História Mudanças acontecem... - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale, Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Jasper Hale
Tags Drama, Romance
Visualizações 40
Palavras 1.595
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Nova pele


Fanfic / Fanfiction Mudanças acontecem... - Capítulo 5 - Nova pele

Os lábios de Jughead juntos ao meus é a mais bela sincronia. É uma mistura de amor e desejo ardente.

-Desculpe...Eu...-Ele se desculpa se afastando

-Er...desculpa também.

-Acho melhor eu ir...nos vemos na escola amanhã.

-Tá. Até mais.

Eu estou sorrindo igual a uma idiota. Eu espero que Jug tenha gostado do beijo tanto quanto eu.

Escuto a viatura do meu pai se aproximando. Ainda bem que Jug já saiu, assim não teria que dar explicações para Charlie tão cedo.

-Olá Bells. Como vai?

-Estou bem. Mais do que bem.-Respondo

-Fico feliz por isso. Tem saído com seus amigos?

-Claro. Inclusive fiz um amigo novo.-Falo tentando conter a empolgação 

-Quem?-Ele pergunta

-Jughead.

-Jughead? É um bom garoto?

-Sim. Ele é um escritor.

-Espero que seja mesmo.-Ele responde enquanto senta para ler o jornal

Subo para o meu quarto e sento ao lado da caixa. Retiro o vestido da caixa e Oh céus! Ele é maravilhoso. 

Edward sabe que eu não gosto de coisas luxuosas. E ele comprou o vestido perfeito. Junto, há um par de sapatos.

É meio confuso me sentir assim em relação á Edward, pois há algumas semanas eu estava certa de que Jug é o garoto perfeito e...Argh! Não sei como realmente me sinto.

Deito na cama, me enrolo nas cobertas e adormeço.

Acordo depois ao senitr um toque frio contra a minha pele e a luz do sol atingir meu rosto.

-Edward?-Sussuro

Abro os olhos e não vejo nada. Deve ser fruto da minha imaginação, misturado com saudade.

Meu celular toca e o nome do Jughead aparece.

-Alô? -Falo sonolenta

-Oi Bella. Você pode ir no Pop's agora?

-Hum. Posso.

-Ok. Até mais-Ele fala empolgado

A manhã está ensolarada, mas há uma brisa gelada. Coloco meus jeans e meu moleton velho junto com meu par de All Star. Charlie saiu para pescar, provavelmente só voltaria mais tarde. Eu teria meu dia livre.

-Olá!-Falo para Jughead enquanto me sento

-Olá! O que vai querer?

-Panquecas.

-Pop's! Dois pratos de panquecas-Ele pede

-Então Bella...

Ele começa

-Eu estava pensando se você gostaria de ser uma serpente. O que acha?

-Eu mal sei o que os Serpentes são Jug. Como vou me tornar uma?

-Nós somos um gangue de motoqueiros. Como se fôssemos uma grande família.

-Não sei o que dizer.-Respondo

-Você tem o tempo que quiser para pensar Bella. Mas eu espero que você aceite.

Eu sou filha do xerife, e participar de uma gangue não seria o correto. Mas quer saber? Eu estou cansada de fazer o correto, o errado parece melhor.

-Eu aceito Jughead. Eu quero me tornar uma serpente.

-Mas, você não quer pensar mais um pouco?

-Não há o que pensar. Eu irei me tornar uma. Só me diga o que precisa ser feito.

-Bem. Você apenas precisa apenas decorar as leis.-Ele responde e eu não acredito

-Só isso? Você não está me escondendo nada Jug? Não minta pra mim.-Falo intimidando -o.

-Tudo bem. Você precisa decorar as leis e...fazer uma dança semi-nua.

-Bom. Se para eu me tornar uma serpente eu preciso passar por isso, então eu passo.

-Não! Você não ira dançar assim na frente de um Monte de homens!-Ele fala um pouco enciumado 

-Por que não?-O provoco 

-Você não precisará. Confie em mim.

