História MUSIC STYLE- BTS (ABO - Yaoi Lemon) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 32
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal, estou aqui reescrevendo a fic. Espero gostem... Boa leitura

Capítulo 3 - Prólogo -Encontros


Fanfic / Fanfiction MUSIC STYLE- BTS (ABO - Yaoi Lemon) - Capítulo 3 - Prólogo -Encontros

Jimin #On

Oi, meu nome é Park Jimin , morei em um orfanato até meus 19 anos. Agora moro com Hoseok que também já morou no ofanato comigo.

E hoje, exatamente hoje, irei fazer uma audição de canto, espero muito passar. Quero realizar meu sonho de ser cantor.

- HOSEOK, VAMOS ! EU VOU ME ATRASAR.

H: já to indo, vou pegar minha carteira e a chave do carro.

-Okay

Eu andei até o carro e esperei Hoseok aparecer para abri o mesmo. Hoseok aparece rapidamente e tranca a porta, vem em minha direção e abre o carro. Eu me sento no banco do carona e ele no do motorista.

O caminho foi tranquilo até a empresa Music Style, Hoseok me desejou boa sorte e foi para o seu trabalho.

Eu entrei na empresa , e estava observando cada detalhe decorativo do ambiente. Perdido em meus pensamentos...esbarro em alguém.

Eu senti que ia aterrissar no chão até alguém segurar minha mão e me puxar, fazendo colar o meu corpo ao seu.

Foi como um choque que percorreu todo o meu corpo, senti sensações estranhas.

Nós estávamos muito próximos, eu encarei o moço, ele era extremamente lindo , nossas trocas de olhares rápidas , fez com que eu ficasse vermelho de vergonha.

Xxx:Você está bem ?

Perguntou o moço me tirando dos meus devaneios .

-hã !? Há, sim estou! Me desculpe pelo acidente.

Xxx:não tem problema, e a proposito, meu nome é Taehyung.

-O meu é Park Jimin, e você pode se afastar por favor, já estou bem.

Tae:Há sim. Me desculpa! E o que te trás a nossa empresa?

Deu uma vontade de responder as pernas, mas não fiz isso.

-A audição de canto!

Tae: OMG, É MESMO A AUDIÇÃO! Vem , me acompanhe por favor!

Ele me guiou até um auditório, lá havia um homem sentado. Não deu para ver muito seu rosto, o local estava escuro e uma luz forte focada em mim.

Xxx:Pode começar sua apresentação!

Disse o homem a minha frente, eu estava nervoso e então respirei fundo e comecei a me apresentar.

-Olá, meu nome é Park Jimin, tenho 19 anos. Eu irei cantar a música serendipity.

Começei a cantar, tudo aquilo parecia um sonho, então Fechei meus olhos e deixei me levar com a música e quando percebi a música havia acabado.

Xxx:Excelente apresentação senhor Park. Essa foi a última apresentação.

Tae: espere a decisão na sala a direita.

Eu sai me cagando de medo de lá, minhas mãos estavam suando frio e meu coração acelerado, minha ansiedade estava me matando aos poucos.

Passaram somente 5 minutos, e parecia que havia demorado um século, esses minutos passaram infinitamente devagarinho.

Até que...

Tae : o senhor Jungkook já escolheu o novo talento da empresa. E agora peço a atenção de todos para o resultado.

J.k:Olá, eu sou Jungkook. Acho que vocês me conhecem por minha fama.....

Ele é bonito, mais parece meio arrogante por se gabar de mais, merda , fala logo resultado.

J.k:o novo talento da empresa é...

Aí, esse suspense.

J.k : Park Jimin! Parabéns e seja bem vindo.

Eu não acreditei, fiquei congelado ali em choque.

Tae : Park....

-Há, oi. Sou eu, obrigado!

J.k: então, senhor Park, amanhã começa seu trabalho.

-okay, obrigado!

O tal Jungkook saiu da sala, tenho  que adimiti que é atraente. Mas ainda sim é um arrogante.

Andei em direção a porta da sala para ir embora , quando alguém chama o meu nome. Me viro e vejo Taehyung.

Tae: olá Jimin, eu queria saber se você quer tomar um café e comer algumas coisas?

-mas, você está em horário de trabalho!

