História Entre Músicas - Ariana Grande - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ariana Grande, Instagram, Romance, Viagens
Visualizações 12
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Cafeteria


Fanfic / Fanfiction Entre Músicas - Ariana Grande - Capítulo 3 - Cafeteria

Ariana Grande narrando

Dylan me chamou para ir na cafeteria novamente e ir patinar no gelo, faz um tempo que não vou nesses lugares. Ontem eu saí para comprar algumas roupas e maquiagens com o meu irmão, passei o dia inteiro com ele.

Vesti minha legging preta e o moletom preto, nos pés eu coloquei um tênis. Arrumei meu cabelo e coloquei a minha tiara de orelha gatos.

- Vai aonde?

Frankie me perguntou saindo do banheiro e olhando eu levantando da quina da cama.

- Passear com o Dylan

Vocês já sentiram um frio na barriga e o coração batendo mais forte? É exatamente como eu estou agora.

Logo que desci do táxi, após entregar o dinheiro ao taxista caminhei um pouco mais à frente e entrei na cafeteria. Avistei ao lado Dylan de costas, olhando as pessoas caminharem na calçada. Coloquei minha mão proxima à sua nuca, ele levou um pequeno susto e olhou para trás um pouco assustado porém levantou rindo e me abraçando.

- Te assustei?

Questionei colocando meu celular perto do seu, sob a mesa.

- Um pouco mas já me acalmei

Falou rindo de leve juntamente a mim.

- Pedi dois chás gelados, sei que você gosta

Fiz uma careta

- Mas nós viemos só uma vez aqui

Gesticulei com as mãos e ele riu agradecendo a moça que veio trazer os chás, decidimos pagar logo e irmos andar um pouco para depois irmos patinar.

- Quer ir no Central Park? Lá da pra patinar, aí quem sabe a gente pode ir em outro lugar mais tarde

Concordei e acariciei seu cabelo que tinham alguns cachinhos que eu amei.

- Olha, você sabe que eu sou um pouquinho desajeitada e por isso eu vou precisar da sua ajudinha, okay?

Falei

- Só um pouco desajeitada? Sei...

Dei um tapa no ombro dele, o mesmo reclamou e eu beijei seu ombro e cruzei nossos braços e fiquei com a cabeça apoiada no seu ombro. Desbloqueei meu celular, abri na câmera e tirei uma foto, Dylan sorriu vendo de relance e prestou atenção enquanto dirigia, saí da posição em que estava e coloquei a foto de tela de bloqueio.

- Que fofa

Ele disse ao ver a minha tela de bloqueio.

- Vamos?

Perguntei já com a mão na porta do carro.

- Só se você me der um beijo

Pediu manhoso e eu ri tímida.

- Tá, tudo bem.

Me aproximei mais dele, e nos aproximamos, imaginei que era para ser um simples selinho e acabou passando disso.

- Dylan...

Murmurei ainda próxima dele.

- Tudo bem, agora podemos ir

Abri a porta do carro e saí do mesmo. Deixei meu celular no carro e provavelmente ele colocou o seu no bolso da calça. Chegamos no Central Park que obviamente estava com uma boa quantidade de pessoas, pagamos nossos ingressos e fomos colocar os patins.

- Agradeça ao patins que vai te ajudar a crescer um pouquinho

Joguei a cabeça pro lado o olhando sério. Rimos juntos e eu deitei no seu ombro rapidamente e voltei a colocar os patins assim como ele, o mesmo levantou primeiro e estendeu as mãos com um sorrisinho de canto.

- Eu nem ia aceitar, mas vou só porque está sendo educado comigo

Joguei de ombro e o mesmo me abraçou, ficamos encostados na grade e ficamos nos olhando tentando não rir. Segurou minha mão, se afastou um pouco e me girou.

- Parabéns pela coragem porque noção você não tem

Falei.

- Oi, posso tirar uma foto com você?

