História Mudanças: tentando um novo amor - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, TenTen Mitsashi
Tags Naruhina, Narusaku, Nejiten, Saino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 555
Palavras 4.656
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Kkkkk... Esse capitulo só vem confirmar o que a maioria de vocês já desconfiam
Mas também vem provar que temos uma Hyuuga forte e determinada

No capitulo anterior alguém audacioso, segundo Neji e Kiba, apareceu na porta do apartamento da Tenten... quem foi essa pessoa hen? E o que vai acontecer com ela?
Ah, será que Naruto consegiu achar a Hinata?

leia que terão resposta a seguir... Muahahaha



Por favor, leiam as notas finais

Capítulo 10 - Promessa


 

 

 

 

 

 

Naruto assim que entrou no elevador pegou o celular apressado em fazer uma chamada que ele sabia que iria o ajudar na situação em que se encontrava. Seria uma invasão, mas ele tinha que jogar com as cartas que tinha.

Tocou, tocou e ele parecia querer soltar fumaça pelos poros e o pé que batia no piso revelava o quão ansioso e impaciente estava. Suspirou quando escutou a voz do outro lado, que pareceu demorar uma eternidade para atender, ao mesmo tempo que saia do elevador apressado

_Eu estou trabalhando e no momento me encontro em uma reunião, Naruto_  a voz não parecia nada feliz por ter sido interrompido

_ Não importa Shikamaru, preciso que faças algo por mim _ do outro lado, o Nara mudou de postura mediante a urgência que tinha na voz de Naruto

_ Fala _ isso foi o necessário para o loiro entender que Shikamaru iria o ajudar. Ele abriu a porta do carro e entrou ligando o mesmo

_ Lembra qual era a nossa brincadeira favorita no primeiro ano da faculdade?

_ Quem é a vítima? _ Naruto ficou um tempo em silêncio, antes de responder

_ A minha mulher _ disse com a voz em murmúrio, pois sabia que não era nada bonito o que estava pedido para Shikamaru fazer e sabia que o moreno não iria querer concordar

Mas antes que o mesmo falasse alguma coisa depois do período longo de silêncio, Naruto se prenunciou antecipadamente, quase que implorando

_ Eu sei…, eu sei Shikamaru. Só estou fazendo merda atrás de merda com a Hinata, mas eu preciso falar com ela…. Eu preciso me desculpar e eu preciso fazer ela voltar para mim.... Não suporto a ideia de ela pensar que eu não me importo com ela, por favor…, me ajuda _ o loiro encostou a cabeça no volante e o barulho que se sucedeu com a ação fez Shikamaru suspirar pesado percebendo que o amigo estava mesmo desesperado _ Só preciso da localização dela _ pediu por último

_Tudo bem. Te ligo de volta em alguns minutos _  Shikamaru se deu por vencido

Dito isso a chamada foi desligada pelo Nara e Naruto ergueu o rosto suspirando um pouco mais aliviado. Pôs o cinto e pisou no acelerador. O único momento que o loiro parou foi ao sair do estacionamento, uma vez que o guarda do local tinha que abrir a barreira automático para o veículo passar. A partir daí, não teve sinalização que o parou e nem mesmo os sinais vermelhos. O coração dele estava fervilhando e nem ele mesmo sabia o porquê de ter ficado tão fora de controle.

O telefone vibrou e quando levou o olhar rapidamente para ali, teve que parar o carro para ler a mensagem que o amigo enviou. Lá estava um endereço que ele não sabia onde ficava e um pedido de desculpas de Shikamaru por ter demorado tanto porque teve que fazer tudo enquanto prestava atenção na reunião.

O GPS serviu de ajuda quando percebeu que estava dirigindo na direção contrária. Meia hora depois, Naruto saiu do carro que estava estacionado de qualquer jeito a frente de um prédio. Não foi difícil convencer o porteiro a deixa-lo entrar, pois bastou mostrar uma foto dele com Hinata vestidos de noivos, no dia do casamento, não sabia como aquela foto foi parar no celular dele, mas agradeceu porque ajudou muito quando ainda desesperado comentou

_ Por favor, eu fiz algo terrível e preciso falar com minha esposa e me desculpar com ela _ vendo a sinceridade nos olhos do Uzumaki o velho senhor até disse qual era o andar e o apartamento que Hinata estava.

