História Mundo paralelo - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ação, Magia, Mistério, Romance, Terror
Visualizações 4
Palavras 1.444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olha eu aqui!! Kkkk desculpem a demora,tava meio sem saber como organizar e encaixar isso tudo num só Kkkk. E tbm tem esse questão do meu celular tá quebrado...aaahhhjjj!!!*÷€#_÷€×€^@#^×^
Essa sou eu xingando. Kkkk

Espero que gostem,deu um trabalho do caramba pra fazer. E peço mil e uma desculpas pelos erros que tiverem.

Adiantando que tá muito grande,mas isso é pq estou em semana de prova e não sei se terei tempo pra escrever e postar outro essa semana.

Boa leitura!!

Capítulo 15 - Uma pequena discussão,e talvez...futuros casais!??!?


Safira: Onde você estava?- pergunta ao garoto.

Matteo: Eu fui...atrás de quem nos atacou ontem a noite...

Alicia: Tá maluco?! VOCÊ PODIA TER MORRIDO SABIA?!- grita irritada

Matteo: Desculpa...

Camila: E o que aconteceu?

Matteo: ...vou contar... a pessoa que nos atacou é um dos que moravam na base. Mas ele fugiu a anos levando muitos com ele,e passou a caçar e matar todos aqueles que tinham ligação com o Governo. Com isso...o Governo passou a teme-lo e...me mandaram para mata-lo...mas...eu não consegui...sai vivo por pouco e e...e...até os dias de hoje ele me caça...

Tayler: A cela onde estava,não era de proteção...era de contimento. Ou seja,você estava sendo detido lá. Por que? O quão forte você é? Ou melhor...o quão perigoso é?- diz sugestivo o encarando.

Matteo: ...eu sou uma mistura de dons diferentes...minha mãe era dona, do dom da visão temporal...bem,foi o que ela me disse...com essa visão,vejo as coisas acontecendo lentamente.

Safira: O nome disso é sharingan.

Matteo: ...?...ahn?!

Safira: ...Deixa...continua...

Matteo: Tá bom...o o meu pai...era super forte mesmo...sua força era muito mas muito grande!

Safira: Hulk ou All Might?

Matteo: ...?-?...

Safira: Nada haha.

Matteo: A-aí...eu nasci dessa mistura...

Tayler: Isso ainda não explica o fato de você está naquela cela.

Matteo: B-bem...- ele desvia o olhar nervoso - E e-eu...fui preso lá...porque...eles também me-me temiam...e-e...eu tentei fugir uma vez...mas não consegui abandonar todos lá...- diz cabisbaixo.

Camila: Tá aí. Satisfeito Tayler?- diz se pondo de pé.

Tayler: Não. Isso ainda não explica o fato dele querer sair daquela caverna com a gente. Será que fez isso pra nos usar como meio para chegar nesse assassino?

Matteo: Q-que!?

Alicia: Para de paranoia!- diz irritada.

Tayler: Paranoia não,dúvidas com motivos.- diz se exaltando.

Camila: Lá vêm...é melhor parar por aí antes que surte como da última vez.- mas não funcionou.

Tayler: Não não não,eu estou bem calmo!- diz batendo no peito- O que não desce pela minha garganta,é o FATO DE ACEITARMOS ESSE COMPLETO ESTRANHO NA NOSSA COMPANIA!!! E PRINCIPALMENTE SEM MOTIVO NENHUM!!- berra claramente irritado.

Safira: Talvez...- diz serena- Ele passou tanto tempo preso que...queria saber como é a liberdade...e aí encontrou confiança na gente...ele encontrou na gente o que não achou naquela base...

Tayler: É isso mesmo?!- diz irritado para Matteo - POR QUE NÃO ABRE A BOCA E FALA POR SI PRÓPRIO MOLEQUE!?- grita se aproximando do menino que se encolhe assustado.

Safira: POR CAUSA DISSO TAY!!- grita o empurrando impedindo a passagem.

Camila: Calma...- abraça o menino que tremia apavorado.

Safira: Você é violento! O que esperava?! Que ele te aplaudice e dissesse que é teu fã?! OLHA PRA VOCÊ!! COLOCA MEDO EM QUALQUER UM NESSE ESTADO!!

Alicia: Safira...não fala isso...

Safira: Aahh falo sim!! Esse cabeça de bagri tem que entender que nem tudo funciona ao redor dos desejos dele não.- se aproxima dele, indignada- Você é mimado,arrogante e bruto. Se enxerga! E vê se cresce,porque aqui,o único moleque é você.

Aquilo foi o bastante. Tayler ficou sem ter o que falar,e as outras apenas ficaram esperando os dois se travarem na porrada(porque era sempre assim que as discussões onde verdades eram ditas na cara,terminavam).



A chuva não parava,e aquele climão ficou no meio deles. Depois daquela discussão,cada um seguiu seu rumo.

Camila estava no seu quarto observando Matteo que dormia para garantir que não houvesse reações àqueles ferimentos. Ela senta no chão suspirando,até que seu celular toca. Olhando,ela vê que é uma chamada via skype.

Camila: Espera.- diz ao atender pegando seus fones de ouvido e conectando ao celular- Já,pode falar. Oi Roy.- fala desinteressada.

Roy: Olá...- ele sorri gentil e sonolento- Como você está...?- mexe o celular um pouco ao se deitar num sofá.

Camila: Se posso dizer...um pouco tensa...tivemos uma briga aqui.- diz cabisbaixa.