-Tudo bem. Mudando de assunto...sobre o beijo, eu não...

-Se você não gostou, pode falar-ele responde 

-Não é isso. Eu gostei e estava pensando se você gostou?-Falo e sinto minha bochechas corarem 

-Eu gostei. E gostaria de um replay.

Eu o olho envergonhada.

-Você ficou sabendo do baile que terá aqui em Forks?-Ele muda de assunto perguntando sobre o baile que Edward mencionou no bilhete

-Não. Por que?

-Eu estava me perguntando se você gostaria de me acompanhar?

-Será uma honra acompanhar você Jughead!

Ele sorri ao ouvir minha resposta.

-Então, quais são as leis que eu tenho que decorar?-Pergunto

Ele tira um papel do bolso e me entrega.

-São essas.

1-Um Serpente nunca é covarde

2-Nenhum serpente fica sozinho

3-Se um serpente morre ou é preso a família terá assistência 

4-Nenhum serpente é deixado para morrer

5-Um serpente nunca trai os seus

6-A União faz a força.

-Quando eu precisarei falar elas?

-Quando você tiver as decorado.-Ele responde

-Pode ser hoje a noite?-Pergunto

-Se você tem certeza que consegue decorar, então eu te levo até o Wyrm Whyte. Antes que pergunte, Wyrm Whyte é o nosso bar, onde nos encontramos e nos divertimos.

-Eu consigo. As sete horas se encontramos aqui no Pop's e você me leva até lá.

-Não quer que eu te busque?-Ele pergunta 

-Se meu pai me visse subindo na sua moto, ele sairia com uma espingarda.

Ele ri.

-É justo. Então combinado.

-Até mais!-Me despeço

-Até!

Eu só precisaria decorar as seis letras. Não havia necessidade de fazer a dança segundo Jug. Mas qual será a graça? Eu não sei como fazer essa dança, mas eu vou tentar.

Alice havia comprado para mim, uma lingerie Preta para eu usar na lua de Mel com Edward o dia em que nós casassemos. Eu poderia usa-la. Provavelmente a dança teria que ser algo de improviso. Mas muito bem feita, para eu conseguir passar no teste.

Era bom ter Charlie fora, assim eu teria privacidade.

Leio o papel repetidamente.

Primeira lei, um serpente nunca é covarde. Segunda, nenhum serpente fica sozinho. Terceira, se um serpente morre ou é preso a família terá assistência. Quarta...Argh! Esqueci.

Repeti diversas e diversas vezes até que finalmente tudo está na ponta da língua.

Já está perto das sete. Por fim, eu coloco a lingerie comprada por Alice e vou até a frente do espelho. Eu estou ridícula, mas é necessário.

Coloco uma roupa comum para não chamar a atenção de Charlie e arrumo outra na picape para colocar na hora.

-Pai, eu vou ir até o Pop's com meus amigos. Provavelmente eu chegarei um pouquinho tarde. Tudo bem?

-Tudo Bella, contanto que se diverta e Tome cuidado.

-Ate mais.

-Até mais Bells.

Jughead está ao lado da moto me esperando. Estaciono minha picape em frente ao Pop's e troco de roupa dentro dela mesmo.

O bom gosto de Alice em escolher roupas, me ajudou nessa hora. Eu estou vestindo uma calça preta meio rasgada, com uma jaqueta de couro Preta e botas pretas. Eu não estava nada colorida, mas foi a melhor roupa que eu encontrei.

-Olá! Você está incrível!

-Obriagada. Vamos?

-Vamos.

O bar é...como posso dizer, maneiro. Há bebidas, mesas de sinuca, muitas pessoas com jaquetas de serpentes.

-Bella, essa aqui é a Toni.

-Olá Bella. 

-Olá Toni. Prazer em conhece-la.

-Então essa é a Bella que você passa 24 horas falando sobre.-Ela fala 

Jughead revira os olhos,

-Toni vai fazer companhia para você enquanto eu resolvo algumas coisas.-Ele fala e sai

-Então, tem alguma dúvida sobre nós, os Serpentes?

