História Mudanças do amor - Capítulo 79


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance coréia família
Visualizações 0
Palavras 3.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 79 - Se eu te perder, eu me perco também...


Fanfic / Fanfiction Mudanças do amor - Capítulo 79 - Se eu te perder, eu me perco também...

-Acabei de chegar das minha aula que dou na escola de Jhu e entrar no meu quarto pensando que iria descansar e ter um fim de tarde e noite relaxantes mas.... o que está acontecendo é bem diferente do que eu esperava.

...

Enquanto Chul trabalhava, Lyn estava na loja e quando terminou mais cedo seus afazeres voltou para a Universidade e decidiu tomar um banho, chegou no quarto e foi direto ao banheiro.

Lyn estava distraído cantarolando algo de olhos fechados enquanto enxaguava seus fios de cabelo agora castanhos e relaxava os músculos enquanto a água morna descia por seu corpo, Lyn estava tranquilo e totalmente relaxado e apesar de ter escutado a porta do quarto sendo aberta não deu moral pois pensou que era o Chul chegando da escola, e assim continuou seu banho tranquilamente até que.

...

-Aah seu louco. O que você tá fazendo aqui? Sai daqui..._Lyn grita assustado quando Jay puxa do nada a cortina do box revelando o seu  corpo nu.

--Sai Daqui.... _Lyn grita pegando a cortina e trampando suas partes íntimas.

...

Chul que acabara de chegar no quarto percebe que algo não está certo, então vai ao banheiro a procura de Lyn... quando chega lá uma corrente elétrica passa por todo seu corpo, Estava furioso, morrendo de ódio. Dessa vez Jay não escaparia ileso.

Chul cerrou os punhos com tamanha força que seus dedos ficaram sem sangue por alguns minutos, sentia tanto ódio de Jay naquele momento  seus olhos vidrados e  em um preto intenso analisavam a cena. Lyn dentro do box com a água ligada caindo sobre si com uma feição assustada segurando uma parte da cortina do box tampando suas partes íntimas, Jay parado na frente do box olhando para seu namorado.

Em um surto de ódio Chul entrou na frente de Jay e com toda a sua força lhe desferiu um soco no rosto que o fez imediatamente cair no chão do banheiro.

-O QUE VOCE ESTA FAZENDO AQUI? PERDEU A NOÇÃO DO PERIGO MOSOKK? VOCE ACHA QUE É QUEM PARA FAZER COISAS ASSIM?_Chul gritava enquanto Lyn fechou o registro do chuveiro e Jay estava ainda caído no chão.

-QUEM TE DEU PERMISSÃO PARA QUE ENTRASSE AQUI? VOCE É UM LIXO DA PIOR ESPECIE, QUERO OUVIR SUA EXPLICAÇÃO. DIGA!_Chul gritava .

- Eu só queria conversar com o Lyn... não dá para falarmos nada quando você está perto. _Jay se defendia ainda no chão.

-AH... E PARA CONVERSAR VOCE PRECISA INVADIR MEU BANHEIRO E FICAR OLHANDO MEU NAMORADO ENQUANTO TOMA BANHO... PORQUE, CLARO... TODO MUNDO FAZ ISSO NÉ. SO QUE NÃO. ELE NÃO TEM NADA PARA FALAR COM VOCÊ!_Chul grita e Lyn tenta sair do box e se encostar nas costas de Chul sem se mostrar demais.

-Quero que ele mesmo me diga isso. _Jay diz serio.

-Ora seu... _Chul diz indo para cima dele mas parando ao perceber que Lyn estava atrás de si e a única coisa que o tampava era seu corpo.

Estavam em uma situação difícil, Chul estava com um milhão de ódio exalando por cada poro do seu corpo, Jay sorria cinicamente e Lyn estava nu o que dificultava tudo. Chul só não o agredia ali e agora pois não queria expor Lyn saindo de sua frente...

--Lyn amor, onde estão suas roupas?_Chul dita baixo para o outro atrás de si.