Roy: Não...não fique assim,eu liguei pra ver seu sorriso antes de dormir...- sorri fraco.

Camila: Então sinto muito,vai dormir sem ve-lo.- diz fingindo estar chorando.

Roy: Que malvada...- diz esfregando os olhos como um bebê,fazendo Camila sorrir,mas ele não vê- Quando vai voltar...?

Camila: Vou demorar o máximo possível pra ficar longe de você.- diz debochada.

Roy: Por que...- ele deita a mão com o celular no sofá- É tão má comigo...?

Camila: Fala logo o que quer Roy.

Roy: Já disse...ver seu sorriso...- diz quase fechando os olhos- Sinto sua falta.- ela sorri - Agora sim...posso dormir feliz...- ela gargalha baixinho.- Vou sonhar...com sua risada...até que volte...

Camila: ...também sinto sua falta...- sussurra e ele sorri radiante - Mas não vá se achar hein!

Roy: Tarde demais...- diz sorrindo uma última vez,até que é vencido pelo sono. Camila sorri ao ve-lo dormir tão calmo e sereno. O observa por alguns segundos,o admirando...até que então lança um beijo para ele,mesmo sabendo que ele não veria...e encerra a chamada...sentindo o coração aquecido...



Alicia: Isso!! Subi pra dima!!- diz jogando o que? Free fire.

Mesmo assim,aquela tristeza não sai do peito. Ela não gostava quando todos estavam brigados. Quando pensa em sair do jogo,ela recebe um convite. Pensando que não teria nada melhor pra fazer,ela aceita e liga o microfone.

Alicia: Seja quem for,não fale comigo porque estou triste.

L.P: E qual o motivo disso?- ela se espanta ao ouvir a voz dele.

Alicia: Caramba L.P,que susto!

L.P: Vamos lá...qual o motivo da minha rosada estar triste...?- fala carinhoso e eles começam a jogar.

Alicia: ...briga aqui em casa...- sua voz entrega a tristeza que sentia.

L.P: A algo que eu posso fazer para ouvi-la feliz...?- sussurra atirando em outro jogador.

Alicia: Não.

L.P: Então...posso falar uma coisa...?

Alicia: Claro.- atira em ou jogador.

L.P: Ouvir sua voz me deixou bem...- ela engasga com isso - Eu quero ajudar mesmo estando longe...me diga o que posso fazer...

Alicia: ...- ela suspira com os olhos umidecidos ao lembrar da briga que teve - ...diga então,'já vai passar',estou te escutando...diga então...que está aqui...- sua voz falha e um soluço de choro escapa.

L.P: ...Já vai passar...- ela aproxima seu boneco do dela - Eu estou aqui...e vou ficar...- sussurra sincero.

Alicia: ...você é um ótimo ator...- ri amarga.

L.P: Ha,então...sou bom o bastante para viver esse papel de verdade com você?- fala e ela gargalha,dessa vez,feliz.

Alicia: Vamos ver...- ela então atira nele o matando,no jogo. - E aí?

L.P: Continuo feliz...por ouvir sua voz...

Alicia: Impossível...- ela ri sentindo as bochechas corarem em alegria.


Na sala,deitado no chão,estava Tayler,pensando nas ações que teve... Ele indiferente,pega o celular e manda uma mensagem para Safira.

Tayler: "Oi."

Safira: "Me erra".- respondeu fazendo ele rir.

Tayler: "Desculpa."

Safira: "Como? Pode repetir,é que não consegui ler direito."

Tayler: "Tem miopia agora é?".

Safira: "Era só isso? Tá bom,vou dormir."

Tayler: "DESCULPA CARAI!!"

Safira: " SAPOHA NEM POR CELULAR DEIXA DE SER BRUTO -_- !!"- ele ri de novo.

Tayler: "Vou tentar engolir meu orgulho...COF COF!! Quase que me engasgo".

Safira: "Peraí que eu vou pegar o desintupidor de privada".

Tayler: "Magoou T-T...".

Safira: Foi mal.- ele derruba o celular na cara e olha pra trás.

Tayler: TU TAVA AI?!?!- diz envergonhado.

Safira: Relaxa que acabei de brotar...- ri se aproximando e deitando a seu lado.

Tayler: ...desculpa...- sussurra e ela o olha - Vou tentar...ser menos grosseiro...e...TENTAR!!! Aceitar o Matteo...- resmunga a última parte e ela ri.

Safira: Tá bom...- suspira e deita a cabeça sob o peito dele,o abraçando.- Não vamos brigar de novo...essa semana.- ele ri e puxa ela pra perto,a envolvendo com seus braços.

Tayler: Tudo bem...sem brigas essa semana...- sussurra acariciando os cabelos cor de fogo dela,enquanto inalava seu cheiro doce,sem que ela notasee,porque se notasse ia esfregar os cabelos na cara dele.

Safira: Me pergunto se a Alicia está certa...

Tayler: Sob o que...?

Safira: Sobre esses negócios de signos,porque você realmente é cabeça dura,como um taurino.- ele ri.

Tayler: Mas eu...também sou carinhoso...- afaga o cabelo dela,enquanto ela se encolhe encaixando perfeitamente no abraço que recebia dele...

E entre carinhos aqui,e acolá...ela dormiu...sob o olhar amoroso de Tayler.






Continua...


Notas Finais


É aí minha gente? Ficou muito ruim?? Comentem o que acharam se quiserem,isso me motiva a continuar! E se quiserem deixem suas opiniões sob o que vai acontecer kkkk

Tchau pessoas!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...