1. Spirit Fanfics >
  2. Muito cedo >
  3. Me desculpa

História Muito cedo - Capítulo 129


Escrita por:


Capítulo 129 - Me desculpa


Fanfic / Fanfiction Muito cedo - Capítulo 129 - Me desculpa

Eren colocou a filha no chão e foi até Levi, se ajoelhou do lado dele e fez o mesmo que Kyrie, segurou sua mão e checou se havia sangramento.

*Tô eu achando que o Kiki vai ser médico*

Eren- Levi, o que você tá sentindo?

Levi- ah... ngh... é-é como se... nghh... e-ele me arranhasse...

Eren-... calma, respira fundo... Aperta a minha mão se quiser.

Levi não teve lá muita escolha a não ser obedecer, Eren não reclamou em momento algum em ter sua mão apertada por ele. Kuchel ficou sentada no sofá logo ao lado de Levi lhe fazendo carinho no cabelo, Kyrie segurava a outra mão dele.

Levi- ngh... o-o que que isso? 

Eren- ... É estresse... como você não teve sangramento, então não precisamos correr pro hospital... você só tem que ficar calmo, vai passar...

Levi- aah... nghh...

Eren viu os olhos dele ficando molhados, e o pior é que ele sabia que Levi estava com medo dele e com razão. Então ele não se atreveu a abraçá-lo... fez melhor.

Eren- ... Vi, só você pode se ajudar agora... você precisa ser forte.

Levi- nghh... a-aah... t-tá doendo muito...

Eren-... Eu sei que você consegue... e quando terminar, não vai haver mais dor... você pode controlar minha medicação.

Levi- nghhhh... h-hã?

Eren- Eu tomo quantos remédios você quiser e nada mais. Eu juro pelo meu medo agora que eu vou parar de tomar 3 comprimidos... Você pode voltar a trabalhar, pode estudar, faz o que você quiser. Eu não vou reclamar. Eu vou te apoiar... mas você tem que ser forte agora... se você for... então eu também vou ser.

Levi nem acreditou que ouviu isso, mas não pôde demonstrar felicidade por causa da dor que sentia, sem nem perceber ele apertava a mão de Eren com bastante força.

Eren- Eu acredito em você... amanhã mesmo você vai estar trabalhando, porque eu sei que você consegue lidar com isso... 

Levi tentou respirar com mais calma, seus filhos também ajudaram. Ambos ficaram ao lado de Eren o ajudando.

Kyrie- Respira igual um cachorrinho, papai. Assim "ah... ah... uff"

*Eu vou morder! Eu juro por Deus que eu vou!*

Levi-... nghh...

Kuchel- Faz, papai... "ah... ah... uff"

Eren sentiu Levi apertar sua mão um pouco mais, mas fez o que os filhos disseram.

Levi-... nghh... ggh... a-ah... ah... uff...

Kuchel- Isso! De novo!

Levi-... ah... a-ah... uff

Eren sentiu TANTO orgulho dos filhos que tinha, que crianças de 6 anos fariam isso?! Só elas mesmo. Ficaram quase 10 minutos só fazendo isso, e aparentemente deu certo, pois aos poucos Levi foi parecendo melhorar.

Eren-... Vi... ainda dói?

Levi-... ah... ah... uff... n-não tanto...

Kuchel e Kyrie se olharam com um enorme sorriso no rosto.

Eren-... você tem certeza?

Levi-... t-tenho... uff... não dói mais...

Os dois filhos dele ficaram com os olhos cheios de lágrimas e ficaram tentando secá-las. Levi fez carinho no rosto dos dois para acalmá-los, pouco depois eles foram abracá-lo.

Kyrie- Papai... você disse que não ia mais assustar a gente... snif...

Levi-... desculpa, meu anjo... não chora... - Disse beijando o rosto dele.

Eren ficou vendo a preocupação dos dois, viu também o braço de Kuchel um tanto avermelhado e o de Levi um pouco roxo. Ele desviou o olhar para o chão se sentindo a pior pessoa do mundo. Ele jurou cuidar e proteger todos eles, mas foi ele que fez mal a eles.

Levi viu a expressão dele e também se sentiu mal, porque ele sabia que Eren não fez por maldade, mas na hora ele não notou, o medo pelos filhos foi maior. Levi falou algo no ouvido da filha sem Eren escutar.

Levi- Meu anjo... você tá com raiva do papai?

Kuchel fez "não" com a cabeça.

Levi-... por que não mostra isso pra ele? - Disse sorrindo.

Kuchel olhou para Eren e viu a cara culpada, triste e arrependida dele. Ela então se levantou do chão e foi até ele. Como Eren estava ajoelhado no chão, ele ficou com o rosto encostado na barriguinha dela quando recebeu um abraço que não estava esperando.

Eren-...!

Kuchel-... Obrigado, papai... eu não tô com raiva de você...

Eren nem sentiu quando seus olhos se encheram de lágrimas. Ele abraçou o corpo da filha apertando a saia dela e chorava ao receber carinho em seu cabelo.

Eren-... sniff... m-me desculpa minha filha... snif... me perdoa... eu nunca mais vou machucar você, eu nunca mais farei isso...

Kuchel- tudo bem, papai... não foi sua culpa.

Levi sorriu vendo ela cuidando do pai. Geralmente é o contrário, são os pais que fazem isso, mas dessa vez, foram os pais que foram salvos pelos filhos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...