História Mundo animal - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias 1 Litro de Lágrimas (Ichi rittoru no namida)
Tags Mundo Animal
Visualizações 3
Palavras 447
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Explicando a historia


Bom depois de descobrirem que o Oliveira morreu ele fizeram diversos exames 

Brito:Coelho como ele morreu 

Moraes:eu sei como uma espadada na cabeça dela minha

Coelho:pq vc vez isso 

Moraes: vou lhe explicar, bom ele ele simplesmente mentiu para todos dizendo que era uma raposa de nove caudas mas ele é um raposa da neve de nove caudas bom antigamente o clã dos demonios meu clã assinou um tratado de paz entre o reino das raposas das neves e as raposas normais meu clã só que 4500 mil anos atras esse trato foi violado pelas raposas das neves e eles dominaram o territorio das raposas normais e metade do meu clã vou destruido bom eu simplesmente acabei com metades deles entao sobrou ele entao eu matei 

Brito:Existe novas raças 

Moraes:pelos vistos vou dar umas aulas pra vcs 

Moraes:existem mais ou menos milhoes de raças vou citar vampiros,catos,raposas,mutaçoes genteticas no caso vc e Coelho,coelhos e que eu mais odeio o clã dos anjos as fadas que tem telecinese e asas e sao fortisssimos com suas lanças e os gigantes 

Moraes:Bom vc deve tá se perguntando por que eu tenho tanta raiva dos clas dos anjos eu explico

Moraes:Bom teve o da Guerra dos 10000 anos né entao os demonios fizeram um tratado de paz para os anjos entao eles acabaram com guerra entao os anos se passaram e os demonios e anjos viveram em harmonia e até conheci uma garota que no qual eu me arrependo muito de eu ter conhecido Victory no qual ela me traiu o cla dela armam um contra ataque e metade do mundo tremeu eu achei que tinha matado ela só que ela sobreviveu e agora a parti que foi divida pelo muro de Lilgard uma parte o lar ancestral e quero simplesmente afundar simplesmente afundar minha mao na cara de um dos lideres de lá chamado de Lee,Trak e a divinidade suprema e por isso que eu sou herdeiro e eu tenho exatamente o poder que tenho que seu liberar e ela morre

Brito:e a outra parte

Moraes:ops já ia me esquecendo o outro lado é o purgutario onde os demonios sao julgados pelos seus crimes que cometeram por isso quero liberar o selamento que proibe que meu pobre povo saia daquele lugar  e minha maldiçao lá e sempre reviver so qué sem minhas memorias 

Coelho:Nossa isso é muita coisa pra eu raciocinar e entao é verdade existe outras raças neste mundo é

Alguem entra na conciencia de Moraes

Moraes:ai quem é 

???:sou eu 

Moraes:só falta falta vc no meu dia meu amor

???:ahh que fofo

Moraes:Nao só falta vc pra estragar meu dia 

???:Bom eu tinha uma coisa pra te falar

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...