-Estão encima da minha cama... eu iria usar uma toalha para poder ir até lá._Lyn dita baixo e simples.

-Certo..._Chul Diz e vai vagarosamente indo até onde uma toalha de corpo estava com Lyn atrás de si acompanhando seus Paços até pegar a toalha e se cobrir devidamente.

- Vai vestir suas roupas enquanto eu tenho uma conversinha com esse estrume aqui._Chul dita e Lyn asenti indo para fora do banheiro rapidamente.

...

-Voce não pode me impedir de ter contato com ele... só vou me afastar quando ele mesmo me disse se é isso que ele quer._Jay dita tentando se defender dos golpes desferido por Chul.

-CALA ESSA SUA BOCA! VOCÊ NÃO PERCEBE QUE ESSA SITUAÇÃO É MUITO INCOVENIENTE E ENCOMODA DEMAIS PARA O LYN?..  FIQUE LONGE DELE._Chul grita dando diversos socos no outro até o mesmo cair novamente no chão com Chul encima de si o espancando.

- Eu gosto dele ah... não quero ficar longe._Jay inverte as posições ficando por cima de Chul e segurando seus punhos.

-Arranje outra pessoa para gosta, ele é MEU! _Chul dita raivoso rangendo os dentes e da uma cabeçada no outro que cai para trás com o impacto.

Chul se levanta cambaleante e sai do banheiro, Quando Lyn o vê sai correndo até ele e lhe da um abraço apertado e até mesmo derrama algumas lágrimas, Mesmo. Chul sendo mais forte ainda sim estava machucado.

-Desculpe por isso... se não fosse por mim você não estaria assim._Lyn diz baixo e choroso abraçando o namorado.

-Não diga besteiras... eu tenho certeza que ele está bem mais machucado do que eu... se precisasse eu faria tudo de novo por você._Chul diz baixo se aconchegado no peito de Lyn sentindo seu aroma delicioso.

- Ei, isso ainda não acabou. _Jay sai do banheiro todo cheio de hematomas, arranhões, e sangue no canto de sua boca e  nariz, tendo dificuldades para andar arrastando sua perna direita.

--Voce tem razão _Lyn disse baixo para o Chul em seus braços.

-Você está certo Mosokk, agora, eu mesmo vou acabar com isso. _Lyn diz em um tom elevado soltando pouco a pouco Chul de seus braços.

- Não interfira tudo bem?.. _Lyn diz para Chul deixando um beijo em sua testa antes de ir até Jay.

Chul nunca tinha visto Lyn assim com essa postura, ele estava com medo e orgulhoso ao mesmo tempo, Lyn estava sério e imponente como nunca antes. Parecia até outra pessoa. Seus olhos continham um brilho estranho e ao mesmo tempo eram totalmente intensos.

-Chega de brincadeiras... quer falar comigo, pois bem. Fale! Te dou 3 minutos antes de te fazer se arrepender de ter vindo para cá._Lyn diz serio parando na frente de Jay com os braços cruzados.

O olhar de Lyn dava uma sensação ruim em Jay, por um momento até pensou se aquele era mesmo o ruivinho alegre de quem gostava. O menino que estava em sua frente agora não lembrava em nada o garoto de antes.

-Tic Tac, o tempo está correndo Mosokk._Lyn diz sorrindo assustadoramente.

Chul via tudo calado, sentia um desconforto desconhecido dentro de si, mas estava amando ver Lyn agindo daquele jeito. Era tao controverso que era muito bom...

- Eu gosto de você. E quero ficar com você, só quero que você me note e fique comigo...  foi errado eu entrar aqui daquele jeito, mas eu tenho que fazer coisas desse tipo para ver se você me nota e fala comigo. _Jay diz e  ao terminar de falar  da um impulso para frente e cola seus lábios no de Lyn.

Chul arregala os olhos ao ver tal coisa, cerra seus punhos em puro ódio que fluía por suas veias. Iria acabar com a raça daquele projeto de gente, mas antes de poder fazer algo, Lyn o fez.

