História Mundo Místico Que Vivemos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 10
Palavras 1.074
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Minha primeira fanfic. O capítulo inicial é um pouco extenso para explicar a história, mas os próximos serão microcapítulos, pois amo Dom Casmurro.

Capítulo 1 - O Livro


Fanfic / Fanfiction Mundo Místico Que Vivemos - Capítulo 1 - O Livro



 Era uma manhã comum para qutro estudantes de uma escola pública na cidade de Carmesim.

Os pássaros cantaloravam e a cidade desde madrugada estava em movimento.

 Numa escola do ensino médio, quatro jovens teriam mais uma aula normal nesse dia aparentimente normal. Os quatro eram amigos e colegas de classe e sempre andavam junto, pois no período integal ficam o dia inteiro na escola.

 Eles são muitos diferentes mas combinam em sua grande amizade. São três meninos e uma menina, moravam no mesmo bairro ainda mais que não é uma cidade grande, sempre se emcontravam para ajudar na biblioteca municipal, para ganhar dinheiro. 

 A menina se chama Kali, tem cabelo castanho de corte medio e anda com ele amarrado, ussa oculos de grau que cobre seus olhos castanhos. Quinn, tem cabelos curtos preto, e olhos pretos, é muito inteligente e fechado. 

 Troy, tem cabelos castanhos curto e olhos verdes, bem extrovertido e engraçado. Raider, tem olhos castanhos e cabelo curto preto. É um atleta da escola gosta muito de correr pratica artes marciais.

 Quando as aulas acabaram os quatro se encontraram na saida para irem a biblioteca trabalhar.

  Chegando lá, viram aquele lugar vazio e a unica pessoa que estava era a gerente- uma mulher idosa e muito rabugenta- que reclamou por eles terem atrasado dois minutos.

- Dois minutos de atraso, isso vale uma advertência, ou demissão.- Reclamou em alto som a gerente.

 Eles a olharam com cara de "tanto faz" e foram organizar os livros.

 Já era umas sete da noite e eles tinham que fechar e ir para casa, mas a gerente megera disse a eles em alto som.

- Como vocês atrasaram, vão ficar aqui e limpar tudo. Levem o tempo que prescisar.

- Mas amanhã tem aula, não ppdemos ficar até tarde.- Disse Kali.

- Poblema é de vocês!- Disse a gerente e foi embora, os deixando lá para arrumar.

- Aquela bruxa velha!- Disse Troy.

 Logo se organizaram e foram limpar o andar de cima, que tinha muito livro parado. Numa sessão, tinha vários livros de lendas e mitologia, estava desorganizado. Kali arrumou, mas no último livro parecia que estava emperado e ela puxou com força e derepente uma estante de livro se abriu e revelou uma escadaria que leva a um andar abaixo.

- Gente, venham ver isso!- Gritou Kali muito animada.

 Os três foram lá e resolveram descer para ver o que encontravam, estava tudo escuro e misteriosamente as luzes acenderam e viram que estavam em uma ala semelhante a biblioteca, mas todas as prateleiras estavam vazias.

- Parece que não tem nada além de pratileiras vazias.- Disse Quinn.

- Vamos dar o fora!- Disse Raider.

 - Não esperem. Tem um livro ali e quatro caixas.- Disse Kali curiosa.

 Kali pediu para Troy pegar o livro e caixas, de um em um as colocou numa mesa. Misteriosamante, o livro abriu sozinho e palavras começaram a aparecer e estava escrito:

" Aquele que encontrar esse livro terá o controle desses artefatos mágicos e conhecerá um mundo inimaginável."

  Após Troy ler o trecho que apareceu no livro, as caixas brilharam e os artefatos mágicos saltou dela e como se tivesse vontade própria e cada artefato escolheu a cada um.

 Todos ficaram supresos, e mais uma vez o livro começou a brilhar e novas palavras surgiram e gravuras dos artefatos que eles usavam.

  O primeiro a ser revelado foi o artefato que ficou no braço de Kali, um bracelete de ouro com formato de águia e nos olhos dessa águia duas pedras vermelhas muito brilhantes. Troy que estava com o livro, começou a ler as letras que apareciam.

 "O bracelete que contém a chama do sol que foi recolida pelo o grande deus Horus. Aquele que estiver com esse bracelete poderar liberar chamas douradas e tera força e habilidades sobre humanas."

Kali, muito surpresa não. entendeu e pensou que era apenas uma história, até as suas mãos pegarem fogo, mas ela nao se queimava e chama da mão dela tinha o brilho do sol.

-Gente, vocês estão vendo isso!? Eu não to queimando!- Perguntou Kali feliz e supresa.

Alguns minutos depois, o livro brilhou novamente e novas palavras surgiram. Dessa vez falava sobre o cordão que Quinn usava.

" O cordão é o dente do dragão das sombras, Alcara, uma criatura milenar onde ate suas escamas permite que humanos possuem magia de dragão. Permitindo controlar e moldar as sombras do jeito que quiser, o usuário tera força, resistência e velocidade como de um dragão."

 - Que Legal, você agora é metade dragão.- Disse Troy sorrindo.

 - Não sei se essa história está sendo boa, parece tudo muito perigoso. - Respondeu Quinn.

Em seguida mais palavras surgiram e dessa vez foi a pulseira de Raider, e estava escrito.

" A pulseira comtém um fraquemento do raio de Zeus. Apenas um pedaço ja lhe dá um incrível poder de controle de raio, e uma incrível velocidade.Existem outros fraquementos, para juntar e ter o raio por completo."

  Raider ficou tão feliz que saiu correndo numa velocidade incrível por volta da sala, so parou quando atropeçou e caiu de cara no chão.

 - Parece que o meu é apenas um anel.- Disse Troy chateado.

 O livro brilhou, e apareceu umas palavras falando sobre o anel branco com uma pedra muito brilhante que Troy tinha ganho.

 "O anel de polares contém como fonte de energia uma estrela. Que permite ao usuários poderes criogênicos e grande resistência."

 Após isso acontecer, eles ainda não acreditavam e perceberam que ficaram muito tempo lá, já era umas dez da noite quando foram embora. Como eles moravam no mesmo bairo foram juntos e Kali resolveu levar o livro para ver o que aprende sobre ele.

 O caminho que eles foram estava deserto e logo perceberam que alguém estava segundo eles. Um deles olhou para trás mas não virá nada e seguiram. As luzes dos postes estavam piscando muito e tinha muitas moscas no caminho e na frente deles apareceu um cara alto, e tinha unhas enormes e disse ao jovens:

 -Não deveriam andar sozinho aqui nesse horário.-

 - Não se preocupe estamos perto de casa- Respondeu Raider.

 O homen saiu das sombras e seus olhos ficaram vermelhos e penas caia de sua roupa e os jovens logo viram que tinha algo muito supeito com ele.

 Os artefatos brilharam e a visão dos jovens mudaram e viram a real aparência do homen estranho. Ele era uma harpia, com assas enormes e grande garras. O harpia foi voando em direção ao jovens que estavam paralizados de medo.




Notas Finais


Continua no próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...