1. Spirit Fanfics >
  2. Mundo paralelo >
  3. Consequências das opções descartadas

História Mundo paralelo - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus queridos leitores!! Dessa vez,peço desculpas pela demora. O maldito vírus filho da @$%^ chegou aqui no fim de mundo que eu chamo,de casa. Tipo,gente na moral se alguém falar que vai viajar pro fim do mundo podem ter certeza que essa pessoa está vindo pro Acre; onde eu moro. Sério gente, tô fazendo propaganda gratuita aqui em prol da vida; fiquem em casa,se previnam e evitem dar mais trabalho para os médicos e para aqueles corajosos que estão nos hospitais arriscando a vida pela gente. Fiquem em casa com suas famílias só saíam quando for EXTREMAMENTE NECESSÁRIO!!

Tipo,eu sai de casa hj mas foi pq realmente era indispensável. Por favor gente, já tem famílias chorando demais por perdas de seus entes queridos. Por favor, não sejam vcs tbm a fazerem suas famílias chorarem 😢😢😢 na moral.

======================/==========

Enfim,voltando ao Cap kkkkk

Espero que gostem, tô demorando assim pra postar pq minha escola está paralisada e eu não saio tanto de casa.( Na verdade,só sai hj :-: ) Aí fica difícil pra mim te acesso a internet...vou roubar a da minha mãe e do meu irmao muahahahaha 😏. Garanto pra vcs que terão muitas surpresas nesse Cap, e é isso! Me desculpem qualquer erro kkkkk e ah! Lembrei!! Comentem por favor o que acharam da minha nova forma de escrever, tô usando mais pontuações e outras coisas esses dias aí queria saber se vcs acham melhor eu seguir escrevendo desse jeito!!

Era isso, boa leitura!! 🙈🥰🥰🥰

Capítulo 25 - Consequências das opções descartadas


O silêncio era palpável,o medo refletido em cada olhar alheio àqueles amigos. A paciência de ambos estavam acabando,e o desejo de respostas chegavam cada vez mais. Havia apenas uma opção para L.P e seu grupo,mas essa era uma opção rejeitada.


L.P: Não sabemos de nada._ fala firme.- Assim como vocês também não.


Camila: Esteja ciente,que se sair por aquela porta,– aponta para a saída.- Nunca mais será visto por nós como um amigo, mas sim como inimigo. Está certo disso?_ seu olhar treme,e se direciona com hesitação para Alicia,que observava quase suplicante para que ele falasse.


Ananda: L.P..._ ele a olha por cima do ombro. Mais nada precisava ser dito, a seriedade na face dela falava por si.


L.P: ...adeus..._ sussurra para Alicia.


Aquele trio correu dali,deixando os outros sem respostas. Alicia estava arrasada, mas chorar era a última coisa que queria fazer...mas acabou sendo inevitável.


Safira: Céus..._ passa a mão na testa,se aproximando da amiga chorosa.- Vem cá._ a puxa com firmeza para um abraço, fazendo a mesma desabar em soluços desenfreados.


Alicia: Não acredito que ele fugiu...!!_ soluça apertando o abraço.


Camila: Eu também não..._ se vira para eles.- Vamos voltar,faremos as malas. Retornaremos amanhã para Nova York.


O céu estava nublado,como se fosse o reflexo dos sentimentos deles. Cada um estava numa parte diferente do apartamento, com dúvidas incalculáveis. Mas Camila estava inquieta,e tentava juntar os pontos em tudo aquilo. Pensava em cada momento de como e quando tudo aquilo havia começado. Alicia estava num outro quarto sozinha,olhando seu celular tristemente. Matteo estava recostado na parede esquerda do corredor que levava para os dormitórios,pensativo.


Já na sala, Safira apareceu vendo Tayler jogando vídeo game concentrado. Ela foi até a cozinha e olhou na geladeira.


Safira: Tayzinho,quer alguma coisa?_ grita.


Tayler: Não._ segue jogando.


Safira: Tem certeza? É sorvete!


Tayler: POHA,NÃO QUERO!!


Safira: Ainn!_ faz careta revoltada pegando o pote de sorvete. - Tá,não precisava gritar!


Ela vai até a sala e se senta no sofá atrás dele. O garoto seguia jogando concentrado, e ela colocava o dedo dentro do pote e levava sorvete para a boca indignada.


Tayler: Isso...novo recorde..._ morde os lábios sorrindo atento.


Safira: Um caramba!_ ele olha pra cima, bem a tempo de ver o sorvete caindo no seu rosto.