Tae: o senhor Jungkook acabou de me dá um intervalo, então queria saber se você queria comemorar o seu novo trabalho.

- sim, pode ser.

Tae: então vamos! Pode ir na frente.

- obrigado.

Ao contrário daquele outro senhor, esse parece bem legal.

###

Depois de saímos da empresa, nós fomos na cafeteria ao lado da mesma.

Ficamos ali uma meia hora , conversamos várias coisas aleatórias e até rimos um pouco.

Sinto que isso será uma nova amizade duradoura. E também sinto que essa nova página virada da minha vida vai acontecer muitas coisas diferentes, em que eu nunca vivi.

Jimin #Off

;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

Autora #On

Do outro lado estava Namjoon , ele guardava suas coisas para ir na casa de sua namorada SunHee.

A mesma havia pedido para que seu namorado passasse um tempo sozinho com seu filho para conhece lo melhor.

Ele arrumou suas coisas e saiu de sua sala.

###

Depois de ter saído da empresa, ele entrou no seu carro e deu partida no mesmo.

Passaram se minutos e ele chegou na casa de SunHee.

Ele saiu do carro com um presente para seu subordinado e trancou a porta do carro.

Andou até a porta , onde depositou três batidas.

Ao passar de segundos houvesse passos atrás da porta na qual é aberta.

E Namjoon se depara com um belo menino de cabelo acastanhado e delicado.

Namjoon (Nj) 

Xxx: em que posso ajudar?

Namjoon não respondia, estava fitado no rosto do jovem a sua frente.

Xxx -senhor,  senhor!  Precisa de alguma coisa? 

Nj -hã!?  há,  eu sou o namorado de SunHee,  ela me disse que hoje nós iríamos passar um tempo juntos. 

Xxx- há sim. Entre por favor, o meu nome é Seokjin.. Mas me chame de Jin.

Nj- tudo bem Jin? 

Jin- Sim,tudo. 

Namjoon adentra a casa e espera o mais novo fechar a porta,  fitando sua bunda.

Namjoon desfaça tal ousadia e segue Jin até a sala. 

Jin-bom,  estou na cozinha se precisar. Estou cozinhando nosso almoço. 

Nj- tudo bem então,  eu espero esse almoço ansiosamente pois cheiro está delicioso. 

Namjoon passa sua língua em seus lábios e Jin cora com sua atitude. 

Jin-com... Com licença. 

Jin vai para cozinha. 

Autora #Off

Jin #On

Esse homem,  ele é namorado da minha mãe... Mas a algo nele que me faz se sentir estranho. 

Seriamente preciso me por em meu lugar. 

Jin #Off

Autora #On

Jin perdido em seus pensamentos,  acaba cortando seu dedo com a faca. 

Jin- Aíii!

Namjoon ouve o grito que não foi muito alto e vai à cozinha para ver o que tinha acontecido. 

Ele vê Jin segurando sua mão com pouco sangue escorrendo. 

Nj- Jin!  Deixe me te ajudar. 

Jin se assusta por não ter visto o mas velho na cozinha, que logo em seguida pega em sua mão machucada.

Jin sente borboletas no estômago e uma leve queimarão em sua face.

Nj- hahaha...  Jin, não precisa ficar com vergonha. 

Jin abaixa a cabeça enquanto Namjoon da sua risada pecaminosa de lado.

Quando por um momento o garoto toma coragem para olha-lo,  eles acabam trocando olhares.

E Namjoon se aproxima devagar até que limpa uma sujeira no canto da sua boca. 

Jin sente que seu rosto está mais vermelho, mas não consegue se mexer. Porque apesar de tudo... Ele estava adorando aquele momento. 

Autora #Off

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

No outro lado da cidade... 

Lá estava Hoseok servindo os clientes de um barzinho. 

Ele trabalhava como garçom a alguns meses,  estava atrás de seus pais e seu misterioso passado. 

Hoseok estava na correria nesse dia, havia muitos clientes e os dois garçons estavam afastados por justicação. 

Hoseok com pressa, sem olhar para onde andava... Se esbarrou em alguém,  ele fechou os olhos para sentir o impacto no chão quando um homem o seguro pela cintura. 

Hoseok com os olhos fechados só sentia uma respiração quente em seu pescoço.

Xxx-pode abrir os olhos,  você está seguro agora! 

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...