 

 

 

 

 

 

 

 

E lá estava Naruto novamente naquele dilema de bater ou não bater na porta quando a mesma foi aberta sozinha e dois rostos conhecido por ele, assim como ele próprio abriram os olhos em surpresa.

 

Foi questão de segundo para Neji contorcer a feição dele para raiva pura, e Naruto se desequilibrar para trás.

O soco que o loiro levou foi tão forte que quando ele levou a mão a boca lá estava o sangue comprovando que o primo da esposa dele não se segurou nem um pouco. Mas não teve tempo de raciocinar na reação seguinte quando sentiu as costas irem parar ao chão e um peso sobre o corpo. O instinto dele era se proteger e se defender dos golpes que apanhava, mas as palavras de Neji fizeram Naruto ficar quieto e receber todos os socos do Hyuuga sem reagir

Ele merecia

Merecia apanhar

_ CARNALHA _ um soco_ DESGRAÇADO _ outro muro. Neji estava fora de si, mas quem o podia culpar? Ele que não seria, por isso estava quieto recebendo sem dar ou se defender

 

_ NEJI, POR FAVOR, PARA _ só com a voz da noiva implorado e pegando no pulso dele é que ele parou, ofegante e com a respiração acelerada com muita vontade de continuar batendo em Naruto.

Abraçando as costas do moreno, Tenten foi afastando Neji de cima de Naruto, que continuava com os olhos fechados e imóvel, mas escutava e percebia tudo ao redor. Kiba só se manteve parado na porta. O olhar de nojo que ele direcionava a Naruto só comprovava que sim, ele não teve e nem tinha intenção alguma de afastar Neji de Naruto. Se não fosse pela Tenten ter aparecido, talvez ele até ajudasse o Hyuuga ao fazer o loiro de saco de pancada e quem sabe desfigurá-lo

_DESGRAÇADO... O QUE VOCÊ FAZ AQUI, SEU VERME?_ o Hyuuga exalava raiva para quem quisesse ver e sentir

Naruto não disse nada e Neji se movimentou para ir de encontro a ele novamente, mas foi segurado pela Tenten que quase caiu com a tentativa, pois o noivo era maior e mais forte que ela

_Kiba, me ajuda e tira o Neji daqui _ o olhar dela revelava que queria ser obedecida e mesmo que Kiba tivesse hesitado, acabou pegando o braço e o ombro do amigo

_ Vamos Neji, colabora _ pediu, mas a voz dele não tinha muita firmeza, pois o moreno de expressão selvagem não tinha vontade nenhuma de fazer Neji se acalmar e sair dali deixando Naruto impune. Esteva rezando que Neji saísse do controle

_ Não saio... não vou deixar esse bosta perto da minha prima _ Neji se exaltou mais, querendo se livrar de Kiba quando recebeu um tapa na cabeça. Tenten encarou ele repreensiva

_ Já disse para ir embora Neji. Deixa que eu cuido disso _ só com essa firmeza a castanhada conseguiu fazer o Hyuuga se acalmar. Iria escutar a noiva, mas não iria deixar o Namikaze perto da prima. Se afastou de Kiba, sacudindo a roupa

_ Eu vou _ deu-se por vencido, ainda exalando fúria, quando levou o olhar para trás e como se desse uma ordem e com os olhos faiscando, olhou para Kiba, depois para Tenten _ Eu vou mais Kiba fica

Tenten só deu um suspiro. Pelo menos Kiba sabia se controlar melhorar e com certeza não ia saltar e bater no chefe dele

_ Tudo bem, vai lá _ ela viu o Hyuuga dar as costas e ir embora com passos pesados. Só depois do elevador fechar é que ela se virou para Naruto que ainda se encontrava no chão, agora sentado e encostado a parede

_ Você está bem? _ "que pergunta idiota" foi o que ela mesma pensou ao fazer tal pergunta. Claro que ele não estava bem. A cara dele era grande prova dessa verdade

_Eu estou...muito bem _ só agora o loiro abriu os olhos vendo a mão da mulher esticada para poder o ajudar a se levantar.

