História Mundos Opostos - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Romance
Visualizações 62
Palavras 1.472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e uma boa leitura pra todos.

Capítulo 47 - Entregando o presente de Camila parte 1


POV Camila

Assim que terminei de me arrumar desci desconfiada com a presença de Louis e Harry já que não eramos amigos de certa forma, pois eles são amigos de Lauren e fiquei com esperanças de que ela tenha me mandando algum recado através deles, mas para a minha decepção assim que o jantar terminou eles foram embora rapidamente é claro que me deram parabéns e tudo mais, e depois foram embora, já Dinah e Normani também foram logo embora, mas aí Dinah quando veio me abraça viu que eu estava com um semblante tão triste, e então disse no meu ouvido assim que me abraçou.

-Me espere no lado de fora depois que os seus pais tiverem dormindo tenho uma surpresa para você. —Piscou pra mim e se despediu dos meus pais e de minha irmãzinha Sofia que gosta muito de Dinah e de datas como essa.

Surri ansiosa para saber o que ela e os amigos de Lauren estavam aprontando tenho certeza que eles estão aprontando alguma coisa juntos se os dois não tinham vindo até aqui em minha casa atoa.

Fiquei brincando com a minha irmãzinha até ela cansar e dar a hora dela ir dormir assim como os meus pais que me deram parabéns pela segunda vez, subir para o meu quarto com a cabeça fervendo de idéias pensando no que Dinah, Normani, Louis e Harry estavam aprontando e só vinha um pensamento em minha mente de que de alguma forma eu iria me encontar com a minha princesa Lauren, sorri feito uma boba por longos segundos suspirando pensando na última vez que nos encontramos, foi tão bom poder ficar um tempo com ela no seu lugar predileto e principalmente beija-la sem receio de alguém nos pegar.

só não sabia como já que Dinah disse para eu encontrar com ela no lado de fora da minha casa, então me bateu uma decepção será que Dinah só queria me dar algum presente que os meus pais não podiam ver, mais aí eu me lembro que ela me disse que tinha uma surpresa pra mim então volto a sorrir pensando que de alguma forma tem haver com Lauren.

Rapidamente começo a procurar um anel com uma pedrinha verde que era a minha preferida que eu havia ganhado de presente do meu pai quando completei quinze anos, o meu pai disse que era herança de familia e que deveria dar a alguém que eu amasse de verdade independente se fosse ou não o meu ou minha parceira de vida, ele me contou que seu pai que no caso era o meu avó lhe deu dizendo que ele deveria dar a alguém que ele amasse de verdade, e o meu pai fez só que a minha se recusou em receber o presente dizendo que ele deveria dar para o primeiro filho ou filha que tivessem, pois ela já tinha o seu coração não precisa de um pequeno objeto embora que tão lindo como esse anel para saber o que sente por ele, pois ela já o amava desde a primeira vez que viu ele.

Surriu ao me lembrar da conversa que tive com o meu pai ele mal sabia como conversar comigo foi engraçado o jeito dele ao se enrolar com as suas próprias palavras para conversar comigo antes me entregar o presente.

Me troco o mais rápido possível visto o vestido que a minha mãe me deu de presente ela mesma fez como eu queria ficar bonita no caso se eu fosse encontrar realmente com Lauren, sorri feliz com a possibilidade como não vi ela o dia todo mesmo que fosse por alguns segundos, sentir um buraco dentro de mim que me consumiam com a sua ausência, eu me sinto assim quando não vejo, fico me perguntando como ficarei sem vê-la seja quanto tempo for que estarei fora daqui.

Paro de pensar nisso e coloco de volta dentro do saquinho de veludo o anel e escondo no meu sutiã do jeito que Dinah é curiosa não iria me deixar em paz até que eu mostrasse o anel pra ela.

E saio de casa as escondida rodeando a mesma vendo Dinah, Mani e Harry espantandos olhando para os lados com medo de algum guarda veja eles, então resolvo fazer uma brincadeira com eles já que não me viram.

Me aproximou deles a passos lentos como eles estão de costas para mim e faço a minha voz ficar o mais grossa o possível e falo.

-O que esses jovens estão fazendo uma hora dessas na rua, por acaso esqueceram do toque de recolher?

