História Mundos Cruzados - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Pein, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, Tsunade Senju
Visualizações 27
Palavras 1.616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Mais farpas


Narrado por Sakura Haruno

Despertador.

Ah... Amanheceu já? Nossa, apesar de ido dormir tarde ontem, tive uma noite de sono tão maravilhosa. Que nem estou com preguiça de levantar, aaaah sonhei com aquele príncipe da festa, com os beijos dele. Quem será que é aquele garoto? O que eu sei é que eu nunca mais vou vê-lo na minha vida. Nem sei quem ele é. E nem ele sabe quem sou. Devia ter dito meu nome a ele, mas vai que é algum amigo do Sasori? Não. É melhor eu esquecer essa história.

Levantei, tomei uma bela ducha fria pra refrescar. Escovei meus dentes. Coloquei a farda, meu sapato novo roxo que comprei ontem no shopping, sequei meu cabelo com o secador, vou com eles soltos hoje me maquiei me perfumei e desci com minha bolsa da cor dos sapatos. 

- Bom dia mamãe. Papai.- eu disse ao sentar na mesa com eles.

- Bom dia. - disseram em uníssono.

- Como foi o baile ontem? - perguntou minha mãe.

- Foi maravilhoso. - conclui colocando uma torrada integral com requeijão light no meu pires.

- Que bom que gostou. - disse meu pai. - Como vai na escola?

- Perfeito. E hoje vai ser um ótimo dia. - eu disse.

- E por que? - perguntou minha mãe.

- Intuição. - respondi. É hoje que eu coloco aquele bolsista mequetrefe pra fora da minha escola.

Depois de tomar café com meus pais, eles foram trabalhar e eu fui pra escola com meu motorista. Não estava a fim de dirigir hoje.

Cheguei na escola, Hinata e Ino estavam sentadas numa mesa.

- Oi meninas. - eu disse ao sentar com elas.

- Bom dia amiga. E aí? Sonhou muito com o mascarado da festa? - perguntou Ino.

- Ah sim, Sakura! Quero saber direitinho essa história. Quer dizer que você traiu o Sasori. - disse Hinata.

- Shhhh, fala baixo, criatura. - disse eu. - eu não planejei trair o Sasori, foi só uma beijinhos. Aliás não deu pra resistir aquele garoto, ele era tão perfeito. - disse eu.

- Devia ser mesmo. Você não parou de falar dele ontem por mensagem - disse Ino.

- E depois, o Sasori com certeza bota chifres em mim com essas piriguetes por aí. - disse eu.

- Amiga, porque você não termina logo com o Sasori, você nem gosta dele. - disse Hinata.

- Eu não gosto dele, mas meus bolsos gostam. Ele é o melhor partido da cidade. - respondi.

- Tá mas... Você só tem 17 e ele também. Vocês já estão pensando em casar? - disse Hinata.

- É, eu já tenho que pensar nisso. - respondi.

Olhei pra entrada e vi aquele tal de Sasuke Uchiha. Eca. Eu sinceramente não suporto mais ele.

Ele tava com fones no ouvido. Provavelmente ouvindo uma música de mal gosto. Ele tinha um ar de superioridade que me irritava. Mas seus dias aqui estão contados, Sasuke Uchiha. Espera só o Minato Namikaze chegar.

- Olhando direito ele até que é bonitinho. - disse Ino.

- O quê? - disse voltando do transe.

- O pobretão. - disse ela.

- Bonitinho não é a palavra certa. Ele tá mais pra muito lindo. - disse Hinata.

- Pelo amor de Deus o que há com vocês? Miopia? Esse garoto é ridículo e sem graça. - eu disse irritada.

- Ah pára, Sakura. Ele é mó gato mesmo.- disse Ino.

Ele passou por nós e me lançou um olhar sério. Eu virei a cara.

Tocou o sinal, fomos pra dentro. Vi um carro importado parar na frente da escola. Quando saíram Minato e Naruto de lá de dentro. A hora era essa!

Naruto foi direto pra sala após me cumprimentar. E Minato foi pra diretoria. Eu fui atrás.

Bati na porta.

- Entre! - disse Tsunade.

- Bom dia diretora.

- Bom dia querida tudo bem?.

- Será que eu posso falar com você Minato?

Narrado por Sasuke Uchiha

Mas um dia nesse inferno. Se eu achei que o mundo dos pobres era ruim. O dos ricos é horrível. Quero dizer... As pessoas são horríveis. É sério que o que você tem é mais importante do que você é? Dei de cara com a patricinha lá no pátio da escola. Ela me olhou feio depois virou a cara. Problema dela. Cara feia pra mim é fome. O que deve ser o caso dela já que parece uma tábua de passar roupas. Hahahahaha.

Fui pra minha aula de química, Shikamaru tava lá.

- Hey, Shikamaru. - eu disse.

- Fala Sasuke. Já sabe quem é sua dupla aqui na aula de química e biologia?

- Não mesmo. Acho que vou fazer dupla com quem tiver sobrando já que sou novo aqui. E você faz com quem?

- Temari. Ela é bem legal. - disse Shikamaru.

- É gata pelo menos? - perguntei.

- Muito. - ele respondeu. - ela chegou.

Vi a tal Temari entrando. E ela era realmente muito bonita. Ja vi ela andando  com a Sakura. Mas é se vestia diferente, meio rebelde, nada a ver com as pentelhas que andam com ela.

- Bom dia Shikamaru. - disse ela sorrindo. Eu me levantei da cadeira selar e ela sentou.

