1. Spirit Fanfics >
  2. Mulher do Rokudaime >
  3. Dia Livre

História Mulher do Rokudaime - Capítulo 3


Escrita por: BhyaStark

Capítulo 3 - Dia Livre


Fanfic / Fanfiction Mulher do Rokudaime - Capítulo 3 - Dia Livre

    Já deviam ter se passado horas desde o momento em que saíram, minha fome já até conversava comigo enquanto me encontrava sozinha naquela sala de interrogatório. 

       Tinha minhas dúvidas se realmente confiaram em mim ou se iam me manter presa por mais tempo. Tentei respirar fundo, relaxar. Mas meu estômago ansiava por algo pra comer. E como se já não bastasse, senti um grande cansaço, acredito que pela adrenalina que tive desde minha chegada estar se esvaindo, comecei a sentir meus olhos cada vez mais pesados.

       Havia pego num sono, mas antes de apagar por completo senti alguém me pegar no colo e começar a caminhar em alguma direção. Queria abrir meus olhos, mas meu corpo não me obedecia, um topor invadiu meu ser. Ficou realmente tudo escuro e entrei em um sono profundo.

        Quando acordei estava em uma cama bem confortável. Olhei a minha volta, era um quarto bem simples. Tinha alguém dormindo em um colchão no chão próximo a mim. Era uma mulher. Ela tinha o cabelo rosa, curto. Dormia profundamente. Eu estava em sua casa?

         Alguém abria a porta do quarto com cuidado, tentando não acordar nós duas. Era uma outra mulher com cabelos pretos e compridos, seus olhos eram lindos. Parecia ser tímida e bem fofa. Viu que eu já havia acordado e olhamos para a de cabelos rosas que estava despertando neste instante. 

- Espero não ter acordado vocês. 

- Sem problemas Hinata.

S/n: Obrigada pelo descanso. Nem sei como vim parar aqui mesmo... - cocei minha bochecha timidamente.

       Sorri tentando fazer logo de cara amizade com elas. Não podia em nenhum momento lhes fazer desconfiar de mim ou algo que me levasse para a prisão. Precisava o quanto antes conhecer as pessoas ao meu redor e sua cultura, se realmente quisesse me sentir confortável neste lugar. 

- Espero que tenha dormido bem. Me chamo Hinata Hyuga e esta é a Sakura Haruno. Estamos na casa do clã Hyuga. - falou olhando em meus olhos fixamente.

Sakura: O Kakashi-sensei fez questão de trazer você pessoalmente para cá. Era o local mais próximo de onde você se localizava. Como eu me encontrava junto com a Hinata na hora, acabei ficando junto para dormir também.

S/n: Entendo. Muito obrigada e preciso agradecer ao Kakashi também por todo o apoio. 

         No fundo só queria vê-lo mais vezes. Ele tem um olhar de quem carrega um segredo, talvez, um olhar que atrai e que te deixa sem palavras.  Bem... Me fez me sentir a vontade mesmo estando em outra realidade, acredito que tenha por ele uma gratidão.

Hinata: Acredito que deve estar sendo difícil pra você ter que assimilar toda essa confusão. Podemos tomar um café da manhã e ir comprar algumas roupas pra você, quem sabe assim se sinta mais a vontade. 

Sakura: É uma boa ideia. Afinal não poderá usar sua roupa de dormir durante o dia. E acabará vendo o Kakashi-sensei depois de passear pela vila, afinal ele vai decidir onde você irá ficar a partir de hoje. 

S/n: Combinado. Principalmente a parte da comida, eu super concordo. Estou faminta!

         Mal falei e minha barriga confirmou em alto e bom som o que eu havia dito. Rimos juntas. Me levantei e fui ao banheiro que Hinata me direcionou até a porta. Me lavei. Ela havia me entregue uma toalha, escova de dente e roupas limpas. Sakura foi logo a seguir. 

         Na mesa da cozinha, sentados, a irmã e o pai de Hinata foram apresentados brevemente. Ele parecia rígido, mas não de uma forma ruim. Agradeci a eles pela hospitalidade mesmo que no fundo de seus olhos podia sentir que não confiavam em mim totalmente.

         Sakura e Hinata foram como prometido me levar primeiro as lojas de roupas, escolhemos alguns conjuntos que ficavam bonitos em mim, apesar de não ter seios avantajados, meu corpo não era feio, e, meu bumbum é meu maior "destaque" por ser redondo e empinado. O que fez ser bem valorizado nos trajes. 

Sakura: Uau! Você está muito linda S/n-san! Não é Hinata!?

Hinata: Sim! Você é incrivelmente bela S/n-chan!

         Agradeci os elogios e prometi lhes pagar de volta um dia todo o dinheiro gasto comigo até o momento, apesar de dizerem que não precisava.