Lyn deu um socão na boca do estômago de Jay o fazendo se incurvar de dor.

- Eu te odeio... nunca mais chegue perto de mim de novo... queria que eu falasse com você? Pronto., falei...  eu nunca, nunca vou ficar com você, põe isso na sua cabeça!_Lyn ditou olhando Jay de cima, uma visão assustadora para o mesmo.

Lyn deu as costas ao garoto no chão e foi calmamente até Chul o abraçando novamente e enterrando o rosto em seu pescoço sentindo seu cheiro suave que tanto o acalmava. Para Lyn , Chul tinha um cheiro bom e suave se assemelhava ao cheiro de um orvalho nas folhas das plantas apos uma chuva, esse cheiro o acalmava. Para Chul, Lyn cheirava uma fragrância doce e ao mesmo tempo suave, que para ele era viciante, mas o cheiro era bem fraco .

Jay saiu do quarto deles de cabeça baixa sem dizer mais nada.

...

Dois dias depois

Estavam todos reunidos na sala de ensaio, Lyn estava no colo de Chul enquanto o mesmo acariciava suas costas. Xin estava mexendo no seu celular sentado no sofá a direita deles, eles estavam na ponta e todos os outros a direita. Os sofás da sala ficavam um ao lado do outro. 

-Alguém sabe cadê o Jay? Faz tempo que não vejo ele por aí..._Mika diz com um bico nos lábios.

-Se você que é a Stalker dele não sabe. Quem dirá a gente..._Xin dita sem tirar os olhos do celular.

--Nossa grosso._Mika diz mostrando língua para ele que nem mesmo viu sua ação .

-Agora que você falou, ele nao veio nos últimos ensaios mesmo... __Liun diz pensativo.

Nesse momento Lyn saiu do colo de Chul se sentando ao seu lado e cruzando os braços.

--Lyn,  você sabe de alguma coisa?_Lianfeng pergunta simples, dando a entender que o outro sabia e estava escondendo algo.

- Eu não quero falar sobre isso..._Lyn ditou sério e Lianfeng assentiu.

-O que você sabe? Vai desembucha logo..._Mika disse em um tom elevado fazendo Lyn fechar a cara para ela.

- Eu já disse que não quero falar sobre isso... você deveria se por no seu lugar e repensar suas atitudes ultimamente Mika Inzi, por que derrepente esse garoto que não é nada seu parece mais importante para você do que seus amigos? Acredito que você não está tão desesperada assim para arrumar um namorado, ainda pode raciocinar não é? Vou relevar isso porque você não está em seu juízo perfeito mas presta mais atenção com quem você está gritando._Lyn dita no mesmo tom da garota e todos se calam, não era ouvido um mínimo ruído naquela sala, Mika abaixou a cabeça e Lyn saiu da sala após terminar de falar.

Após Lyn sair todos se entreolharam, estavam assustados com a reação do moreno. Lyn sempre foi super calmo e pacífico, detestava brigas, desacordos e  desavenças, ninguem esperava uma reação assim dele.

-O que aconteceu com ele Chul?_Xin foi o primeiro a quebrar o silêncio, o mesmo parecia preocupado.

-Nâo se preocupe, acho que ele só precisa de um tempo sozinho para pensar. _Chul dita sorrindo reconfortante para Xin.

- Isso tem algo haver com o que aconteceu com o Mosokk?__Mindi pergunta de cabeça baixa com medo de ter falado algo errado.

- Eu não tenho certeza... Mas vamos esquecer esse assunto. Com certeza ele irá ficar assim de novo se falarmos desse garoto._Chul diz simples e a maioria concorda, menos Mika que continua de cabeça baixa sem mexer um músculo sequer.

- Ah Carra, cortou o clima para ter ensaio hoje... fazer o que né. Podem ir, estão liberados hoje...__Liun diz se levantando de onde estava e indo até Chul.

-Voce fica... vamos conversar um pouco._Liun dita para Chul.