Neste momento Harry grita assustado dizendo varias coisas ao meso tempo fazendo uma voz bem fininha me fazendo rir dele ainda de costas para mim, enquanto Dinah e Mani olham pra mim com uma cara séria e depois começam a rir da situação e de Harry que não parava a boca com os braços para cima, ele para imediatamente de falar e assutado se vira pra minha direção com uma expressão que não sei decifrar ainda com os braços levantado pra cima e olha para Dinah e Mani que não param de rir dele e olha de volta pra mim abaixando os braços e diz irritado.

-Isso é coisa que se faça Camila eu quase tive um infarto? —Ele fala levando uma de suas mãos até o seu peito fazendo uma cara engraçada.

-Desculpa Harry eu não pude evitar. —Com a mão ainda soube seu peito Harry fala.

-Eu só te desculpo porque a minha pequena libélula gosta muito de você se não você estava ferrada.

-A qual é Harry garanto que se tive na minha situação faria o mesmo. —Ele passa a mão no rosto e diz sorrindo.

-Com certeza eu faria muito pior.

-Agora vamos andando antes que algum guarda apareça de verdade.

-É vamos. —Dinah fala se aproximando de mim e segura na mi nha mão e sai me puxando, luxo a minha mão fazendo ela parar e pergunto.

-Pra onde estamos indo?

-Para a sua surpresa então anda logo e para de fazer perguntas desnecessárias. —Ela fala me puxando pela mão e vou andando rapidamente sem fazer mais nenhuma perguntar até chegarmos em frente a replica do sino Big Ben meia hora depois, onde Louis estar nos esperando, olhamos para o lado para ver se não tinha nenhum guarda por perto e nos aproximamos, neste momento Louis pergunta.

-Onde vocês estavam por que demoraram tanto?

-Desculpa amor é que a Camila resolveu nos pregar uma peca. —Harry fala dando um beijo na bochecha de Louis.

-Ainda bem que foi só isso Lauren já estava preocupada achando que tinha acontecido alguma coisa com vocês, eu já estava indo atrás de vocês.

-Lauren estar aqui? —Pergunto sentindo o meu coração acelerado.

-Sim, e estar ansiosa te esperando lá dentro.

-Não acredito sério, mas como ela conseguiu acesso a este lugar? —Pergunto curiosa e Harry nesta hora responde.

-Eu tenho os meus contatos, agora vamos se não Lauren é capaz de vim atrás de você.

-Tudo bem. —Falo um pouco desanimada já que pensei que iria ficar a sós com ela.

-OK vamos me sigam. —Louis fala agora então vamos atrás dele arrodiando o lugar até chegarmos em uma pequena porta, onde ele abre e diz.

-Camila siga o caminha das velas no final delas você vai encontrar a Lauren.

-E vocês? —Pergunta confusa Harry responde.

-Não se preocupe com a gente vamos ficar aqui fora vigiando.

-Obrigada a todos por isso.

-De nada agora vai. —Dinah fala.

-Ok.

Falo adentrando o lugar que estava um pouco escuro, mas logo na frente vejo uma iluminação fraca vendo que são velas dentro de pequenas cúpulas em cada degrau das escadas vou seguindo até chegar em uma porta entreaberta, respiro fundo antes de empurra-la e tendo a visão que fez o meu coração errar todas as batidas quando vejo Lauren vestida com um vestido branco de pés descalços dentro de um coração feito de pétalas de rosas, sinto a minha respiração parar ao ver sorrindo tão linda pra mim, é inevitável não retribuir o seu sorriso, fico parada fitando ela que vem ao meu encontro e me abraça dizendo em meu ouvido.

-Feliz aniversário meu amor. —E beija o meu pescoço fazendo o meu corpo todo estremecer com o toque de seus lábios em minha pele, estava tão estarrisada pela sua supresa que havia demorando alguns segundos para retribuir o seu abraço, e abraço ela imediatamente inspirando o seu cheiro e falo.

-Obrigada, mas não precisava ter tanto trabalho por minha causa.

-O que foi não gostou? —Lauren pergunta se afastando um pouco de mim e me olha confusa.

-Pra ser sincera eu não gostei... —Falo e faço uma pequena pausa e Lauren faz uma cara de dar dó.

-Na verdade eu amei, lolo muito obrigada. —Neste momento ela abri um grande sorriso e quando eu menos espero ela acaba com o espaço entre nós e beija os meus lábios calmo e ao mesmo tempo urgente, sinto o meu corpo esquentar quando as nossas línguas se encontram e ela comando o beijo aprofundando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...