Tenten teve que apoiar Naruto no ombro para que ele não caísse pois ele apanhou feio e a mão que ele mantinha na barriga revelava que lá também não escapou da fúria do Neji. Pediria ajuda a Kiba para carregar Naruto que o loiro era pesado, mas com certeza o Inuzuka iria fingir que nem escutou

_ O que faz na minha casa Naruto? Eu já não respondo diretamente a Kyuubi, mas sim a Byakugan _ foi uma tentativa de criar assunto ao mesmo tempo que ela escutou Kiba fechar a porta

_Eu sei que a Hinata está aqui  _ revelou, fazendo a morena engolir em seco

_Naruto... _foi interrompida

_Só preciso ver ela _  Kiba revirou os olhos. Naruto era mais verme do que ele imaginou.

Ainda em pé e apoiado pela morena, mas já na sala, Naruto encarou Tenten suplicante quanto levantou o olhar para o topo da escada junto a mesma por conta de uma movimentação que os chamou atenção

_Tenten, que barulho foi esse? Parecia alguém gritando _ Hinata descia as escadas esfregando os olhos. Ao que parecia ela de fato caiu no sono. Quando desceu o último degrau, a Hyuuga estancou no lugar e o coração dela falhou uma batida. Ela não o esperava ali e ainda mais, não tão cedo

Kiba vendo o estado da morena, não hesitou em se aproximou dela a abraçando como se protegesse ela de algum monstro. E de fato estava. Acreditava sem duvidas que Naruto era um monstro

Já o loiro, ele não entendeu o que o coração dele acabou de sentir, vendo a esposa dele sendo abraçada daquele jeito. Os olhos dele arderam quando viu Kiba envolver o ombro de Hinata e ela se encolher no abraço dele como se ele fosse o herói dela. Aquilo querendo ou não, deu uma pontada no coração dele

Era normal ele ter sentido essa vontade insana de bater no Kiba e afastá-lo da Hinata?

Tenten vendo o clima e o fato de Naruto não parar de olhar aquela cena com o rosto magoado, ela não sabia se queria sorrir ou se sentia pena do loiro por pensar besteira. Mas aliviando um pouco para ele quando o viu dar um sorriso triste e abaixar o olhar para o chão, ela o largou, chamando atenção de Kiba. O Uzumaki certamente já conseguia se manter de pé sozinho e foi o que aconteceu

_ Kiba, vamos… Eles precisam conversar _ Kiba não se afastou da Hinata. Continuava a abraçando, quando prenunciou em tom baixo, mas suficiente para Naruto escutar

_  Você quer que eu vá, Hinata? Não quero ele perto de você. Ele vai te fazer mal _ aquilo foi como uma facada que Naruto recebeu no peito.

Ele…, fazia mal a Hinata. Não escutou o que a morena respondera, mas Kiba o deu a resposta quando, no mesmo tom, se prenunciou

 _ Tudo bem… qualquer coisa você grita _ só agora Kiba se afastou da morena, a dando um beijo na testa, e mesmo de olhar baixo, Naruto conseguiu enxergar nitidamente o sorriso que a esposa deu a um dos seus funcionários… aquele sorriso, que tipo de sorriso era aquele que o fazia se sentir tão mal?

Que sorriso era aquele que o dava a sensação de ter perdido?

Dito o que disse, Tenten passou por Hinata e subindo as escadas sumiu dali, sendo seguida por Kiba, que não deixou antes de olhar, já no ultimo degrau, para Naruto, com o olhar que fez o Namikaze decifrar bem como uma ameaça que o moreno cumpriria caso Hinata gritasse pedindo ajuda.

Os olhos perolados se encontraram com os azuis… não se prenunciaram…. Mais tempo se olhando sem dizerem nada, mas Naruto queria muito começar a falar

_ Hinata...

_ O que aconteceu com você? _ interrompeu ele.

