1. Spirit Fanfics >
  2. Mundo Anime! >
  3. Um Duelo de Mentes Brilhantes!

História Mundo Anime! - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


A batalha entre mim e Zamasu, acontece, o que será que vai acontecer? leiam a fic!

Capítulo 4 - Um Duelo de Mentes Brilhantes!


Fanfic / Fanfiction Mundo Anime! - Capítulo 4 - Um Duelo de Mentes Brilhantes!

E então uma nova luta entre mim e Zamasu se inicia, ele fica frente a frente comigo, me encarando de forma fria, e então Goku diz:

- ei Karla tem certeza que dá conta desse cara sozinha?

Eu olho para Goku e respondo:

- não se preocupe essa luta é minha!

Trunks olha para mim e sorri e diz:

- boa sorte!

Ao olhar para o rosto de Trunks, eu fico toda corada, ele era muito lindo, gentil e amado.

Eu dou um sorriso para ele, e agradeço, a Mai também me olha com um sorriso mas ela eu não sorrio de volta não, sorry! tenho mágoa sim!.

Eu então comecei a me aproximar de Zamasu quando Vegeta me chama:

- Karla!

Eu fico perplexa!, Vegeta me chamando?, o que poderia ser e então ele diz:

- não ouse morrer nesse combate está me ouvindo?, ainda não terminamos aquela luta!

Eu fico espantada com as palavras de Vegeta, será que Vegeta já sabia que eu estava preparada para morrer?, e por conta disso usou a história da batalha mal terminada minha e com a dele pra eu usar como incentivo?

Vegeta sempre me surpreendendo, ele era o cara!, tipo eu apoio e faço protesto que Akira faça um anime só dele, uhuuu!, eu ficava com meus pensamentos!

Mas depois das palavras de Vegeta me posicionei para lutar, não era qualquer luta brutal, e braçal era uma épica luta de artes telepáticas, como se fossem Charles Xavier contra Jin Ray, e eu era quem?, sim a ruiva! meus poderes vieram dela gente?, sorry!

E então Zamasu entrou na minha mente e eu entrei na mente dele, a mente de Zamasu era suja como um deposito de lixo, só tinha coisas e pensamentos ruins, o cara era mal por dentro e por fora e dentro da cabeça dele, era obvio que aquela batalha não seria fácil, mas eu não estava ali para brincadeira, queria dar o melhor de mim.

Zamasu começou com truques sujos em minha cabeça mexendo nas minhas lembranças, mexendo nas minhas memórias da perda do meu pai, isso eu não admitia, ele poderia mexer em qualquer lugar, mas não ali!, ele queria pegar as lembranças do meu pai e jogar no mar do esquecimento, isso eu não podia admitir.

Zamasu me fez sentir fúria, me fez despertar uma grande irá dentro de mim, as memórias de meu pai comigo desde que eu era criança ele começou a distorcer, eu não gostei nada disso, eu estava sofrendo um baque com aquilo tudo se eu não tirasse o Zamasu da minha cabeça, ele poderia dominar o meu corpo e totalmente a minha mente.

Dentro da minha mente ele dizia:

- você não é nada ruim, mas ainda é muito crua, precisa desenvolver muito mais para poder me vencer!

Zamasu pretende destruir todas as minhas memórias, e quando ele tenta mexer nas minhas lembranças uma imagem minha com uma arma  apontada para Zamasu aparece: (imagem acima)

E ele se surpreende e diz:

- acha que criando uma ilusão pode me causar medo?

Eu olho para ele e digo:

- quem disse que é uma ilusão?

E então a minha imagem, dispara uma bala contra a cabeça de Zamasu, a bala externa, que parecia imaginária na minha mente, realmente correu para a cabeça de Zamasu que lutava a todo o momento contra meu poder telepático que estava na minha mente.

Ele tem muitas dificuldades e então diz:

- como você conseguiu desenvolver, uma bala de verdade dentro da sua mente fictícia?, como você fez essa bala aparecer da mente interna para o meu corpo externo?

Eu continuo concentrada e digo:

- você deve saber como Zamasu, afinal como você mesmo disse eu sou muito crua nas artes telepáticas! (soltei um meio sorriso)

Zamasu, fica possesso comigo, então começa a enviar ondas ultra, sônicas para o meu cérebro, era um barulho muito alto, me fazia sofrer e a desconcentrar, meu corpo que estava de pé cai no chão, e em meio a minha boca sai um pouco de sangue.

Trunks me segura e pergunta para Vegeta:

- pai o que devemos fazer?

Vegeta fica bolado não sabe o que fazer., ele ataca, Zamasu que está em transe? Ou deixa a nossa luta continuar?.

Vegeta tinha preocupações que as ações deles pudessem causar algum efeito, ou trauma telepático no meu transe, e na minha mente.

E então Vegeta diz :

- não devemos interromper!

- mas pai se não fizemos nada ela pode morrer!

- pelo o contrário se nós fizemos algo, poderemos a matá-la, temos que esperar! Se nós fizemos qualquer coisa poderemos atrapalhar!, nenhum de nós tem essa habilidade telepática, está além dos nossos limites!

Eu Meto a bala telepática na mente doente de Zamasu e o finalizo, mas antes de morrer ele manda uma bomba psíquica contra mim, era muito forte e muito grande pra controlar eu não consegui!

Meu corpo não respira mais e parte da minha cabeça começa a sangrar, Trunks que esta me segurando no colo começa a derramar lágrimas!

- não não! Eu não acredito que Karla morreu, assim desse jeito sem podemos ajudá-la!

Vegeta se aproxima do filho e me olha seriamente, e logo abaixa a cabeça e se afasta do meu corpo, Goku coloca uma de suas mãos no Trunks para tentar confortá-lo!


Notas Finais


Zamasu não era fraco mesmo sendo forte telepaticamente o cara, acabou comigo, mas o que será de mim? (leiam a fic)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...