1. Spirit Fanfics >
  2. Mundos diferentes- Jeon Jungkook >
  3. Olhares

História Mundos diferentes- Jeon Jungkook - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu aqui de novo kkkkkkkk
Espero que gostem e ja quero pedir desculpas pelos erros. Boa leitura gente!

Capítulo 11 - Olhares


S/n on

Jeon jungkook, então esse era o nome do olhar indecifrável que conheci na escola, um nome tão elegante, que não é diferente de sua aparência. Esses olhos castanhos me fizeram ter arrepios por cada parte do meu corpo, seu perfume doce que por sinal estava bem forte, o fez ainda mais atraente. Eu me perdi por completa, não consegui me mover um centímetro. Estava tão tensa que minhas pernas simplesmente não querem seguir meu comando de tentar se esconder, afinal ainda estou de toalha em sua frente.

-Eu...tenho que ir.- diz o mesmo se virando rapidamente e nem ao menos esperou que eu dissesse algo pois assim que virei, ele já não estava mais lá.

Ainda com os pensamentos a mil eu me perguntava oque aquele garoto tinha, não que eu seja atraente mas acho que qualquer homem no lugar dele, tentaria tirar aproveito da situação que me encontrava. Só que o mesmo nem se quer esquivou seu olhar, e nem era isso a minha curiosidade e sim do porque ele continuou me olhando por um tempo....af...para de ser doida S/n, apenas tome seu banho e para de pensar em besteira.



A semana se passou, minha mãe não veio mais pra casa. Disse que iria para a China resolver certas coisas. Yoongi tento a semana toda concertar tudo e eu o perdoei, afinal eu não o vi indo as escondidas encontrar outra garota, mas claro que não sou idiota ao ponto de deixar isso passar, eu só dei uma treula porque afinal estava com saudades do seu toque e da nossas conversas. E estamos no começo de mais uma semana, hoje os alunos novos estarão lá, pelo menos oque que passaram. Oque me vem o menino se não me engano cujo seu nome ser Jungkook, na cabeça, se ele estava na escola, provavelmente fez a prova, e se ele for muito inteligente com certeza passou.

Eu não o vi desde o incidente que aconteceu, não sei se é porque eu não parei em casa por conta da escola e nos finais de semana indo a baladas com as garotas, mas eu não o encontrei a semana toda. E olha que moramos juntos praticamente.

Mina- S/n, você tem visita. S/n? S/N!!- levei um baita susto por causa do seu grito, me fazendo acordar do meu transe.

-Desculpe, estava distraída.

Mina- É eu percebi. Você tem visita.- apenas concordo vendo ela se retirar. 

Ja arrumada, pego minha bolsa e vou em direção a escada, pois a visita que me espera é Yoongi que me levará hoje. O vejo no sofá mexendo em seu celular, estava tão elegante com seu uniforme e sua jaqueta de couro preta oque deixara o mesmo com uma bela imagem.

-Oi meu amor. - diz ele assim que sentira minha presença no ambiente me olhando sorridente.

-Oi bebê- dou um selar em seus lábios sentindo seu perfume seco mas refrescante.

Yoongi- vamos? - assenti e fomos a caminho da escola. Ele estava com sua moto azulada hoje, o dia não estava tão quente mas também não estava tão frio. Eu gosto assim, pra mim tudo que é exagerado eu odeio. As ruas de Seul estava cheias, mesmo sendo cedo as lojas estavam lotadas e eu fiquei observando o movimento o caminho todo.

Chegamos, o Yoongi estaciona sua moto e quando adentramos a mesma, de mãos dadas é claro,  as pessoas não pararam de nos olhar e eu pude ouvir comentários do tipo "como são lindos juntos" "eu shippo demais " e por aí vai. Garotas me louvando dizendo o quanto eu tenho sorte em ter o garoto mais rico em minhas mãos e garotos louvando Yoongi por ter a garota mais inteligente e rica. Como sempre.

Paramos no nosso grupo de amigos, cumprimentando todos ali presentes, Luca disse que estamos encantadores juntos e é claro que eu dou risada do seu comentário. 

-Não cansa de ser tonto não? - pergunto

Luca- E você não cansa de ser burguesa não? - pergunta me olhando e mostrando a língua de uma forma tão infantil que todos riram.