Naruto suspirou, entendendo a jogada da esposa, mas ele foi para lá resolver um problema não importaria as formas que a Hyuuga arranjasse para mudar de assunto, ele iria resolver esse problema. Se aproximou dela com dificuldades e se pôs bastante próximo a ela

_ Não faz isso _ pediu já próximo a ela, levando a mão ao rosto dela, mas a Hyuuga se afastou empurrando a mão dele com um tapa

_ Não toque em mim… _ isso fez Naruto ficar estático. Ela abaixou o olhar e Naruto só a viu se distanciar mais _ Eu vou buscar a maleta dos primeiros socorros _ Hinata não deu chance de Naruto dizer mais alguma coisa e saiu dali.

O loiro não sabia mais o que fazer, por isso permaneceu no mesmo lugar o tempo todo, até sentir uma mão mais pequena pegar na mão dele. Ele queria muito entender as ações da Hinata, mas não conseguia. Somente se deixou ser arrastado por ela que o fez sentar no sofá pequeno.

Hinata abriu a maleta e tirou de lá dentro um pacote com luvas a qual ela tirou somente um par. Naruto olhava toda a ação da esposa que não fazia questão de olhar para ele. Ela pôs algo incolor num bocado de algodão e depois do loiro sentir a ardência percebeu o que era. Passou no canto da boca dele e acima da sobrancelha para limpar o sangue que escorria e mesmo não olhando nos olhos dele, o cuidado com que Hinata o cuidava fez Naruto engolir em seco.

Ela era deferente e só conseguia pensar nisso. Hinata sempre agia de um jeito diferente aos pensamentos dele. No final, a Hyuuga somente selou a sobrancelha dele com um band-aid pequeno, fechou a maleta e pôs na mesa de centro.

Hinata estava com o coração acelerado, mas a todo custo tentava se controlar e de costas para Naruto ela quebrou aquele silêncio desconfortável a qual ela precisava manter, mas sabia que a qualquer momento seria quebrado pelo loiro

_ Como me achou?  _ Naruto sorriu sem graça. Não foi de um jeito que ele se orgulharia de revelar

_ Eu… tenho um amigo bom em hackear informações _ Hinata abaixou a cabeça, se sentando no sofá ao lado do sofá de Naruto, ainda sem olhar para o mesmo. Ele podia ocultar essa informação, mas queria muito ser sincero com a esposa, para que ela não duvidasse em momento algum das palavras dele

_ Você me hackeou? _ o tom de voz dela não foi dos melhores, mas no momento ele só precisava que ela o escutasse e não odiasse

_ Não é bem assim… _ agora sim ela olhou para ele, não foi um olhar que ele queria. Aquele olhar dizia para ele se calar e não continuar o que ia dizer, por isso ele se calou e recuou o corpo para trás _ Só queria te achar _ o receio fez o loiro abaixar a cabeça. Aquele olhar da Hinata o fazia querer ser obediente a ela.

Ela… estava diferente

Ou talvez era ele quem estava diferente

Pensando melhor, os dois estavam diferentes

 

_ Já me achou Naruto-kun e agora? _ a mágoa na voz e no olhar de Hinata fez ele desviar o olhar, mas foi só por um segundo. Ele tinha que mostrar para ela o que estava sentindo e o que ele queria

_ Volta Hinata, volta por favor…, volta para nossa casa _ Hinata sorriu. Um sorriso bastante forçado e seco. Passou as mãos no cabelo e desviou o olhar

_ Sabe, Kiba te odeia tanto que eu estou com vontade de gritar para ele descer e te dar bem na boca, para você não falar merda _ não precisava. Hinata não precisava porque o que ela acabou de dizer doeu mais nele do que um soco. Doeu bastante

Ele chegou tarde demais?

_ Kiba? O que vocês têm? _ a fúria no olhar de Hinata o fez novamente abaixar o olhar.

Estava se sentindo um idiota. Aquela pergunta, o modo que estava agindo. O que estava acontecendo? Não era desse jeito que ele imaginava as coisas acontecerem. Quer dizer, ele estava preparado para enfrentar a fúria da Hinata, a magoa dela…, mas o Kiba? Ele não estava preparado para isso. Os argumentos dele se dissiparam assim que viu o Kiba abraçar a Hinata

O que o Kiba fazia ali?  Aquela hora?