Não parando por aí,ela desconectou os cabos do vídeo game fazendo o jogo desligar.


Safira: Cadê agora?! Seu imbecil!_ fala sacudindo as mãos. Ele estava paralisado no chão, até que de repente começou a tremer. - ...fosdeu!


Tayler: SAFIRAAAA!!!


Ela dispara numa corrida,sendo perseguida por Tayler.


Safira: SAI DA FRENTE!!!_ grita ao ver Matteo no caminho. Numa velocidade imensa, ela passa por ele, e Tayler como um demônio toma impulso com a mão e o pé na parede e salta do chão passando por Matteo sem ao menos toca-lo.


Matteo: ...Q-QUE?!?_ fica assustado,e resolve correr atrás deles.


Ouvindo o barulho,Alicia se levanta da cama com intenção de abrir a porta, mas a mesma se abriu com violência. Safira entrou rapidamente.


Safira: SOCORROOOO!!!_ segura Alicia, e começa a usá-la como escudo humano contra Tayler.


Alicia: Que que tá havendo?!_ grita sendo puxada de um lado para o outro.


Safira: ELE QUER ME MATAAARR!!_ empurra ela para cima de Tayler,e corre desviando dos dois. Ele rapidamente se livra de Alicia e corre atrás da laranjada.


Alicia: Hein?!?_ se levanta e vê Matteo na batente da sua porta.


Matteo: E-ele vai matar ela!!!_ os dois então correm atrás deles.


Safira: CAMILAAAA!!!_ a garota olha pra porta,a vendo ser aberta com violência.- ME AJUDAAA!!_ ela pula encima da cama,e Camila fica sem entender até ver um Tayler furioso entrar no quarto.


Camila: Ih rapaz!!_ salta na cama,e ele avançou numa voracidade implacável.


Tayler: SAÍ!!!_ grita tentando alcançar Safira.- ELA VAI MORRER HOJE!!!


Alicia: Deixa ela Tayler!!_ pula nas costas do irmão,e Matteo se aproxima segurando os braços dele. Camila começa a empurra-lo,mas o poste humano não saiu do lugar.


Safira: AAAAHHH! SOCORROO!!!_ berra desesperada. Tayler ainda furioso,jogou Alicia no chão junto com Matteo e segurou Camila com UMA única mão,e a jogou encima dos dois.


Sem cessar os movimentos,ele pulou em Safira. A menina se debatia e tentava o empurrar com os pés,mas ele estava mais forte que o normal.( Tápoha,o cara tá com a fúria do Gohan ;-;). Ele agiu rápido,e prendeu as pernas dela com as suas,e segurou suas mãos contra a cabeceira da cama, a deixando quase sem modos de defesa.


Tayler: VOCÊ ME PAGA!!!


Safira: Pago sim!_ o tempo parou. Até mesmo os que estavam no chão segundos antes e já se encontravam de pé, congelaram ao verem a cena.


Tayler perdeu o compasso da respiração, ao sentir uma suave pressão sobre os lábios.( FINALMENTE!!!). Com um estalo leve deixado,ela desprende os lábios do dele se deparando com a face rosada de seu perseguidor.


Safira: Ahn....tô perdoada?_ sorri como criança pega no flagra. (Não!! Somando com a cota de pegadinhas que você fez com ele e ele sentiu vontade de te matar, resultam em cerca de 2 mil beijos multiplicado ao infinito. Tem jeito não,vai passar o resto da vida pagando ele.)


Tayler: Não._ ( isso aí mermão,pede mais beijo vai).


Safira: AAAHHH!!_ ela grita puxando as mãos e empurrando ele. Alicia e Matteo se aproximaram e seguraram ele, Safira subiu nas costas dele e ficou sacudindo a cabeça do mesmo. Tayler segurou Matteo pela argola da camisa e Alicia pela orelha. Imagina o frejo que tava encima da cama de Camila,e imagina ainda o ódio pulsando nas orelhas dela.


Camila: CHEGAAA!!!_ grita a plenos pulmões, fazendo eles pararem.- QUE MERDA TÁ ACONTECENDO?!_ eles começam a falar ao mesmo tempo.


Os quatro: Eles- entraram no- sorvete do jogo! Pegar- no Matteo- pelo pescoço- da Alicia! Quarto do- recorde novo- de morango na cara!! Safira correu pro- morrer do- beijo final- grito desnecessá- a gente seguro- pra ela não- comer o- vídeo game- que eu tava jogan- derramado na- controle me arrastando- demônio!!