Lilly- Meu Deus, quem é aquele homem? - ela pergunta olhando na direção da entrada, eu me viro para visualizar a figura que a mesma mencionou e lá estava ele. Todos aqui olharam junto e pude perceber Yoongi queimando de raiva porque afinal de contas não era só nos que ficamos observando a figura tensa e charmosa de Jungkook, todos e quando eu digo todos é porque todos mesmo, estavam admirando a beleza do castanho. Ele estava com o uniforme da escola fazendo com que minha duvida saísse da minha cabeça na hora, então o mesmo passou. Seus cabelos estavam admiravelmente arrumados, sua franja jogada pra trás dando a mostra de sua testa por conta do gel de cabelo que a segurava. Foi aí que seu olhar se encontrou com o meu.

Tudo ficou em câmera lenta, cada passo que ele avançava, dava a entender que o mesmo estava em uma pista de modelos. Sua postura era empactante, seu olhar era feroes uma expressão séria e ao mesmo tempo calma. Atrás do maior, estava mais dois garotos um deles me pareceu família, já o outro nunca o vi. Uma garota vem correndo em sua direção, me fazendo sair do transe de suas órbitas e a olhando. Ele parecia levar um susto mas depois a abraçou. Todos em volta cochichavam dizendo que aquela talvez seria sua namorada. Foi aí que olhei pro lado, Yoongi estava irritado pois nenhum outro garoto chamou tanta atenção assim, a não ser ele mesmo. Inveja talvez?

-Se acalma, não vai fazer algo imprudente. - digo o olhando de lado

Yoongi- Muito folgado pro meu gosto- ele nem se quer esquivou seu olhar do mesmo.

Soyeon- Aquele é Jungkook! - diz a mesma e todos nós a olhamos com surpresa e confusos, como ela o conhece?

Luca- como você sabe disso?

Soyeon- já o vi na balada do centro, na verdade não só vi..- ela faz uma cara sem vergonha. Safadinha. - já fiquei com ele. - ela da um sorrisinho convencida.

Luca- quem que você não ficou né Soyeon, pega Deus e o mundo.

Soyeon- cala boca!! Ah yoongi! - ele a olha. - não se preocupe, por mais que ele seja bonito, é pobre, gente assim não dura muito.

Yoongi- babaca...- disse baixo para si mesmo. Era nitido a raiva que o mesmo estava. Ele me olhou por um segundo pude perceber, ele estava desconfiando de algo. - você por acaso o conhece ?

-Eu? - ele assente. - na-não...claro que não. - como eu era péssima em mentir, sorte que o mesmo nem percebeu meu nervosismo por ter mentido.

Sara- eles não param de olhar pra cá. - me viro novamente para eles e meus olhos se encontra com os dele novamente, parecendo não prestar atenção no que seus amigos falavam, até que...

O sinal toca, aquele barulho infernal toma conta do ambiente inteiro. As pessoas de dirigem as suas salas e meus amigos também ate que me lembro que esqueci um formulário no meu armário que se encontrava perto do grupo dele. .

-Meu Deus, esqueci o formulário da aula de coreano! Eu já alcanso vocês.- eles concordam e sigam em suas salas. Eu vou correndo em direção ao meu armário até que vi Jungkok saindo do seu canto de amigos e vindo em minha direção. Ele me olhava frofundamente dando passos profundos, diferente de mim que fraquejava pelo fato de ser tão intimidador. Até que nossos ombros se encontram um com o outro, ele acabara de passar por mim, senti perfeitamente seu perfume que diferente de Yoongi, era doce. Meu Deus como aquele garoto conseguia ser tão lindo? Não é atoua que as garotas daqui ficaram caidinhas por ele.

Devem estar me perguntando do porque não falei que o conhecia, mas fiz isso pro bem dele. Yoongi era muito possessivo e ciumento se ele ousar saber que aquele garoto me viu só de toalha seria o fim de Jungook. Mas espera, porque estou defendendo ele? Eu odeio mentiras e acabei de cometer esse ato. Por fim pego o formulário e sigo para minha sala atrasada.




Jungkook on


Sábado- *Dois dias antes do primeiro dia de aula.*


-Qual é Tae me perdoa vai!!- suplico.

Tae- Não!! Você simplesmente desligou na minha cara quando falou da S/n! Isso eu nunca vou esquecer

-Mas você já esqueceu quando ligou pra mim perguntando se passei.

