1. Spirit Fanfics >
  2. Muito cedo >
  3. Não é real

História Muito cedo - Capítulo 120


Escrita por:


Capítulo 120 - Não é real


Fanfic / Fanfiction Muito cedo - Capítulo 120 - Não é real

Mikasa- você sabe que seu médico só disse que tudo está bem pra não te preocupar, não é?

Eren- você não é real... você não é real... - Dizia com os olhos fechados.

Mikasa- Eu sou tão real quanto a verdade sobre as condições desses dois.

Eren- você não é real... é coisa da minha cabeça... só na minha cabeça...

Mikasa- Você sabe, não é? Quando chegar a hora desse bebê nascer... um dos dois vai acabar morto.

Eren- só na minha cabeça... só na minha cabeça...

Mikasa- Levi pode morrer no parto... seu filho pode nascer morto... ele já passou o inferno pra ter os gêmeos, e você está o obrigando a passar por aquilo outra vez.

Eren- só na minha cabeça... só na minha cabeça...

Mikasa- Você não vê porque não quer... Levi não vai aguentar lidar com essa segunda gravidez... ele está traumatizado assim como você, quase perdeu o seu filho hoje, pode acontecer de novo amanhã. E a culpa vai ser sua... porque você fica dizendo que quer muito essa criança... sem se importar com o que ele quer.

Eren- Eu me importo... eu me importo..  eu me-

Eren do nada sentiu alguém tocar em seu rosto, abriu os olhos no mais puro terror achando que Mikasa não era uma ilusão. Mas foi surpreendido ao ver que era Levi que tinha acordado e estava acariciando seu rosto. Seus olhos estavam pesados, continuava um pouco pálido, visivelmente fraco... mas ele estava preocupado em acalmar Eren.

Eren-... L-Lev-

Levi- sshh... - murmurou baixinho quase fechando os olhos e quase sem voz - ... calma... eu tô aqui... escuta a... a minha voz...

Eren o olhou abismado, Levi mal tinha acordado e com o que que ele estava preocupado? Com seus SURTOS! NÃO COM ELE MESMO!

Eren-...

Levi-... só ignora... ela não tá aqui... sou eu que.... que tô aqui com você... - Disse, mas poucos segundos depois, adormeceu outra vez por causa das medicações.

De certa forma deu certo, Eren parou de ver Mikasa, mas só porque não conseguia acreditar que mesmo depois de tudo Levi sempre se preocupava com os outros.

Chegou até a se lembrar de quando Eram crianças, Eren e Levi estavam sozinhos em casa pois Kuchel tinha saído. Deu um problema na fiação e a luz foi embora por algum tempo, Eren ficou morrendo de medo mas Levi ficou perto dele o ajudou a se acalmar... dez dias depois ele descobriu que Levi também tinha medo do escuro.

Era sempre assim, desde pequeno Levi era assim. Sempre pensando nos outros ao invés de sí mesmo.

Eren saiu da cama e foi até a janela, ficou olhando as luzes da cidade enquanto lembrava do que "Mikasa" tinha dito a ele. Levi claramente não estava bem com essa gravidez, e agora não conseguia parar de pensar que Levi estava lidando com isso só pra ele não se sentir mal; porque do jeito que Levi era... era bem possível.

Um tempo depois, Eren ouviu batidas na porta. Pensou que era Ricardo.

Eren-... entre...

Quando a porta foi aberta, Eren se surpreendeu ao ver seus filhos lá.

Eren-... o-o que... estão fazendo aqui? - Perguntou assustado e indo até os dois.

Kuchel-... o tio Rick disse que o papai já tava melhorando...

Kyrie- Pedimos pra tia Han nos trazer aqui...

Eren-...

Kuchel- Ela tá na recepção assinando alguma coisa... Tio Rick disse que podíamos vir aqui...

Kyrie-... o papai... tá bem mesmo? - Perguntou com um pouco de medo ao ver Levi desacordado com aquela máscara no rosto.

Eren-... s-sim, ele... ele tá bem...

Kuchel olhou para um dos braços de Levi e fez carinha de surpresa.

Kuchel-... pai... você... viu aquela moça de novo? 

Eren já levou um susto aí, COMO que ela sabia?!

Eren-... Por que?! Vocês viram ela?! Ela fez algo com vocês?!

Kuchel-... n-não... é que... 

Ela não conseguiu dizer, só apontou para Levi. Eren olhou tentando entender o que era, só aí ele percebeu que um dos braços dele estava arranhado, tinha até um fio de sangue nele. Eren já ficou em choque aí, mais ainda quando olhou pra própria mão e viu que tinha leves manchas de sangue em suas unhas. Ele nem percebeu que fez isso. Ficou um tempão calado sem acreditar, será que Levi acordou aqueles poucos segundos porque sentiu ele o machucando? Ou ele nem sentiu porque estava um pouco "dopado"?

Kyrie-... pai...

Eren "acordou" quando ouviu a voz do filho.

Kuchel-... f-foi só um arranhão... papai não vai ficar triste com você...

Até eles... ATÉ ELES se preocupavam com os outros, não ficaram com medo da pessoa que machucou o pai deles!

Eren respirou fundo ainda sem acreditar que fez isso. Ele se ajoelhou no chão, ficando quase da altura dos filhos e os abraçou.

Eren-... me desculpem eu ter gritado com vocês... eu tava assustado...

Kyrie-... tudo bem papai.

Kuchel- A gente não tá triste. - Sorriu retribuindo o abraço.

Eren.

Eren-... eu amo vocês... - disse baixinho, dando um beijo no rosto de cada um.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...