gostaria...isso sem falar na cara que o Six faria. Eles se sentaram e começaram a conversar e eu voltei ao meu livro.

 

POV Sirius

Acho que o Jay está desconfiado de que eu gosto da Liz, mas o meu comportamento no ultimo ano não deve ter me feito ganhar pontos com meu amigo, acho que deveria ter dito não para aquelas garotas com que fiquei ano passado. Enquanto íamos atrás do carrinho de doces, notei que o Jay olhava nas janelas das cabines, provavelmente procurando a Evans e o Remus e o Peter conversavam atrás da gente.

- Olha só Jay! – exclamei divertido – Achamos o carrinho de doces. – atrás de mim pude ouvir Remus e Peter rindo, eles não eram burros e sacaram na hora os dilemas do Jay. – Vamos comprar os doces e voltar por que as meninas devem estar se perguntando o porquê de demorarmos tanto.

Compramos, varinhas de alcaçuz, sapos de chocolate, barrinhas de chocolate ao leite (o favorito da Liz) e feijõezinhos de todos os sabores... compramos o suficiente para quatro rapazes e duas garotas comerem e voltamos para a cabine.

Quando entrei na cabine, vi vermelho... a minha Liz, ela ainda não sabia mas era minha, estava sentada do lado do babaca do Sloane e ele segurava a mão dela... o Jay estava claramente irritado quando se sentou e olhava fixamente para as mãos unidas... Remus se sentou com a Hermione e lhe deu alguns doces, ambos voltaram a ler como se nada estivesse acontecendo... já o Peter se sentou em um canto e olhava a cena que se desenrolava enquanto comia alguns feijõezinhos, esse garoto anda muito confiante com ele mesmo.

- Bem Liz... acho que não sou mais tão bem vindo aqui, a conversa estava muito boa e nos a terminaremos depois, ok? – o babaca se levantou e deu um beijo na bochecha dela e saiu da cabine sorrindo cínico para mim.

Dei as barrinhas para Liz comer, mas devo dizer que depois dessa visita desagradável um clima ruim ficou pelo resto todo da viagem.

 

POV Liz

Depois que os rapazes saíram o Libaen chegou e não sei por que tem gente que não gosta dele...ele é tão legal, pelo menos comigo. A Mione voltou a ler e eu e o Libaen ficamos conversando por um tempo, falando das nossas férias, quando a porta da cabine se abriu, Libaen segurou a minha mão e ficou acariciando... mas quando ele deu aquele sorrisinho de quem estava aprontando e olhou por cima do meu ombro eu soube que a coisa ia ficar feia. Atrás de mim estava o Jay, que se sentou na minha frente, o Remus se sentou do lado da Mione e voltaram a ler e comer chocolate...o Peter se sentou no canto com uma caixa de feijõezinhos e comia enquanto olhava tudo divertido... e o Sirius, bem continuava em pé parado perto da porta com uma cara...

- Bem Liz... acho que não sou mais tão bem vindo aqui, a conversa estava muito boa e nos a terminaremos depois, ok? – Libaen, me deu um beijo na bochecha e saiu da cabine, eba sem briga...mas não tenho certeza se isso é tão bom.

Six, se sentou ao meu lado e me deu barrinhas de chocolate ao leite (como ele sabe que eu amo?) o clima ficou horrível depois:

- Vocês não precisavam agir assim com ele! – Poxa se eles tirassem um tempinho para conhecer o Libaen, poderiam ver que ele não é mal. Só por que o Six não gosta dele os outros acham que é uma lei não gostar também.

- Olha, Liz... você é muito doce e boazinha, não entende que os sonserinos são maus e podem te machucar. – O Jay me fala com uma cara como se eu não pudesse pensar por mim mesma...

- E nos temos que te proteger... – Serio que eles acham que sou tão indefesa? Interrompi a baboseira que o Sirius iria me falar:                                           

- Ao contrário do que vocês pensam eu posso pensar por conta própria e ate vocês tirarem da cabeça essa minha versão indefesa, não precisam falar comigo... é claro que isso vale só para você Sirius Black e para você James Potter. Bem, se vocês me derem licença, eu vou ver o pessoal do clube de musica, por que o clima aqui ficou meio pesado. Me levantei e fui procurar meus amigos do clube de musica... não demorei muito a acha-los, só tive que seguir a musica, estavam todos na mesma cabine e o Beau estava dedilhando um violão enquanto Marie e Meredith conversavam e o Gustav dormia com a cabeça no colo da Meredith.

- Hei, chérie... faltou você aqui...estamos quase chegando, mas acho que dá tempo para mais uma musica. – Peguei o violão dele me sentei junto a ele e a Marie, já que o Gustav e a Meredith ocupavam o outro lado todo.

- Vai ser que musica Liz? – Meredith me perguntou enquanto acariciava os cabelos loiros do Gustav...ai tem coisa e quando der tenho que interrogar a minha amiga. Do jeito que estava me sentindo no momento, com toda a falta de confiança do Jay, a indecisão do Six e sem saber como agir com o Libaen, por que até eu sei quando alguma coisa está diferente e a forma que ele me abraçou e o beijo na bochecha... já sei que musica queria: Born To Touch Your Feelings dos Scorpions, é uma musica que eu amo e que me deixaria bem melhor. Comecei a dedilhar o violão e o Beau, que é a minha alma gêmea musical, já sabia o que eu queria, ele pegou o violão de volta para si:

- Deixa que eu toco, você tá com cara de quem precisa cantar, chérie, então cante. – ele começou a tocar a musica e comecei ali mesmo a cantar... cantei alto, pondo todos os meus confusos sentimentos na canção.

 

POV Sirius

Pouco depois que a Liz saiu da nossa cabine, me levantei para ir atrás dela, mas uma mão me segurou.

- Olha Six, você é um dos meus melhores amigos – Jay me disse e quando olho em volta vejo que todos na cabine me olhavam. – Mas se você não está serio em relação a Liz é melhor deixa-la quieta.

- Mas você prefere que ela acabe nos braços do babaca do Sloane?

- Na verdade eu preferiria que as minhas irmãzinhas ficassem em casa solteiras até que eu ou o papai aprovássemos bons maridos para ela. – Olhei para Mione e que nos mandou um olhar igual o da profª Mcgonagall. – Mas sei que não é assim que as coisas funcionam, por isso não vou pegar no pé da Mione e do Remus se eles quiserem oficializar essa relação deles – ambos ficaram muito vermelhos... e se a Liz precisar ela vai vir me pedir ajuda, mas no momento eu preferiria que você sentasse e pensasse nos seus sentimentos.

- Mas ela pode acabar indo ficar perto do Sloane. – Jay me olhou cansado e disse:

- Six, se a Liz disse que ia até os amigos do clube de musica, então ela foi até eles... então se sente e pense bem nos seus próximos passos, por que amigo ou não se você magoar a minha irmã eu vou fazer você se arrepender de ter nascido.

Me sentei novamente no banco, quando escuto uma voz clara e encantadora cantando uma musica que eu conheço bem: Born To Touch Your Feelings dos Scorpions e pude sentir toda a raiva, dor, confusão e frustração que a Liz deve estar sentindo.

 

POV Narrador

Todas as cabines mais próximas a daquela em que Liz Potter cantava, se calaram para ouvir aquela bela voz cantar, alguns alunos, a maioria dos alunos conhecia a musica, pois a banda era bem conhecida no mundo trouxa e no mundo bruxo e quando as ultimas notas foram ouvidas o apito do trem soou indicando a chegada na estação em Hogsmead.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...