Tae- olha Jungkook não vem justificar não beleza? Você errou e agora não vou deixar você jogar comigo, simples.- com as mãos no controle ele jogava sorridente, esfregando na minha cara sua vingança. Eu estava na sua casa, passei a tarde toda aqui com ele, tentando fazer com que essa criança largasse aquele controle e me deixasse jogar.

-mano você estava descontrolado nem me deixou explicar, ai eu desliguei ue, só isso.- na verdade eu tinha desligado porque eu a vi em sua sacada, mas se eu falar isso ai que esse garoto surta de vez.

Tae- eu nem surtei tanto assim.- diz o mesmo sem tirar sua concentração da tela média que seria sua TV.

-A não pó, nem um pouco.- minha voz sai em um tom de deboche, fazendo meu amigo me olhar incrédulo.

Tae- Eu desisto.- ele pausa o jogo, baixa sua cabeça pensativo, respira profundamente e se pronuncia me olhando.- você tem dez minutos para se explicar. - se ajeita na sua cama ficando de frente pra mim que estava em sua poltrona.

-Eu só a vi com seus amigos adentrando a mansão enquanto eu estava fazendo os serviços com meu pai. Nada de mais.

Tae- mas você nem falou com ela?

- como eu vou falar com ela Taehyung ? Ela estava com os amigos dela, até parece que eu lá e chegar já falando como se eu tivesse alguma intimidade com ela. - encosto minha costas em sua poltrona extremamente confortável e fito o teto do mesmo.

Tae- ela é linda né?

-O que? - meus olhos encara os seus.

Tae- qual é né jungkook, você pode ser tudo mas não tem mal gosto. Dizer que ela não era tão bonita assim aquele dia foi tão burrice.- tenho que confessar que ele esta certo, ela era sim bonita tanto que era a primeira garota estrangeira que eu realmente achei atraente. Ainda mais ver-la daquele jeito em seu quarto. Aquele dia por tão natural que estava, ela manjava atração. Tive que me conter demais naquele momento, só que por mais que eu tinha tentado sair de lá, não tive forças. Era como se seu olhar estivesse uma conexão com o meu. É completamente indecifrável.

-Ela era diferente se é que eu posso dizer...

Tae- tolo, não vejo a hora de contar pro Jimin que você esta no mesmo lugar que S/n, a garota mais popular da escola Baylor School. - ele da seu sorriso quadrado orgulhoso do que acabara de dizer.

-Sobre isso Tae, acho melhor não contar a ninguém. - ele arregala os olhos como se eu acabara de dizer coisas terríveis.

Tae- nem fudendo, você tem uma reputação a zelar.

-Você ta ligado que eu tô entrando pra estudar né? Não pra tentar ser reconhecido pela aquelas pessoas.

Tae- acredite meu amigo, quando as garotas olharem pra você, já vai esta sendo reconhecido. - ele me olha de cima a baixo me analisando. Foi aí que entendi, ele sabe como eu fico quando alguém diz sobre minha aparência seja boa ou não eu sempre fico tímido.

- Eu tô falando sério. Não conte pra ninguém, não iria aguentar mais um surto de alguém nos meus ouvidos.- depois de uma longa virada de olhos o mesmo concorda.- afinal, você já incomendou seu uniforme pra semana que vem?

Tae- já sim relaxa. Não vejo a hora de conhecer as pessoas de lá. - ele sorri olhando pra algum canto do cômodo imaginando. Eu fico perplexo com a infantilidade dele. Olhei para cama bem no ângulo que estava o controle do vídeo game e com um movimento rápido eu o pego com o reflexo bem apurado. Tae que acordara do seu transe me olha com ódio. Eu dou uma gargalhada daquelas. - Me devolver seu delinquente!

-Na-na-ni-na-não, é minha vez de jogar!- nem sequer olho, apenas aperto o play e começo a jogar rapidamente. Tae tenta o máximo tirar o controle de minha mãos mas como sempre não consegue, fazendo eu rir vitorioso. 



A semana se passou, é segunda feira as sete e meia da manhã. Abro meus olhos já com a imagem do meu lindo uniforme da nova escola que chegou ontem. Eu me perdi na beleza da vestia.

Me recompondo, eu levantei tirando meu shorts que era a única coisa que eu usava para dormir. Tomando um banho bem relaxante e fazendo minha rotina de sempre, só que dessa vez com um objetivo, que era ir para escola.

Vou até o portão me retirando da grande residência, caminhando para calçada. Mark me mandou mensagem dizendo que iria buscar Shuhua, Taehyung e a mim. Tanto que o vejo estacionando seu veículo em minha frente.