-Bem, há uma dúvida, é sobre a dança. Jug disse que eu não preciso fazer, mas eu quero. Pode me ajudar?-Peço a ela

-Claro, venha comigo. Vou te mostrar o palco

Ela me leva até o palco, onde eu terei que fazer uma dança sensual no Pole Dance.

-Isso vai ser difícil.-Comento 

-Apenas deixe seus instintos te dominarem-Ela fala e sobe no palco

O que ela vai fazer? Não! 

-Atenção pessoal. Agora teremos a dança da nossa futura integrante! Bella.

Ela me puxa até o palco e o alguma pessoa que eu não sei quem é,  liga uma música.

Eu estava perdida, então comecei a tirar minha roupa o mais sensual possível, na frente de todos os homens e algumas mulheres.

Eu estou semi-nua e preciso fazer algo. Mas não faço ideia do que. Me lembro do que Toni disse, "apenas deixe seus instintos te dominarem".

Respiro fundo, e vou até a Barra de Pole Dance e deixo meus instintos tomarem conta de mim.

Me seguro no mastro e danço como se não ouvesse amanhã. Os gritos e aplausos da plateia são muitos.

A música já vai ter fim e eu preciso de uma final épico para essa dança.

Me agarro na Barra e jogo todo meu corpo para trás.

-Isso aí! 

-Linda! 

-BIS!

Pego minhas roupas e as visto enquanto um homem alto sobe no palco e acalma a multidão. 

-Isso aí! Em uma das provas ela passou. Porém, ainda resta mais uma, e essa será a decisiva. Veremos se ela sabe todas as leis do serpentes!-Ele grita e o pessoal vai a loucura.

Ele me conduz até em cima, e eu fico parada em sua frente.

-Qual é a primeira lei dos Serpentes?

-Um serpente nunca é covarde!-Falo em um tom bem alto para que todos ouçam.

-Qual é a segunda lei?

-Nenhum serpente fica sozinho!

-Qual é a terceira lei?

-Se um serpente morre ou é preso a família terá assistência!

-Qual é a quarta lei?

-Nenhum serpente é deixado para morrer!

-Qual é a quinta lei?

-Um serpente nunca trai os seus!

-Muito bem! Mas agora falta só mais uma! É a decisiva! Qual é a sexta lei?

-A União faz a força!

-União faz a força!-Todos repetem juntos

-Tragam a jaqueta! A partir de hoje, Bella é uma de nós. Bem vinda!

Ele me entrega a jaqueta e eu a visto enquanto recebo aplausos. 

A jaqueta vestiu com uma luva, parece que foi feita especialmente para mim.

-Parabéns Bella!-Toni me abraça 

-Parabéns Bella!-Jughead vem e me ergue em um abraço 

-Obriagada!

-A Dança não era necessária!  Você não precisa ter feito!-Jug fala emburrado 

-Era sim, não venha me dizer o contrário.

Eu devo tudo ao Jughead, se não fosse por ele, eu não sei o que seria de mim.

Estamos No lado de fora do bar sentados na moto.

-Então, como acha que seu pai vai reagir quando souber? Já que ele é o xerife.

-Não sei, nem pensei nisso.

É lindo o modo como a luz da lua reflete no rosto de Jughead.

-Eu preciso de falar uma coisa Jug.

-O que?-Ele pergunta curioso.

-Antes de te conhecer, minha vida estava uma bagunça, mas você consertou tudo e me fez ter motivos para encarar tudo. Se hoje eu estou bem, é graça a você! Em outras palavras, eu estou apaixonada por você Jughead! Eu te amo!

-Eu também te amo Bella. E eu estou apaixonado por você também! 

Fomos no aproximando até que unimos nossos lábios.

E assim terminamos nossa noite.

 Com um beijo sobre a luz prateada da lua...










Notas Finais


Desculpem a demora!
Comentem o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...