História Mundos iguais, mas em outra dimensão ... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais
Visualizações 11
Palavras 624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


P.O.V Alec 

Acordei e senti um cheiro de café, me levanto da cama e vou até a cozinha com água na boca e vi Magnus me olhar com um olhar abobado, sorri e senti um gelado.

- Meu amor, você vai pegar um resfriado, mesmo sabendo que isso seria pouco provável, você tem menos imunidade que a maioria - disse ele e estreitei os olhos e me sentei no sofá e ele me entregou uma xícara e tomei um gole e senti meu corpo se esquentar.

- Você está bem? - Magnus perguntou.

- Sim, só meu cio que está chegando - disse eu e ele se espantou e suspirou.

- Quer que eu vá com você ? - perguntou ele.

- Não precisa - me levantei e fui a nosso quarto e me troquei e sai, mesmo sendo um ômega tinha que trabalhar. 

A Clave menos presa ômegas, por sermos fracos, mas você me pergunta : então por que trabalha? Simples, por que eu não ligo para o que ela fala. E sendo o único ômega a trabalhar, tinha o suas vantagens e desvantagens, uma vantagem é que todos te ouvem e a desvantagem é que todos dão em cima de você. Quando eu nasci meus pais sabiam que eu era ômega mas mentiram, assim podemos dizer para a Clave, mas quando a Clave descobriu foi engraçado.

Quando chego no instituto, lá estava ela, a inquisidora, Imogen Horondale, e estava com ela alguns ômegas.

- Alexander Lightwood, aqui estão alguns ômegas par trabalhar no instituto, você deve instrui-los - disse ela.

Quando ela nós deixou percebi que cada uma delas estava me olhando e encarei de volta e alguém me pegou no colo e me colocou em seus ombros.

- Jace - disse/ gritei com ele.

- Me acompanhe meninas - disse ele.

- Senhor Lightwod, qual é a nossa primeira aula - disse uma das ômegas.

- Jace ou você me coloca no chão ou a Clary vai encontrar você morto sem pele - disse eu.

E assustado ele me coloca no chão e encarou as meninas.

- Sejam bem vindas - disse ele e saiu correndo.

E neguei e segui ate o meu escritório. E encontrei Izzy no meio do caminho e ela começou a falar e do nada uma luz forte tomou conta de nós dois e desaparecemos, caímos bem no meio do salão principal e percebi que não eramos os únicos, Clary e Jace também estavam lá .

- Quem são vocês - disse uma voz muito conhecida por nós, nós nos olhamos e encaramos a pessoa que falou, era Valentine.

- Valentine - disse eu sem entender nada.

- Quem são vocês? - e ele repetiu a pergunta .

- Val, deixa eles - disse Luke, mas ele tinha as runas e olhei para todos os lados.

- Somos de outro mundo - disse Clary o mais rápido possível.

Eles nós encararam e com um ar de dúvida.

- Posso provar - disse Clary quando ela se levantou e começou a procurar uma coisa e mostrou para os dois e eles perderam o ar, era uma foto nossa com o corpo de Valentine do nosso mundo, morto e nós estávamos rindo histericamente .

- Mas essa foto não tem montagem - disse Valentine.

- Tem mais fotos de aonde veio essa - disse eu ajudando Jace a se levantar. 

Os pais de Jace chegaram junto sua avó me abraçaram e estranhei.

- Querido, já marcamos o casamento - disse a mãe de Jace.

- Céline não são eles - disse Luke.

Ela encarou ele e Luke mostrou a foto que estava em suas mãos.

- Desculpe - disse ela.

- Sem problemas. - disse eu.

- Mãe 

continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...