_ A minha vida não é da tua conta Naruto, assim como a tua não é da minha conta. Nosso casamento é um contrato. Ninguém deve satisfação a ninguém_ o loiro levantou o olhar, vendo Hinata olhar para os próprios pés

_ Você está enganada Hinata… nosso casamento é sim real. Eu é que não tinha percebido isso antes. Ma agora é diferente… volta Hinata. Vem comigo _ Hinata ergueu o olhar, e encarou o loiro de cima abaixo, parecendo desdenhar daquele pedido… desdenhar dele

_ Voltar? Você quer para eu voltar e te fazer infeliz? Para eu voltar e impedir você de ter tua liberdade sem culpa?… Para eu voltar e você me trair com outra mulher enquanto eu espero por você até de madrugada? Não Naruto, eu não quero isso, dispenso…  você já me humilhou demais  _ a calma da Hinata, a determinação dela, a confiança dela enquanto dizia aquelas palavras….

 Naruto estava se sentindo desarmado. Por que Kiba abraçou Hinata daquele jeito tão protetor e tão intimo? Por causa disso ele não consegue pôr os pensamentos em ordem. Aquela imagem tomava conta da mente dele

_ Eu sei…Eu sei…. Por isso que eu quero tanto pedir desculpas. Hinata, eu queria tanto voltar no tempo, mas sinto que não será o suficiente. Sinto que você merece mais que isso Hinata e a única forma de eu provar isso é você me dando mais uma chance… da gente tentar de novo _ a voz do loiro exalava súplica. Hinata levantou de repente, passando a mão nos olhos, provando a Naruto que ela de fato estava chorando

_ De novo Naruto?.... De novo? …_ levou os olhos tristes aos olhos do Uzumaki junto a voz embargada quase tremida _  Eu dei uma chance para você, para nós e na primeira oportunidade que você teve foi me trair e você quer mais uma chance? _ ela estava tão abatida, que não conseguiu se manter em pé e teve que se sentar de novo.

Aquela fúria toda, aquele desdenho todo… isso desapareceu do rosto da Hinata, e agora ela se mostrava apenas uma mulher cansada… cansada de sofrer… cansada dele

Simplesmente… farta

Naruto também estava com lágrimas nos olhos se sentindo vulnerável e em um ato de desespero ele se ajoelhou a frente da Hinata e abraçou a cintura dela

_ Por favor, por favor Hinata … eu sei que perdi a tua confiança, mas podemos tentar de novo e dessa vez não vou errar com você, eu prometo que dessa vez vou dar tudo mim … por favor _ a azulada, claro, ficou surpresa com a atitude do loiro, mas assim que voltou a si, ela o empurrou e ele acabou caindo sentado. Ela se encolheu no sofá 

_ Não posso..., não posso Naruto… não posso mostrar para você o quão frágil eu sou. O quão idiota eu fui  _ fixou os olhos nos do marido e com uma voz de quem lamentava continuou _ Você não consegue me ver como mulher Naruto _ riu novamente forçado _ Você não sabe quantas vezes eu tentei te seduzir, mas nunca funcionou _ suspirou, recuperando o folego que estava se perdendo _ Você nunca olhou para mim com outros olhos. Sabe… eu não me sentia mulher quando estava com você… e você acha que isso vai mudar agora? _ o loiro arregalou os olhos com a revelação da Hyuuga

O que ele fez?

O que ele realmente fez?

Como se podia se chamar homem, se própria esposa dele não se sentia mulher com ele?

Não… não foi o que ele fez, mas sim o que ele não fez…. Por isso ela não se sentia mulher. Porque ele não fez nada. Ele só a tratava como uma amiga quando na verdade ela era muito mais que isso

O que ele não cogitou a ideia de fazer… a fazer se sentir mulher…. A fazer mulher

 “É isso?”

Pensou e nem deu tempo da Hinata querer se afastar ou o empurrar. Em um impulso só Naruto se pôs sentado ao lado na esposa e a agarrou selando os lábios dele nos dela, mas dessa vez ele pediu passagem com a língua.

Hinata lutou, empurrou e mordeu, mas ele não se afastou, ele não se deu por vencido e agarrando os pulsos da morena, continuou tentando quando sentiu ela parar de tentar afastá-lo e amolecer por completo. Agora sim Hinata se entregou e o deu passagem. As línguas foram se enroscando uma na outra, se batalhando, pedindo espaço e cedendo, se acariciando e se maltratando. Se culpando e se arrependendo.