- Bom dia Temari. - ele disse. - Já conhece o Sasuke?

- Oh sim. Eu vi você e a Sakura se estranhando do refeitório ontem. - ela me disse.

- É eu sei que ela é sua amiga mas, ela é meio ridícula não é. - disse eu.

- Não, não... Ela não é minha amiga não. Ela é amiga do meu irmão Gaara e da namorada dele a Ino. Eu sou só uma conhecida.

- Ah bom. Logo vi que você não faz parte do grupo. - eu disse sorrindo.

Vi uma professora muito gata entrar na sala, ela era morena de cabelos ondulados.

- Bom dia queridos, vamos sentar por favor. Sasuke Uchiha, se apresente. - ela disse e eu levantei o braço.

- Está sem dupla certo? - perguntou ela.

- Sim. Sou novato.

- Ok. Você irá ser a dupla de Naruto Uzumaki, aquele rapazinho loiro bem ali. - eu olhei pra trás e era um dos mauricinhos do grupinho da Sakura. Era o filho do dono do colégio. Poxa podia ser outra pessoa não?

O tal do Naruto acenou pra mim, não parecia nada entusiasmado em ser minha dupla.

Sentei me ao lado dele.

- Oi meu nome é Naruto Uzumaki. - ele disse como se eu não soubesse.

- Tô sabendo. Respondi.

Ele ficou me examinando com uma cara estranha.

- Que foi? - perguntei.

 - Qual seu nome mesmo? - ele perguntou. Cara esse menino tem demência?

- Sasuke Uchiha.

- Ahhhhhhhhhhhhh é. Legal. - ele disse.

Narrado por Sakura Haruno.

- Bom Sakra, não posso tirar a bolsa do rapaz só por causa de um desentendimento entre vocês minha querida. Porque vocês não conversam e tentam se entender. - disse Minato e eu fiquei indignada.

- Mas você não entendeu nada, esse garoto me desrespeitou e foi grosseiro comigo. - disse eu. - E você já disse aqui que mal comportamento é motivo pra cortar a bolsa. - completei.

- É mas... Quer saber. Tsunade, mande chamar o garoto aqui.

- Certo. Shizune!!! - gritou ela.

Shizune chegou toda esbaforida.

- Sim, senhora Tsunade.

- Chama por favor o aluno Sasuke Uchiha aqui agora mesma por favor. 

- Certo.

Alguns minutos, ele chegou.

- Mandou me chamar, senhora? - disse ele. Errrrr.

- Sim rapaz, sente-se. - disse ela e ele se sentou.

Narrado por Sasuke Uchiha

Entrei na sala e vi Minato e aquela patricinha idiota com um sorriso cinico na cara. Agora eu me fudi...

- Sasuke Uchiha, o negócio é o seguinte. A nossa aluna Sakura Haruno aqui, afirma que o senhor está a incomodando, isso é verdade? - disse Tsunade. Eu sabia.

- Eu? A incomodando? De maneira nenhuma. Se ela se incomoda com a minha presença, o problema é dela eu fiz nada.

- Você me destratou no refeitório ontem, todo mundo viu. Deixa de ser cínico.- disse ela com aquela voz irritante.

- Ah garota, me poupe. Foi você é seu namoradinho idiota quem começaram. - eu disse sem medo algum.

- Tá vendo como ele é grosseiro Minato? - ela disse e o tal do Minato estreitou o olhar.

-Foi sim. Começou me destratando porque eu não tenho grana suficiente. - eu disse novamente e ela arregalou os olhos.

- É mentira! Ele tá mentindo. - ela disse- Eu jamais faria isso com meus colegas.

Como era cara de pau, meu Deus.

- Você é a mentirosa e tem testemunhas aqui que podem provar minha versão.

- Quem? Seu amiguinho? Ah, ótima testemunha. - ela disse e cruzou os braços.

Minato e Tsunade se entreolharam.

- O que você acha, Tsunade? - disse ele.

- Sakura e Sasuke. Vão pra suas respectivas salas. Chega dessa palhaçada. - disse ela

- Mas Tsunade! Ele... - tentou Sakura.

- Sem mais mocinha. Eu conheço bem a senhorita, o que faz e o que não faz nessa escola. Por isso digo, pare de maltratar seus colegas menos favorecidos.

Eu ri.

- E senhor Sasuke, eu tenho seu histórico da outra escola. Aprenda a controlar seu gênio impulsivo porque brigas na escola é corte certo na bolsa. - continuou Tsunade.

Eu fechei a cara.

- Quer dizer que esse marginal vai continuar estudando aqui perto dos normais? - disse a Haruno. Que garota ridícula.

- Agora sumam da minha frente. Sou um homem muito ocupado pra perder tempo com birrinha de adolescentes, antes que eu coloque os dois pra fora do meu colégio. - disse Minato e nós dois saímos vazados

Lá nos corredores.

- Seu planinho estúpido de me por pra fora do colégio falhou sua mimada imbecil. - eu disse.

- Você é um idiota que não sabe respeitar uma dama. - ela disse

- Como se você fosse uma dama. Burra e desagradável desse jeito parece mais uma...

- Uma o que? Fala? Você é tão grosseiro!

- Eu não tenho tempo pra perder com você. Tenho aula agora. - eu disse e sai deixando ela falando sozinha.

- Idiota, você ainda vai me pagar! - ouvi ela gritar.

Blá blá blá.

Garota chata.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...