Geral vai saindo da sala só sobrando Liun e Chul.

-O que aquele energúmeno fez com o Lyn? Eu sei que você sabe... pode me dizer._Liun ditou calmo e algo nele fazia Chul confiar em si.

-Quando eu cheguei no quarto senti que tinha algo errado e fui direto para o banheiro, quando cheguei lá... Vi o Mosokk em pé na frente do box e o Lyn assustado segurando metade da cortina do box com o chuveiro ligado._Chul dizia relembrando o dia.

- Que miserável.... invadiu seu quarto e ficou vendo o Lyn tomar banho. Isso é um absurdo._Liun ditou irritado com as mãos no cabelo.

-Depois que o Lyn conseguiu sair de la, eu dei uma surra nele, Estava com tanto ódio que poderia mata-lo...  eu me machuquei mas ele se machucou mais, ele ficava alegando que só iria parar se o Lyn dissese pessoalmente que não queria ele por perto._Chul ditava de braços cruzados e sério.

-Imagino como foi.... nossa é tão, tão ruim que não sei nem o que falar._Liun diz olhando para Chul com um olhar expressivo até demais, poderia se dizer que ele estava quase chorando.

- Eu bati muito nele, poderia ter batido mais... deixei ele todo arrebentando. Mas quem deu o último soco foi o Lyn..._Chul disse sorrindo de canto.

-O Lyn? Não... o nosso Lyn? Não acredito, ele não bate nem em uma mosca._Liun dizia incrédulo.

-Mas foi... o Mosokk veio todo arrebentando do banheiro falando que ainda não tinha acabado. Aí o Lyn foi acabar com ele, ainda me disse para não interferir... ele até parecia outra pessoa sabe, deu medo até em mim. O Mosokk falou umas besteira lá e depois deu um selinho nele, o Lyn só deu um soco no estômago dele como resposta, depois falou um monte de trem e saiu como se não tivesse feito nada._Chul ditou vendo que o outro se divertia ouvindo atentamente cada palavra.

--Nossa..   eu queria ser uma mosquinha pra ver tudo isso...  tá explicado porque ele ta sumido esses dias... deve estar todo arrebentando._Liun diz risonho.

- Eu nunca pensei que o Lyn pudesse fazer aquilo, ele nem parecia ele... eu sentia algo estranho era tipo um medo dentro de mim, uma insegurança horrível... se esse for ele bravo, eu não quero nunca o irritar a esse ponto._Chul disse olhando para o nada.

...

Quando Liun e Chul terminaram a conversa deles Chul voltou para seu quarto o mais silenciosamente possível pois imaginou que Lyn estaria dormindo, toda vez que o mesmo se estressa a esse ponto ele dorme. Chul ficou surpreso ao chegar no quarto e ver Lyn acordado brincando com Jiu deitados encima de sua cama. 

- Oi, o que estão aprontando aí hu?_Chul diz chegando perto dos dois.

- Oi amor... estamos nos divertindo, não é pequeno?... _Lyn diz sorrindo fofo intercalando a atenção ente Chul e Jiu.

- Ele não estava com a Mindi?_Chul pergunta se sentando na cama junto deles.

-Estava... mas eu peguei ele para brincar um pouco._Lyn diz brincando com as mãozinhas de Jiu.

-Li...Li...__Jiu tentava falar o nome de Lyn.

- Ah olha Chul... ele falou meu nome. _Lyn dizia estericamente animado erguendo Jiu .

-Rsrsr ele não falou seu nome... seu nome não é assim..._Chul dizia rindo do outro.

-Falou sim, não se pronuncia assim mas tá quase lá. Isso é sinal que ele gosta mais de mim porque falou meu nome primeiro..._Lyn dizia balançando Jiu que ria para lá e para cá.

- Rsrsr você que acha, eu sou o irmão dele... ele vai gostar mais de mim._Chul diz rindo e fazendo coçegas em Jiu.