        Seguimos conhecendo a aldeia da folha, fui aprendendo muito do que me explicavam sobre o passado. Havia alguns locais que encontravam-se em reconstrução por conta de última guerra ninja na qual me explicaram. 

        Tentei absorver cada informação que me repassavam, afim de me siutar ainda mais. Passamos pela floricultura onde vi a Ino organizando alguns jarros nas prateleiras. Lhe cumprimentei. 

        Conheci no caminho Rock Lee e seu sensei Maito Gai. Eram muito engraçados e competitivos. O que me fez rir bastante. E que roupas estranhas eram aquelas que usavam? Simplesmente icônicos.

        Conheci o Sai que estava pintando algo em seu momento de lazer sentado em um banco. Sakura me explicou que ele fazia parte do time 7, junto com o Naruto e o Sasuke que em alguma oportunidade iria conhecê-los. Achei incrível sua arte sair do papel e se tornar algo vivo. Ele ficou muito feliz por eu dizer que sua arte era fantástica. Até seus olhos sorriram.

         Comi dangos maravilhosos ao lado de Hinata, Sakura e Tenten que havia se juntado a nós. Eu pensava que conseguiria absorver bem as novidades. Mas era muita coisa inesperada e diferente. Em um momento quando engasguei com a comida, ela retirou de um pergaminho um pouco de água em um tipo de térmica. Fiquei tão impressionada que nem sabia se depois daquilo eu estava engasgando por conta da comida ou pelo que eu avistei naquele instante.

         Depois do almoço Sakura teve que ir em uma missão. Conheci a escola ninja deles. Era bem grande. Tinha um local pras crianças brincarem no recreio, bem ao longe um balanço pendurado em uma árvore. Hinata olhava para o balanço como se fosse um ponto de muitas lembranças.

         Ela saiu de seu devaneio quando escutamos um barulho vindo de uma sala próxima. Entramos na escola juntas para averiguar. Assim que estamos na porta ouvimos um berro. Acredito que seja de um professor.

- NARUTO, SEU IDIOTA! PRESTA ATENÇÃO!

- Ahhh, Iruka-sensei, preciso realmente aprender isso!?

- É claro, seu palerma. Tudo o que está aqui precisa entrar nem que seja um pouco nessa sua cabeça oca. - falou furiosamente. 

          Hinata bate na porta timidamente. Vejo um grande rubor em suas bochechas, mas não entendo o por quê. 

- Entre! - respondeu a voz que antes estava extremamente zangada, com um tom mais moderado.

         Ela abre a porta e nós duas entramos juntas. E ela começa a ansiosamente mexer em seus dedos e olhar para os lados. 

Hinata: O-Olá Iruka-sensei. N-Na-Naruto-kun. Estou mostrando alguns lugares para a S/n-san e acabamos ouvindo um barulho passando pela sala, não queríamos interromper.

- Tudo bem. Não atrapalha Hinata, você é sempre bem vinda aqui. - falou o professor.

Hinata: Obrigada! S/n-san este é o Iruka sensei foi o nosso professor quando éramos crianças e...

- Olá! Eu sou Naruto, Naruto Uzumaki! Futuramente eu vou ser um Hokage! - Sem que percebéssemos ele estava a nossa frente com um grande sorriso estampado e uma de suas mãos em sua nuca.

S/n: Olá Naruto, é um prazer conhecê-lo pessoalmente. A Sakura e a Hinata me falaram de você e como salvou a todos. Apesar de eu não ter entendido muita coisa. - Sorri.

Naruto: E você é a mulher que todos estão comentando, sobre ter aparecido do nada na frente da nossa vila. Eu estava em uma missão até essa manhã, queria te conhecer também. - Ele fez um biquinho enquanto falava e colocou uma mão no queixo.

Iruka: E que agora que já conheceu devia voltar aos estudos...

         Naruto se aproxima e sussurra pra gente.

Naruto: Bem que vocês podiam me salvar agora... 

         Vi Hinata corando muito mais do que o normal com a aproximação do Naruto. Então essa timidez toda dela é mais forte quando ele está perto. Será que ela gosta muito dele? Pelo jeito que ela se encontrava sem palavras, com toda certeza diria que sim.

        Iruka com um pergaminho grande bate na cabeça de Naruto e puxa sua orelha aos berros.

Iruka: NÃO VENHA COM ESSA DE QUERER FUGIR DA AULA SEU IDIOTA!

         Nos despedimos, antes que sobrasse pra gente também. E seguimos para ver o por do sol em uma ponte, que segundo minha nova amiga era um dos pontos de referência de Konoha e o gramado ao redor era bem macio.


Notas Finais


Oiiiii.

Não é que o Naruto tá sofrendo com tanto estudo! Tadinho dele kkkkk. Mas ver o Iruka-sensei gritando com ele dá uma nostalgia tão boa e divertida.

E pra vocês como tá no dia a dia?

Abração e até o próximo capítulo!

Instagram: bhyastark

Tiktok: bhya_zinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...