1. Spirit Fanfics >
  2. Muito mais que inimigos >
  3. Dores

História Muito mais que inimigos - Capítulo 3


Escrita por: Mila_Luna

Notas do Autor


⚠️Aviso pode conter gatilho, se não gostar ou se sentir desconfortável em alguma cena pode pular ela ⚠️

Capítulo 3 - Dores


Bella - você realmente não vai comer nada? Bella conversava com Narcissa que apenas balançava seu garfo fazendo as amoras e cerejas irem pra lá e pra cá em seu prato

Cissa - não estou com fome sua voz carregava sono

Andy - Cissa, você não come direito já faz 3 dias, por favor só um pouco das frutas.. se prescisasse Andy se ajoelharia para fazer a irmã comer um pouco

Cissa - Andy por favor não me peça mais...eu não estou com fome, não tive uma noite muita boa as irmãs parecem esquecer e deixar de lado o problema da irmã

Narcissa ficou mais um tempo mexendo em seu prato até decidir o empurrar para longe, se mantendo afastada de qualquer alimento.

Arthur - ele tampou os olhos de Cissa advinha quem é?

Cissa - hm..? O melhor amigo mais chato de todos? Cissa riu e tirou aos mãos do amigo de seu rosto sorrindo

Arthur - não vai comer?

Bella - nem perca seu tempo Arthy, a garotinha ai é teimosa e não vai comer nem que a obriguem Arthur segurou a mão de Cissa e lê lançou um olhar preocupado, que foi respondido por outro olhar, nas dessa vez um pedido ajuda.

Arthur - já entendi, que tal eu ir com você até a cozinha? Pegamos algo lá e você come se quiser ele ainda segurava a mão da amiga e não soltaria tão cedo

Cissa - cla.claro ela gaguejava um pouco com receio mas mesmo assim se levantou sendo seguida de Arthur

Eles saíram do salão principal recebendo olhares dos outros alunos até chegarem no corredor, e lá encontraram quem Narcissa menos queria, Lúcio malfoy. Ele estava aos beijos com a irmã mais nova de Arthur, Angelina Goyle.

Arthur - mas oq!? Angelina! Os olhos de Arthur carregam raiva

Angelina - Ma.maninha? Ela se afastou de Lúcio em questão de segundos

Cissa - eu não acredito kkkkkk, Merlin kkkkkk o malfoy e a kkkkk todos os olhos se voltaram a Narcissa que chorava de rir, fazendo Arthur rir tbm, Angelina revirar os olhos e Lúcio encarar sem entender

Arthur - Eu vivi para ver a minha irmazinha beijando...pera beijando!? Angelina! A raiva voltou a percorrer o corpo de Arthur

Angelina - idai? Só pq você nunca beijou eu não posso? Havia um pouco de deboche e arrogância na voz de Angelina. Uma coisa que você precisa saber sobre ela, bom, Angelina odeia seu irmão Arthur, por ele ser mais velho, por ele ser o herdeiro, por ele ser amigo das princesas Black's.

Arthur - Como se eu prescisasse beijar para ser alguém na vida neh!? Seus olhos estavam cheios de lágrimas, algumas delas teimosas e forçavam sair de seus olhos.

Cissa - Arthy, não liga, vem vamos para a cozinha.. ela levou seus braços a cintura do amigo o abraçando de lado, e o mesmo retribuiu

Lúcio não sabia o por que, mas ver Narcissa abraçada com Arthur o fazia ficar bravo, e um tanto agressivo, ele não gostava nem um pouco daquela visão e seu lado bbk, não pensou duas as vezes antes de agir.

Lúcio - isso vão para a cozinha, lá é um ótimo lugar para vocês fazerem. Havia nojo em seu tom de voz, e sua cara demonstrava desgosto

Cissa - Co.como..? Os olhos de Narcissa encontraram os de Lúcio, ela demonstrava fraqueza e tristeza, ela demonstrava nojo e talvez um pouco de dó e arrependimento.

