1. Spirit Fanfics >
  2. Muito cedo >
  3. Por que não disse?

História Muito cedo - Capítulo 245


Escrita por:


Capítulo 245 - Por que não disse?


Fanfic / Fanfiction Muito cedo - Capítulo 245 - Por que não disse?

Devia ser umas 02:45 da madrugada. Todos no avião já estavam dormindo. Mas Eren acabou acordando quando sentiu Levi "se mexendo" em seu ombro; quando olhou pra ele, percebeu que estava dormindo ainda, mas sua respiração era um pouco pesada, seu rosto estava levemente vermelho e seu cabelo um pouco molhado de suor.

Eren- Vi... Levi, acorda. - Chamou um pouco baixo para ele não se assustar. O avião tinha uma espécie de berço que as aeromoças distribuíam para quem tinha crianças abaixo de 1 ano, então os dois estavam encolhidinhos em um desses.

*A foto do capítulo é um desses bercinhos, não sei direito o nome*

Eren- Vi, acorda... Levi, tem que acordar.

Levi-... hmm...

Eren-... Ei... você tá com febre? - Perguntou tocando em sua testa - Você tá queimando. Por que não me avisou?

Levi-... o-onde eu tô?

Eren- No avião, Levi. Estamos indo pra Nova York... o que que aconteceu? Você disse que estava bem.

Levi-... e-eu tô bem.

Eren- É, tô vendo. Vem comigo.

Os dois se levantaram, Levi ainda meio sonolento e Eren foi até o fundo do avião segurando a mão dele. Entraram no banheiro juntos e fecharam a porta, só assim pra acender a luz sem ser xingado até pelo piloto. Apesar que no teto haviam pequenas luzes azuis fraquinhas, não incomodava ninguém e até dava pra enxergar, mas não o suficiente.

Eren- Deixa eu ver seu rosto.

Levi ficou quieto enquanto era atendido no banheiro.

Eren-... Levi, como você ficou mal assim do nada? Aconteceu alguma coisa? - Perguntou já se ajoelhando no chão e encostando o rosto em seu peito para ouvir seu coração.

Antes que ele pudesse comentar que estava levemente acelerado, Levi o abraçou gentilmente.

Eren-...? Lev-

Levi- Eu tive um ataque nesse banheiro quando vim com o Kenji...

Eren ficou mudo, o susto foi tão grande que ele nem sabia o que dizer. Ficaram um BOM tempo parados, Levi o abraçando e imaginando os berros que Eren queria dar e Eren tentando lembrar como era que fazia pra falar de novo.

Eren-.... p... p-por que... não me contou?

Levi-... queria contato quando os meninos estivessem dormindo... mas eu dormi primeiro que eles...

Eren respirou fundo várias vezes, bom... se Levi tava ali era porque foi rápido, não doeu tanto ou ele soube se acalmar sozinho.

Eren fechou os olhos e segurou o braço de Levi que estava ao redor de seu rosto Respirou fundo e perguntou:

Eren-... doeu muito?

Levi-... um pouco...

Eren-... ainda dói?

Levi-... não...

Eren-... certo... tudo bem...

Eren afastou os braços dele e ficou de pé novamente, abriu a porta do banheiro e viu um comissário de bordo ali perto.

Eren- Com licença. Desculpe incomodar, mas pode me trazer um pouco de água por favor?

Comissário- Agora mesmo, senhor.

Os dois ficaram esperando ele voltar, depois que a água chegou, Eren tirou um frasco de remédios do BOLSO e deu um a Levi. Os remédios estavam todos na mochila lá perto das crianças, mas nem era surpresa Eren carregar um frasco com ele por precaução.

Comissário- Seu amigo está bem? Eu posso ver se temos algum médico aqui no avião.

Eren- Eu sou médico, obrigado por se preocupar, mas eu mesmo posso cuidar do meu marido. Obrigado.

Levi deu um leve sorriso vendo a surpresa do comissário, mas não pareceu sentir incomodo com isso.

Eren- Aqui, Vi. Bebe um pouco.

Levi-... obrigado.

O comissário se despediu deles e disse para chamá-lo se precisassem. Eren foi até a micro janelinha que tinha na parede  e a abriu um pouco pro ar circular melhor ali dentro, fechou 5 segundos depois pq ele e Levi quase congelaram. Esqueceu que estavam no CÉU!

Eren- Desculpe. - Disse tirando seu sobretudo e colocando no marido - Eu não sabia que ia ficar tão gelado aqui.

Levi-... você vai ficar com frio.

Eren- Não tem problema, é você que precisa.

Levi se levantou e abraçou o marido para aquecer ele também, ficaram uns minutos quietos sem se mexer, só sentindo o calor do corpo um do outro.

Levi- Ainda está com frio?

Eren-... não. Me sinto otimo.

Levi deu um sorriso e ficou na ponta dos pés ( Tadin kkkk ) pra poder beijá-lo de surpresa. Conseguiu, Eren levou um susto de início. Mas depois de ver o sorriso do marido tipo... "Surpresa", ele mesmo ficou com o rosto todo vermelho. Mas não por causa do beijo em sí.

Levi- Por que seu rosto tá assim? Você está bem?

Eren-................... u-uhum!

Levi demorou uns segundos até cair a ficha de qual era o problema. Olhou para baixo e viu um pequeno ( que de pequeno não tinha nada ) volume na calça de Eren.

Levi-........... uau.

Eren- Desculpe. Não foi por querer. Mas você não tá se sentindo bem, não precisa-

Levi- Alguma vez eu já te deixei na mão?

Eren- Não, mas dessa vez vai. Você não pode-

Levi segurou a camisa dele dele e o puxou para beijá-lo sem ficar na ponta dos pés. Eu não sei dizer quem é mais "tarado", o Eren, que ficou duro só com um beijo, o Levi, que mesmo mal ainda quer "ajudar", ou a Erenconda que tem o Dom de nunca nos deixar na mão!

Eren-... mmh... V-Vi... você não pod-

Do nada Eren desaprendeu como falar, só pq viu Levi tirando o sobretudo das costas. SÓ!

Levi-... Você só precisa vir.

Eren-...

Levi já ia dizer mais alguma coisa, mas Eren foi pra cima dele já o beijando e o encurralou na parede, abraçou e tocou todo o seu corpo, Levi tinha tomado um leve susto mas lembrou que Eren era assim mesmo, então só correspondeu ao beijo.

*Lemon nas Alturas! Eba!*

Levi mais uma vez tomou "atitude" e empurrou Eren até ele ficar de costas na porta, mas foi junto com ele ainda o beijando, a mão de Eren parou de tocar seu corpo por um momento só para ele poder trancar a porta. Pouco depois já ergueu o Marido do chão e o colocou sob o mármore da pia, ainda o beijando.

*Daqui a pouco aquele áudio da caixa preta do avião vai ser essas gemidas*

Eren- Aahh... Vi, você tem certeza que quer fazer isso?

Levi- Se eu não tivesse eu não teria me casado com você. - Sorriu - Você é a perversão em pessoa.

Eren- E você adora. - Sorriu e voltou a beijá-lo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...