Entretanto, tinha um sentimento que lhes eram comuns aos dois. Eles estavam gostando. O corpo dos dois estavam vibrando

O ar começou a fazer falta e o loiro foi diminuindo a intensidade do beijo até somente sentirem a respiração um do outro se batendo a todo vapor. Ainda de testas coladas e olhos fechados e Naruto ainda agarrado ao pulso da Hyuuga só que dessa vez de forma mais carinhosa, largou e puxou o rosto da esposa para o ombro dele. Ele a agarrou.

Ele agarrou forte a Hinata, vendo que ela ainda tentava resistir e tentar se afastar dele, mesmo sem forças para isso

_ Sou tão idiota, sou tão idiota por ser uma mulher tão idiota  _ ela se acusou, com a voz chorosa. Ela chorava por ter cedido. Ela não podia ter cedido. E agora o que ele vai achar dela? Que podia conseguir dela o que queria?

_ Fica quieta Hinata _ o pedido foi instantaneamente atendido, pois Hinata relaxou o corpo e se deixou ser abraçada. Por que ela o obedecia? Ele não merecia… não merecia _ Fica quieta e nunca mais digas isso _ o loiro continuou em um tom baixo e segredado _ Você é muito mulher chatinha… e não uma mulher idiota… não uma mulher qualquer…. VOCÊ É MINHA MULHER _ o corpo da azulada vibrou ao escutar tais palavras ditas com tanta intensidade, e os olhos dela de abriram em surpresa e choque

“O-O quê?”   foi o que pensou e involuntariamente os lábios dela se esticaram em um pequeno sorriso, mas mesmo assim, não o suficiente para fazê-la cair no conto de fadas. Não o suficiente. As palavras dele já não tinham um efeito duradouro

Naruto já a tinha feito sentir aquelas borboletas, mas mesmo assim ele a traiu. Mas mesmo assim ele partiu o coração dela quando prometeu não o fazer  

_ Mulher que você não ama e muito menos sente atração _ jogou direito querendo quebrar por completo o encanto do marido. Naruto fechou os olhos, apertando-os, se sentindo incomodado com aquelas verdades que a Hyuuga jogava na cara dele

_ Não diga isso… Por isso mesmo quero que você volte Hinata… eu já não consigo me ver sem você por perto, você entende isso? _ se afastou, envolvendo o rosto da Hyuuga e a olhando nos olhos. Olhos esses que estava sem vida _ Não é a mesma coisa sem você por lá _ por mais que Hinata quisesse ficar feliz ouvindo aquelas palavras, o outro lado dela não permitia que ela se iludisse, por isso o rosto dela continuar sem vida, sem luz.

Tirou as mãos do marido do rosto dela, desviando o olhar para as próprias mãos

_ Eu não posso, Naruto-kun _ o loiro se pôs em pé e o olhar dele estava mais sério que nunca e por sentir isso, Hinata levou o olhar dela para ele

Ele só iria usar o último recurso. Ela poderia o odiar naquele instante, mas se desse certo ele iria provar para ela as verdades das suas palavras

_  Daqui a três semanas é a apresentação das criações da Karin. Uma das mais importantes. Vão estar lá figuras da alta sociedade e revistas de toda a parte do mundo. Mais o mais importante, os acionistas da Kyuubi Company e Byakugan vão estar todos presentes…. Você entende essa última parte, não entende, minha querida esposa? _ isso suou como uma ameaça e Hinata arregalou os olhos com aquilo.

Ela não acreditava que estava sendo ameaçada

_ Você está me ameaçando? _ perguntou, ainda não acreditando. Naruto suspirou, adotando uma feição tristonha 

_ Se isso for fazer você voltar…. eu estou sim _ foi firme, fazendo Hinata se encolher. Segundos longos em silêncio foi seguido e o loiro já estava perdendo a paciência e a ansiedade dele não colaborava _ E então? _ Hinata olhou para ele pelo canto dos olhos, agora ela parecendo irritada

_ E então é que eu vou pensar _ Naruto sorriu e ia se aproximar dela quando a mesma o parou com o olhar _ Vai… embora… agora _ ela estava irritada por ter sido ameaçada. Ele abaixou o ombro, entendendo a situação. Já esperava por isso, mas mesmo assim… doía