Arthur - Olha aqui Malfoy! Uma coisa é falar de mim, outra é falar da Narcissa sem ao menos a conhecer entendeu!? Ela não precisa de um bbk na vida dela a lembrando que ela não tem escolha e tem que ser.. a boca dele foi rapidamente tampada pelas mãos trêmulas de Cissa, que já deixava transparecer suas lágrimas que caiam uma após a outra

Lúcio - ser? Uma sombrancelha de Lúcio se levantou, mas no momento em que viu o estado que Cissa se encontrava ele rapidamente se arrependeu amargamente do que disserá.

Cissa - Arthy, po.por favor vamos embora daqui.. sua voz estava baixa e quase não se ouvia devido os soluços

Arthur - vem, vamos ele abraçou ela mais forte ainda e saiu de lá, deixando Lúcio com um olhar de arrependimento, Angelina nem ligava e apenas saiu sem mais nem menos.

Na cozinha

Cissa - a.arthy.. e.ele.. ela não conseguia falar, seu choro havia chegado com forma

Arthur - eu sei, eu sei, não se preocupe não vou mais deixar aquele idiota falar nada para você ele fazia carinho nos cabelos loiros e lisos de Cissa que se encontrava abraçada nele

Cissa - e.ele nem sabe tudo o que eu passo e falou aquilo? Ela se encolheu nós braços de Arthur

Arthur - não liga Cissa, ele é um bbk aproximou os lábios ao topo da cabeça de Cissa e lhe deu um pequeno beijo

Cissa - tem razão. limpando as lágrimas que teimavam em continuar caindo. eu não devo me importar com isso

Arthur - não deve mesmo sorri para ela a abraçando mais forte

Cissa - Arthy..? Levantou o rosto para olhar o amigo

Arthur - o que foi pequena?

Cissa - você me acha uma...você sabe, [email protected]? Seus olhos carregavam lágrimas que queria sair

Arthur - não, eu não acho, e você também não deve se achar. Você não tem escolha, sabe disso se aproximou e deu um beijo no topo da cabeça dela fazendo carinho em seus cabelos

Cissa - o.obg ela falou entre soluços que não paravam

Os dois ficaram ali na cozinha por alguns minutos que para eles pareceram horas, conversaram, riam, brincaram, se divertiram. Quando chegaram a comunal, Crouch os olhava com raiva, Lúcio parecia querer falar algo mas não sabia o quê. Bella e Andy estavam brigando como sempre e nem deram bola para Cissa e Arthy.

Arthur - consegue ir para o dormitório sozinha? Ele sussurou no ouvido de Narcissa

Cissa - uhum, não se preocupe. Sorriu para o amigo e se direcionou para seu quarto

Lúcio queria pedir desculpas, mas não conseguiria fazer isso se Narcissa ficasse em seu quarto. De qualquer modo ele esperou, esperou, esperou, até que a última pessoa na comunal tivesse ido se deitar. Até que a última luz dos quartos se apagasse. Foi ai que Cissa saiu de seu "Castelo", e se sentou em frente ao lago.

Lúcio - Cissa, eu.. não conseguiu terminar

Cissa - esquece, eu não ligo, continue achando o que quiser eu realmente não em importo. A voz dela estava cansada e amargurada, e seus olhos nem por um segundo se desviaram do lago para ver o rosto de Lúcio.

Lúcio - não, é que eu...eu quero pedir desculpas, nem a conheço, não tenho direito de achar ou desachar algo de você. Me desculpe... Foi nesse momento que Lúcio olhou nos olhos de Cissa que por algum motivo havia desviado o olhar das criaturas marinhas e se virou para ele

Cissa - e.eu, te desculpo. Você realmente foi um bbk, mas tudo bem, todos são assim... Seus olhos voltaram ao lago e ela aos poucos se encolheu em suas pernas deixando algumas lágrimas cair

Lúcio - eu não quero ser como todos...quero ser diferente. Suas mãos foram até as costas de Cissa subindo e descendo, lhe trazendo carinho

Cissa - di.diferente? Encarou ela com os olhos marejados de água

Lúcio - sim, alguém para... Ele engoliu um seco, mas prescisava falar ou ficaria sufocado com aquele pensamento que poderia tê-la ajudado.

Cissa - para?

Lúcio - para você... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, próximo capítulo em breve!! Se puderem comentar e votar ajuda muito a saber que estão gostando. Até mais, bjss
❤️💛💙💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...