Camila: A Safira derramou sorvete no Tayler,desconectou os controles impedindo ele de conseguir um novo recorde, e os dois correram pela casa arrastando vocês pra cá e eu ter gritado foi desnecessário!?


Os quatro: Sim!!


Camila: Certo..._ passa a mão na testa,batendo o pé.- Se desagrupem antes que eu transformem vocês em CINZAS POR ESTAREM BAGUNÇANDO MINHA CAMA!


Safira: É,isso mesmo.


Camila: AH!!_ grita vendo ela já do seu lado,com os braços cruzados esperando.- Menina possuída do cão,'comé' que tu faz isso?!_ ela apenas balança os ombros.


Safira: Sei de nada minha filha,você tá maluca._ fala,e os três se desenrolam se pondo de pé.


Camila: Tenho que trocar essa idéia com vocês._ suspira séria,e os outros se aproximam atentos.- Raciocinem comigo... aqueles caras nos perseguiram da floresta,o apagão único na nossa casa, o resgate que fizemos dos protegidos da minha família, o convite repentino do L.P para virmos ao Brasil, os vídeos demorados e locais aleatórios para gravar. Não acham muito estranho?


Safira: Como assim?


Camila: Se aqueles cara na nossa casa tinham tantos dons assim,por que não nos capturaram? Tipo,e se eles não tivessem usado dons próprios?


Tayler: Faz sentido...se realmente fossem tão poderosos teriam nos pegados com facilidade.


Camila: A base onde invadimos para resgatar aquelas pessoas,era uma base sem localização no mapa territorial. O Tayler teve que hackear por localização fantasma,para achar o sistema da base.


Alicia: Aí de repente um convite repentino...


Safira: E...se o L.P quisesse afastar a gente de Nova York por algum motivo?


Tayler: Certo,mas qual motivo seria esse?


Matteo: A base..._ todos o olham.- Era reforçada com proteção e câmeras múltiplas, os cientistas usavam trajes para se protegerem de vírus e bactérias...


Alicia: Mas,nós entramos lá,tava tudo limpo e organizado! Não parecia ter perigo de infecção nenhuma.


Safira: Perá perá perá! Você disse que pra achar a base foi preciso hackear o Google Maps,e procurar numa fonte fantasma pra finalmente achar?!_ Camila confirma.- Gente, isso só é possível se for uma base militar secreta. Igual aquelas que fazem afiliação com a Nasa.


Camila: Tá dizendo...aquela base era uma base científica secreta do governo?!


Alicia: Nois somos fodas por invadir aquilo!_ da um toque de mão com Tayler. (Nem parecem que tavam se garfando agora pouco.).


Matteo: Não é pra comemorar...


Safira: Não mesmo,se aquelas pessoas estavam numa área 50 e alguma coisa 2.0, significa que era pra gente também estar lá. E que,possivelmente aqueles caras que invadiram nossa casa não tinham dom algum,senão um forte armamento tecnológico.


Matteo: Ou seja...?


Tayler: A gente tá ferrado. O governo secreto científico tá atrás da gente!


Matteo: Mas,por que!?


Camila: Isso,é o que eu não quero descobrir! Vamos,façam as malas!_ manda e todos se preparam para correrem desesperados.


Safira: ESPEREM!!_ todos param no lugar.- Perceberam que foi eu que fiz todo mundo voltar a se falar? Ãh? Perceberam? Hein?_ aponta para si mesma sorrindo.- Hein...?


Camila retira o sapato,e arremessa nela. Safira é atingida na cabeça e morre duas horas depois de traumatismo craniano. Não,ela simplesmente ganhou um calombo na cabeça e Camila se reconciliou dizendo onde estavam os chocolates escondidos do Tayler. Moral da fábula, eles podem se matar mas o Tayler sempre ficará sem chocolates.


Não querendo esperar mais,Camila falou com um conhecido seu que trabalhava na via aérea que arrumou passagens legalizadas para eles saírem do Brasil no mesmo dia. A noite caiu,e o grupo estava descendo do táxi frente ao aeroporto.


Safira: Brasil,um dia eu voltarei para visitar as fábricas de cacau show!_ bate no peito dramaticamente.


Alicia: ....;-;...


Matteo: ....cacau o que *-* ?


Tayler: Esquece,vem vamos logo entrar no aeroporto.


Eles começaram a andar,até que de repente o barulho de pneu cantando no asfalto os parou.(Se fosse eu fazia que nem a Safira e já brotava dentro do avião!). Atordoados eles se viram para trás, havia cerca de quatro mini vãs pretas paradas enquadrando eles. Das mesmas saíram agentes de preto com armamento pesado, e de uma das vãs saiu aquele mesmo homem de antes; o homem que possuía o brasão de fênix na pele.


