1. Spirit Fanfics >
  2. Muito além do olhar... (Finalizado) >
  3. Capítulo 15

História Muito além do olhar... (Finalizado) - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction Muito além do olhar... (Finalizado) - Capítulo 16 - Capítulo 15

José Miguel

Ainda estou em meu escritório, com ordens estritas para não ser incomodado por ninguém, rever Ivana me abalou profundamente, eu não estava preparado para isso, mas quando a vi do lado de Valentina tive a certeza de que não a amava, e que talvez nunca tenha chegado a amar aquela mulherzinha... Algo que também me incomodou, pois me fez perceber que estava começando a sentir algo muito forte por Valentina Montesinos... Estou pensando nisso quando minha mãe entra em meu escritório sem nem ao menos bater.

- Eu disse que não queria ver ninguém...

- Eu não sou ninguém; ajeita seu cachecol - Sou sua mãe José Miguel, a pessoa mais importante de sua vida, agora me diga o porquê desse bode amarrado, tem haver com Valentina Montesinos?

- Eu agradeceria profundamente se me deixasse em paz... Mas como sei que não vai fazer isso, e que uma hora ou outra você vai ficar sabendo, vou dizer; me levanto - Ivana está em São Pedro...

- Aquela idiota que te deixou plantado na igreja como um paspalho?

- Essa mesma; fico sério - Ela é prima da Valentina, filha de uma tal de Isabel...

- Só podia mesmo ser filha daquela mulher; fica tensa - E sobrinha da caprichosa da sua vizinha, fiquei sabendo do dinheiro da vaca, que o Sabino matou, você deu a ela?

- Sim...

- Mas que estupidez! Ela que devia nos pagar, afinal as suas vacas ridículas invadiram nossas terras...

Antes que ela continue com essa conversa, que sinceramente não me interessava, peguei meu chapéu, e sai para cavalgar, eu estava precisando, minha mente estava um caos, e minha mãe não parava de me dizer absurdos. Chegando num riacho, que ficava na divisa de minha fazenda com a dos Montesinos, me encontro com Valentina, ela estava deslumbrante, geralmente gosto de minhas mulheres com vestido, mas... Onde quero chegar com isso? Valentina Montesinos não é minha mulher, e jamais o seria. Assim que me vê ela vem até mim, deixando seu cavalo amarrado numa arvore, eu desci do meu, e fui ao seu encontro, e o amarrei bem firme, perto do dela.

- Que coincidência; digo meio sem jeito - Mas apesar de tudo o que houve entre nós, foi bom te encontrar aqui...

- De onde você conhece minha prima Ivana?

- Do que está falando?

- Vi como os dois ficaram estranhos depois de se ver; franze a testa - E eu não sou idiota, e acabei juntando os pontos, então recapitulando, de onde você conhece minha prima Ivana?

- Seus pontos, ou seja lá o que for estão errados; digo tentando não ser rude, e perder o controle - Nunca vi sua prima na minha vida, até a ver na sala da sua casa.

- E falando nisso, quem te deu o direito de entrar na minha casa, sem minha permissão?

- O mesmo que te deixou entrar na minha casa como uma louca, e vai me deixar fazer isso...

Sem lhe dar chance para pensar, a entrelaço pela cintura, e simplesmente a beijo, no início ela resiste, dando tapas em meu peito, mas depois começa a me beijar de volta, e seus lábios eram tão quentes e... Nesse momento uma imagem de mim beijando a Ivana surge em minha mente, então me afasto dela, interrompendo nosso beijo.

- Me desculpe por isso Valentina; me afasto ainda mais, desamarro meu cavalo e subo nele - Isso não vai se repetir...

E vou embora, a deixando sem entender nada, e de fato não podia explicar o que fiz, se nem mesmo eu sabia o porquê de tê - lá beijado, de uma maneira tão tempestuosa, essa mulher estava me deixando insano, pois mexia comigo de uma maneira que nem outra conseguiu, nem mesmo Ivana, com quem quase me casei um dia, ah, Valentina, o que está fazendo comigo? Durmo pensando em você, e acordo com meus pensamentos em seus lábios, que agora sei que são bem mais macios do que eu imaginava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...