História Muito Mais Do Que Uma Garota - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Sobrenatural, Suspanse, Terror
Visualizações 8
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Fantasia, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem. 🖤

Capítulo 5 - Quarta, 14 setembro


Esta manhã algo muito estranho aconteceu eu acordei deitada no chão com a estrela do Diabo gravada na mão, é dificil de acreditar que algo assim possa ter acontecido mas comigo é muito raro não acontecerem coisas destas, e como se não bastasse ser filha de Lúcifer ainda vejo espíritos e demónios.

Eu achei muito estranho ter acordado assim, mas nem liguei muito, 'agarrei' em mim, vesti-me e pus-me a caminho da escola. A caminho da escola ia morrendo, comecei a ver demónios, depois ficou tudo preto, parecia que estava a morrer, fiquei sem ar e não sentia o corpo, quando voltei a mim, ia sendo atropelada mas estou bem, no momento assustei-me mesmo muito mas depois passou. 

Quando cheguei à escola estava atrasada e estava tão cansada que adormeci  nas aulas e nem dei por isso, quando a professora vem na minha direção , a minha colega do lado, a Sandrina, acorda-me e safou-me de boa. Mas não sei bem se preferia ser apanhada a dormir ou ser acordada. Eu quando acordei agarrei no telemóvel e para espanto meu tinha lá uma mensagem da minha melhor amiga

[Mensagens Melhor Amiga]

Ela: Temos que falar!!

Eu: Fala!!

Ela: Eu e tu?! A nossa amizade! Bem isto acabou!! Agradeço o que tens feito por mim mas já não dá mais!!! Estas discussões e esta distância isto não dá! Eu troquei-te e acabei por perceber isso agora!!

Eu: Ok, espero que a outra vaca faça o que fiz por ti. 😘

[bloqueada]

Eu depois de a bloquear comecei a chorar, a Sandrina reparou e pediu à professora se podia ir comigo  até à casa de banho, e lá fomos  as duas. Quando já lá estavamos ela perguntou-me o que se passava e eu expliquei-lhe tudo!!! Não deixei nada por falar, eu acho que não falava com alguém assim à muito tempo e estava mesmo a precisar. Ela abraçou-me e eu chorei tudo o que tinha para chorar e foi aí que entendi que agora tinha a Sandrina e não podia estar mais feliz por a ter, se ela fosse uma falsa qualquer ela tinha me deixado a dormir e a chorar na sala mas não ela foi minha amiga e acordou-me e ainda me veiu limpar as lágrimas.

Depois da escola ela perguntou se eu queria companhia pois ela sabia que a minha mãe não está em casa, eu disse-lhe que primeiro ia ao cemitério e só depois ia para casa. Ela disse que não fazia mal e foi comigo. Foi aí que entendi que até em relação ao meu dom ela é igual a mim!! Ela também o tem!!! Ela olhava para todos os sítios onde eu via espíritos, eu olhava para ela e ela estava a olhar para eles, a ouvir o que tinham a dizer. Mas não disse nada, não ganhei coragem para falar sobre isso. Então fui até a campa da minha bisavó e fomos para casa. A caminho de casa vinha perdida nos meus pensamentos. Até que chegamos a casa e a Sandrina recebe uma chamada

[Chamada]

Sandy: Estou?

??: Onde estás? Preciso que venhas para casa!

Sandy: Ok, vou a caminho, até já.

??: Até já, não te demores.

[Chamada Terminada]

A Sandrina olha para mim

SandyEra a minha mãe, vou ter que ir, desculpa.

Eu: Não faz mal, vai lá. Quando chegar a casa manda mensagem.

Sandy: Mando, boa noite e até amanhã.

Eu: Até amanhã!

Entrei dentro de casa, larguei a mochila e fiz tal e qual a mesma coisa que ontem! Agarrei em comida e deitei-me no sofá a ver TW. 

Mas eu andava a viajar nos meus pensamentos... A Sandrina é diferente, é como eu, tem uma maneira de se vestir totalmente diferente do resto da escola, ela é como eu e isso agrada-me, sinto que finalmente não estou sozinha neste mundo, que tenho alguém que me compreende e que sabe aquilo por que passo. Finalmente encontrei alguém muito semelhante a mim, em estilo, em dom, em tudo e sim isso agrada-me e mete-me medo ao mesmo tempo pois eu conheço-me e a este dom, já a muito tempo, e sei o que este dom é capaz de nos fazer e o que é capaz de fazer às pessoas que nos rodeiam e isso mete-me medo, eu já me magoei várias vezes por causa dele, eu antes cortava-me toda, braços, pernas, o corpo todo, até o meu melhor amigo me fez prometer que não o voltaria a fazer, eu desde essa promessa que já me cortei 3 vezes, ele sabe e ficou super chateado comigo mas perdoou-me e eu olho para a Sandrina e vejo que ela sofre tal e qual como eu sofria e ainda sofro. Sempre que me olho ao espelho vejo ódio e tristeza vejo uma adolescente perdida e com medo, uma adolescente que se sente sozinha e que acha que o mundo não quer saber dela, que acha que não faria falta a ninguém, por isso é que me cortava, por isso é que choro todas as noites quando me deito e eu quero falar disso com alguém mas mais uma vez só o consigo fazer comigo mesma. E esta noite não vai ser diferente das outras, esta vai ser mais uma noite em que eu vou chorar sozinha vou fazer um esforço para não me cortar e vou adormecer e sonhar no que estou a passar e no que estou a sofrer. 

[E assim adormeci]


Notas Finais


Gostaram?
Comentem!!
🖤☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...