Safira: Jordan..._ sussurra,erguendo as mãos no ar junto com seus amigos. O homem caminha dois passos a frente rindo, retirando o óculos que usava.


Jordan: Vocês são bons em fugir, e aí? Conseguem fazer isso agora?_ ele debocha colocando o óculos de volta.


Alicia: Céus..._ olha pra cima.- Se quiserem, aceitamos o milagre de despedida do Brasil,precisamos de ajuda.


Tayler: Pára de chamar o super man!


Alicia: Um dia ele me ouve!!


Jordan: Hum._ solta uma risada nasal.- Prendam eles._ se vira de costas entrando novamente no carro.


Onde está o policiamento do aeroporto? Onde estão as câmeras de segurança? Onde está o super man? Perguntas sem respostas. Mas,foi no meio do silêncio que a ajuda apareceu. Gás lacrimogêneo foi lançado em direção aos carros em grandes quantidades, cobrindo a visão de todos. Os agentes não arriscaram atirar, pois poderiam acertar o grupo que deveriam prender


Jordan: MAS QUE DROGA FOI ESSA?!_ sai do carro tossindo e correndo dentre a fumaça, na direção onde estavam aqueles amigos.- MALDIÇÃO!!_ grita furioso,ao ver que eles escaparam.


Já dentro de outra mini vã...


Alicia: AAHH EU SABIA! EU SABIA! EU SABIA QUE VOCÊ NÃO ERA DO MAL!!_ enforca L.P que dirigia a vã em fuga.

Safira: Sabia é?

L.P: Tudo...beemm..._ da tapinhas nos seus braços, fazendo ela perceber que estava matando ele.


Alicia: Desculpa..._ se afasta envergonhada.


Camila: Como sabia onde estávamos?


Ananda: Colocamos câmeras no prédio onde estavam. Vimos vocês saindo,e os seguimos._ fala do banco do carona.


Tayler: Será que agora podem explicar o que está acontecendo?!


L.P: Pensei que à essa altura do campeonato vocês já saberiam tudo.


Safira: Foi mal cara, a gente chutou uma bola fora._ responde desapontada.- Mas eu acho que vou chutar as suas bolas se continuar enrolando a gente._ o coitado engoliu tão rápido que fez barulho com a garganta.


A menina estava sentada reto com o retrovisor interno,encima de uma perna de Tayler e outra de Matteo. Então, o olhar da morte estava certeiro com o de L.P.


L.P: Vou fala--!!_ ele gira o volante quase perdendo o controle, quando um tiro é disparado e passa de raspão no seu braço direito.


Alicia: AI MEU DEUS!! SATANÁS VOLTOU ATRÁS DA GENTE!!!_ olha para trás vendo os carros de antes os perseguindo.


Ananda: ACELERA!!


Ele pisa fundo no acelerador. A rua se tornou o espaço para velozes e furiosos 6. Mais tiros eram disparados, e L.P mesmo com a queimação no braço seguia dirigindo com precisão.


Camila: Pra onde estamos indo?!


Ananda: Tem um barco no cás que fica a dois quilômetros!!


Matteo: Estaremos vivos mais dois quilômetros?!


L.P: Temos que estar!_ fala apertando o volante com uma mão,e com a outra foi mudando as marchas do carro.


Safira: Olha só o que eu achei!!_ fala tirando uma arma de fogo detrás do banco.


Alicia: Uma winchester?! COMO VOCÊ ACHOU UMA WINCHESTER QUE ESTAVA ESCONDIDA,ATRÁS DO BANCO ONDE ESTAMOS SENTADOS?!?!


Safira: Eu sei lá!!_ engatilha a arma,e a joga para Camila, que baixava o vidro do carro.


Matteo: Toma cuidado...!!_ Camila segura a arma e coloca parte do corpo pra fora enquanto Matteo e Safira seguravam suas pernas.


Camila: Hasta la vista._ atira acertando o pneu do carro que estava na frente dos outros.


O tiro foi tão certeiro,que fez o carro perder o controle e atingir mais um.


Safira: YEEESS! ISSO AÍ GAROTA!! TU É TOP DE LINHA!!_ fala enquanto ela sentava de volta no lugar.


Alicia: À não...por que de repente tá todo mundo querendo sequestrar a gente?!


Tayler: Ahn...a gente é bonito?


L.P: Se segurem!


