1. Spirit Fanfics >
  2. Mundo Maravilhoso >
  3. Salva por sorte

História Mundo Maravilhoso - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Salva por sorte


Acordei com o mesmo despertador de todos os dias. Que som irritante…se telemóveis não fossem tão caros eu acho que já teria partido o meu contra a parede de raiva por me acordar, mas sinceramente se ele não despertar como eu o programo a fazer eu me irrito na mesma. Desliguei o despertador e fui tomar um banho. Depois do banho sequei os meus cabelos ruivos naturais e fiz a minha higiene matinal. Vesti um macacão vermelho de calções curtos e sem mangas, calcei umas vans vermelhas e enquanto caminhava para a porta do meu quarto colocava o meu batom vermelho cereja. Vesti um casaco de cabedal preto pelo caminho e peguei minha mochila que também era vermelha. Sinceramente…eu acho que tenho uma obsessão por vermelho, é melhor eu me tratar um dia.

Comecei a caminhar num passo apressado até à escola. Aquela imagem de Ethan e Lauren a conversarem com aquele tom baixo e agressivo ainda me rondava a cabeça, fiquei tão focada nesse assunto o caminho todo que quando ia atravessar a estrada nem vi se o sinal estava vermelho ou verde. Ouvi uma buzina apitar e olhei rapidamente o carro com o coração bem acelerado. Rapidamente a porta do carro do lado do condutor abriu-se e logo reconheci aquelas duas esmeraldas verdes.

- Katherine? Estás bem? – Ele correu até mim e olhou-me de cima a baixo para se certificar de que estava tudo bem.

- Sim, sim…estou… - eu passava a mão na cabeça ainda a pensar que eu podia ter sido atropelada se ele não tivesse parado – Eu dispersei nos meus pensamentos e nem reparei que estava a atravessar a estrada…desculpa…o erro foi meu – eu falava constrangida

- Pronto, o que interessa é que está tudo bem… - ficámos a olhar-nos por uns segundos até uma buzina de um carro apitar para nós nos despacharmos – Queres boleia?

- Eu? Não, eu posso ir…

- Deixa de ser difícil por uns minutos e entra logo no carro – ele interrompeu-me enquanto se dirigia novamente ao carro

Suspirei e rendi-me. Entrei no carro, meti o cinto e olhei discretamente para ele, mas quando ele olhou para mim desviei logo o olhar. Ele sorriu e acelerou até à escola.

Chegando lá ele estacionou o carro e Olivia já olhava para Ethan de lado. Ethan olhou Olivia, Megan e Jessica ainda sentado e depois olhou para mim.

- Desculpa, agora meio que te envolvi nisto… – Suspirei encostando a testa na minha mochila que estava no meu colo

- No quê? – Ele olhava-me confuso

- Estás a ver aquela rapariga loira toda vestida de cor de rosa e branco? – Falei sem olhar para Olivia e ele assentiu com a cabeça – Pronto eu por incrível que pareça já namorei com ela e ela basicamente ainda não me esqueceu…

- Não te preocupes com isso, não a conheço de lado nenhum e estou nem aí para ela ou as cenas que ela possa fazer – ele disse com um ar descontraído encolhendo os ombros

Inspirei fundo e saí do carro fechando a porta, Ethan saíra logo a seguir a mim. Olivia olhava-nos com os olhos semicerrados, não retirava o olhar de nós. Megan e Jessica como boas cadelas obedientes que são lançavam-nos os mesmos olhares que Olivia nos fazia.

Ignorei-as e entrei na escola como se nem as tivesse visto assim como Ethan fizera.

Enquanto caminhava para a sala Lauren aparecera ao meu lado. Apanhei um susto pois nem a tinha visto chegar.

