História MutantS - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 46
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Slash, Sobrenatural, Survival, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Wow obrigado pelos favoritos! Boa leitura gente, não esqueçam de compartilhar na sua timeline aqui no site pros seus amigos verem <3

Capítulo 2 - Prisão C.D.M


Fanfic / Fanfiction MutantS - Capítulo 2 - Prisão C.D.M

A noite era fria e silenciosa, após o governo iniciar a caça aos mutantes, os cidadãos entraram em alarme e em toque de recolher. A lua se encontrando em seu ponto mais alto e os animais noturnos andavam entre as valas da cidade. O silencio era quebrado por um garoto correndo, de pele leitosa, olhos azuis e cabelos castanhos claros, o rapaz de apenas 1.65 fugia de um esquadrão armado contra a força de aprimorados. Seu nome era Halle Sebert, o jovem adulto com vinte e três anos feito hoje, de aniversário ele foi exposto como um mutante e por isso fugia do governo em busca de abrigo.

(Soldado 1) Parado ai!

(Halle sem rosto) Tentem me pegar.

(Soldado 2) O mutante fica invisível, repito, o mutante fica invisível.

(Capitão) Peguem ele!

- Halle corria entre as ruas, porém, o carro é muito mais veloz que o menor. Ao encurralarem o garoto, todos os soldados saem do carro lentamente na direção do rapaz que olhava o muro extremamente alto.

(Soldado 2) Não reaja.

(Soldado 1) Vai ser mais fácil assim garoto.

(Soldado 3) Você tem o direito de ficar calado.

(Halle) Eu abro mão deste direito!

- Ao terminar a frase o corpo do garoto reaparece e ele pula contra a parede, se desmaterializando pelo sólido e atravessando a parede. Ao chegar do outro lado Halle continua a fuga enquanto escutava os soldados do outro lado.

(Soldado 3) O mutante atravessou a parede, ele atravessa as paredes!

(Capitão) Vão vão vão!

- Halle continuava a fugir, sentia seu peito queimar enquanto olhava em volta e não achava nenhum lugar para poder se esconder. Ele pode ficar invisível mas suas roupas não... Seria loucura ficar nu para poder desaparecer? Talvez desse certo, porém, antes que ele possa perceber, sente algo prender em seu pescoço. O capitão chegou atrás dele sem o rapaz perceber e o colocou um colar eletrônico, mas quando Halle tenta passar por ele, o menor não consegue.

(Halle) O que é isso? Não consigo atravessar!

(Capitão) Este colar neutraliza os gene que muda seu DNA e lhe dá poderes. Você está preso.

(Halle) Isso é desumano.

(Capitão) Você também.

- Após a frase, o capitão lhe dá um tapa com as costas das mãos, deixando o jovem desacordado.

Halle acordou  horas depois já na prisão C.D.M, onde todos os mutantes capturados vão parar. Sua cela era de vidro blindada, em sua volta haviam vários aprimorados diferentes, todos com o uniforme branco e com o colar eletrônico. Toda cela a sua volta havia duas pessoas... Por que a sua não? Na verdade havia outra pessoa ali. Estava deitado na cama uma figura masculina. Ele se levanta e fala ainda sonolento

(????) Eai.

(Halle) O-o-oi, eu sou o Halle.

(????) Me chamam aqui de 676, você é o 702. Mas meu nome lá fora é Tony.

- Tony tinha cabelos negros, olhos de ressaca de cor verde e lábios finos, de pele clara e sobrancelhas grossas. Halle sorri e pergunta confuso:

(Halle) Prazer Tony. O que está acontecendo aqui?

(Tony) Você foi pego baixinho, como todo mundo.

(Halle) Eu... Eu me lembro! Aquele cara bigodudo filho duma...

(Tony) Bigodudo? Deve ser o capitão Holmes.

(Halle) Holmes?

(Tony) Ele que manda aqui e comanda as capturas.

(Halle) Entendi... Qual a sua habilidade?