Safira: Se segurar pra-- AI MEU DEUS ME APARA!!!_ o carro estava indo em direção a uma cerca de arame. Num impacto gigante,o carro derruba a cerca e segue em fuga. Os outros dois carros que sobraram também os seguiram, mas um errou na velocidade e capotou duas voltas ficando preso nos arames.


Agora o caminho era só de areia, mas o carro parou de funcionar de repente,pois estava sem gasolina.


Tayler: Tá brincando!


Ananda: Abastecemos esse carro pra se locomover,e não pra entrar num racha!!


Eles todos saem do carro e seguem correndo. O outro carro estava se aproximando cada vez mais. No ritmo da corrida eles avistaram o barco a distância e no convés dele estava Pietro, segurando uma metralhadora giratória.


Pietro: SE ABAIXEEMM!!_ os sete caem ao chão, e ele começa a atirar.


O carro acaba sendo atingido,e pára de se aproximar deles.


Matteo: Temos que seguir!!


Eles se levantam no meio do tiroteio, e saem correndo em direção ao barco. Até que, de repente os tiros cessaram.


Pietro: Ô droga!_ a munição havia acabado, e os homens do carro ainda estavam vivos.- MAS COMO ISSO É POSSÍVEL?!_ (Também não sei.).


Os sete seguiam correndo, mas logo tiros foram disparados contra eles vindo dos inimigos. Pietro correu até a cabine do capitão,e gritou para o navegador ligar os motores.


Ananda: Andem!_ fala chegando primeiro no barco.- VAMOS!_ eles vão se aproximando.


Logo todos entram no barco,e Pietro da sinal para o capitão seguir. Os homens seguiam correndo até eles atirando,e para se protegerem aqueles amigos todos se jogaram para o chão. Jordan porém estava furioso,e mesmo com a distância que estava do barco, seguiu correndo e saltou agarrando na lateral.


Ananda viu aquilo,e como estava abaixada próxima as mãos do homem, puxou os dedos o fazendo cair na água. Ela se debruçou sobre a lateral do barco para verificar se ele havia morrido ou não, e acabou sendo atingida por um tiro vindo da arma de Jordan,a fazendo cair pra trás no convés.


L.P: Ananda!!!_ se arrasta até ela ainda abaixado. Tayler o segue,e o ajuda a puxar a garota ferida dali.


Camila: Minha nossa!!_ os dois levam ela até os outros.- Atravessou o ombro?!


Safira: Deixa eu ver._ ela vira um pouco o corpo da outra, percebendo o ferimento.- Sim,atravessou, o que é um bom sinal.


Alicia: Não morre!!_ retira o casaco e preciona sobre a ferida da outra.


Ananda: Não vou morrer...por sorte,o tiro não acertou a veia ligada ao coração._ ri segurando o casaco dela na ferida,fazendo Alicia se espantar.


Alicia: E como sabe disso?!


Ananda: Tenho meus truques...


Safira revoltada com tudo, foi até a beirada do barco furiosa.


Safira: EI SEU FILHO DA ELSA!! TOMARA QUE OS TUBARÕES NÃO ENGASGEM COM SEU VENENO VENENOSO SUA COBRA ESCORPIANOSA!!_ Tayler se aproxima.


Tayler: Isso não faz o menor sentido.


Safira: Não importa!!


Tayler: Sabe que não tem tubarões na margem da praia,e que ele sobreviveu a queda,né?


Safira: Se ele sobreviveu...vai vir atrás da gente de novo...né?_ ele confirma.- EI! ERA SÓ BRINCADEIRA TÁ? EU TAVA SO ZUANDO! OLHA COMO EU TÔ RINDO! HAHAHAHA!! VAI LÁ,RI TAMBÉM! PRECISA FICAR CHATEADO NÃO...por favor não me mate quando me achar de novo..._ vai se afastando da lateral nervosa.


Tayler: Que tal repetir o que fez comigo no quarto?


Safira: Isso?_ se põe nas pontas dos pés, e da um selinho rápido em seus lábios.


O cara virou uma tomate madurinha no mesmo segundo, enquanto ela se afastava normalmente.


Tayler: Ahn...aonde é o play pra se repetir a mesma cena??_ sai correndo atrás dela.


Continua...


Notas Finais


E aí? Leram todas as notas iniciais? Kkkk eu não teria paciência pra ler isso ;-; brincadeira kkkk.

Comentem se gostaram, preciso muito saber a opinião de vocês 🥺🥺.

Nos vemos nos próximos caps e lá embaixo nos comentários!!

Tchau tchau pessoas 😁🙈🥰🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...