História Muito de mim - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ansiedade
Visualizações 4
Palavras 385
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi 😛

Capítulo 1 - Queria ser forte.


Sabe aqueles dias que parece que tudo a sua volta conspira contra você? O despertador não toca pela manhã, você sai atrasado de casa sem comer alguma coisa pela manhã, o tempo fecha e você nem com um casaquinho leve tá? 

O fato de acordar com o famoso "pé esquerdo" já parece que virou rotina, e mesmo assim você esconde aquela vontade de jogar café quente no primeiro ser humano que chega em você perguntando o por quê de você simplesmente querer um tempo sozinho (de preferência em uma bolha isolada acusticamente), ou de não ter ido cumprimentar todas as pessoas com quem você convive (até porque você sabe que a maioria das pessoas ali super fizeram isso).

Ah.

Na verdade...Hoje eu queria dar um tempo pra mim. Um tempo de verdade. Poder sentar na varanda e encarar o céu de noite, respirar o cheiro de terra molhada e sentir o frio na pele...mas, na verdade, hoje eu não vou conseguir fazer nada disso. Porque, mesmo estando cansada do dia inteiro estudando para o vestibular no final do ano, eu não consigo acalmar minha cabeça. Eu não consigo dizer que está tudo bem enquanto eu choro por estar errando uma questão, criando paranóias de não estar estudando o suficiente, pela articulação dolorida ou simplesmente porque alguém da minha família me respondeu alto por algum motivo que eu ainda não sei.

E, quanto mais você pensa e tenta esquecer, mais alguma coisa vem atormentar, seja porque alguém que você nem mesmo conhece te olhou torto ou algum amigo te mandou mensagem, querendo ajuda com alguma coisa pessoal, mas você não consegue ajudar agora. Eu fiz algo de errado ou sou alguém ruim por não responder uma mensagem na hora? Desculpe por não conseguir te ajudar. Eu não sei nem o que está acontecendo comigo. Não queria pensar nisso agora. 

Na verdade, eu queria mesmo era viver em um comercial de margarina: sorrindo, comendo coisas saudaveis e em um lugar lindo, mas tudo o que eu tenho é um avião de papel voando no meio de um temporal. Mas tudo bem, eu acho. Eu não quero parece forte o tempo todo. Ninguém é forte o tempo todo. Só precisa parar um pouco pra respirar.

Eu queria me dar um tempo, mas e você? Como você está hoje?

 


Notas Finais


Você não é obrigado a se sentir bem o tempo todo.
Você não é obrigado a deixar o sorriso no rosto o tempo todo.
Dê tempo ao tempo.
Dê tempo pra você.
Você é maravilhoso(a).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...