Uma menininha chegou e concordei. Tiraram a foto e nós nos despedimos e sem perceber cruzei a minha mão com a dele.

- Vou tentar girar você

Ele riu com a minha idéia. Tentei girar mas acabou não dando muito certo, eu sem querer esbarrei com um homem que estava ali, pedi desculpas com a maior vergonha e o idiota do Dylan riu da minha cara.

- Besta

Olhei de relance pra ele que também caminhava ao meu lado. Dylan abriu na galeria do celular e eu vi uma minha foto que ele tirou quando eu estava conversando com a garotinha que pediu a foto.

- Apaga essa foto!

Falei querendo rir, Dylan negou e foi patinando rapidamente com o celular na mão. Consegui chegar perto dele, assim o mesmo levantou o braço.

- Pega _Olhou pro celular e eu desisti_ A foto tá bonitinha, eu gostei bastante

Sorriu de lado, assim como eu.


A gente decidiu ir embora pra ir ao Brooklyn Bridge, um lugar muito lindo principalmente quando anoitece, tem vista para a ponte. Dessa vez eu levei meu celular, claro que eu vou pedir pra ele tirar algumas fotos minhas e eu algumas dele.

Cruzei nossos braços enquanto caminhávamos pelo Brooklyn Bridge. Apoiei minha cabeça em seu ombro, fez carinho no meu braço e nos olhamos por alguns segundos, sabe lá o que ele estava pensando mas ele é tão lindo, sério.

Dylan Scott narrando

Encostamos na grade e eu passei a mão pelo seu cabelo, nos olhamos e nos aproximamos cada vez mais e passamos a ter um beijo lento mas com uma intensidade inexplicável.

- Eu te amo

Falei sem pensar, eu estava tão envolvido no beijo que disse isso e ela pareceu não se incomodar com o que eu disse. Abri os olhos e paramos para respirar um pouco, continuamos com nossas testas coladas e eu com minha mão em sua nuca.

- A gente veio aqui pra se pegar? Porque se for isso eu já quero ir pro seu quarto

Ela falou brincando e eu ri. Amo esse jeitinho louco dela.

- E o seu irmão? Achou alguém pra ficar?

Arrumei meu cabelo e juntei nossas mãos.

- Me mandou alguns vídeos agora mesmo em uma festa de um desconhecido. Ele não tem limites!


Riu me mostrando alguns, Frankie é uma boa pessoa.

Caminhamos um pouco a frente e assistimos ao pôr do sol, peguei meu celular e tiramos algumas selfies bem românticas, tinham ficado realmente muito bonitas.

- Tem certeza que não quer ir ao mercado e comprar fermento? Tá precisando

Falei sabendo dos tapas que irei levar.

- Palhaço. Quanto você tem de altura?

Me perguntou olhando pro pôr do sol.

- 1,88 e você?

Perguntei passando a mão no meu cabelo.

- Meu Deus... _Riu_ 1,54 por aí

Não imaginava que ela tinha essa altura.

- Minha irmã é do seu tamanho!

Falei rindo e ela quase me bateu, quando ela foi tentar puxei ela pelo braço carinhosamente e a abracei, a mesma retribuiu e ficamos ali até anoitecer por completo. Nossa noite não poderia ser mais que especial, será que estou me apaixonando?

Ariana Grande narrando

Eu tinha acabado de chegar no hotel e Frankie já se encontrava dormindo até que recebo uma mensagem da Courtney.

"Amanhã terá show às 22h00 chegue na
Madison Square Garden às 16h para a passagem de som. Pode chamar quem quiser, só me avise antes para organizar tudo - Courtney"

O pior é que eu e Dylan combinamos de sair às 17h e os cartazes do show de amanhã já devem estar por NY. Acredite, Courtney e o pessoal da equipe só me contam que terá shows um dia antes, para eu não ficar nervosa ou algo do tipo, isso é normal.

Mas, e se Dylan ver algum cartaz do show por aí? O que eu faço?







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...