_ Não faço por mal Hinata… Eu estou sendo outra vez egoísta, mas eu preciso de uma oportunidade para te mostrar que dessa vez é sério _ o olhar dela o fez suspirar derrotado. Ela não queria conversar. Não podia culpá-la. Ele a ameaçou. O que mais esperava além daquele olhar irritado _ Tudo bem…. Eu vou embora _ deu as costas, mas não deixou de prenunciar, parando antes de abrir a porta  _ Eu vou embora, mas vou esperar por você

_ Claro, na cama da Sakura _ Hinata fez questão de falar alto o suficiente, mas a resposta que recebeu antes de ver o loiro sumir, não foi a que ela esperava e muito menos a que ela entendeu no primeiro momento

_ Não, chatinha… na tua cama… por que eu a muito tempo já escolhi você _ os olhos da Hinata se arregalaram. E ela não sabia o que foi aquilo que sentiu. O que foi aquela falta de ar que a tomou naquele momento? Que a fez viajar mais uma vez para o passado?

Porque Naruto continuava a prendendo no passado mesmo sem perceber

Tudo isso porque ela desistiu dele, quando ela deveria lutar por ele quando tinha prometido. Se ele se lembrasse e a perdoasse também

Se ele se lembrasse o como os dois eram felizes, ele a perdoaria. Ela só queria que ele se lembrasse. Se ele se lembrasse agora, ela também o escolheria, sem medo… sem receio…. Porque com certeza ele voltaria a amar como antes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“_ Vamos Naruto, depois arrumo as malas que ainda tenho muitos dias antes de ir embora _ puxou o namorado com ela seguindo Hanabi em direção ao quarto da mesma, mas o mesmo a fez parar antes de sair pela porta

_ Espera Hinata…. Eu sei que eu estou sendo respetivo, mas… eu não sei…. Você… você promete nunca desistir de mim, Hinata? Não importa o que aconteça, prometa que a gente vai ficar junto para sempre _ isso parecia uma suplica porque Naruto estava de cabeça baixa, mesmo olhando para ela e o olhar dele estava parecendo de alguém com medo de algo.

E de fato estava com medo. Estava com medo de ser esquecido pela namorada. Estava com medo que depois de ir para México ela deixasse de o amar, porque sim, eles já trocavam tantas juras de amor um para o outro. Eles eram tão felizes juntos, que nada conseguia os abalar, mesmo as armações das garotas invejosas e dos garotos que gostavam de arranjar problemas para os outros no colégio

_E-eu… eu prometo… e você, Naruto-kun, promete esperar por mim e nunca se esquecer da gente? _ o loiro assentiu várias vezes

_ Eu também prometo. Sabe Hinata, aconteça o que acontecer, Se você me querer por perto, eu vou sempre te escolher… acredite, sempre escolherei você, branca de neve _ Hinata sorriu, e os dois voltaram a correr indo ter com Hanabi, dessa vez mais felizes, afinal, uma promessa era uma promessa e não deveria e não iria ser quebrada.

 Eles nunca quebravam suas promessas e nada do mundo os faram quebrar tal promessa”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Infelizmente, ainda eram tão adolescentes para entenderam o sabor completo da vida que não era só doce e simples

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Oh, agradeço a ajuda de vocês no capitulo passado e saibam que isso vos rendeu bastante cenas que eu acrescentei nessa história, seguindo o vosso concelho.... talvez não tenha feito exatamente como vocês desejavam, mas, vou acabar por vos surpreender com Naruto


O proximo capitulo vocês vão gritar demais porque vai ter cenas bem forte e que vocês vão acabar dizendo... "MEU DEUS, COMO EU QERIA FAZER ISSO TAMBEM HINATA" sim, é uma cena que envolve a hyuuga

Ah, vai acontecer o encontro que com certeza alguns estão ansiosos que aconteça.... e terá mais coisas para pôr a cabeça de vocês funcionar e criar teorias e odeiar mais certa pessoa e amar mais a outra

kkkkk, eu sei, tou vos fazendo ficar ansiosos, mas eu nao demoro a postar

Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...