História Mundos Diferentes - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Visualizações 45
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 41 - A Raiva Move Montanhas


~Dia Seguinte~

Já era tarde, quando Bieber me chamou.

- Amor, tá pronta?- Ele perguntou, pois íamos resolver o assunto da minha "Tia".

- Quase- Disse peguei uma arma do Justin escondida e coloquei na cintura e tapei com a blusa.- Agora eu tô pronta - Disse na garagem, os meninos também iam, Fernanda ia deixar o Ethan com Mariana.

- Então vamos? - Fernanda apareceu do nada.

- Vamos logo que eu quero matar aquela vadia!- Disse.

- Eu e Isabella vamos de moto. - Bieber disse, achei ótimo, pois Bieber ficava sexy naquela moto.

- Eu, Fernanda e os meninos vamos no carro. - Ryan disse.

- Ok. - Bieber subiu na moto, é a ligou, subi na garupa e agarrei em sua cintura dei uma leve mordida em sue pescoço antes de colocar o capacete. - Eu não me importo de deixar pra ir mais tarde- disse passando a mão na minha perna .

- Vamos logo cara, quando vocês chegarem transam. - Chris gritou.

- Tá bom cara relaxa. - Eu disse

Saímos de casa, Bieber estava em velocidade absurda, mas eu gostava de uma adrenalina. Os meninos estavam logo atrás de nós, íamos fazer uma espécie de iflagrante. Sendo assim chegamos super rápidos na casa. Era uma casa grande, mas sem segurança nenhuma. Desci da moto e analisei o ambiente.

P.O.V Justin Bieber

Após chegarmos, entramos na casa, arrombei a porta, a mulher estava sentada no sofá com uma arma na mão, ela levantou atirando, o tiro pegou em Fernanda, ela caiu no chão.

- FERNANDA- Ryan gritou.

- VAGABUNDA - Isabella protestou, e foi em direção da mulher, ela tentou atirar nela, mas não tinha balas, Bella chegou perto e a derrubou no chão com um chute.- RYAN LEVA ELA NO HOSPITAL! - Isabella ordenou - Nos resolvemos aqui com essa vadia.

Assim Ryan fez, saiu correndo com Fernanda no colo. Isabella foi pra cima da mulher dando socos no rosto da mesma. Tirei ela de cima, a mulher levantou nos olhando com certa fúria em seus olhos.

- ME SOLTA JUSTIN EU VOU MATAR ESSA VAGABUNDA.- Isabella gritava descontrolada, como dizem "a raiva move montanhas".

- SE CONTROLA CARALHO!- gritei e ela ficou mais calma.

- Tem razão, temos que saber quem ela é primeiro.

- Poxa pensei que eu ia ser mais bem tratada pela minha sobrinha linda- a mulher disse com sacarmo na voz, que até eu quis mata-la.

- Fala logo quem você é!- foi a voz de Chaz que ecoou naquela sala.

- Prazer docinho, sou Meredith Iark, pode me chamar de Meddy- disse ela com a voz sedutora, era uma mulher muito bonita não posso negar.

- O QUE VOCÊ QUERIA COM MINHA FILHA!?- gritei alterado.

- Olha só, ele está resolvendo se revelar? Logo você que tava mandando minha sobrinha se acalmar.- Ela disse com ironia na voz.

- Eu vou me revelar agorinha, arrancando suas mãos e fazendo você sugar o sangue do seu corpo!- Disse me aproximando, Isabella me olhou assustada com a ameaça.

- Eu queria vingança, afinal você matou meu irmão. - Por fim ela disse.

- ELE IA ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA E DEPOIS MATA-LA, VOCÊ ACHA QUE EU IA FICAR PARADO SABENDO QUE EU PODIA IMPEDIR AQUILO? VOCÊ MERECE TER UMA DAS MORTES PIOR QUE EXISTE, SÓ PELO FATO DE QUERER VINGANÇA POR ESSE MOTIVO!- gritei com a mulher, Isabella foi pra cima dela, mas eu impedi, quem ia acabar com aquilo era eu.

- Vai deixar ele me matar? Igual matou o seu pai?- Ela perguntou pra Isabella.

- EU MESMA QUERIA MATAR VOCÊ ! VAI BIEBER ACABA LOGO COM ISSO! - Isabella disse, é assim fiz, enfiei o cano do revólver na boca dela e disparei quatro tiros : Um pela Medellín, outro por Isabella, outro por Fernanda, e por último um por mim só para diversão.

P.O.V Isabella

- Quero ver a Fernanda! - Chaz disse

- Eu também - Eu concordei

- Então vamos!- Bieber disse saindo como se tivesse acontecido nada. O caminho todo eu fui calada, conversando apenas com meus pensamentos. Nunca conheci nenhum parente, e quando eu conheço, meu marido tem que matar, ou então, o parente nos mata. Minha filha voltou para mim novamente, minha alegria era enorme, mas não estava completamente alegre porque Fernanda tá no hospital, mas estamos indo vê-la.

Quando chegamos no hospital encontramos Ryan na sala de espera.

- como ela está? - perguntei me aproximando

- Disseram que iam fazer uma cirurgia pra tirar o projétil da bala da barriga dela, falaram que por sorte a bala não feriu nada por dentro. - Ryan respondeu cabisbaixo.

- Que horas vamos poder vê ela? - Chaz perguntou.

- Eu ainda não sei, não avisaram - Ryan o respondeu- Isabella você podia ir pra casa, olhar o Ethan pra mim? - Perguntou

- Claro, tenho que ver a Medellín também, assim que ela poder receber visitas você me liga, ok?

- Claro - O abracei.

- Amor vou com sua moto, você fica mais o Ryan.- Disse mais carinhosa que eu consegui.

- lógico que não, você não vai dirigir minha bebê!- Disse ele, esse homem babava muito nos seus carros, isso mesmo, "SEUS", ele tem três carros e duas motos, quando ele comprou me lembro muito bem de ter dito que era desnecessário, mas a única coisa que ele disse foi : Eu tenho dinheiro, eu posso comprar o que eu quiser. Ele era muito metido.

- Affe, então me leva!

- tá bom. - ele disse e fomos até a Suzuki GSR 750, e fomos em direção da nossa casa. Quando chegamos e ele se despediu de mim com um selinho e disse que ia até o casarão e depois ia para o Hospital ficar junto com Ryan.

Entrei em casa, e fui a procura de Medellín e Ethan, os dois estavam em meu quarto assistindo filme, Ethan estava quase dormindo e Medellín estava na mesma, era quase quatro horas da tarde.

- mamãe ! - Medellín disse ao me ver.

- Titia Isa- Foi a vez de Ethan.

- Oi meus amores, como passaram a tarde?- Perguntei me deitando no meio deles.

- Foi bom ! - disse Ethan.

- É. A tia levou nois pla tomar solvete - Foi a vez de Medellín me contar.

- A Med caiu no paiquinho - Ethan disse rindo, o que me fez rir também. Medellín mostrou língua pra ele.

- Eu vou tomar banho depois vocês me contam mais ok?

- OK - disseram em uníssono.

Fui para o banheiro, tirei aquela roupa, precisava relaxar, é nada melhor pra isso do que um banho.


Notas Finais


Bom gente, obrigada por ler até aqui, lembrando que a fic já está quase acabando... Obrigada por quem está acompanhando desde já início 💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...