Adentro no banco de trás, pois Tae ocupada espaço no passageiro, pude ver Shuhua e a cumprimentei, afinal ela estava do meu lado.

Mark- se preparam senhores, pois suas vidas mudaram a partir de agora!!- depois do seu depoimento ele acelera, fazendo com que o impacto batesse nossas costas no banco de couro. Sushua grita de alegria e eu apenas acompanhei o mesmo com uma risada de canto. Começará mudar a partir de agora.

Chegamos. Mark acabara de estacionar e eu me deixei levar pela beleza do lugar, acho que nunca acostumarei com isso. Apertei meus passos para entrada, meus amigos ficaram um pouco para trás pois estava sentindo uma euforia constante, meu coração disparava e aí vi que a ansiedade tomou conta assim que adentrei, sentindo o olhar pesado de todos ali. Meu Deus, o corredor estava lotado de gente e eu claramente fiquei tímido com todos os olhares para mim. Será que estou sujo? Ou a roupa está rasgada? Confiro minhas duvidas e parecia normal. Será que estou fedendo? Impossível, com meu banho tomado e com varias burifadas do meu perfume faz com que isso não acontecerá. Foi aí que Mark se pronuncia do meu lado.

Mark- Esperava oque? Você esta parecendo aqueles filhos de empresários. Esta bonito Jungkook por isso deve-se continuar a caminhar. - ele diz e foi aí que reparei que eu estava no caminho de todos. Mark fez questão de me dar um emporranzinho e eu começarei a andar. As garotas não pararam de falar sobre minha aparência eu sequer me importei de olhar todos ali enquanto eu andava com Mark ao meu lado e tae do outro. Meus amigos não perdem uma oportunidade de se aparecerem.

De tanto ficar reparando nas pessoas ali, eu a vi. Com os mesmo olhos que me encaravam semana passada, suas órbitas eram tão inocentes que não pude desviar meu olhar dela sequer um segundo.

Estava tão linda com aquele uniforme asiático que eu fiquei encantado por vários segundos, até que sinto um empacto em minhas costas e só pelo perfume vi que era Shuhua me abraçando como sempre, me fazendo parar de encará-la coisa que eu não queria fazer.

Shusua- Onde estavam? Eu disse para me esperarem seus tontos.- diz irritada - porque não esperou kook?- ela me olha, a garota que esta na minha frente era tão pequena que eu tive que olhar um pouco pra baixo para poder conversar com a mesma.

-eu nem te escutei, me desculpe. - ela apenas assente.

Tae- oque foi isso? As garotas daqui não param de te olhar sequer um segundo. Caralho mal chegou e já tá arrasando os corações de todos Jungkook- ele estava contente mas eu nem me importei tentei não pensar nisso porque se não eu caio maduro aqui mesmo de tanta timidez

Mark- até atraiu o olhar dela. - Mark olhara de onde s/n estava, me fazendo olhar novamente pra lá.

Shusua- aquele garoto parece que vai matar alguém.

Mark- aquele é yoongi, não é boa gente por isso tomam cuidado, não sabem do que ele é capaz.

Tae- é o popular ne? Acho que ele não gostou muito do Jungkook.

Eu não ligava nem um pouco pro que meus amigos estão a falar eu só queria olhá-la, a mesma também não parava um segundo sequer de me observar. Parecia tensa mas não deixava suas emoções a mostra. Cara como aquela garota era indescifravel. Eu não sentia isso desde....

O sinal toca e a multidão tomou conta da minha visão, eu a perdi.

-Mark mostra nossas salas por favor. - o mesmo assente e fomos acaminhando. Meus amigos não pararam de catalera e eu com um pouco de esperança, encontrei lá vindo em minha direção, na verdade quase. Passou por mim e foi por um triz que nossos ombros não se esbarram, senti perfeitamente o cheiro do seu shampoo por conta dos cabelos soltos e a brisa. Eu me segurei para não olhar pra trás.

Jungkook pare com esses pensamentos, você não pode se deixar distrair. Esta aqui para estudar e ser alguém de útil no futuro, apenas. Não deixe distrações te afetar.

Foi meu último pensamento. Até adentrar em minha sala. 



Notas Finais


Uma perguntinha, vocês gostam de capítulos mais longos ou um pouco mais curtos??
Espero que tenham gostado. Beijocas kkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...