-Mas eu sou o tio mais legal além de ele ser meu cunhadinho fofo... ele vai me amar tenho certeza._Lyn diz convencido com Jiu sentado em seu colo 

E assim os três passaram o fim de tarde e o começo da noite brincando, era um momento bom de descontração depois de uma tarde um poido tensa. Jiu acabou dormindo ali mesmo nos braços de Lyn. O bebê tinha quase um ano, exatamente 7 meses de idade.

Chul foi tomar banho enquanto Lyn ajeitava Jiu em sua cama, pelo visto hoje os dois dormiram agarradinho e Chul poderia aproveitar para sentir novamente o cheiro doce e super gostoso de Lyn.

Enquanto tomava banho Chul pensava sobre as emoções de Lyn, normalmente ele as controlava bem mas ver Lyn irado daquele jeito lhe deu uma nova perspectiva. Talvez Lyn não as controlasse tão bem como todos pensam, ele apenas tenta esconde-las mas uma hora elas aparecem... é como se algo dentro dele transbordasse depois de tanto segurar suas emoções. Ele pode até as controlar por um tempo, mas em algum momento elas vão controlar ele... e para se acalmar ele busca maneiras como dormir ou algo que o relaxe.

Depois de 25 minutos de banho saiu do banheiro já vestido, ele nao queria sair de toalha com Jiu no quarto, mesmo ele sendo só um bebê e estando provavelmente no 2° sono. Lyn havia tomado banho mais cedo e agora era só realizarem na companhia um do outro.

Lyn estava sentado na cama de Chul com as costas encostadas na parede abraçando suas pernas. Chul foi até ele é lhe deu um beijo em seus cabelos marrons.

-O que foi amor?_Chul pergunta baixo tentando ver o rosto do outro.

- Eu te faço sofrer..._Lyn diz com a voz embargada.

-De onde tirou isso? Claro que não, você me faz o homem mais feliz dessa Universidade, se não do mundo inteiro. Eu te amo!_Chul diz levantando o rosto molhado de lágrimas de Lyn.

- Você briga para me defender e se machuca por minha causa...  _Lyn diz chorando.

- Eu te defendo porque te amo, e sei que você faria o mesmo por mim não é? Eu não posso, não consigo e nem quero viver sem voçê !_Chul diz limpando as lagrimas do outro com as maos ainda fazendo um carinho em seu rosto.

- Sim..   mas ver voçe machucado me faz me sentir mau, parece que não estou sendo um bom namorado e cuidando direito de voçê._Lyn dita enxugando suas lágrimas sob o olhar atento do namorado que o abraçou de lado 

-Voce cuida muito bem de mim... e olha, meus machucadinhos já sumiram... comparado a um certo alguém nem machucado eu estava. Não fique pensando em coisas desse tipo uh... gosto de ver você feliz ,se ficar triste Aí eu que vou pensar que não sou um namorado bom!_Chul diz distribuindo muitos beininhos pelo rosto de Lyn que logo sorri.

- Isso olha que sorriso lindo meu amor tem... gosto de te ver assim, vou até tirar uma foto._Chul diz fazendo Lyn corar, logo pegando seu celular é tirando uma foto.

Chul mostrou a foto tirada para Lyn que sorriu envergonhado, até na foto ele estava corado de vergonha. Chul disse que iria postar ela e  escrevia uma legenda bonita com Lyn deitado em seu ombro.

Na legenda dizia: Se eu te perder, eu me perco também.

Chul mostrou a legenda que acabara de fazer para Lyn que sorriu e secou perto de seu pescoço, Chul pensou que ele iria beijar o local mas o que Lyn fez foi dar um baita de um chupão bem ali.

- Agora você está marcado é eu não vou te perder._Lyn disse risonho depois de dar um chupão no namorado, Chul o olhava e  os dois exibiam um lindo sorriso.



Sabe o que é amor infinito? É aquele que mesmo com problemas, ciúmes, distância, inseguranças, medos, consegue crescer ainda mais a cada novo dia.



Notas Finais


Gente a foto que eles tiraram não é a da capa do capítulo ok.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...