História Muito depois do The Last - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Mitsuki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shinki, Shino Aburame, Temari
Tags Borusara, Boruto, Comédia Dramática, Comedia Romantica, Drama, Gravidez, Himawari, Inohima, Inojin, Konohana, Mitsumi, Naruhina, Nejiten, Personagens Originais, Sarada, Sasusaku, Shikatema, Songfic, Sumire-, Traição
Visualizações 959
Palavras 746
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Por favor leiam as notas finais.

Capítulo 11 - Calmantes e descobertas - Parte 2 (Última parte)


Fanfic / Fanfiction Muito depois do The Last - Capítulo 11 - Calmantes e descobertas - Parte 2 (Última parte)

– Não pode tirar de mim! – Sasuke se aproximou do Hokage – São as melhores coisas que já aconteceram comigo! 

– Ei! – Sakura cruzou os braços e franziu o cenho.

– Depois da Sakura e da Sarada. 

– E eu? – Daisuke colocou a mão na cintura. 

– Ele também! Mas os calmantes me deixam... Calmo – Sasuke olhou para o céu. 

Todos se perguntavam o que o Uchiha estava olhando e decidiram olhar também.

– Enfim... – Naruto suspirou – Sem calmantes. 

– Boruto-kun, sem calmantes meu pai vai voltar a te odiar – Sarada sussurrou para o namorado. 

– Pai! – Boruto chamou o Hokage – Os calmantes fazem bem pro mestre Sasuke, talvez pudéssemos só diminuir a dose – O loiro mais novo sugeriu, sorrindo de lado. 

Todos lançaram seus olhares para Boruto. 

– POR ISSO QUE AMO ESSE MENINO! – Sasuke abraçou Boruto. 

– Um por dia – Naruto falou. 

– Dez – Sasuke encarou o Hokage. 

– Cinco ou nada feito! 

– Olha, já que estamos aqui, vamos logo no hospital onde o Sasuke ganhou os calmantes – Sakura sugeriu – Então perguntamos se o Sasuke pode tomar mais de um por dia. 

//–//

– Fica a vontade, Hima – Inojin falou, apoiando seu queixo no ombro dela – Eu não vou olhar seus seios, se você não quiser. 

– Não é isso... É que eles... Flutuam – Soltou os seios que segurava. 

Inojin ficou boquiaberto e sentiu pouco sangue saindo de seu nariz. 

– Tu-Tudo bem... Isso é normal, porque eles são grandes, com todo o respeito. 

Ela sorriu tímida. 

– Bom... Você pode segurar se você quiser. 

– Melhor não, Himawari. 

– Você não quer? – Seu sorriso sumiu. 

– Não é isso... É só que...

Himawari se recostou nas costas de Inojin, apoiando sua cabeça no ombro dele enquanto o olhava fazendo biquinho. 

Ele suspirou e segurou os seios dela.

Ela sorriu, gostava daquela sensação. 

//–//

No hospital. 

Uma médica chegou na sala de espera e gritou. 

– UCHIHA SASUKE!

Sasuke, Sakura e Naruto levantaram.

Sarada pegou a mão de Boruto e os dois se afastaram discretamente. 

O Hokage e os dois Uchihas entraram kem um quarto de hospital. 

– Farei um exame de sangue – Disse a médica. 

A médica se aproximou com uma seringa. 

– O senhor sentirá uma picadinha – Disse a médica. 

//–//

Himawari começou a sentir algo encostando em uma de suas nádegas, ela se mexeu pouco. 

– Não se mexa... – Inojin deu um gemido, com a voz falha. 

– Inojin... Tem algo duro encostando em mim... – Ela disse, descendo sua mão até o que sentia. 

Pegou o membro de Inojin por baixo d'água. 

Os dois arregalaram os olhos. 

– Po-Por que ele está assim? – Ela pergunta. 

– Vo-Você sabe – Começou a suar. 

– E-Eu acho que sei.

– Acho melhor eu ir embora. 

– Não! – Ela abraçou ele – Fica aqui – Fez biquinho. 

Ele assentiu tremendo. 

Himawari tornou a pegar o membro de Inojin. 

Ele colocou a cabeça para trás e fechou os olhos. 

A Uzumaki não sabia exatamente o que fazer, mas queria resolver aquilo.

Ela começou a masturba-lo, fazia movimentos com seu polegar na ponta do pênis do Yamanaka e depois segurava seu membro e fazia movimentos rápidos de vai e vem. 

– Himawari – Inojin proferiu o nome dela, gemendo falho. 

O loiro passou a mão esquerda no corpo dela e desceu até a intimidade. Ele deu um certo aperto no clitóris dele. 

– Hum! – Gemeu mordendo o lábio, era a primeira vez que sentia aquilo.

Inojin colocou o dedo médio no clitóris dela e começou a movimentar lentamente. 

Ainda masturbando o garoto, Himawari mexia suas pernas, gemendo. 

– Isso é gostoso! Inojin – Ela falou. 

– Eu sei, eu sei – Ele sorriu. 

Inojin gozou na mão dela e continuou masturbando a Uzumaki. 

Aos poucos Himawari foi se entregando a sensação e chegando ao seu primeiro orgasmo. 

[...] 

No hospital. 

Sasuke se encontrava sentado na cama, com Naruto e Sakura do seu lado. 

A médica entrou na sala segurando um papel. 

– Senhor Uchiha – Ela disse – Quantos calmantes tem tomado por dia? 

– Dez... Mas hoje tomei vinte – Respondeu envergonhado.

– Senhor Uchiha, o senhor poderia ter tido uma overdose. 

Sakura bateu na cabeça do marido. 

– Se quiser continuar tomando, só poderá tomar dois por dia – A médica falou séria. 

Sasuke respirou fundo. 

– Hai – Concordou – Até parece que alguém vai controlar o que eu tomo – Pensou.

Após isso, a família Uzumaki, Uchiha e Yamanaka voltava para casa. 

– Eu sinto que estamos esquecendo alguma coisa – Naruto disse pensativo.

– Eu também – Ino falou – Acho que deixamos nossos bebês sozinhos em casa. 

Naruto arregalou os olhos e saiu correndo. 

Quando chegou em casa, entrou quase arrombando a porta. 

Himawari e Inojin estavam na sala, assistindo televisão e agindo como se nada tivesse acontecido. 

– Oi, pai – A garota sorriu. 


Notas Finais


Olá pessoal! Deixe-me explicar; Essa fanfic é narrada pela autora sempre, eu gostaria de saber se vocês gostam assim ou se vocês gostariam que fosse "Pov. Inojin" (por exemplo), se vocês gostariam que os personagens narrassem de vez em quando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...