- Bom dia – Ela olha discretamente para Ethan antes de olhar para mim

- Bom dia – Sorri

- Vieste com ele hoje? – Ela fez um sinal com a cabeça para Ethan que caminhava atrás de nós com os olhos colados no telemóvel

- Sim…eu atravessei a estrada e nem olhei se vinha algum carro, e ele quase veio contra mim, mas está tudo bem no final ele só me deu uma boleia – encolhi os ombros

Lauren mesmo mantendo uma postura calma, pareceu ficar um pouco chateada com o facto de eu ter vindo com Ethan. Desde aquela conversa que eles tiveram no café que ela está assim.

O dia decorreu normalmente. Fiquei um pouco mais de tempo na escola para terminar uns trabalhos que queria deixar feitos hoje, e quando saí da escola já se fazia noite.

Uma aragem de vento frio passou por mim tocando na minha pele. Cruzei os braços com a pele arrepiada e comecei a caminhar para casa. O meu pai estava a fazer novamente o turno da noite e já devia ter saído, por isso mesmo não o chamei.

Depois de um tempo a caminhar, ainda estava a uns vinte minutos de casa quando estava a passar por uma rua que estava totalmente apagada, podem ter tido um apagão que só afetou esta parte…isto costuma-se restaurar rapidamente. Continuei a caminhar pela rua que era mais estreita ainda a tremer de frio.

Por um momento parecia que eu tinha ouvido alguns passos atrás de mim, olhei para trás, mas não vi ninguém, passado um tempo voltei ouvir passos e virei-me para trás já um pouco assustada.

- Quem está aí? – perguntei com a voz um pouco trémula

O silêncio percorria a rua e do nada senti um bafo vir contra o meu ouvido.

- Eu… - Alguém sussurrara no meu ouvido. Virei-me para trás assustada, mas não conseguia ver ninguém

Senti uma mão segurar no meu pescoço e empurrar-me contra um poste de luz.

- As tuas últimas palavras? – Era uma voz masculina e a sua mão era bem gelada, tão gelada que parecia um corpo morto quase

Senti uma respiração se aproximar do meu pescoço e uma língua passar pelo mesmo. Rapidamente ouvi um impacto e a mão que apertava o meu pescoço libertou-me fazendo-me cair no chão ofegante.

Ouvi pancadas no meio do escuro enquanto eu olhava ao redor com um pouco de tosse e ainda ofegante.

- NÃO! Piedade!

- Se lhe voltares a fazer alguma coisa…já sabes como acaba. - Esta voz parecia-me muito familiar, mas era a primeira vez que eu a ouvia num tom mais agressivo e cheio de ódio

Ouvi passos de alguém a correr e outros que caminhavam até mim, depois duas mãos tocaram ambos os meus braços me puxando para cima me ajudando a levantar, mas eu estremeci assustada.

- Quem és tu? – Eu perguntei com uma voz trémula enquanto sentia aquelas mãos bem mais quentes que as anteriores nos meus braços

- Calma Katherine, sou eu o Ethan. Não te preocupes ele já foi embora

- Ele quem?

- Um homem desconhecido…esta foi por pouco, tiveste sorte que eu estava por perto… -- ele inspirava fundo – Estás gelada

- Sinceramente, isso é o menos importante… - eu cruzava os braços ainda tremendo – Quero ir para casa o mais rápido possível

- Eu te levo a casa

- Se não te importares…

Ethan logo me abraçara ao mesmo tempo que caminhava. Era impressionante…estava um frio enorme de noite e ele estava incrivelmente quente. Passado um tempo cheguei a casa e Ethan ficara à espera que eu entrasse.

- Obrigada por me trazeres a casa – eu sorri e beijei a sua bochecha me despedindo, o que o deixou ligeiramente vermelho, mas eu fingi que não reparei em nada

- Eu não iria te deixar vires sozinha de qualquer das maneiras… - Ele sorriu e colocou as mãos nos bolsos das calças numa posição descontraída enquanto me dava um beijo na testa – Vai lá

Sorri para ele, entrei em casa e logo de seguida corri para a janela do meu quarto para o ver a ir-se embora. Se não fosse ele…temo que eu já estaria morta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...