(Tony) Eu fui a captura mais difícil daqui antes de você chegar. Eu consigo mudar de forma.

(Halle) Que legal! Como sabe que foi difícil me pegar?

(Tony) O Holmes disse quando te jogou aqui. Qual o seu poder?

(Halle) Eu consigo atravessar paredes e ficar invisível além de fazer campos de força.

(????) Bacana garoto.

- Halle olha em volta e vê um homem extremamente alto, loiro, de olhos azuis e barba cheia. Ele dividia a cela com outro rapaz que parecia uma versão mais nova dele e sem... Asas? Sim, o maior tinha asas! Isso era novo pro garoto que agradece:

(Halle) Obrigado... Senhor?

(????) Me chame de Samael e aquele ali é meu irmão mais novo Azazel.

(Halle) Entendo... O senhor tem asas?

(Samael) Sim, faz parte dos meus poderes.

(Azazel) Eai pivete, parabéns por ser pego também.

(Halle) Você é o Azazel.

(????) Não incentiva ele a falar.

- Halle procura qual dos outros presos falou com ele e percebeu que se tratava de um rapaz com cabelos curtos levemente enrolados, olhos verdes e a aparência mais delicada e sofisticada. Então o rapaz apenas solta:

(Halle) Desculpe.

(Azazel) Não se desculpe! O Scott é chato pra caramba.

(Halle) Prazer Scott.

(Scott) O prazer é todo meu rapaz, este é Troy meu companheiro de cela.

(Troye) Fala ai garoto.

(Halle) Todos vocês são mutantes... Como eu, que legal.

(????) Sim, é muito legal estar aqui preso tendo que ouvir todos vocês.

- Um dos homens ali, com a barba por fazer, de pele queimada pelo sol, aparência mais madura e séria fala. Halle pede perdão pelo que disse:

(Halle) Me desculpe, eu não quis dizer nesse sentido.

(????) Tanto faz. Eu não me importo.

(Scott) Não liga pro Tyler, ele é um pouco... Antissocial.

(????) Mas eu não, mesmo sendo parceiro de cela dele, seja bem vindo colega. Eu sou Derek.

- O companheiro do rapaz sério diz. Ele possuia o queixo forte, olhos azuis, sardas e cabelos castanhos claros arrepiados. Halle sorri e questiona:

(Halle) É um prazer Derek. Eu tenho uma pergunta: Se meu numero é o 702, por que somos apenas oito aqui?

(Scott) Os demais ficam nos andares abaixo em celas mais... Simples.

(Halle) Como assim?

(Tony) Alguns mutantes tem apenas forma de um animal, podem ver através da parede ou só soltar projeteis explosivos... São menos perigosos que nós aqui.

(Halle) E qual a habilidade de vocês?

(Azazel) Meu corpo pega fogo, inteiro. Além disso eu posso fazer bolas de fogo e absorver ele também!

(Samael) Eu voo e consigo me regenerar rapidamente.

(Troye) Eu controlo a água e respiro embaixo dela.

(Scott) Eu possuo telepatia e telecinese.

(Derek) Eu tenho super força e resistência. O Tyler tem habilidades de animais carnívoros como olfato, garras, dentes e etc...

(Halle) Legal. Estranho ser preso só por ter poderes, eu não pedi pra nascer assim. É uma maldição.

(Tyler) É uma maldição se você deixar ser. Pra mim foi um modo pra continuar vivo.

*Pfffffff!*

- De repente um gás é solto nas quatro celas incluindo a de Halle com Tony, os oito rapazes se iniciam a tossir. O menor sente seu corpo fraco, a visão turva e cai no chão enquanto sente a sobriedade sumir de seu corpo até apagar por completo vendo dois pés caminhando em direção a cela... Eram... Botas... Militares.

~ Continua ~

 


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui, me diz ai, qual mutante você gostou mais até agora?

Não esquece de compartilhar com seus amigos do socialspirit, um beijo e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...